Universidade Corporativa: o que é, vantagens e como implantar

Tempo de leitura: 12 minutos

Grandes empresas já estão incorporando em seus processos a Universidade Corporativa, responsável pela contínua capacitação e qualificação dos seus funcionários. 

Nesse sentido, empresas como Petrobras, Accor Hotels e Banco Brasil, indicam essa tendência de mercado, que é investir e instalar cada vez mais as Universidades Corporativas em todas as escalas empresariais: pequenas, médias e grandes.

Se você quer participar desse novo ciclo de renovação e qualificação de profissionais e garantir que sua empresa esteja em um contexto de qualidade no mercado, continue a leitura.

Baixe também a ferramenta gratuita de controle e indicadores de treinamentos na sua empresa!

https://drive.google.com/file/d/1N-Hh7HWo8yWcyp0VtLm5Yk1qenYYebi-/view?usp=sharing

O que é Universidade Corporativa 

Universidade Corporativa (UC) ou Universidade Empresarial são os nomes dados para a ferramenta ou plataforma de qualificação de profissionais dentro de uma determinada empresa

Em outras palavras, a UC é uma entidade educacional focada em treinamento e desenvolvimento da equipe interna de uma empresa, sendo vinculada a essa organização. 

Logo, essa ferramenta é responsável por criar, disponibilizar e replicar conhecimentos específicos do mercado em que o negócio está inserido. 

A UC é extremamente importante para estratégias de crescimento, capacitação e melhoria dos diversos processos de uma empresa. 

Ainda, a Universidade Corporativa apresenta-se como um programa de educação corporativa completo e contínuo, que oferece treinamentos, cursos técnicos, capacitações, palestras, especializações, entre outras formas de conteúdo de maneira dinâmica, rápida e eficiente. O objetivo principal é preparar a empresa para o mercado competitivo.

Mas para conquistar essa meta, a universidade corporativa e suas funções precisam estar alinhadas com a cultura organizacional da empresa.

Características e funções de uma universidade corporativa

As UCs podem ter características e funções variadas, a depender da empresa em que estão inseridas. 

Mas alguns aspectos base devem ser respeitados e colocados em prática para que o programa seja eficiente para os colaboradores e para a empresa.

Primeiramente, é importante lembrar que a função principal de uma Universidade Corporativa é educar e capacitar, sobre diversos assuntos importantes para o negócio para chegar a melhorias e adaptações de tarefas diárias, metas e atendimento ao cliente. 

Mas para isso acontecer, os conteúdos devem se organizar de maneira integrada, para que o desenvolvimento das competências não aconteça de forma isolada e pontual.

Assim, é possível garantir uma aprendizagem contínua e uma evolução profissional que culminará em maior produtividade e no crescimento da empresa.

Logo, é função de uma UC a criação de um ciclo de evolução e crescimento profissional aplicado ao ambiente de trabalho, ou seja, que melhore diretamente o fluxo de atividade. 

Entretanto, além de questões técnicas, o desenvolvimento profissional deve incluir mais dois aspectos: relacionamento interno e disseminação da cultura organizacional. 

A Universidade Corporativa também qualifica e desenvolve aspectos relacionais do dia a dia do profissional, focando no desenvolvimento da autonomia, do trabalho em equipe, da motivação e da liderança. 

Esse aspecto facilita o empowerment na gestão de pessoas, pois colabora para o desenvolvimento de colaboradores autônomos e que controlam seu crescimento dentro da empresa, o que a longo prazo promove um crescimento de vozes ativas e lideranças no negócio.

Além disso, a ligação da UC com a empresa deve ser de extrema sintonia, pois ela se torna ferramenta estratégica de disseminação da cultura organizacional. 

Isso faz com que, ao focar mais na prática do que na teoria, o DNA da empresa se insira diariamente na atuação dos colaboradores, o que ajuda a criar vínculos mais longínquos, sensação de pertencimento e confiabilidade.

Vantagens e benefícios de implantar uma UC

A Universidade Corporativa, devido a todas essas funções educacionais e de treinamento, apresenta diversas vantagens para as empresas que investem nessa ferramenta. 

Assim, os benefícios aparecerão em curto, médio e longo prazo. Além disso, seu negócio só tende a ganhar ao investir em conhecimento.

Dentre as vantagens, podemos destacar as seguintes:

  • crescimento profissional e empresarial com agilidade e permanência;
  • fortalecimento da marca empreendedora, pois evidencia a preocupação com os colaboradores;
  • garantia de desenvolvimento constante de talentos  e a retenção deles;
  • difusão e absorção do DNA da empresa;
  • integração dos funcionários;
  • estratégias de priorização da solução das lacunas da empresa, o que otimiza os processos de aprendizagem;
  • acessibilidade a inovações e novas tecnologias, pois proporciona atualização e modernização dos funcionários;
  • flexibilização dos horários de estudos, o que oferece autonomia para os colaboradores;
  • aumento da competitividade da empresa em relação ao mercado, assim como seu lucro e rentabilidade;
  • replicagem de conteúdo e acompanhamento de progressos e competências;
  • aumento do desempenho e da motivação individual e coletiva;
  • melhorias na comunicação e no relacionamento interno;
  • treinamento igual e horizontal da equipe como um todo;
  • auxílio em um onboarding mais eficiente.
universidade-corporativa

Tipos de Universidades Corporativas 

Devido às diversas vantagens e possibilidades de UCs, atualmente, existem alguns tipos básicos de Universidades Corporativas que atendem diferentes demandas dos negócios. Aqui, explicaremos sobre algumas delas. Acompanhe!

UC virtual

Algumas universidades corporativas podem ter cursos e treinamentos virtuais, por meio de plataformas e softwares. 

Essa modalidade traz uma maior flexibilidade para os colaboradores, menos custos de infraestrutura e uma maior padronização e integração dos cursos.

UC presencial

As UCs presenciais apresentam cursos e treinamentos que acontecem presencialmente, ou seja, há demanda de uma infraestrutura e a disponibilidade de horários compatíveis entre os colaboradores. 

Apesar desses esforços, os cursos presenciais geram um vínculo mais forte com a empresa e garantem uma qualificação profissional mais direta. 

Normalmente, apresentam metodologias um pouco mais tradicionais e atividades de imersão.

UC gamificada

Algumas UCs fazem uso de jogos para o processo de qualificação profissional. A gamificação traz o acompanhamento de desempenho em tempo real e gera engajamento instantâneo. 

A partir de jogos, os treinamentos podem trabalhar questões como: conquista de objetivos, missões, pontuações, ranking e trabalho em equipe. 

UC mista

Na maior parte das empresas é utilizada a modalidade mista, o que envolve Universidades Corporativas que fazem uso de: plataformas virtuais, games e cursos presenciais. 

Essas UCs são as mais recomendadas atualmente, pois trazem a interação e o vínculo do presencial, potencializam a modernização e flexibilidade do virtual, produzindo o engajamento dos jogos. 

Além disso, diminuem a necessidade de infraestrutura e não limitam os treinamentos a distância.

UC Ampliada (UCA)

Como o próprio nome diz, a UCA amplia as funções das universidades corporativas. Ainda, integra ainda mais a gestão de desempenho e foca na alta performance e nos investimentos para potencializar resultados

Além disso, as universidades corporativas ampliadas trazem: repositórios de informação com ferramentas de busca, comunidade e redes, que possibilitam a oferta desses cursos para o público externo, como clientes, fornecedores e outros.

UC terceirizadas: parcerias com universidades tradicionais ou centros de treinamento corporativos

Por questões financeiras ou de infraestrutura, muitas vezes, é necessário optar por trabalhar com universidades que não estão incorporadas à própria empresa. 

Dessa forma, as parcerias com universidades tradicionais se tornam uma saída para manter a constante qualificação dos funcionários. 

Normalmente, essas parcerias possibilitam o acesso a cursos prontos, com altas competências técnicas e graus de formação (para além dos certificados). 

Mas há restrições, devido às legislações do MEC (Ministério da Educação) e, ainda, limitações na questão de integração do curso, já que as atividades seguem uma metodologia mais tradicional e pontual fora da empresa.

Como funciona a Universidade Corporativa nas empresas

As UCs são plataformas internas das empresas que disponibilizam vários cursos e treinamentos em áreas diversas, conhecidas como CHA: Conhecimentos, Habilidades e Atitudes. 

Nesse caso, os profissionais devem ser previamente cadastrados, o que fornecerá a eles o acesso aos cursos. 

Além disso, deve estar claro para o colaborador quais são as suas metas de qualificação e o prazo de término dos cursos de acordo com o profissional e sua área de trabalho. 

Ainda, os cursos presenciais devem ser previamente informados aos colaboradores e a maioria dos treinamentos deve acontecer durante o horário de trabalho.

Como criar e implantar uma UC na sua empresa

Para implantar esse conjunto de atividades, garantir resultados e apresentar um sistema integrado de crescimento profissional dos seus colaboradores, é preciso seguir alguns passos importantes. 

Se você quer saber tudo o que precisa fazer para construir uma Universidade Corporativa no seu negócio, fique atento a esse passo a passo.

Avalie a necessidade da UC na sua empresa

Por meio de pesquisas, conversas e aprofundamento sobre o mercado, avalie a necessidade da UC e a estrutura da empresa disponível e possível para os cursos presenciais. 

Ainda, levante também as demandas de conteúdos por setor, a partir das inovações do mercado do seu negócio.

Planejamento

A partir dos dados levantados e da compressão de qual tipologia de UC será mais eficiente e produtiva para a sua empresa, planeje detalhadamente as estratégias de aprendizagem, metodologias e os possíveis sistemas de treinamento.

Estabeleça os objetivos 

Simultaneamente, de maneira clara e sintética, estabeleça os objetivos dos cursos, treinamentos e palestras. 

Tenha muito claro as metas de crescimento, estratégias, indicadores e métricas. 

Lembre-se de deixar bem evidente também, em todas as atividades, o DNA da empresa e avalie a coerência delas com a cultura organizacional.

Escolha a plataforma para a Universidade Corporativa

É importante escolher a melhor plataforma para comportar os tipos de cursos e treinamentos propostos para o seu negócio. 

Atualmente, faz-se uso de softwares ligados a Learning Management System (LMS) ou Sistema de Gestão de Aprendizagem. 

Para escolher o melhor LMS, recomenda-se fazer algumas análises, por exemplo, verificar se:

  • a plataforma oferece indicadores de desempenho; 
  • há possibilidade de disponibilizar vários cursos simultaneamente e para grupos diferentes;
  • há a possibilidade de suporte para diferentes formatos de conteúdo;
  • há limitação do número de usuários e se esse limite atende ao seu negócio;
  • o custo-benefício é vantajoso.

Selecione profissionais específicos para gerir a plataforma e os cursos

A partir das análises anteriores, selecione um profissional específico para gerir a  plataforma e se tornar responsável pelos treinamentos. 

Se isso não for possível, é importante pensar em profissionais terceirizados para se responsabilizar por esse setor novo da empresa: a Universidade.

Elabore os cursos e os conteúdos

Após a seleção dos profissionais, é possível elaborar os cursos e os conteúdos já dentro da plataforma escolhida. 

Para construir os cursos, defina os objetivos de cada disciplina, o roteiro, organize momentos de  participação dos colaboradores para montagem dos treinamentos e, se necessário, converse com especialistas nas áreas para ter uma avaliação técnica dos conteúdos disponibilizados.  

Divulgue a Universidade Corporativa

Não adianta nada construir uma plataforma de conteúdo e não engajar os principais usuários: os colaboradores. 

Então, invista tempo para divulgar para os colaboradores e os times, mantendo comunicação constante sobre os cursos, dúvidas, sugestões etc.

Acompanhe o desenvolvimento e as métricas — Gestão de Conhecimento

No momento em que a Universidade Corporativa já estiver a todo vapor, lembre-se que o conhecimento precisa de investimento constante. 

Acompanhe o desenvolvimento e as métricas, entenda os interesses, o engajamento, as melhorias possíveis no cotidiano e a satisfação dos usuários. 

Ainda, observe os números, converse com os colaboradores e monitore os problemas e as melhorias na prática.

A Gestão do Conhecimento faz parte da gestão de pessoas e é importante medir resultados através da opinião, autoavaliação, avaliação técnica e a longo prazo.

Mantenha a Universidade Corporativa sempre atualizada! 

Universidade Sólides

O setor de Recursos Humanos é de extrema importância em todos os processos que apresentamos aqui. 

O RH é parte central na pesquisa, na elaboração da UC, dos cursos e do acompanhamento da qualificação dos colaboradores. 

A Universidade Sólides é uma UC responsável pela qualificação e capacitação de colaboradores no setor de RH.

A ideia é trazer qualificações incomuns e inacessíveis para muitas empresas, com o intuito de criar um ciclo de conhecimento na área de gestão de pessoas. 

Ainda, a Universidade Sólides tem como objetivo tornar as especializações do RH mais acessíveis e simples. 

Essa plataforma traz capacitação e conhecimento focado em gestão comportamental, RH, engenharia de cargos, Fit Cultural e a própria gestão de conhecimento, essencial para você elaborar a sua universidade.

Conclusão

Depois de todas essas informações, você já tem a base necessária para começar a implantar uma Universidade Corporativa na sua empresa. 

Que tal começar conhecendo a Universidade Sólides e aproveitando os cursos gratuitos sobre RH e Gestão de Pessoas?

Veja também