Turnover ideal: o que é e como mantê-lo para benefício da empresa

Tempo de leitura: 6 minutos

A rotatividade de pessoal dentro de uma empresa não é muito bem-vista. Mas manter um turnover ideal pode ajudar a organização, renovando o quadro de profissionais e motivando os colaboradores.

No entanto, para mensurar essa taxa e saber se ela está a um nível ideal, é necessário medir a saída de colaboradores e estabelecer uma clara política para retenção de talentos. Os resultados podem ser surpreendentes e mudar suas estratégias.

Quer saber mais sobre turnover ideal? Continue acompanhando este post que preparamos para você!

O que é um turnover ideal?

Em uma gestão de pessoas, o turnover é um dos principais indicadores de desempenho, que ajuda a empresa a calcular o número de colaboradores que deixaram a organização em um determinado período. Por meio dele, é possível calcular, por exemplo, a taxa dentro de um ano. Sendo assim, consegue-se validar se a política de retenção é eficiente ou se precisa de mudanças.

https://drive.google.com/file/d/1N-Hh7HWo8yWcyp0VtLm5Yk1qenYYebi-/view?usp=sharing

Ainda, o turnover pode ser comparado a um termômetro. Ele indica o nível de evasão de colaboradores e se esse número está adequado ou não. Portanto, caso esteja elevado demais, o gestor precisa mudar suas estratégias rapidamente.

No entanto, isso não é de todo ruim. Como dissemos, somente em taxas muito elevadas. Mas quando o nível está baixo, pode até ser um motivador para a equipe de trabalho, pois indica que os profissionais desalinhados estão saindo da empresa. Surge aí uma chance para contratar colaboradores com mais experiência.

Há casos que são inevitáveis, como quando um colaborador se aposenta ou necessita mudar de cidade. Essas situações aparecem na taxa de turnover, mas têm pouco efeito prático.

Nesse contexto, o gestor precisa lançar um olhar crítico sobre o turnover, avaliando se a taxa está ideal ou não. Além disso, é importante considerar o período de análise. Vale ressaltar que em muitas situações a rotatividade é inevitável e até benéfica.

Como calcular o turnover ideal?

Há quem pense que esse cálculo é difícil, mas é bastante simples, pois precisa somente de dois dados: o número de colaboradores que deixaram a organização no último ano e o total de profissionais nesse mesmo período. Depois disso, é só multiplicar o resultado por 100. Veja a fórmula:

Turnover (%) = número de colaboradores que saíram / total de colaboradores no mesmo período x 100

Para entender melhor, pense assim: 12 colaboradores saíram da empresa no último ano. Mas nesse mesmo período, o número de profissionais era 74. Portanto, ao relacionar os dados, você terá uma porcentagem de 16,2% de turnover. Nesse caso, um número considerado alto.

É muito difícil falarmos em um percentual ideal, pois cada empresa tem um volume e pode variar de acordo com a sua política de retenção. Porém, manter porcentagem de 10% ao ano é um número aceitável.

Quais os benefícios para uma organização?

É mais comum ouvir falar em prejuízos do turnover, não é mesmo? Mas há também os seus benefícios. Afinal, um nível bom de rotatividade pode ser um motivador de equipe! Conheça, a seguir, algumas das vantagens.

Faz a equipe não ficar acomodada

Quando os profissionais trabalham há muito tempo juntos, ficam mais entrosados e acabam obtendo um alto nível de energia. Porém, há um problema: alguns se tornam acomodados e começam a entregar suas demandas com baixos resultados. O que não é nada bom.

No entanto, quando a empresa tem um pequeno grau de rotatividade, isso não acontece. Os talentos que não são adequados deixam a equipe, dando espaço para outros que estão com mais energia e vontade de trabalhar. Assim, todo o time sai da zona de conforto.

Renova o quadro de colaboradores

Renovar colaboradores é algo indispensável para as empresas. Afinal, tudo muda e quem não se adapta ao novo modelo de mercado, infelizmente, é substituído por alguém mais experiente. Então, essa renovação é impulsionada pela entrada de novos talentos, com outras ideias e ânimo.

Em outras palavras, quando um antigo colaborador sai, entra um novo, trazendo consigo um gás e energia. Dessa forma, essa rotatividade renova toda a empresa!

Afasta os profissionais que estão menos alinhados

Existem várias maneiras de avaliar um colaborador. No entanto, é preciso analisar dois tipos de competências: o alinhamento à cultura da empresa e a produtividade diária. Os profissionais que realmente entendem esses pontos são os mais talentosos e merecem ser mantidos.

Mas há profissionais que não entendem nenhum dos dois pontos e prejudicam o desenvolvimento da empresa. Sendo assim, oferecem um péssimo exemplo aos outros colaboradores. Nesse sentido, o turnover ideal ajuda a eliminar essas falhas.

Transforma a cultura organizacional

A cultura de uma organização é um dos principais elementos corporativos, pois determina a maneira como outras pessoas agem, pensam e reagem ao longo do expediente de trabalho. Para tanto, ela deve ser construída por meio de interações interpessoais e em constante movimento.

Portanto, esse sangue novo na equipe gera transformações à cultura da empresa, podendo melhorar ainda mais o ambiente.

Como as tecnologias podem ajudar o turnover ideal?

As novas tecnologias, com certeza, ajudam bastante uma empresa no turnover ideal. As ferramentas de ponta auxiliam na mensuração correta da transição dentro de uma organização. Afinal, contratar as pessoas certas e evitar a alta rotatividade são alguns dos benefícios.

Assim, com um bom software de recrutamento e seleção, é possível projetar todo esse processo de contratação de novos talentos. O que traz facilidade e assertividade durante um processo, reduzindo o número de turnover com recém-contratados.

Além disso, uma boa plataforma ajuda os gestores a fazerem uma boa avaliação da sua equipe, verificando suas competências, talentos e se estão produzindo conforme o esperado. Dessa forma, vê-se quem está apto para realmente continuar no time, descobre-se em quem é preciso investir em treinamentos e capacitações e quem deve ser desligado.

Como vimos, o turnover ideal varia de acordo com cada empresa. Afinal, as equipes e necessidades são distintas. Por isso, é preciso ter uma boa política de retenção para mensurar esse nível de rotatividade. Além de contar com boas tecnologias para ajudar a gestão.

O conteúdo foi útil? Então, continue por aqui e aprenda mais sobre turnover!

0 0 vote
Article Rating


Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments