Tudo sobre Profiler: o que é, como aplicar o mapeamento de perfil

Baixe grátis!

Aqui você encontra:

Desde que se aliou à tecnologia, a Gestão de Pessoas se tornou uma área fundamental para a gestão estratégica das empresas. Nesse contexto, o uso do Profiler, dentro de People Analytics proporciona uma base de dados robusta e diversificada, na qual se pode extrair informações que fazem toda a diferença na tomada de decisões.

Neste conteúdo você vai descobrir o que é Profiler, como usar o mapeamento comportamental, quais são as vantagens e muito mais! Confira! 

Veja os assuntos sobre o Profiler que você encontra nesta página. Se preferir, clique em algum deles e vá direto ao que está buscando. 

O que é Profiler?

Profiler é uma ferramenta de Gestão Comportamental, desenvolvida pela Sólides, que permite mapear os perfis comportamentais das pessoas. 

A ferramenta de mapeamento comportamental é baseada na metodologia DISC e em mais sete teorias comportamentais. O Profiler é aprovado pela USP e pela UFMG, e oferece 97% de precisão em seus relatórios.

O Profiler é um mapeamento robusto que permite conhecer melhor o indivíduo, identificando uma série de informações que podem ser utilizadas de forma estratégica para potencializar talentos e melhorar a gestão de pessoas.

Dessa forma, a ferramenta mostra características e habilidades, pontos de melhoria, estilos de liderança, entre outros indicadores que veremos ao longo deste conteúdo.

Material gratuito sobre Profiler, ferramenta para mepamento de perfil comportamental

Como funciona o Profiler?

O Profiler é uma ferramenta em formato de questionário bastante simples de utilizar. Para tanto, é dividido em duas etapas:

  • Na primeira, o usuário deve marcar características que ele identifica em si mesmo. 
  • Já na segunda, devem ser marcadas as características que ele percebe que são exigidas a ele pelo meio.

O questionário pode ser respondido pelo computador, tendo duração em torno de 7 minutos. O relatório gerado fornece mais de 50 informações sobre o profissional.

Para utilizar a ferramenta, é preciso comprar créditos. Dessa forma, cada crédito dá direito a um mapeamento. Depois de adquirido, basta enviar o passaporte para a pessoa que deseja avaliar. Assim, você receberá o relatório comportamental pronto.

Veja a seguir algumas etapas de como funciona o Profiler.

Análise de perfis comportamentais

O ponto de partida do Profiler está na aplicação do questionário de mapeamento de perfil comportamental, que se baseia em sete metodologias diferentes. Em menos de 7 minutos o sistema é capaz de fornecer mais de 50 informações sobre uma pessoa, o que ajuda a compreender como ela se relaciona e responde a diversas situações do dia a dia de uma empresa.

Devolutiva

O resultado apresentado pela aplicação do questionário vem em forma de um relatório de perfil comportamental bastante detalhado, chamado de devolutiva do Profiler. Aqui, as informações apresentadas são como um raio-x comportamental do indivíduo e podem fornecer muitos insights e basear as tomadas de decisões mais importantes.

Ao ler a devolutiva, a sensação que muitas pessoas relatam é de estarem sendo descritas, como se a ferramenta fosse um velho amigo de longa data. Não raro, temos relatos de profissionais que, depois de analisarem sua devolutiva, finalmente conseguem traduzir em palavras o que já sentiam de alguma maneira, mas não conseguiam explicar.

Aplicação prática

Com base nos resultados obtidos no mapeamento comportamental, inúmeras providências podem ser tomadas. A começar pelo autoconhecimento desenvolvido em cada pessoa, que passa a ter mais consciência de suas limitações e potenciais. No gerenciamento de times, as lideranças conseguem estabelecer diretrizes mais precisas e traçar planejamentos mais eficientes para o cumprimento de metas.

Ainda, o setor de RH passa a ter os subsídios necessários para se tornar uma área estratégica, com o uso de People Analytics como principal base de todos os seus subsistemas. Isso significa que todas as decisões passam a ser tomadas por meio de dados e informações concretas, extraídas das análises comportamentais. 

Por fim, em conjunto com outras ferramentas, a Gestão de Pessoas começa a contribuir diretamente com o desenvolvimento e sucesso do negócio. 

Aprenda mais sobre o Profiler no curso grauito da Escola de Pessoas sobre "Profiler para autocinhecimento" ⬇️

O que é perfil comportamental?

Perfil comportamental é a soma de algumas características pessoais, que permitem entender e antecipar atitudes das pessoas diante de determinadas situações. No trabalho, é uma maneira de compreender a reação dos colaboradores em situações de eventual pressão.

O Profiler leva em consideração quatro perfis comportamentais: comunicador, executor, planejador e analista. No mapeamento comportamental existem várias combinações possíveis de predominâncias de diferentes níveis para os perfis.

Veja a seguir mais detalhes sobre cada um dos perfis comportamentais. 

Quais são os 4 tipos de perfil comportamental?

Executor

Os executores são pessoas ativas, competitivas e dinâmicas, que não têm medo de assumir riscos e enfrentar desafios. O que caracteriza esse perfil é a força de vontade. Além disso, apreciam desafios e os obstáculos os estimulam a agir cada vez mais. 

Tendem primeiro a executar, para depois pensar em como fazer. Ademais, têm autonomia, independência e sabem se impor aos demais, sendo autoconfiantes e tendo características de líder. Por fim, podem ser autoritários e um tanto quanto inflexíveis, o que requer cuidado. 

O perfil executor é bastante adequado para tarefas rápidas que necessitam de iniciativa e determinação.

Comunicador

Os comunicadores são extrovertidos, falantes, ativos e não apreciam monotonias. Esse tipo de perfil tem facilidade na comunicação e gosta de trabalhos que envolvam movimentação e autonomia. Para tanto, precisam do contato interpessoal e de um ambiente harmonioso, ainda, não gostam de passar despercebidos. 

Com essas características, eles se tornam mais sociáveis com pessoas do mesmo grupo e, por serem amigos de todos, atuam melhor em equipe. Além disso, são vaidosos e admiram sua projeção pessoal e social. Por fim, são imaginativos e têm sentimento artístico, apresentando rapidez e agilidade em suas atitudes. 

Planejador

Os planejadores são pessoas calmas, tranquilas, prudentes e autocontroladas. Gostam de rotina e atuam em conformidade com normas e regras estabelecidas, por isso sentem-se bem quando estão acompanhados de pessoas mais ativas e dinâmicas. Frequentemente, decidem sem pressão e com bom senso. 

Além disso, os planejadores são introvertidos e têm uma tranquilidade singular que lhe conferem um perfil de fácil relacionamento, manso e bem equilibrado. Ainda, são pacientes, observadores e planejam a melhor forma de executar uma tarefa antes de iniciá-la. Em situações de crise, agem com tranquilidade e buscam a melhor saída.

Analista

Os analistas são preocupados, detalhistas, rígidos, porém calmos. Seu comportamento com as pessoas é discreto e tendem a ser observadores e menos falantes. Um grande desafio para esse perfil é o pessimismo, originado da atenção aos detalhes. Por serem mais sensíveis, têm facilidade com o campo das artes. 

Foco, inteligência e perfeccionismo, são algumas das suas principais características. Essa última faz com que eles tenham dificuldade em vencer a fase do pensar, por isso precisam ser estimulados a agir. Por fim, a qualidade dos processos que executam influencia diretamente na velocidade e no volume de suas entregas.

O que é relatório de perfil comportamental Profiler?

O relatório de perfil comportamental em si é o que chamamos de Profiler, mas para dar início às análises é necessário a partir do resultado do mapeamento comportamental colocar em prática a devolutiva Profiler. 

Confira a seguir mais detalhes sobre o relatório e a devolutiva. 

Aspectos listados no relatório Profiler

  • Energia;
  • Índice de Exigência do Meio;
  • Índice de aproveitamento
  • Moral;
  • Índice de positividade
  • Amplitude;
  • Tempo de resposta;
  • Índice de flexibilidade;
  • Energia do Perfil;
  • Incitabilidade.

Tecnologia humanizada e gestão de pessoas: saiba mais e entenda a relação

O que analisar no relatório Profiler?

Nível do perfil

O Nível do perfil é um gráfico que indica o percentual de cada um dos quatro perfis que a pessoa apresenta. O perfil positivo mostra os fatores nos quais ela tem mais qualidades e o perfil negativo os que mais precisa desenvolver. O perfil geral indica quais são os perfis comportamentais mais dominantes e que regem o dia a dia da pessoa.

Na sequência desse gráfico, o Relatório Profiler traz uma série de análises descritivas que envolvem as características identificadas, além de vantagens, desvantagens, estilo de gestão requeridos entre várias outras que ajudam tanto o RH e os gestores quanto a própria pessoa avaliada a compreender o resultado apresentado nos índices e gráficos.

Energia

Essa é uma questão que indica a disposição do colaborador para o seu trabalho. Além de analisar a sua capacidade de mudança e absorção de estresse.

Por isso, se esse ponto for baixo, muito baixo ou excessivamente baixo, verifique se as exigências do meio externo são muito grandes sobre esse profissional. Pode ser que sim, que estejam demandando muitas habilidades não naturais para o perfil.

Índice de Exigência do Meio

Chamamos de IEM o fator que mede a força do meio externo na vida do colaborador. Logo, é possível comparar o índice com as cobranças do meio externo.

Índice de aproveitamento

O perfil que tem um alto índice de aproveitamento mostra que o colaborador se encontra em um momento em que as suas habilidades estão sendo bem aproveitadas pela empresa. Do contrário, ou seja, se estiver baixo, quer dizer que as habilidades dele não estão sendo muito requisitadas.

Moral

Esse é um ponto que indica o nível de autoaprovação da pessoa em termos de desempenho profissional e pessoal. Quando está alto, quer dizer que o colaborador está com a moral em alta e acredita que está no caminho correto para se desenvolver.

Ainda, pode mostrar que o colaborador sente que as mudanças podem ajudar o seu desempenho a melhorar. Portanto, é bom buscar alternativas eficientes para auxiliar esse perfil.

Índice de positividade

Esse indicador mede a autoestima do colaborador. Mostra a sua autoaprovação, especialmente nas questões pessoais. Uma comparação entre as características positivas e negativas que o profissional vê em si mesmo.

Amplitude

Esse ponto na Devolutiva Profiler Sólides mostra o quão importante é o ambiente de trabalho para a produtividade do colaborador. Uma pessoa com amplitude alta impacta e é impactada pelo ambiente de forma mais intensa.

Mas se está baixa, mostra que o ambiente impacta um pouco menos, ela fica mais focada e concentrada em seu trabalho. Assim, atitudes certas e eficientes podem mudar esse cenário positivamente.

Tempo de Resposta

Na Devolutiva Profiler Sólides, esse ponto mostra qual o tempo que o colaborador consumiu para responder ao questionário online. Incide, especialmente, sobre o autoconhecimento do avaliado, por exemplo, pessoas que não param para pensar em seus comportamentos terão mais dificuldades para responder e identificar seu estilo.

O ideal são tempos que variam entre 3 a 11 minutos. Caso a pessoa ultrapasse, mostra que ela teve dificuldade para compreender alguma questão. Mas se vier rápido demais, abaixo de 3 minutos, indica que não houve uma resposta consciente, ou seja, só enviou o questionário por enviar.

Índice de flexibilidade

O item avaliado mostra o quanto a pessoa é flexível, mudando seu comportamento de acordo com o momento. Indica se isso é algo mais fácil ou difícil para ela. Além de apontar com que facilidade o colaborador aceita e absorve essas transformações.

As respostas podem ser bastante variadas. Afinal, é preciso considerar fatores, como época em que o profissional respondeu o questionário, seu estado emocional e a aceitação dos novos processos e conceitos da empresa.

Energia do Perfil

Nesse caso, trata-se da energia natural da pessoa. Diferentemente do primeiro tópico abordado na Devolutiva Profiler Sólides, que mostra a sua energia para o trabalho.

Comunicadores e planejadores tendem a ter energia de perfil menor, pois são mais relacionais e se energizassem com o trabalho em equipe e com os outros colaboradores.

Incitabilidade

O último ponto a ser analisado pela Devolutiva Profiler Sólides mostra a reação do colaborador aos estímulos. Indica o quanto essa pessoa está motivada com uma nova ideia, projeto, situação ou desafio.

Gráfico de perfil isolado

O Gráfico de perfil isolado mostra o quanto de cada perfil comportamental a pessoa apresenta. A linha azul representa o que a pessoa é, a linha vermelha o que o meio externo cobra que ela seja e a linha cinza é a tendência de entrega profissional no curto e médio prazo.

Gráfico estilo de liderança

O Gráfico estilo de liderança indica o tipo de liderança que a pessoa tende a exercer, mesmo que ela não ocupe um cargo dessa natureza. Os estilos são:

  • Dominante: assume postura de comando e demonstra dominância;
  • Informal: desprendimento a regras e padrões preestabelecidos;
  • Condescendente: não gosta de se expor a risco e tem muito foco;
  • Formal: preferem alcançar seus objetivos mais pelo trabalho árduo do que pela conversa.

Gráfico liderança atual

O Gráfico de liderança atual indica como a pessoa está agindo atualmente com relação ao seu estilo de liderança. Por isso, é necessário interpretá-lo junto ao gráfico de estilo de liderança para uma análise mais completa.

Gráfico área de talento

A metodologia utilizada no Profiler elenca 13 áreas de talento que um profissional pode apresentar. No relatório Profiler, no Gráfico área de talento, o ponto em roxo e o círculo em sua volta representam as áreas de maior conforto para a pessoa, enquanto o ponto vermelho mostra a exigência do meio. 

Assim, quanto maior for a distância entre esses dois pontos, maior tende a ser o desgaste para o profissional, pois isso indica que o meio exige que ele saia de sua zona de conforto.

Gráfico análise de competências

O Gráfico de competências traz uma figura tipo radar e analisa 20 competências fundamentais do profissional. A leitura do gráfico é intuitiva e simples, assim, quanto mais próximo da borda, maior o percentual da competência, e quanto mais próximo do centro, menor o percentual. Trata-se de uma excelente ferramenta para avaliação das competências a serem desenvolvidas nos times.

Quem pode usar o Profiler?

O Profiler é uma ferramenta de Gestão Comportamental, que está diretamente relacionado à Gestão de pessoas nas empresas. Contudo, os seus benefícios não se restringem à área de RH, impactando também os diferentes atores que interagem com ela no dia a dia de uma organização. Veja abaixo quem são essas pessoas.

Profissionais de RH

Sem dúvida alguma, os profissionais de RH são os principais interessados nos benefícios que o Profiler tem a oferecer. De forma direta, estamos falando de uma ferramenta que entrega ao setor algo que ele não tinha nas décadas passadas: dados concretos sobre os colaboradores.

Nesse sentido, as informações fornecidas pelo Profiler eliminam a subjetividade no setor e possibilitam a definição de ações mais seguras e embasadas. Em momentos de crise ou de expansão, fica muito mais fácil determinar quem são as pessoas que devem permanecer e qual o perfil de quem precisa ser contratado, por exemplo. 

Ainda, o RH passa a ser requisitado para a definição de estratégias macro do negócio e a valorização do setor reflete em sua profissionalização e reconhecimento.

No vídeo a seguir, Idalberto Chiavenato, fala sobre a importância dos dados para a gestão de pessoas.

Mentores, orientadores e coaches

Quem aplica ou passa por um processo de mentoria, orientação ou coaching sabe muito bem que o autoconhecimento é o ponto de partida fundamental para o desenho de qualquer plano de desenvolvimento. Mas antes de pensar em como chegar a um objetivo, é preciso entender de onde estamos partindo.

A devolutiva do Profiler é muito mais do que um simples relatório com números, gráficos e descritivos. Trata-se de uma ferramenta de autoconhecimento, que ajuda a mostrar, em detalhes, aspectos comportamentais que influenciam a carreira de uma pessoa. 

Logo, conhecer tais elementos ajuda a desenvolver planejamentos mais precisos, que respeitam e tratam as limitações enquanto aproveitam ao máximo as qualidades.

Confira no vídeo a seguir como consultores e coaches podem usar o Profiler. 

Gestores de áreas

Gerenciar uma área não é uma tarefa simples. Uma pessoa que assume uma posição de liderança precisa lidar com diferentes desafios, que vão desde a adoção de processos otimizados e domínio das questões técnicas da área até um bom direcionamento dos liderados.

Nesse caso, o uso do Profiler ajuda os gestores a implementar uma gestão estratégica em seu setor, ao dar acesso a uma fonte rica e diversificada de informações. Com base nos relatórios emitidos pela ferramenta, é possível compreender a melhor forma de lidar com cada membro do time, quais são as táticas que tendem a apresentar os melhores resultados, como motivar e potencializar as qualidades de todos dentro do grupo.

Empresas

Empresas que usam o Profiler gerenciam seus colaboradores de forma mais inteligente e eficiente. Como consequência, as pessoas se tornam mais satisfeitas no ambiente de trabalho, influenciando positivamente no clima organizacional e no engajamento dos times. 

Desse modo, todo esse movimento provoca um fortalecimento da cultura organizacional, o que impacta tanto na atração quanto na retenção dos melhores talentos.

Profissionais em geral

Por fim, não podemos deixar de falar dos efeitos que o uso do Profiler causa diretamente nos profissionais. O mais importante é a melhoria no autoconhecimento. Nada fortalece mais uma pessoa do que ela compreender quem ela é e como tende a reagir em determinadas situações.

Todo esse conhecimento ajuda a traçar melhores rumos para a carreira, de forma a aliar aspectos que atenuem as deficiências com outros que potencializam as qualidades. Como resultado, há uma aceleração do progresso profissional, com o alcance de feitos muito maiores que o inicialmente imaginado e em bem menos tempo.

15 habilidades profissionais do futuro segundo o fórum econômico mundial

Como usar o Profiler?

Agora que você já sabe quais são todas as vantagens que podem ser obtidas, vamos falar sobre como usar o Profiler em diferentes processos dentro de uma empresa!

Engenharia de cargos

O ponto de partida da realização de boas contratações e promoções é ter todas as funções da empresa muito bem definidas e estruturadas. A engenharia de cargos cuida dessas questões, que envolvem desde a descrição detalhada de cada posição até as relações de subordinação entre elas.

Com a ajuda do Profiler, o RH consegue aumentar a profundidade das características de cada um dos cargos, ao acrescentar questões comportamentais que influenciam em seu exercício diário. 

Mas além das habilidades técnicas, gestores e recrutadores podem compreender melhor quais são os comportamentos a serem buscados em quem se dispõe a ocupar cada posição.

Veja mais: como desenhar cargos utilizando o Profiler

Recrutamento e Seleção

Um dos processos que mais se beneficiam diretamente do Profiler é o de Recrutamento e Seleção. Trata-se da forma mais fácil e prática de conhecer os candidatos mais a fundo, antes de integrá-los ao time. 

Aliada a uma engenharia de cargos bem-feita, a base de informações fornecidas pela ferramenta facilita e apura a escolha dos profissionais certos para o preenchimento de cada uma das vagas. 

Desenvolvimento de talentos

A subárea de Treinamento e Desenvolvimento historicamente enfrenta dificuldades em precisar os efeitos de seus esforços. Por meio do Profiler, os analistas conseguem estabelecer relações diretas entre os planos de desenvolvimentos implementados e os resultados obtidos por eles. 

Além disso, a própria elaboração do planejamento das ações se torna mais simples e efetiva, ao identificar com maior precisão o que cada colaborador precisa desenvolver a cada momento. Elementos perfeitos para a estruturação de um ótimo plano de desenvolvimento individual, ou PDI. 

Formação de times de alta performance

Toda empresa deseja ter os melhores profissionais do mercado, afinal, isso faz toda a diferença na qualidade das entregas aos clientes e na imagem que se constrói frente ao mercado. Sem dados, tudo é feito na base de muito esforço e de tentativas e erros. Logo, para conseguir alcançar esse patamar, leva muito tempo e gera muitas incertezas.

Nesse sentido, o Profiler entrega todas as informações necessárias para montar times de alta performance desde o começo, já no processo seletivo. A engenharia de cargos indica quais são as características mais relevantes a serem buscadas, a devolutiva fornece os dados de cada candidato e os gestores avaliam quais são aqueles que melhor se enquadram nos requisitos levantados.

Além disso, toda essa apuração pode ser utilizada ao longo dos anos, na renovação dos times, com a promoção de algumas pessoas, migração de áreas e até mesmo na dispensa de quem não estiver entregando a contento.

Gestão estratégica de pessoas

Estratégia depende diretamente de dados, e o Profiler é a melhor ferramenta do mercado para fornecer informações sobre pessoas. A base de informações proporcionada por ele permite que as decisões, desde as menores às mais importantes, sejam tomadas de forma mais racional e precisa, tomando como premissa os dados reais obtidos por meio de 7 metodologias de análise comportamental. 

Melhoria na eficiência operacional

A formação de times mais adequados às demandas da organização inevitavelmente gera equipes mais fortes e capazes de entregas com mais qualidade, agilidade e redução de custos. Em outras palavras, a empresa ganha eficiência operacional.

Isso acontece não apenas na composição das equipes, mas também na manutenção delas no dia a dia, com uma gestão mais próxima, antenada e preparada para lidar com os possíveis desafios. Dessa forma, o Profiler atua em toda a cadeia de relacionamento da empresa com seus colaboradores, garantindo mais proximidade, eficiência e melhores resultados.

Retenção de colaboradores

O Profiler atua na retenção de colaboradores sob dois aspectos principais. O primeiro está relacionado à atenção mais próxima às necessidades individuais das pessoas, ao identificar seus perfis e suas tendências. 

Já o segundo, refere-se às próprias consequências de tudo o que é implementado por meio da ferramenta, que melhora o clima organizacional, a relação entre os profissionais e lideranças e o engajamento dos times.

Retenção de talentos: o que é e como fazê-la em guia completo

Gestão de crise

Toda empresa está sujeita a passar por momentos mais difíceis ao longo de sua história, por isso é muito importante se manter atento e preparado. Mais uma vez, são as informações que permitem antecipar cenários, definir estratégias de sobrevivência do negócio e realizar uma gestão de crise mais eficaz.

O exemplo mais drástico foi a crise instaurada pela pandemia de COVID-19, que atingiu o mundo. Os primeiros meses de ações restritivas foram de muitas incertezas, grandes perdas financeiras para muitos negócios e quem não contava com uma base de informações sólidas sobre seus colaboradores ainda teve que tomar muitas decisões no escuro.

Um cenário que foi amenizado nas empresas que utilizavam o Profiler, já que, nesses casos, elas conseguiram desenhar diferentes possíveis cenários e reduzir as incertezas sobre os próximos passos. 

Na hora de se reinventarem, de reduzir os times e otimizar a operação, elas sabiam quem eram as pessoas certas para cada nova posição e como reorganizar a empresa para vencer todos os novos desafios.

Gestão de crise e o Profiler: como analisar os índices estrategicamente

Benefícios do Profiler

1. Cruzamento e mensuração de dados para recrutamento e seleção

Com o algoritmo da Sólides, o tempo para realizar um processo de recrutamento e seleção pode ser reduzido em até 70%, pois nossa plataforma avalia tanto hard skills quanto soft skills, de forma eficaz e rápida. 

Além disso, realizando o mapeamento comportamental de seus candidatos com o Profiler, você consegue entender de modo analítico, com base em coleta e cruzamento de dados, quais pessoas escolher para trabalhar na sua empresa e quais são suas competências. E isso ocorre mesmo antes do candidato ser convidado para uma entrevista. 

Por meio do Jobs da Sólides, função de recrutamento e seleção do Profiler, os candidatos fazem seu cadastro e realizam a avaliação do seu perfil comportamental. Os resultados são armazenados dentro da própria plataforma, possibilitando maior agilidade no processo e maior efetividade na escolha do candidato. 

Assim, você pode avançar no processo de recrutamento e seleção somente com os candidatos que realmente dão “match” com a vaga.

2. Maior retenção de talentos

Depois de tanto empenho para realizar um processo seletivo e encontrar aquele talento que sua empresa tanto procurava, provavelmente, você não vai querer perdê-lo facilmente. 

Pensando na retenção de talentos, o Profiler possibilita que você realize um comparativo entre seu candidato e um colaborador com base em variáveis, como cargo, liderança e departamento. 

Assim, você pode analisar com maior assertividade o quanto ele se adapta ou complementa a equipe. Ainda, é possível usar essa função com foco na rotação de funções, colocando a pessoa certa no lugar certo. 

Dessa forma, quando você forma uma equipe com diversidade de perfis, porém com objetivos em comum, tem como resultado performances incríveis e um ambiente estimulante de se trabalhar. Nesse contexto, o colaborador pensará duas vezes antes de procurar outra empresa para trabalhar.

3. Análise de Performances

Por meio do mapeamento comportamental, avaliação de desempenho e outros dados e índices que o Profiler proporciona, é possível separar os colaboradores em grupos, que você pode classificar como de alta ou baixa performance. 

Com esses dados em mãos, você extrai informações de performances, como energia, pressão, aproveitamento, competências, flexibilidade, perfis predominantes e muito outros.

Assim, será possível entender em quais colaboradores você deve investir para a criação de um Plano de Desenvolvimento Individual (PDI), treinamento e desenvolvimento, além de ações de engajamento para desenvolver profissionais de baixa performance e garantir melhorias na produtividade e a diminuição do turnover.

4. Ampliação do engajamento dos colaboradores

A combinação perfeita entre empresa e profissional melhora o engajamento e diminui a rotatividade. Mapear o perfil comportamental dos colaboradores que já estão na empresa utilizando o Profiler, auxilia na identificação de candidatos que contribuirão para que a equipe tenha uma melhoria na performance. 

Isso porque, ao obter um conhecimento mais profundo sobre seus colaboradores, você pode contratar profissionais que complementam as hard e soft skills que estejam faltando para que determinado setor alcance os objetivos. 

Além disso, com o Profiler é possível realizar pesquisas de clima dentro da empresa e avaliação de desempenho, o que facilita na escolha de ações para o desenvolvimento de carreira dos profissionais, aumentando a motivação e o engajamento dos colaboradores. 

5. Feedbacks construtivos

Mesmo sendo uma ferramenta de gestão de pessoas fundamental para que o colaborador possa entender como ele está desempenhando seu papel e em quais pontos ele precisa buscar melhorias, o feedback ainda é um momento delicado que causa muitas dúvidas nos gestores e líderes na hora de escolher a melhor forma de abordagem.

Logo, quando o gestor de RH ou líder conhece profundamente o perfil comportamental do colaborador que receberá o feedback, fica mais fácil alinhar o tipo de condução para causar um impacto positivo no profissional avaliado, sem que ele se sinta desmotivado. 

Ainda, quando você conta com o auxílio do Profiler, além de poder abordar o colaborador de acordo com o que o motiva e o transforma, também consegue apresentar para ele como anda seu desempenho, por meio de métricas e indicadores sólidos e não pelo achismo. 

Assim, o colaborador sentirá mais confiança na sua abordagem e fará de tudo para melhorar seu desempenho.

Veja como melhorar a abordagem do feedback por perfil comportamental

6. Melhoria no clima organizacional

Clima organizacional é o nome que se dá à percepção que os colaboradores têm a respeito da organização onde trabalham. A política da empresa, sua estrutura, sistemas, processos e valores, tendem a influenciar diretamente na qualidade de vida das pessoas. 

Agora, você pode questionar: “Como o Profiler pode auxiliar na melhoria do clima organizacional da empresa?”

Citando apenas algumas das formas que o Profiler pode ajudar, temos o mapeamento do perfil comportamental. Isso porque, o Profiler tem como objetivo mapear diversas  competências, como dinamismo para o trabalho, estilo de liderança ideal para o colaborador, dentre outras atribuições. 

Logo, todas essas habilidades, quando mapeadas corretamente, auxiliam no direcionamento do colaborador certo para as tarefas corretas, contribuindo para o seu bem-estar, evitando o esgotamento profissional e também ajudando na melhoria do seu relacionamento com os demais membros do time.

Quer saber mais? Veja mais detalhes sobre como a análise do perfil comportamental impacta o clima organizacional

7. Autoconhecimento para o desenvolvimento de competências

Por fim, e não menos importante, o Profiler também contribui para que o próprio profissional possa se conhecer melhor. Com o resultado da sua análise comportamental, o colaborador conhece os próprios pontos fortes e fracos, o que é fundamental para que o indivíduo possa aprimorar suas competências técnicas e comportamentais por si só.

Assim, ele não só crescerá como profissional, mas, também, como pessoa, pois o mapeamento comportamental contribui na ampliação da visão de si mesmo, dentro e fora do ambiente de trabalho, permitindo que o próprio indivíduo faça escolhas mais alinhadas com o que ele quer para a sua vida em todos os âmbitos.

O Profiler é, sem dúvidas, o mais completo em People Analytics do mercado. Além de entregar um volume bem grande de dados e informações sobre cada pessoa, ele também traz essas informações em um nível bastante aprofundado, gerando conhecimento para o avaliado, o RH e os gestores de times.

Tudo isso permite que a Gestão de Pessoas adote uma postura muito mais estratégica, trazendo diversos benefícios para o negócio.

Então, o que está esperando para ter todas essas vantagens em sua empresa? Conheça e contrate agora mesmo o Profiler Sólides!

Compartilhe:

Você também vai gostar!

Rolar para cima