Sólides

Clima organizacional: o que é, 8 exemplos e como fazer a pesquisa!

Entenda a importância do clima organizacional, tipos, exemplos, como medir e quais os resultados que ele pode trazer para sua empresa!
clima organizacional
GARANTA SUA VAGA

Aqui você encontra:

Você já se perguntou por que algumas empresas têm equipes tão engajadas, motivadas e de alto desempenho? Saiba que muito disso está relacionado ao clima organizacional.

Esse fator, capaz de mudar a realidade das organizações, tem movido cada vez mais os RHs a terem estratégias voltadas a ele. Por isso, preparamos este material completo com tudo que você precisa saber sobre clima organizacional, com exemplos e dicas de como melhorar esse conceito na sua empresa.

Boa leitura!

O que é clima organizacional?

O clima organizacional é a percepção que os colaboradores têm da empresa, formado a partir de diversos fatores. Portanto, o entendimento que a equipe desenvolve sobre o dia a dia no trabalho influencia em diversos pontos, como satisfação no trabalho, motivação e desempenho, entre outros.

Podemos comparar o clima organizacional a um farol: ele pode estar verde, o que indica que está tudo bem para seguir; amarelo, sinalizando que é preciso ter atenção e realizar melhorias; ou vermelho, quando é necessário tomar atitudes rápidas e eficazes.

Dessa forma, todas as ações e escolhas da empresa influenciam no clima organizacional, positiva ou negativamente. Mas como isso acontece no dia a dia? Esse conceito considerado “invisível” por muitos profissionais de RH pode ser representado na prática, como veremos a seguir.

Tipos de clima organizacional

Acima, comparamos o clima a um farol certo? Isso porque, ele é uma ótima representação dos tipos de clima organizacional, que são:

Clima organizacional bom: ou clima organizacional positivo, quando a empresa atinge esse nível, indica que os colaboradores se sentem valorizados, motivados e comprometidos com a organização. Portanto, é muito provável que eles terão uma performance, dedicação e resultados acima da média.

Clima organizacional mediano: aqui,  os colaboradores estão neutros em relação ao seu trabalho. Sendo assim, não podem ser considerados realizados e nem desmotivados. Porém, isso pode refletir em resultados mais “mornos” e, sem atenção para mover esse ponteiro, pode ser que essa percepção se torne negativa ao longo do tempo.

Clima organizacional ruim: aqui, o farol está totalmente vermelho. É possível encontrar colaboradores mais descontentes, desmotivados e com entregas bem abaixo do esperado. Outras consequências para a empresa podem ser alto turnover, RH sobrecarregado, imagem prejudicada diante dos clientes, etc.

Planilha de turnover grátis para acompanhar a rotatividade

Preencha o formulário e receba a planilha de turnover grátis no seu e-mail 📩

Exemplos de clima organizacional

A atenção a esse conceito começa com a identificação dos sinais para definir se está bom ou ruim no dia dia. Assim, exemplos de clima organizacional positivo são:

  • Locais com reuniões produtivas e respeitosas;
  • Ambientes em que é possível contar desafios e receber apoio;
  • Empresas com sentimento de equipe;
  • Colaboradores que são “embaixadores da marca” e tem orgulho de onde trabalham.

Já exemplos de clima organizacional negativo podem ser:

  • Chefes autoritários e que não aceitam opiniões;
  • Espaços de trabalho sem o ambiente adequado para a realização das tarefas;
  • Organizações sem espaço de desenvolvimento e crescimento;
  • Colaboradores que não sentem ou não entendem a importância de seu trabalho.

Além disso, é importante ressaltar que diversos fatores compõem o clima, por isso, se você identificou um ou mais itens dos exemplos citados, não se preocupe. Ainda iremos ver em detalhes como você pode ter um diagnóstico assertivo.

Qual a importância do clima organizacional?

O clima organizacional é um dado importante que ajuda o RH a saber se seus esforços relacionados a engajamento, retenção de talentos e promoção do desempenho estão no caminho certo, entre outros fatores.

Assim, sem essa informação, a Gestão de Pessoas pode sofrer com diversos problemas com causas aparentes, ou não entender, por exemplo:

  • Forças e fraquezas da empresa como marca empresa;
  • Motivos de rotatividade;
  • Estilo de liderança aplicado;
  • Ideias de condução de treinamentos;
  • Níveis de satisfação no trabalho;
  • Como estão as relações interpessoais na empresa, e mais.

Por isso, os dados do clima organizacional representam uma vantagem estratégica para o RH, além de ajudarem você a tomar decisões assertivas, que tragam os melhores resultados.

Compartilhe nas suas redes sociais ou clique na imagem para baixá-la!

LinkedIn
WhatsApp
Email

Quais as vantagens de ter um clima organizacional bom?

Enfim, como o clima organizacional afeta a empresa, o RH e seus colaboradores? Pode ter certeza de que todos saem ganhando. Ao melhorar seu clima organizacional, alguns dos ganhos são:

  • Aumento dos resultados: 89% das companhias reconhecem que bons resultados estão diretamente ligados à motivação e à felicidade dos colaboradores;
  • Redução de turnover: o DIEESE constatou que empresas com um clima organizacional positivo têm um turnover três vezes menor;
  • Melhores relações interpessoais e menos conflitos no trabalho: um ambiente com um nível menor de estresse tem maior segurança psicológica e, portanto, menos conflitos;
  • Retenção de talentos: em um ambiente em que a valorização dos colaboradores está em foco, eles sentem-se mais motivados a permanecer.
  • Employer Branding: organizações com um bom Employer Branding tem uma alta vantagem competitiva na atração dos melhores talentos;
  • Resiliência diante desafios: uma equipe unida e engajada é capaz de unir forças para superar desafios, além de ser mais inovadora;
  • Diminuição no estresse e na ansiedade: a dificuldade em lidar com as exigências de um ambiente com um negativo podem levar ao desenvolvimento dessas condições;
  • Aumento na produtividade: ao realmente vestirem a camisa da empresa, os colaboradores esforçam-se mais para alcançar altos resultados.

Tudo isso ajuda o RH a otimizar seu tempo, ser protagonista de mudanças e resultados positivos, além de ter uma atuação cada vez mais alinhada aos objetivos do negócio!

Employer Branding: o que é e 13 estratégias de como aplicar para atrair e reter talentos

Clima organizacional x cultura organizacional: qual é a diferença?

Embora tenham conceitos semelhantes, é importante que o RH conheça as diferenças entre cultura e clima organizacional para a tomada de decisões. A primeira está ligada às necessidades humanas da empresa, reunindo valores, comportamentos, hábitos e pontos de vista em comum no ambiente de trabalho.

A cultura é preestabelecida com os valores organizacionais, que funcionam como base e distingue uma empresa da outra. A entrada de novos colaboradores pode fazer ela se adaptar até determinado ponto, de acordo com as características trazidas como contribuição por esses profissionais.

Já o clima organizacional é a percepção de cultura, que pode ser mensurada. Ele aborda tanto aspectos emocionais como técnicos. Depois de recolhidos, eles se tornam dados valiosos para o RH. Ambos os conceitos são muito importantes para o funcionamento de uma empresa, mas possuem operações diferentes.

12 fatores que influenciam no clima organizacional

Até aqui, já entendemos que o clima organizacional, apesar de nem sempre ser visível no dia a dia, é composta por diversos fatores. Porém, a junção deles é o que determina como seu colaborador vai avaliar a empresa ao final do dia. Por isso, alguns pontos em que você deve redobrar a atenção são:

  • Liderança: a liderança eficaz é essencial para um clima organizacional positivo. Os líderes devem ser inspiradores, motivadores e justos;
  • Cultura organizacional: uma cultura organizacional forte e consistente é importante para fortalecer o clima. A cultura organizacional deve ser baseada em valores como respeito, colaboração e inovação;
  • Relações interpessoais: relações interpessoais positivas entre os colaboradores criam um ambiente de trabalho mais agradável e produtivo;
  • Condições de trabalho: condições de trabalho adequadas, como segurança, conforto e infraestrutura, contribuem para o bem-estar físico e mental dos colaboradores;
  • Equilíbrio entre vida pessoal e profissional: é necessário que a equipe tenha momentos de descanso e descontração, controlando os níveis de estresse;
  • Diversidade e inclusão: cada vez mais, essa é uma questão em destaque entre os colaboradores;
  • Oportunidades de crescimento: seja em questão de progressão de carreira, quanto de treinamento e desenvolvimento, também influenciam;
  • Comunicação interna: a transparência e honestidade na comunicação também ajuda o time a ter mais segurança e confiança na rotina;
  • Políticas de RH: remuneração, benefícios, políticas e práticas justas e transparentes são de grande importância para esse conceito;
  • Alinhamento de valores: colaboradores que compartilham da missão e dos valores da empresa também tendem a perceber melhor o clima organizacional. Por isso, inclusive, a importância de um processo seletivo alinhado ao comportamento.

Por isso a necessidade de cuidar e sempre avaliar o clima organizacional. Quando o RH tem a iniciativa e o restante da empresa se compromete, é possível impulsionar todas essas frentes.

Material gratuito: guia completo sobre desenvolvimento de lideranças

Preencha o formulário e receba o material grátis no seu e-mail 📩

Como avaliar o clima organizacional da empresa?

A pesquisa de clima organizacional nada mais é que o monitoramento do ambiente de trabalho para determinar quais ações precisam ser tomadas. O principal objetivo é compreender como a cultura organizacional influencia o dia a dia corporativo.

O RH é o principal responsável por esse tipo de pesquisa, que fornece um levantamento geral dos pontos fortes e de melhoria do ambiente empresarial. Porém, esses não são os únicos dados importantes que o índice mostra. É possível analisar outros propósitos como:

  • Buscar melhorias para o local de trabalho;
  • Verificar se os colaboradores têm liberdade para opinar e ajudar na busca por soluções;
  • Identificar obstáculos de desempenho e comportamentos contraproducentes;
  • Aumentar as chances de gerar ideias inovadoras;
  • Ter uma base sólida para focar em melhorias;
  • Indicar e apoiar as decisões dos gestores;
  • Analisar a qualidade de vida dos colaboradores no ambiente corporativo;
  • Identificar como o clima está afetando a motivação;
  • Observar a possibilidade de atração de talentos;
  • Detectar tendências futuras para uma gestão mais estratégica;
  • Analisar mudanças ocorridas ao longo do tempo dentro da empresa.

Para isso, claro, o ideal é contar com as melhores práticas e ferramentas. Você saberá tudo sobre isso a seguir!

Como fazer pesquisa de clima organizacional?

Tudo começa no planejamento: nesse momento, o RH define como, quando, por quanto tempo e por quem a pesquisa será aplicada, os dados serão analisados e os resultados serão divulgados.

Depois, é hora de comunicar aos colaboradores sobre a pesquisa. É importante que eles saibam que a avaliação está relacionada ao clima organizacional, e não à performance individual. Em seguida, acontece a aplicação do questionário. É aconselhável fazê-la de maneira voluntária e anônima.

E, para ajudar a realizar esse processo da forma mais simples possível, baixe gratuitamente o nosso kit completo sobre pesquisa de clima.

@solidestecnologia

Vamos falar sobre responsabilidades do RH? 🔍 O RH desempenha um papel fundamental na construção de um ambiente de trabalho saudável e produtivo. 👉 Através de estratégias de engajamento, comunicação transparente e programas de desenvolvimento, o RH fortalece a cultura corporativa e promove o bem-estar dos colaboradores. ✨ Confira aqui mais dicas: ✅ Aplicação: o ideal é que todos os funcionários participem, tanto líderes quanto liderados. Uma dica, para deixar as pessoas mais à vontade, é manter as respostas do questionário anônimas. ✅ Análise dos resultados: comece organizando as respostas. Separá-las em categorias pode ajudar na hora de explorar os resultados. Assim, caso você tenha organizado seu questionário nesse sentido, terá muito mais agilidade em seu trabalho. Uma boa opção para auxiliar na leitura desses dados é criar uma nuvem de palavras com as expressões que mais aparecem em respostas abertas, por exemplo. 🤝 Prontinho! Agora bora colocar em prática, hein? #RH #colaboradores #climaorganizacional #saudenotrabalho #produtividade

♬ som original - Sólides Tecnologia

Como aplicar o resultado e melhorar o clima?

O volume de informações geradas por uma pesquisa de clima organizacional pode ser confuso a princípio e, por isso, separamos alguns passos que podem te ajudar a entender mais sobre como traduzir esses dados.

1 - Determine prioridades

Tenha claro que você não conseguirá realizar todas as melhorias ou sugestões identificadas pela pesquisa de clima. Por isso, entenda o que você pode fazer a curto, médio e longo prazo para mudar o cenário da sua empresa.

Uma ferramenta muito útil nesse processo é a Matriz de Eisenhower.

Matriz de Eisenhower: melhore sua habilidade de priorização de tarefas

2 - Estabeleça um calendário

Agora que você já identificou as prioridades, é hora de estipular prazos para que cada ação aconteça. Isso ajuda a determinar um norte para seus esforços e não deixar nenhuma atividade sem ser cumprida.

3 - Metrifique os resultados

Não deixe a análise sobre o clima organizacional da sua empresa cair no esquecimento! Para que suas ações sejam efetivas, estipule uma frequência para realizar novas pesquisas, por exemplo, a cada três, seis ou 12 meses.

Aliado a isso, estabeleça indicadores que vão te ajudar a saber como está o progresso dos seus objetivos. Alguns exemplos do que medir são: taxa de rotatividade, absenteísmo, produtividade, entre outros.

Portanto, entendemos como como esse é um conceito-chave para a atuação de um RH estratégico, capaz de alavancar resultados e cuidar melhor das pessoas da empresa. Para continuar aplicando as melhores técnicas, acesse gratuitamente o nosso kit completo de pesquisa de clima!

Materiais gratuitos: aprenda tudo pesquisa de clima! Ebook, planilha e modelo de pesquisa

Preencha o formulário e receba o kit grátis no seu e-mail 📩

Compartilhe:

Você também vai gostar!

Você sabe como reter os seus funcionários? Confira esse guia completo e se livre da rotatividade nos escritórios contábeis.
Confira como engajar os colaboradores com a Páscoa na empresa a partir de ideias inovadoras e práticas, além de ideias de frases para enviar!
Entenda mais sobre como a cultura organizacional na contabilidade pode ser uma grande alavanca para o crescimento do seu escritório!
Rolar para cima