Treinamento comportamental: saiba o que é e como desenvolver!

equipe de endomarketing envolvida em um projeto de trabalho
BAIXE GRÁTIS!

Aqui você encontra:

No mercado atual, empresas que focam nos seus colaboradores têm se destacado. Afinal, as pessoas são peças fundamentais para o sucesso de qualquer negócio! Nesse sentido, organizações que oferecem treinamento comportamental conseguem contar com profissionais mais engajados e de alta performance. Além disso, essa atitude mostra que as empresas não estão só preocupadas com os seus resultados e lucros, mas também com o crescimento dos seus colaboradores. E isso é muito importante para alcançar bons resultados, já que assim os profissionais se sentem valorizados no ambiente de trabalho. Por isso, hoje vamos te mostrar o que é treinamento comportamental e quais são os seus benefícios para a sua empresa! Antes de começar que tal um presente? Baixe grátis o kit de materiais sobre gestão comportamental.

Material gratuito: kit completo sobre gestão comportamental

Preencha o formulário e receba o kit de gestão comportamental grátis no seu e-mail 📩

O que é treinamento comportamental?

O treinamento é uma preparação e capacitação dos colaboradores. Ele tem como foco resultados imediatos e pontuais, normalmente oferece conhecimentos sobre questões técnicas que o colaborador necessita para exercer sua função. Mas sabemos que dentro de uma empresa existem pessoas totalmente diferentes umas das outras. Por isso, é impossível que o mesmo treinamento seja aplicado para todos e alcance os mesmos resultados! É por isso que surge o treinamento comportamental. Com ele, você se baseia nas competências e tendências comportamentais dos colaboradores para conseguir entender qual é o melhor método de ensino para cada grupo e quais habilidades precisam ser trabalhadas de uma melhor forma.

Quais são os seus benefícios?

Quando você planeja um treinamento levando em consideração o perfil comportamental dos participantes, é possível gerar diversos benefícios para cada profissional e equipe. É claro que isso se reflete diretamente nos resultados da empresa, mostrando a eficiência do seu departamento de RH! Alguns desses benefícios são:
  • assertividade, que resulta em equipes cada vez mais produtivas: se você entende o comportamento de quem receberá o treinamento, você sabe como planejar algo que cativa a atenção do grupo, fazendo com que os colaboradores realmente absorvam as informações. Isso é ser estratégico e focar em resultados!;
  • satisfação dos colaboradores: preparando treinamentos com métodos de ensino adequados e que se encaixam nas necessidades dos profissionais em sua empresa, você fará com que eles se sintam valorizados. Isso gera engajamento no trabalho e interesse nas capacitações oferecidas;
  • redução de custos: que a empresa conseguirá melhores resultados com os treinamentos comportamentais está claro, certo? Mas, além disso, você também conseguirá diminuir os custos com as capacitações ineficientes, que tomam o tempo dos profissionais e não geram resultados reais.

Como desenvolver um treinamento comportamental?

Antes de começar a planejar o treinamento comportamental, você precisa estar ciente e alinhado com os objetivos e o planejamento estratégico da sua empresa. Afinal, a capacitação também deve ter um propósito que esteja de acordo com o que a organização deseja alcançar. Mas o ponto essencial para esse tipo de treinamento é conhecer os colaboradores. E, para isso, você precisa aplicar testes de perfil para mapear o comportamento de cada profissional. A partir do teste, os colaboradores serão divididos em quatro tipos de perfil comportamental que te guiarão no planejamento de treinamentos adequados. Veja mais sobre cada um deles a seguir:

Comunicador

Os comunicadores são pessoas cheias de energia, que sabem se comunicar muito bem, extrovertidas e que não gostam de rotinas monótonas. Por isso, é importante que eles estejam em ambientes dinâmicos e relacionais para alcançarem bons resultados. Pensar em treinamentos que atendam a essas características é essencial para manter o engajamento dos colaboradores desse perfil!

Executor

Esse grupo também é muito dinâmico. Executores são pessoas competitivas, que gostam de desafios e têm foco em resultados. Por isso, oferecer capacitações que os deixem parados e que não apresente nenhum tipo de estímulo pode fazer com que os executores não engajem no propósito do treinamento.

Planejador

Pessoas com perfil planejador tendem a ser mais calmas, gostam de regras e rotinas bem definidas. Para esse grupo é ideal que o treinamento seja bem estruturado, apresente o que será abordado logo no início e siga uma ordem de execução das etapas e atividades.

Analista

Já os analistas são discretos, rígidos e preocupados. Eles também prezam por regras, são detalhistas e se aprofundam nas questões em que estão aprendendo. Não são tão relacionais e é importante que tenham materiais para estudarem sozinhos. Se interessou e quer aprofundar os seus conhecimentos sobre treinamento comportamental? Preparamos um e-book sobre "Planejamento de treinamento por perfil de equipes". banner para baixar ebook sobre planejamento de treinamento por perfil de equipes    
Isabella Furbino
Isabella Furbino
Sou coordenadora de Treinamento e Desenvolvimento na Sólides, mentora de profissionais de RH e também para empresas do terceiro setor. Sou Especialista em Gestão Comportamental e facilitadora da Formação Analista Comportamental Profiler há 5 anos. Me formei em Psicóloga (UFMG) e sou pós-graduada em Gestão de Negócios (IBMEC BH)
Compartilhe:

Você também vai gostar!

Rolar para cima