Tendências de RH para 2022: o que a alta liderança espera do setor

Tempo de leitura: 14 minutos

Sem tempo para ler sobre tendências de RH para 2022? Aperte o play e ouça a narração deste artigo!

As tendências de RH para 2022 já batem à porta. Afinal, quando chega o fim de um ano e o início do próximo, as empresas começam a projetar ações, expectativas e orçamentos para enfrentar os desafios. 

E qual é o papel da gestão de pessoas nesse cenário? Ao longo deste artigo, veremos que ela é indispensável. 

https://drive.google.com/file/d/1N-Hh7HWo8yWcyp0VtLm5Yk1qenYYebi-/view?usp=sharing

Ainda, que a importância estratégica e a influência do RH diante das lideranças são inegáveis e podem ser a chave da virada para as empresas. 

Continue a leitura para descobrir o que o futuro reserva para o setor e comprove que o protagonismo do RH é vital para atingir resultados. 

Tendências do RH do futuro (para implantar já)

O RH é um setor dinâmico e em constante evolução. Sendo assim, é possível apontar tendências que veremos nos próximos anos. 

Uma delas, a tecnologia a serviço das pessoas, já está acontecendo. E deve continuar no RH do futuro. Mas além dessa tendência, a área de Recursos Humanos deve sentir o impacto de outras mudanças.

A adoção de novas tecnologias fará surgir novas profissões. Até 2022, a expectativa é que 6,1 milhões de oportunidades de emprego apareçam em todo o mundo, em áreas recentemente desenvolvidas. 

Mas não é só isso. Há tendências para o RH do futuro que podem ser implantadas imediatamente pelas empresas. Confira as principais!

Trabalho híbrido

A popularização do home office demonstrou resultados positivos. Tanto que muitas organizações adotaram de vez a tendência. Mas nem todos os profissionais conseguiram se adaptar.

Nesse contexto, o formato híbrido deve ser a solução para os próximos anos. Uma vez que ele une o trabalho em home office e o presencial, em uma escala que permite trabalhar alguns dias em casa e outros no escritório. 

Além disso, essa modalidade é mais econômica para as empresas e satisfaz o colaborador, pois permite mais liberdade e gestão do tempo. 

Automatização de processos

Em 2020, a automatização de processos era apontada como uma tendência forte para o RH. A boa notícia é que ela permanece em alta.

Transformar etapas manuais em procedimentos realizados com auxílio da tecnologia torna o setor mais estratégico e menos operacional. Sem contar nos benefícios de coletar dados instantaneamente e agilizar processos.  

People Analytics

A ferramenta usa a inteligência artificial para acompanhar informações de forma analítica, eliminando interpretações baseadas em mera suposição. 

Com o People Analytics, a gestão se torna mais eficiente, graças à análise de dados. Desde 2020, essa tendência só se fortalece a cada ano e deve continuar no RH do futuro. 

Employee experience

A forma de trabalhar mudou, mas as empresas devem continuar focadas em aprimorar a experiência dos colaboradores — seja presencial, em home office ou no formato híbrido. 

Para tanto, o setor deve seguir atento às questões ergonômicas e ao aumento das despesas para o colaborador quando ele trabalha de casa, como energia elétrica e internet. 

Assim, os investimentos em employee experience devem seguir como uma tendência presente nas organizações. 

Gamificação

Uma prática estabelecida nas empresas deve ser aprimorada no RH do futuro. 

Através da gameficação, a empresa estimula ações individuais e/ou coletivas, utilizando a mecânica de jogos, para alcançar metas e objetivos. Assim, constrói-se um ambiente competitivo e atraente para envolver o colaborador.

Muito usada em campanhas de endomarketing e no treinamento de equipes, a gamificação traz resultados positivos para o clima organizacional e a motivação

Desse modo, a gamificação deve continuar e se expandir para outras áreas, como processos de recrutamento e seleção interno e externo, por exemplo. 

Gerenciamento de pessoas em tempo real

A possibilidade de gerenciar pessoas online, em tempo real, segue em ascensão.

Hoje, aplicativos e softwares desenvolvidos para esse fim mudaram a rotina da gestão de pessoas e tornaram os processos muito mais ágeis, estratégicos e eficientes

Prova disso é o aplicativo para RH desenvolvido pela Sólides com o objetivo de conectar empresa e colaborador.

O App Sólides propõe uma experiência extraordinária de comunicação e engajamento com os times. 

Seus recursos, completos e integrados, são focados em atender os dois públicos, oferecendo recursos importantes tanto para o colaborador quanto para o setor de RH.

Baixe agora o e-book sobre RH Ágil, conheça a metodologia e aprenda dicas práticas para aplicar na sua empresa!

Treinamento online

Os treinamentos online cresceram a partir de 2020, principalmente em decorrência da pandemia. E as capacitações pela internet seguirão no RH do futuro. 

Além da praticidade, cursos e treinamentos online podem ser acessados de qualquer lugar, inclusive pelo smartphone. 

Vale lembrar que a capacitação representa um investimento que retorna para a própria organização

O que a alta liderança espera do RH em 2022

No final de ano, as empresas se dedicam a programar o próximo exercício. Logo, no planejamento são elencadas as ações, estratégias e rumos para a organização.

Nesse contexto, vale conhecer e se preparar para o que as lideranças esperam do RH em 2022, considerando as tendências do setor. 

Pensamento analítico e inovação

Os CEOs desejam contar com analistas de RH com capacidade de desenvolver uma linha de raciocínio inovadora. 

Nesse sentido, eles devem conseguir solucionar diferentes situações decompondo um problema em partes menores, de forma analítica. 

No RH do futuro não há espaço para velhas técnicas ou crenças limitantes. Agora, será necessário ousar, pensar fora da caixa, ir além.

Esse perfil é o mais desejado para a gestão de pessoas. 

Ainda, o profissional da área deve antever resultados e compreender o que as lideranças esperam, além de atender demandas pontuais. 

Em resumo, o trabalho da gestão de pessoas deve ser muito mais estratégico e digital

Adequação do RH às transformações digitais

O RH se tornou protagonista nas empresas e a tecnologia virou protagonista do RH. Portanto, está mais difícil desvincular essas áreas.

Atualmente, grande parte dos processos do setor é digital — análise de perfil comportamental, recrutamento e seleção, monitoramento de produtividade, entre outros. 

Nesse sentido, o profissional de Recursos Humanos deve se preparar para atuar em um departamento tecnológico. 

Os líderes esperam que esse profissional consiga lidar com as novas ferramentas e tirar o máximo proveito estratégico delas.

Assim, o gestor de RH deve identificar e saber usar ferramentas digitais para qualificar os processos do setor. 

Análise de dados aplicada à gestão de pessoas

Tomar decisões faz parte da rotina do gestor de RH. No entanto, é preciso decidir em total alinhamento com o negócio.

Desse modo, saber analisar dados e aplicá-los à gestão de pessoas é uma qualidade desejada pelas lideranças.

O profissional de Recursos Humanos deve saber coletar, ler e interpretar dados para usá-los estrategicamente a favor da empresa. 

Sendo assim, ele tem que manusear softwares de gestão, pesquisas e relatórios para transformá-los em estratégias, ações, indicadores e gerar resultados. 

Gestão estratégica do capital humano

O profissional de RH cuida do capital humano das empresas. 

Trata-se de um profissional que gerencia questões trabalhistas, folha de pagamento e benefícios, atrai, treina e retém talentos. 

E essas ações devem ocorrer de forma estratégica e voltada aos resultados. 

As lideranças desejam que o RH tenha objetivos claros e trabalhem com planejamento. Logo, já não há espaço para erros que tragam riscos financeiros. 

O profissional de Recursos Humanos também deve estar preparado para gerenciar conflitos, ser proativo e capaz de lidar com demandas inesperadas.

Nesse sentido, promover o RH humanizado é uma qualidade desejada pelos líderes.

Por fim, o RH deve ser conciliador, motivador e conhecedor dos perfis comportamentais dos colaboradores.

Isso inclui selecionar pessoas talentosas a partir de ações de employer branding, uso de softwares de seleção e outras estratégias voltadas à gestão de pessoas. 

Planejamento Estratégico: o RH como protagonista

Fazer o planejamento estratégico no RH e participar do planejamento do negócio permite que a área faça parte das decisões da empresa. Afinal, o crescimento das empresas exige mudança de postura em seus diferentes setores. 

No RH, espera-se maior envolvimento nos processos, além das demandas tradicionais, como contratações, treinamentos e métricas. 

O departamento precisa estar alinhado com a organização e atuar como protagonista. Por conta disso, o papel do RH se tornou essencial como ferramenta estratégica.

Mas a questão é: como o RH pode ser protagonista no planejamento estratégico da empresa?

Em primeiro lugar, a organização deve superar o desafio de transformar o departamento pessoal em um agente ativo na melhoria dos processos. Isso inclui valorizar talentos e promover o crescimento deles

Outro fator importante a considerar é que, na estratégia geral das empresas, o RH deve estar alinhado à gestão do negócio. 

O objetivo é o trabalho conjunto, em estratégias e ações, entre o RH, os diretores e demais lideranças. Conheça alguns métodos para esse fim.

Apostar na comunicação interna

Não há nada mais improdutivo do que interromper processos ou gerar atrasos de produção por falta de diálogo. A comunicação ineficiente prejudica toda a organização

Portanto, é indispensável que a gestão mantenha os colaboradores informados sobre o que acontece, tenha transparência nos resultados, divulgue mudanças estratégicas e outras informações relevantes. 

Mas comunicação é uma via de mão dupla, não é mesmo?

Nesse sentido, os colaboradores também precisam ter um canal para tratar com a gestão. E o RH, sendo a maior fonte de dados sobre os recursos humanos na empresa, pode fazer essa ponte. 

O setor também deve manter a gestão atualizada sobre o quadro de pessoal, inclusive para desenvolver planos de carreira e criar cargos. 

tendencias-de-rh

Planejar o orçamento

Questões financeiras são recorrentes no planejamento estratégico das organizações. E o RH tem elementos suficientes para contribuir, principalmente porque grande parte dos recursos internos envolvem colaboradores.

O setor é responsável por gerenciar encargos trabalhistas, contratações, investimentos em capacitação, entre outras despesas. 

Sendo assim, o RH possui informações relevantes sobre orçamento e deve repassá-las à gestão

Com os dados transmitidos pela gestão de pessoas, as lideranças podem prever gastos e organizar o orçamento para o próximo exercício. 

Treinar e capacitar pessoas

O RH deve identificar quando os colaboradores precisam de capacitação e treinamento. O setor é responsável por desenvolver pessoas e controlar o orçamento para esse fim.

Por isso, participar do planejamento estratégico implica informar às lideranças sobre novos treinamentos, além de quando e como fazê-los. 

Recrutar e reter talentos

Não é uma tarefa simples. Encontrar profissionais capacitados e agregá-los ao negócio é um desafio para a gestão de pessoas. 

Além de competência técnica e soft skills, o perfil deve estar alinhado à cultura organizacional e aos objetivos do negócio

Logo, cabe ao setor de Recursos Humanos saber onde encontrar os candidatos ideais, recrutá-los e selecioná-los. 

Outra função inerente ao RH é conhecer as demandas da empresa e antecipar a contratação de novos profissionais. 

A gestão de pessoas deve participar do planejamento estratégico contribuindo com soluções para o recrutamento, o engajamento e a retenção de talentos, além de fortalecer a cultura organizacional e o employer branding.

Por fim, o RH é um setor essencial e estratégico para todas as organizações. 

Mais do que indispensável na elaboração do planejamento estratégico da empresa, é hora de assumir o protagonismo!

Como se preparar para o RH do futuro

O tempo passa muito rápido no mundo dos negócios. O que se planejou no ano anterior logo precisa ser revisto e atualizado para estruturar um novo exercício.

Sendo assim, o futuro nas empresas é agora. E como se preparar para o RH do futuro?

O primeiro passo já foi dado: é necessário conhecer as tendências que devem acompanhar o ano de 2022 e o que as lideranças esperam do RH. 

São tendências já praticadas, mas que devem ser aprimoradas ou transformadas ao longo do próximo ano.

E o RH faz parte desse processo, visto que o setor precisa se atualizar constantemente. 

A presença da tecnologia e a participação efetiva no planejamento estratégico organizacional são características que o RH já deve viver no presente e aprimorar para o futuro. 

Preparar-se para o futuro pressupõe atualização, conhecimento de novas ferramentas e boa relação com a tecnologia e os benefícios que ela oferece.

As lideranças esperam que o profissional da área esteja pronto para dar adeus às planilhas e lidar com softwares de RH, programas e aplicativos capazes de otimizar processos manuais morosos, tornando-os mais ágeis, estratégicos e eficientes. 

Portanto, seguir as tendências de RH para 2022 vai ajudar a sua empresa a ser mais competitiva e preparada para os desafios que já estão batendo à porta. 

Conclusão

Nesse conteúdo, mostramos as principais tendências de RH para 2022. 

Destaque para o trabalho híbrido, a gamificação como estímulo à produtividade e o gerenciamento de pessoas em tempo real, graças aos aplicativos específicos para a gestão de RH.

Como vimos, a tecnologia não pode ser desvinculada da gestão de pessoas. Ela chegou e se instalou no setor, tornando os processos mais ágeis, estratégicos e baseados em dados reais.

Mas não é só isso. Os treinamentos online também devem permanecer em alta no próximo ano. Assim como a automatização dos processos e a presença cada vez mais forte da tecnologia como aliada dos profissionais de Recursos Humanos.

Também compartilhamos com você o que a alta liderança espera do setor em 2022. Um ano que, esperamos, seja produtivo, de muito trabalho e sucesso para todos. 

Agora que você está por dentro das tendências de RH para 2022, confira este artigo completo sobre a importância do setor participar ativamente do Planejamento Estratégico da empresa. O futuro é agora!