Tecnologia no RH: o que é, importância e principais ferramentas

Entenda a importância e confira 6 formas de promover o uso da tecnologia no RH para otimizar processos e ter uma gestão de pessoas mais eficiente.
tecnologia no RH
BAIXE GRÁTIS!

Aqui você encontra:

Para além das competências técnicas, como você avalia se escolheu ou não a pessoa certa para preencher uma vaga? É bem mais seguro apostar na tecnologia no RH do que em visões baseadas na subjetividade.

Atualmente, existem soluções que auxiliam o setor na análise do perfil dos profissionais, direcionando para contratações mais acertadas sem que seja preciso passar por um processo excessivamente longo.

Aliás, existem soluções tecnológicas indicadas para as mais diversas rotinas do setor. Neste post, vamos apresentar algumas delas para te ajudar a entender porque vale a pena substituir processos tradicionais por novas ferramentas, softwares e métodos. Confira! 

O que é tecnologia no RH?

A tecnologia no RH é o uso de recursos digitais e/ou online para otimizar processos e tornar o setor mais estratégico, inclusive em relação à gestão de pessoas.

Falamos de ferramentas que automatizam tarefas manuais burocráticas ― como plataformas de recrutamento e softwares de RH ― e que empoderam o RH na definição de suas ações ― como sistemas de análise comportamental e de competências.

Em um primeiro momento, os recursos surgiram para poupar tempo e recursos do setor. E, embora isso ainda ocorra, as tecnologias acabaram por remodelar o papel do RH nas organizações.

Diante disso, o setor se transforma em um verdadeiro agente transformador da gestão de pessoas. Um cenário em que o RH funciona muito mais como uma central de inteligência dentro das empresas.

Como foi a evolução da tecnologia no RH?

O uso da tecnologia no RH evoluiu de forma gradativa. De início, processos feitos em papel e caneta foram substituídos por processos computadorizados, porém não personalizados. Quer um exemplo? 

No passado, o RH lidava com processos manuais de registro de jornada, à base de papel e caneta. Depois do relógio de ponto, dispositivos eletrônicos surgiram, mas ainda demandando o uso das planilhas.

A evolução tecnológica permitiu que o setor contasse com soluções específicas para as suas rotinas, como um software de RH. Uma opção que conte com um aplicativo de controle de ponto, por exemplo, permite uma gestão de jornadas simplificada, mais rápida e segura.

Uma vez que as ferramentas para tarefas burocráticas entraram em cena, outras surgiram para alimentar o RH com dados e informações mais concretas para usar na gestão de pessoas do processo de recrutamento e seleção em diante.

O RH estratégico conta com processos inteligentes conduzidos a partir de indicadores, resultados mensuráveis e de qualidade, contando com vantagens como:

  • automatização de tarefas repetitivas;
  • redução ou extinção do retrabalho, especialmente com o uso de novas tecnologias;
  • criação de relatórios mais sintéticos e mais úteis para outros departamentos;
  • implementação de rotinas de melhoria constante;
  • substituição de processos antiquados por processos novos necessariamente mais simples;
  • menor uso de recursos humanos e pessoal;
  • terceirização de tarefas não essenciais ou mecânicas;
  • redução de custos.

💡Conheça 8 ferramentas de gestão de pessoas que todo RH precisa conhecer

Quais as principais ferramentas de tecnologia no RH?

Entre as principais ferramentas de tecnologia no RH, temos:

  • Ferramentas de comunicação corporativa;
  • Computação em nuvem;
  • Inteligência Artificial;
  • Software as a Service.

Ferramentas de comunicação corporativa

Uma das bases de uma boa gestão de pessoas é a comunicação eficiente. Soluções digitais permitem que informações sejam transmitidas com facilidade e agilidade, além de contribuir para mais transparência na relação da empresa com seus colaboradores.

Por meio desse tipo de tecnologia, o RH pode fazer o envio de pesquisas de satisfação e clima, enviar informes sobre banco de horas, férias e outros assuntos que interessam aos profissionais. E, como bônus, manter um canal de comunicação aberto para os colaboradores.

Computação em nuvem

Outra solução de tecnologia no RH é a computação em nuvem, um ecossistema digital que pode ser usado, entre outras coisas, para o armazenamento seguro de dados.

Algo bastante útil a um setor que lida com diversas documentações diariamente e só tem a ganhar com a troca do uso de papéis e arquivos físicos por um serviço de armazenamento em nuvem sob demanda.

É esse tipo de tecnologia que permite que o RH conduza todo o processo de admissão de novos colaboradores online, por exemplo; enviando, recebendo e até validando documentos digitalmente.

Inteligência Artificial

Também vale destacar o uso da Inteligência Artificial (AI) que é amplamente usada em sistemas que automatizam tarefas manuais, reduzindo a carga burocrática do trabalho do RH.

Dados do Panorama de Gestão de Pessoas 2023, levantamento realizado pela Sólides, apontam que 87,9% dos profissionais de RH entendem as soluções de AI como aliadas do seu trabalho.

Existem várias formas de aplicar a Inteligência Artificial no RH. Entre as possibilidades, destacamos seu uso na gestão de talentos a partir de softwares que coletam, fazem o cruzamento de informações e analisam dados para identificar padrões e tendências.

Algo que simplifica o processo de escolha de candidatos para uma vaga ou até para uma oportunidade de promoção.

Material gratuito: 300 prompts de ChatGPT para RH

Preencha o formulário e receba grátis o material direto no seu e-mail! 📩

Software as a Service

O SaaS (ou Software como Serviço) é uma solução bastante utilizada no meio corporativo, sendo uma ótima possibilidade de tecnologia no RH.

Trata-se de uma ferramenta baseada em nuvem e de funcionamento online, que evita a necessidade de processos complexos de instalação, facilita o acesso à informações e é feita sob medida para as demandas do setor.

O uso de um SaaS permite que o RH, gestores e lideranças usem a internet e sua permissão de acesso para conferir dados coletados pelo setor a qualquer hora e de qualquer lugar, entre outras vantagens.

Qual a importância da tecnologia no RH?

A tecnologia no RH existe para diminuir a carga de tarefas burocráticas e permitir que as empresas contem com uma gestão de pessoas mais eficiente para atender às demandas do mercado de trabalho atuais.

Em boa parte, essa tecnologia vai automatizar tarefas manuais como o fechamento da folha de ponto, de pagamentos e até o processo de análise e seleção de currículos. Algo que gera economia de tempo e recursos, além de minimizar a ocorrência de erros.

Ainda, as ferramentas tecnológicas contribuem para que o RH tenha uma atuação mais voltada para ações de atração, retenção, engajamento e bem-estar dos colaboradores. Algo que está no "top 5" dos maiores desafios enfrentados pelo setor, segundo o Panorama 2023.

Falamos de uma necessidade que surgiu do aumento da competitividade na busca por talentos e do crescente interesse dos profissionais por uma vida mais equilibrada que conta com uma rotina de trabalho mais satisfatória.

O que isso quer dizer é que a tecnologia no RH é importante para que o setor tenha melhores condições de impactar positivamente o público interno da organização de forma a contar com seu máximo desempenho no dia a dia.

Como implementar a tecnologia no setor de Recursos Humanos?

A implementação da tecnologia no RH pode ser feita de forma gradual, começando com soluções simples, até evoluir para o uso de sistemas especialmente desenvolvidos para o setor.

Seja como for, o mais importante é entender o que a empresa e o próprio RH precisam para escolher recursos adequados e que realmente promovam benefícios.

A seguir, damos algumas dicas de quais tipos de solução considerar. Confira:

1. Invista nas redes sociais

Uma das formas mais simples e econômicas de incorporar recursos tecnológicos ao RH é aproveitar as redes sociais para ações de employer branding ou  “marca empregadora”.

Ou seja, ações voltadas para o fortalecimento da imagem de uma organização enquanto um bom local para se trabalhar.

A ideia é que, da mesma forma que uma empresa divulga o que vende ou o serviço que oferece para o público externo, ela deve voltar a atenção para a sua marca como empregadora, pensando no público interno e na atração de talentos.

Em parceria com o time de marketing, o RH pode registrar e divulgar o cotidiano de trabalho na empresa, ações de endomarketing, datas comemorativas e conquistas da organização. A ideia é captar futuros candidatos alinhados com a cultura da empresa, que certamente estará estampada nas divulgações.

2. Aplique People Analytics

O conceito de tecnologia diz respeito a um conjunto de instrumentos, softwares, métodos e técnicas que tem como objetivo a resolução de um problema. O que inclui o People Analytics.

Praticar People Analytics significa analisar dados sobre pessoas para embasar decisões que envolvam colaboradores e candidatos.

Mais precisamente, essa técnica é útil em processos seletivos, programas de desenvolvimento, análise de desempenho, práticas de retenção e muitos outros processos da gestão de pessoas.

Ainda, em 2023, segundo dados do Panorama de Gestão de Pessoas, 61,2% das contratações consideradas equivocadas tiveram relação com comportamento indesejado por parte do profissional contratado.

Uma questão que melhorar a partir da análise de perfil comportamental para verificar se existe fit cultural e evitar a contratação de pessoas que não têm identificação com a empresa e seus valores.

Dados do Panorama de Gestão de Pessoas que reforçam a importância de tecnologia no RH para diminuir contratações erradas.

3. Use uma ferramenta de comunicação interna

Se utilizamos nossos aplicativos pessoais de mensagens instantâneas para tratar assuntos do trabalho, as informações podem se perder, serem misturadas e comprometer o profissionalismo.

Também pode acontecer de os colaboradores se incomodarem por não se desligarem das redes, já que os espaços de trabalho e vida pessoal se confundem.

Assim, outra forma estratégica de inserir a tecnologia no RH e melhorar a gestão de pessoas é definir uma ferramenta de comunicação interna que seja ágil e de fácil acesso. Há muitos aplicativos gratuitos, com excelente funcionamento e muitos recursos.

4. Aposte no e-learning

A forma de aprender, especialmente das gerações mais jovens, mudou. Todos temos acesso a muitas informações na palma da mão e é difícil se concentrar em cursos tradicionais com tantos estímulos simultâneos.

Já reparou quantas pessoas ficam em seus celulares durante treinamentos e palestras?

Portanto, uma das saídas para se adaptar a esse novo modelo de consumo e aprendizado são os conteúdos e-learning. A ideia é oferecer treinamentos e capacitações online e com recursos que extrapolam o clássico conteúdo expositivo.

Quanto mais o e-learning incorporar outros formatos, como vídeos, gamification e testes práticos, mais estratégico será o seu uso. Isso porque ele suprirá essa demanda de aprendizado que envolve conteúdos rápidos, leves e que podem ser consumidos no ritmo que o aprendiz deseja.

Assim, veja se há algum treinamento na sua organização que pode ser transformado ou criado nesse formato. Pesquise plataformas, aplicativos e explore essa possibilidade, que, além de tudo, minimiza funções operacionais dos profissionais de RH.

5. Automatize o seu processo seletivo

Executar um processo de seleção é uma das tarefas que mais consome o tempo de quem trabalha no setor de Gestão de Pessoas.

Divulgar uma vaga, receber currículos por e-mail, fazer a triagem, responder candidatos, marcar etapas presenciais… Essas são só algumas das atribuições de quem organiza uma seleção e muitas delas são extremamente operacionais.

Por isso, automatizar essas etapas traz agilidade para o processo, sem perda de assertividade. Considere incorporar a tecnologia no RH  por meio de um software específico que conte com recursos como  um funil automático de currículos, Inteligência Artificial por meio de chatbots e o mapeamento comportamental, por exemplo.

6. Use um sistema de Gestão de Pessoas

Nossa última dica é a mais clássica: não perca mais tempo, recursos e informações em planilhas de excel ultrapassadas e concentre seus dados em um sistema de Gestão de Pessoas.

Assim, um bom sistema fará análises automáticas, oferecerá segurança e trará muita agilidade para o dia a dia de quem trabalha no RH. É a mais óbvia e indispensável forma de ajudar o setor a atuar de forma tecnológica e estratégica.

Uma opção é conhecer a Sólides, uma plataforma de RH e DP completa, a única com integração à inteligência comportamental. Com a nossa solução completa, você consegue centralizar todos os processos da sua Gestão de Pessoas. E, ainda, é possível aplicar a tecnologia no RH em todos as suas atividades. Assim, é possível ganhar agilidade, produtividade e reduzir custos.

O que a tecnologia no RH pode promover no futuro?

A tecnologia no RH torna o setor mais relevante, capaz de ser determinante para o sucesso da empresa e, consequentemente, mais valorizado.

Existem duas máximas que ajudam a entender isso. Tempo é dinheiro e o principal ativo das organizações são as pessoas. Em outras palavras, não dá para passar longas horas todo dia cumprindo tarefas burocráticas e sem condições para cuidar dos colaboradores.

A tecnologia torna o RH mais eficiente, reduz a incidência de falhas humanas que resultam em retrabalho e prejuízo, e permitem que o setor foque suas atenções em tarefas que geram mais valor para a empresa.

O Panorama da Gestão de Pessoas 2023 indicou que oito em cada dez profissionais mudariam de emprego e isso mostra o quão real o risco da alta rotatividade e da perda de talentos é.

Entre os motivos estão o salário, a falta de um plano de carreira e de reconhecimento, e de bons benefícios também. Em suma, a maioria dos fatores que podem ajudar uma organização a reter ou não seus profissionais se ancora no trabalho do RH.

Um trabalho que, para ser estratégico o suficiente e gerar resultados, precisa se basear em dados que a tecnologia ajuda a coletar, organizar e analisar.

Para começar a pensar a tecnologia no RH

O uso da tecnologia no RH é imprescindível para o futuro do setor e das próprias organizações. Afinal, falamos da adoção de soluções que melhoram a eficiência burocrática e a qualidade da gestão de pessoas.

Entre as várias possibilidades para começar a pensar o uso de soluções tecnológicas, uma merece destaque porque, com base no Panorama de Gestão de Pessoas 2023, o processo de recrutamento e seleção segue como um dos mais importantes desempenhados pelo RH.

Assim, este é um bom momento para que você tenha uma compreensão maior de como a tecnologia pode auxiliar na realização dessa tarefa e levar a contratações mais acertadas.

Para tanto, baixe gratuitamente nosso e-book sobre automação no RH e DP!

Sabrina Siqueira
Sabrina Siqueira
Sou apaixonada por Gestão de Pessoas desde sempre! Me tornei especialista em Gestão Comportamental, cursei administração com Ênfase em Comercio exterior (UNA), fiz Pós Graduação em Gestão Comercial e Vendas. Atualmente também sou facilitadora da Formação Analista Comportamental Profiler e Sales Enablement do time de New MRR da Sólides
Compartilhe:

Você também vai gostar!

Rolar para cima