Team Building: o que é e porque ele é importante para o RH?

Tempo de leitura: 8 minutos

Todos nós já passamos passaremos por fases nas quais nos sentimos desmotivados, cansados, sem vontade de produzir e ir para o escritório pode se tornar desgastante. O Team Building é uma maneira de tentar amenizar esses sentimentos.

É importante saber que este estado é reversível, pois existem ferramentas que são capazes de prevenir a desmotivação no ambiente de trabalho. Além do mais, não é novidade que o clima organizacional é um grande determinante da produtividade dos colaboradores, e o sentimento de fazer parte de um grupo é capaz de acelerar uma organização.

Por isso, o Team Building é uma ótima solução para estimular tal sentimento. Mas afinal, o que é o team building? E porque ele vem crescendo tanto dentro das empresas? Confira!

O que é Team Building?

O Team Building é um tipo de treinamento, mas em vez de propor o aperfeiçoamento do conhecimento técnico dos funcionários, ele é focado em aprofundar as relações, afinal, o trabalho em equipe agrega muito valor a cultura de uma organização.

https://drive.google.com/file/d/1N-Hh7HWo8yWcyp0VtLm5Yk1qenYYebi-/view?usp=sharing

Ele incentiva a prática de atividades dinâmicas fora da empresa, normalmente ao ar livre, como o arvorismo, a escalada, ou esportes que envolvam desafios, com o propósito de engajar e divertir os participantes.

Movimentos como estes podem até parecer pouco impactantes, porém realmente possuem uma enorme capacidade de transformação do cenário de relacionamentos de uma equipe.

Qual o impacto no engajamento?

Passar tempo junto, compartilhar experiências ou trabalhar por um mesmo objetivo permitem que o engajamento entre os funcionários aconteça de uma maneira mais orgânica e eficiente, através da criação de laços e a troca de informações entre si.

O Team Building também proporciona oportunidades que visam a melhora do autoconhecimento, que é essencial para o progresso individual. A partir do momento em que se tem conhecimento de seus pontos fortes e fracos, é mais vantajoso passar a focar naquilo que possui maior potencial, certo?

Qual o impacto na comunicação?

É necessário sempre realizar atividades que promovam a união da equipe e das áreas de uma empresa para fortalecer cada vez mais o sentimento de pertencer a um grupo.

Sabemos que as pessoas possuem perfis comportamentais, e o Team Building é um ótimo instrumento para desenvolver e adquirir diferentes habilidades, como  liderança, oralidade, atenção aos detalhes e velocidade, que contribuirão tanto para a evolução pessoal tanto para a da organização

O RH determinará os momentos certos para implementar esta estratégia de acordo com a situação em que cada área se encontra, para atingir os objetivos daquele determinado período, como por exemplo a convivência.

Desta forma, a interação e a comunicação entre os colaboradores alavanca, que gera a busca por resultados em conjunto, e fortalece os valores da empresa dentro de cada um, gerando produtividade e harmonia entre os membros.

Como colocar o Team Building na prática?

1. Marshmallow Challenge — solução de problemas em equipe

Popularizado por Tom Wujec, que apresentou um TED Talk sobre o assunto, o desafio é construir a estrutura independente mais alta possível, que apoiará um marshmallow no topo, usando 20 varas de espaguete, um quintal de fita e um jarda de corda.

2. Duas verdades e uma mentira — comunicação

Tempo: 15-30 minutos

Cada membro da equipe anota secretamente duas verdades e uma mentira sobre si mesmo em um pequeno pedaço de papel – Não revele a ninguém o que você escreveu!

Uma vez que cada pessoa tenha concluído este passo, permita 10-15 minutos para uma conversa aberta — como um coquetel — na qual todos se interrogam em suas três perguntas.

A ideia é convencer os outros de que sua mentira é realmente uma verdade, enquanto, por outro lado, você tenta adivinhar as verdades/mentiras de outras pessoas fazendo perguntas.

Não revele suas verdades e mentira para ninguém – mesmo que a maioria do escritório já tenha descoberto!

Após o período de conversação, junte-se em círculo e, uma a uma, repita cada uma das suas três afirmações e faça votar em grupo sobre o qual elas pensam ser a mentira.

Você pode jogar este jogo de forma competitiva e atribuir pontos para cada mentira que você adivinhe ou para bater outros jogadores em sua própria mentira.

Este jogo ajuda a incentivar uma melhor comunicação no escritório, além de permitir que você conheça seus colegas de trabalho melhor.

3. Uma pergunta, quebrando o gelo — comunicação

Tempo: 15-20 minutos

Este quebra gelo não só faz conversar colegas de trabalho, mas também os faz trabalhar um com o outro.

É bastante simples: o líder consegue decidir a situação a respeito da questão. Exemplo de situações incluem babá, liderando a empresa ou sendo casada.

Depois de juntar participantes em equipes, o líder colocará esta questão: se você pudesse fazer uma única pergunta para descobrir a adequação de uma pessoa (insira o tópico aqui), qual seria sua pergunta?

Diga que o líder escolheu ir com uma situação matrimonial. Isso significa que cada pessoa em uma equipe de duas pessoas apresentaria uma pergunta que os ajudaria a descobrir se o parceiro era ou não adequado para se casar com eles.

Se o tópico fosse babá, cada membro da equipe teria que apresentar apenas uma questão cuja resposta os ajudaria a determinar se a pessoa era ou não adequada para cuidar do filho.

Esta atividade de rompimento de gelo também pode se misturar ao emitir uma situação para todo o grupo ou alocar uma situação diferente para cada membro da equipe ou par para trabalhar.

Dependendo da situação escolhida, a atividade pode ser muito divertida, mas também pode demonstrar que questões cruciais devem ser desenvolvidas adequadamente.

5. Jogo Picture Pieces — solução de problemas

Tempo: 30 minutos

Esta atividade de resolução de problemas exige que o líder escolha uma imagem bem conhecida ou desenho animado cheio de detalhes.

A imagem precisa ser cortada em tantos quadrados iguais quanto os participantes na atividade. Cada participante deve receber um pedaço do “quebra-cabeça” e instruído a criar uma cópia exata de sua peça do quebra-cabeça cinco vezes maior do que o tamanho original.

Eles são colocados com o problema de não saber por que ou como seu próprio trabalho afeta a imagem maior. O líder pode descartar lápis, marcadores, papel e regras, a fim de tornar o processo mais simples e funcionar com mais facilidade.

Quando todos os participantes completarem suas ampliações, peça-lhes que juntem suas peças em uma cópia gigante da imagem original em uma mesa.

6. A queda dos ovos — solução de problemas

Tempo: 2 horas

Essa atividade de resolução de problemas complicados  exige dividir a sala em dois grandes grupos com a tarefa de construir um pacote de ovos que pode sustentar uma queda de oito pés.

Uma variedade de ferramentas e outros materiais devem ser fornecidos às equipes.

Depois que os pacotes foram construídos, cada equipe também deve apresentar um anúncio de 30 segundos para o pacote, destacando porque é único e como funciona.

Na conclusão das apresentações, cada grupo terá que soltar o ovo usando seu pacote para ver se ele realmente funciona.

Além de ensinar os grupos a trabalhar juntos e se comunicar, ele também os reúne com o objetivo comum de ganhar um prêmio e criar com sucesso um pacote de ovos.

Como ter uma equipe satisfeita?

É significativo realizar estes momentos de confraternização com o objetivo de demonstrar para os colaboradores que eles são valorizados pela empresa, além de serem um fator indispensável para o sucesso.

Afinal, o cliente interno, assim como o externo, também espera criatividade e inovação da empresa. É preciso alimentá-lo pois o capital humano é é um dos fatores que mais agrega valor a uma organização, e o interessante é que eles estão em constante evolução, que se torna mais perceptível quando a instituição colabora para esta.

Tudo isso também coopera para o bem-estar da equipe, que no final das contas deveria ser a primeira a estar satisfeita com a empresa, visto que ao se admirar pelo trabalho e sentir que faz a diferença, o grupo se motiva a alcançar resultados e colabora para bater metas.

Portanto, vimos que as atividades do Team Building tendem a funcionar muito bem, principalmente quando unidas a palestras que abordem temas que se conectam aos valores da empresa e sirvam como motivação ao time.

Gostou deste artigo? Comente o que achou desta técnica e se já havia utilizado algo parecido em sua empresa!


Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of