Software de RH e Perfil Comportamental: entenda a importância dessa relação

Tempo de leitura: 11 minutos

Entender o comportamento dos indivíduos é um desafio constante, seja dentro ou fora das organizações. Agora imagine se, para colaborar neste processo, você tiver a disposição uma plataforma de gestão de pessoas que vai apoiar as decisões de maneira ágil e eficiente. Aliar software de RH e Perfil Comportamental é fundamental para avançar no acompanhamento dos profissionais.

É importante destacar que um software de RH é diferente de uma plataforma para Departamento Pessoal. Enquanto o DP cuida da folha de pagamento e controle de horas, os Recursos Humanos trabalham com toda a complexidade organizacional, envolvendo clima, relacionamento, contratação, desenvolvimento etc.

Neste artigo, vamos explorar como a tecnologia contribui de forma exponencial para o gerenciamento do perfil dos colaboradores, abordando os benefícios e prerrogativas. Explicaremos como a associação entre Software de RH e Perfil Comportamental é essencial para o aprimoramento da gestão de pessoas. Acompanhe!

O que é gestão comportamental?

Com um índice de desemprego próximo a 12% — aproximadamente 12 milhões de pessoas —, de acordo com os dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em outubro de 2019, há muitas pessoas que aceitam qualquer desafio para começar a trabalhar.

https://drive.google.com/file/d/1N-Hh7HWo8yWcyp0VtLm5Yk1qenYYebi-/view?usp=sharing

Isto significa que em um processo seletivo, o candidato pode demonstrar atitudes e comportamentos “condicionados” para conseguir a vaga. Segundo a Page Personnal, 9 em 10 profissionais contratados pela competência técnica são demitidos por comportamento.

Ao desenvolver uma metodologia de gestão de pessoas com base nas informações do comportamento de cada indivíduo, a gestão comportamental gera dados que poderão ser cruzados com outros pontos para que a empresa possa traçar ações e processos estratégicos.

Hoje em dia, o cenário organizacional precisa de ferramentas efetivas de gerenciamento de pessoas e isto passa por entender o perfil comportamental daqueles que fazem parte do time. A potencialização do trabalho em equipes de alto desempenho, passa por justapor as pessoas certas no mesmo contexto.

Quais os princípios da gestão comportamental?

Ao aplicar uma metodologia na qual o comportamento dos colaboradores passa a ser mapeado e entendido, uma transformação cultural pode ser necessária dentro da organização. 

Existem quatro perfis comportamentais: analistas, planejadores, comunicadores e executores. Cada um deles tem características predominantes marcantes, que indicam uma tendência de comportamento dos colaboradores em determinadas situações. A partir do mapeamento é possível detectar os perfis de maior performance nos setores da organização.

Também o processo de recrutamento e seleção pode ser favorecido por esse mapeamento, pois é possível conhecer não apenas as necessidades técnicas, mas as complexidades comportamentais que se destacam no time que terá um novo colaborador.

Contar com um software de RH que ofereça a análise de perfil comportamental possibilita avançar nas tomadas de decisão. Dessa forma, o Recursos Humanos fica mais eficiente, coletando, armazenando e trabalhando com mais dados e informações sobre os times de alta performance da empresa. 

Qual o papel do líder na gestão comportamental?

Outra tarefa da área de Recursos Humanos é preparar os líderes para lidar com o comportamento dos seus liderados. Ter a disposição uma série de informações importantes e não saber o que fazer com elas provoca frustração em todos os envolvidos no processo.

Líderes são acima de tudo exemplo. Como aquele que inspira, o líder deve evitar comportamentos ou condutas negativas no ambiente de trabalho, que podem conduzir sua equipe para reações prejudiciais ou de pouca satisfação.

Já os líderes que estão dispostos a compreender e, mais do que isso, envolver seus colaboradores para que estejam engajados nos desafios corporativos, tendem a gerar um grupo de trabalho mais preparado e feliz. 

O trabalho da liderança influencia diretamente no clima organizacional, por isso, é fundamental investir em uma cultura organizacional que privilegie o desenvolvimento dos colaboradores.

Cada integrante deve ter a oportunidade de se auto-avaliar em quesitos como ações e reações diante das tarefas e da equipe, cabendo ao líder ajudá-lo nos ajustes necessários. Não é simples lidar com a individualidade dentro de uma equipe, mas é justamente a complementaridade de desempenhos que faz o time crescer.

Qual a importância da gestão comportamental?

Contar com  a gestão do comportamento das equipes traz uma série de vantagens no dia a dia da empresa. O primeiro processo que tem impacto direto é o recrutamento e seleção de pessoas.

Por identificar por meio do software de gestão de pessoas os candidatos com o perfil mais adequado à vaga, além do alinhamento com o perfil da equipe que vai trabalhar a possibilidade de que o novo colaborador não se adapte ao novo cenário é pequeno.

O primeiro passo, portanto, é realizar um teste de perfil comportamental em todos os colaboradores. Um software de RH agiliza e otimiza essa análise, coletando as informações de forma rápida e dinâmica, tudo virtualmente.

Outro ponto é a redução das taxas de rotatividade, pois quanto mais ajustado o perfil do colaborador à equipe e à empresa, maior a tendência dele permanecer. Mas tudo isso é possível por que a gestão comportamental faz parte de uma estratégia ampla e uma visão de futuro.

Qual o impacto da tecnologia na gestão comportamental?

Volte cinco ou sete anos na linha do tempo da área de gestão de pessoas. Quantas pessoas hábeis e competentes que você teve conhecimento ficaram por anos na mesma função, muitas vezes em cargos bem abaixo do que eram capazes de realizar? Essa é uma cena que se repete em organizações de diferentes portes e segmentos, gerando prejuízos para ambas as partes.

Contudo, a tecnologia tem permitido a área de recursos humanos a reconhecer as qualidades e as competências dos colaboradores. Os softwares de RH se tornaram ferramentas de transformação do cenário da área de gestão de pessoas contribuindo para a empresa atingir níveis ainda mais expressivos de competência.

Armazenar e coletar informações

Ao dispor de ferramentas que coletam e armazenam as informações de maneira eficiente, o RH consegue otimizar a rotina de forma inteligente e estratégica. Uma empresa que tenha mais de 100 colaboradores precisa estabelecer processos eficazes para buscar uma informação quando não há um software de gestão de pessoas disponível.

Ao integrar seus processos e dados existe a propensão de minimizar erros e prejuízos causados por decisões incorretas.

Análises preditivas sobre o desenvolvimento dos colaboradores

Análise preditiva é a utilização de dados e informações para antever determinadas situações dentro de um cenário que pode ou não conter diferentes variáveis. Para clarificar, vamos imaginar que um determinado colaborador tem como “padrão” solicitar aumento salarial a cada seis meses. Se essa informação for armazenada é possível antever que no mês de dezembro este colaborador fará uma nova solicitação.

Agora a grande questão é: o que a empresa pode fazer com esta informação?

  • ignorar e deixá-lo fazer sua solicitação;
  • esperar que ele esqueça ou mude de ideia e não peça um novo aumento de salário;
  • se antecipar e propor um desafio ou uma meta que estimule ele a desenvolver novas competências que poderão gerar um reconhecimento (seja em valores ou mudança de função).

Infelizmente muitas empresas ainda acreditam que as opções a ou b são as corretas. Há inúmeras maneiras de utilizar predições, como por exemplo, prevenir comportamentos antiéticos ou fraudulentos, reduzir riscos de perder talentos ou ainda identificar possíveis doenças geradas por stress ou pressão no ambiente corporativo.

Já as análises comparativas auxiliam no entendimento dos principais pontos altos e baixos entre um rol de colaboradores, ou ainda entre o perfil de um profissional em relação a descrição de um vaga.

Mais uma vez, o grande desafio é saber utilizar as informações disponibilizadas de maneira responsável, montando times alinhados e explorando o melhor de cada profissional.

Como a tecnologia impacta cada um dos pilares da gestão comportamental?

Análise do perfil comportamental

A utilização de softwares de RH trazem mais produtividade por demonstrar quais as características essenciais que a área de gestão de pessoas deve utilizar para gerar um meio estimulante e agradável para se trabalhar.

Cada pessoa reage de forma diferente diante dos desafios, feedbacks, programas de desenvolvimento individual etc. Dessa forma, os profissionais de RH precisam de um suporte para verificarem e monitorarem o desenvolvimento e as competências emocionais dos colaboradores, um software ajuda nesse sentido.

Análise de times

Ao entender o comportamento e as características individuais é possível criar mais harmonia entre as equipes, ao identificar semelhanças e diferenças. Oportunizar um bom clima organizacional é muito importante para qualquer empresa manter o engajamento dos colaboradores.

Além disso, é possível elaborar times de alta performance ao mesclar os perfis comportamentais e as competências dos colaboradores. O perfil comportamental pode ajudar na elaboração de times eficientes, melhorando a gestão de RH.

Avaliação de desempenho dos colaboradores

Ao compreender o perfil comportamental das pessoas que fazem parte da organização e identificar se eles estão em cargos condizentes com este perfil é possível aumentar a produtividade e o desempenho de suas atividades.

Um software de RH que conta com a tecnologia da informação atua com o princípio da inteligência artificial para casar informações e gerar insumos e insights para a tomada de decisão.

Quais as vantagens para garantir a eficiência Software de RH e Gestão Comportamental?

Para construir uma base sólida e consistente com informações relevantes e verídicas, a área de Gestão de Pessoas precisa passar por uma mudança de paradigma e aceitar que a tecnologia já faz parte desta nova realidade.

Os softwares de gestão de pessoas devem ser utilizados para construir uma base mais consistente evitando erros que podem inclusive gerar processos trabalhistas.

1. Contar com informações confiáveis 

A coleta realizada por um software de RH cria confiabilidade nas apresentações e geração de relatórios e indicadores, evitando erros e diminuindo retrabalho, visto que as informações são mais confiáveis e dificilmente perdidas.

2. Mensurar dados

O software de RH é uma ferramenta eficaz para a mensuração de dados, pois permite acompanhar — em tempo real — processos e desenvolvimentos que envolvam os profissionais.

3. Centralizar informações

Conseguir centralizar todas as informações é uma maneira de facilitar o trabalho para encontrá-las de forma ágil e segura. Dessa forma, o RH pode transmitir para todos a seriedade e eficiência do setor.

Quais os processo beneficiados pela união Software de RH e Perfil Comportamental?

Atração de novos talentos

Ao mapear o perfil do cargo e buscar na base de dados disponível os candidatos que apresentem as competências comportamentais esperadas, o RH conseguirá ter um processo de recrutamento e seleção mais fidedigno e eficaz. Encontrar as pessoas certas de forma ágil traz maior satisfação ao candidato e também a organização. 

Outro ponto relevante é traçar o perfil comportamental do futuro colaborador ajuda a prever as contribuições efetivas que pode se esperar dele.

Desenvolvimento de competências

A tecnologia pode ajudar muito as organizações neste ponto. Ao realizar o mapeamento do perfil comportamental, o software identifica que competências devem ser aprimoradas para o profissional atingir determinado patamar em seu desenvolvimento de carreira.

Desligamento

As informações disponibilizadas pelo software de gestão de pessoas auxiliam na tomada de decisão de forma rápida e segura. As referências coletadas e processadas geram relatórios que vão indicar os colaboradores que não estão entregando os resultados esperados, de forma racional e não emocional,

Um novo ciclo na trajetória do RH se inicia quando a tecnologia passa a fazer parte do cotidiano, e o mapeamento do perfil comportamental torna-se uma ferramenta de apoio às decisões estratégicas. A Sólides é uma plataforma de gestão de talentos completa, com People Analytics e Perfil Comportamental.

Se você quer contar e conhecer todos os benefícios de um Software de RH e Perfil Comportamental podem proporcionar para a empresa, fale agora com um especialista!


Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of