Soft skills para contadores: quais as principais para desenvolver

Entenda quais as principais soft skills para contadores, qual a diferença que fazem no dia a dia e como desenvolver essas habilidades!
soft skills para contadores
Baixe grátis!

Aqui você encontra:

Você sabe quais são as soft skills mais valorizadas para contadores? Confira o perfil ideal mais buscado pelas empresas.

As soft skills para contadores se tornaram tão relevantes quanto o conhecimento técnico. Prova disso, é que 93% das empresas de recrutamento consideram as habilidades comportamentais no momento da contratação.

Qual contador nunca precisou lidar com alta demanda, prazos apertados e pressão dos clientes? As soft skills se tornaram fundamentais para lidar com esses cenários. Veja quais são as principais e se destaque no mercado de trabalho.

Principais soft skills para contadores em 2024

A contabilidade está passando por uma transformação significativa, impulsionada pela rápida evolução da tecnologia, mudanças regulatórias e uma crescente demanda pela atuação estratégica.

Enquanto o conhecimento técnico continua sendo uma parte vital para o cumprimento de obrigações, o cenário atual exige uma nova competência, as soft skills.

Essas habilidades interpessoais e comportamentais estão se tornando cruciais para os contadores que desejam se destacar em um ambiente de negócios cada vez mais dinâmico e interconectado.

Por isso, é importante dominar as principais soft skills para contadores em 2024, que são:

Flexibilidade e gerenciamento do tempo

Contadores frequentemente lidam com prazos apertados e demandas que podem variar significativamente ao longo do ano-calendário. 

A flexibilidade permite que os contadores se adaptem a essas mudanças com facilidade, garantindo que possam lidar com novos desafios de forma eficaz. 

Além disso, o gerenciamento eficaz do tempo é crucial para priorizar tarefas e manter a produtividade, especialmente em um campo onde várias obrigações acessórias mensais precisam ser cumpridas ao mesmo tempo. É possível desenvolver a soft skill por meio de técnicas como a priorização de tarefas, a definição de metas realistas, o uso de ferramentas de gestão do tempo e a prática da delegação de tarefas quando necessário. 

A capacidade de se adaptar a novas tecnologias e processos também é essencial para aumentar a flexibilidade.

💡Produtividade no trabalho: guia completo com conceito, dicas e indicadores

Resiliência e adaptabilidade

Diante de desafios e pressões constantes, a resiliência é fundamental para que os contadores possam superar obstáculos e permanecer produtivos. 

A adaptabilidade permite que eles se ajustem rapidamente a novas situações e mudanças no ambiente de trabalho, garantindo que possam continuar a fornecer resultados eficazes. Para isso, é necessário fazer uma gestão do estresse, estabelecer expectativas realistas, contar com redes de apoio profissional e cultivar uma mentalidade de crescimento. 

A busca por aprendizado contínuo também pode aumentar a capacidade de adaptação.

💡 Leia também: Networking: o que é, benefícios e dicas de como criar sua rede

Inteligência emocional e empatia

A inteligência emocional e a empatia são essenciais para construir relacionamentos eficazes com colegas de trabalho, clientes e outras partes interessadas. 

Essas habilidades permitem que os contadores compreendam as necessidades e perspectivas dos outros, facilitando a comunicação e a resolução de conflitos. Os contadores podem desenvolver essas habilidades ao praticar a escuta ativa, desenvolvendo a comunicação não verbal, reconhecer e regular as próprias emoções e buscar feedbacks para melhorar as interações interpessoais.

Comunicação

A comunicação eficaz é crucial para transmitir informações financeiras complexas de maneira clara e compreensível.

Além disso, a capacidade de se comunicar bem com colegas, clientes e outros stakeholders é essencial para construir relacionamentos profissionais sólidos e garantir o sucesso no trabalho em equipe.

Para começar o processo de se comunicar de forma mais eficaz, os contadores podem praticar a clareza e concisão na expressão de ideias, do desenvolvimento de habilidades de escrita e apresentação, e da busca por oportunidades de comunicação interpessoal, como treinamentos e workshops.

Capacidade de analisar dados

A capacidade de analisar dados é essencial para identificar tendências financeiras, avaliar o desempenho da empresa e tomar decisões informadas. Em um ambiente cada vez mais orientado por dados, essa habilidade se torna ainda mais crucial para os contadores.

Uma forma de adquirir essa habilidade é contar com ferramentas e técnicas de análise de dados, como planilhas eletrônicas e software de business intelligence.  Além disso, buscar oportunidades de educação continuada em análise de dados pode ajudar a aprimorar essa habilidade ao longo do tempo.

💡 Acesse o curso gratuito: Análise de dados na Gestão de Pessoas

Gerenciamento de riscos

O gerenciamento de riscos é uma habilidade crítica para os contadores, especialmente em um ambiente empresarial cada vez mais complexo e volátil. 

Os profissionais contábeis são responsáveis por identificar, avaliar e mitigar os riscos financeiros, regulatórios e operacionais que possam afetar a saúde financeira e a reputação da empresa. Isso inclui riscos relacionados a fraudes, conformidade regulatória, volatilidade do mercado, mudanças na legislação fiscal, entre outros. 

Um gerenciamento eficaz de riscos permite que os contadores protejam os interesses da empresa e contribuam para a tomada de decisões informadas e estratégicas.

Para adquirir essa habilidade é preciso identificar e avaliar os riscos financeiros e operacionais da empresa, implementar controles internos eficazes, participar em treinamentos sobre gestão de riscos e conformidade regulatória, e colaborar com outras áreas da empresa para desenvolver e implementar estratégias de mitigação de riscos. 

Além disso, é importante manter-se atualizado sobre as tendências e mudanças no ambiente de negócios que possam impactar os riscos da empresa e buscar constantemente melhorias nos processos de gerenciamento de riscos.

➡️ Leia também: Planejamento contábil: por que deve estar alinhado à Gestão de Pessoas

Como desenvolver soft skills importantes para contadores

As soft skills para contadores são essenciais tanto para o crescimento profissional quanto pessoal.

O primeiro passo é identificar suas características fortes, defeitos e qualidades. Conhecer a si mesmo é o primeiro passo para o crescimento pessoal e profissional.

Você pode contar com o feedback de colegas de trabalho, superiores diretos e até de clientes. Ao estar aberto ao retorno e às críticas construtivas, é possível entender melhor seus pontos fortes e áreas que necessitam de desenvolvimento. 

Além disso, você também pode realizar testes para descobrir o seu perfil comportamental. A própria Solides conta com um mapeamento comportamental exclusivo, o Profiler, que aponta qualidades e pontos a serem desenvolvidos. Após identificar quais habilidades podem ser aprimorado, é hora de buscar conhecimento. Invista em cursos de desenvolvimento pessoal, sessões com terapeutas e leituras especializadas.

O hábito da leitura também é uma poderosa ferramenta para desenvolver a criatividade. Além disso, a exposição a diferentes formas de arte, como filmes e músicas, amplia o repertório e estimula a criatividade. 

Buscar diversas fontes de inspiração e conhecimento contribui para o desenvolvimento de habilidades criativas essenciais no mundo profissional.

Por fim, lembre-se da mentalidade de lifelong learning, ou seja, quanto mais conhecimento adquirido e interesse no desenvolvimento intelectual, maior a sua autoridade em determinado assunto.

➡️ Saiba também: Promoção de cargo na contabilidade: como o gestor pode saber a hora certa de promover um colaborador?

Como cada soft skill faz a diferença na contabilidade?

Desenvolver soft skills não apenas enriquece a carreira individualmente, mas também traz benefícios tangíveis para a contabilidade.

A flexibilidade e o gerenciamento do tempo, por exemplo, são essenciais para lidar com prazos apertados e demandas imprevistas, permitindo que o profissional ajuste suas prioridades e otimize seu tempo de forma eficaz. 

Além disso, a resiliência e a adaptabilidade são fundamentais para enfrentar mudanças constantes no ambiente contábil, seja nas regulamentações, nos processos ou nas demandas dos clientes. 

Um contador resiliente é capaz de se adaptar rapidamente a essas mudanças, aprender com os desafios e seguir em frente. A inteligência emocional e a empatia são habilidades importantes para construir relacionamentos eficazes com colegas, clientes e outros stakeholders. 

Já a comunicação clara e eficaz é responsável por transmitir informações financeiras de forma compreensível para diferentes públicos. O profissional precisa apresentar resultados financeiros em reuniões, relatórios ou e-mails de maneira acessível, utilizando exemplos concretos e gráficos claros para facilitar a compreensão e apoiar a tomada de decisões informadas.

A capacidade de analisar dados é outra competência crucial para um contador. Ele deve interpretar informações financeiras, identificar tendências, detectar irregularidades e tomar decisões com base em dados sólidos.  Ao revisar relatórios financeiros, um contador utiliza ferramentas analíticas para identificar padrões de desempenho, áreas de risco e propor estratégias para melhorar a eficiência operacional e a rentabilidade da empresa.

Por fim, o gerenciamento de riscos desempenha um papel importante na proteção dos ativos e na sustentabilidade do negócio.  Isso porque, o profissional contábil avalia ameaças potenciais, implementa controles internos adequados e desenvolve planos de contingência para evitar danos financeiros à empresa. 

Ao identificar problemas potenciais, como fraudes, um contador toma medidas imediatas para investigar a questão e fortalecer os controles internos, garantindo a segurança e a integridade dos ativos da empresa.

Qual deve ser o perfil de um contador?

O perfil ideal de um contador vai muito além de conhecer as principais soft skills para contadores. 

No cenário atual, a expectativa é que o profissional não seja apenas um mestre dos números, mas também um estrategista ágil e comunicativo, capaz de navegar pelas complexidades do mundo empresarial com confiança e criatividade.

Em primeiro lugar, um contador precisa ser proativo e ter uma atitude voltada para a resolução de problemas. Na contabilidade, onde cada erro pode ter grandes consequências, a capacidade de identificar e resolver questões rapidamente é essencial

Ser proativo não só otimiza as tarefas diárias, mas também inspira outros colaboradores a adotarem a mesma mentalidade de enfrentar desafios de frente.

Além disso, a habilidade de lidar com instabilidades e crises de forma estratégica é fundamental. 

Um contador competente não se deixa abalar por turbulências financeiras ou econômicas, mas sim encontra maneiras criativas de enfrentá-las e até mesmo transformá-las em oportunidades de crescimento para o negócio contábil.

A comunicação transparente e eficaz é outra característica indispensável para o contador. O profissional precisa se comunicar claramente com colegas e clientes, contribuir para a coesão da equipe e a compreensão mútua dos objetivos e metas da empresa. 

Em resumo, o perfil ideal de um contador combina competências técnicas sólidas com uma mentalidade proativa, resiliente, comunicativa e criativa. 

Ficar por dentro das habilidades mais valorizadas pelo mercado é essencial para enfrentar os desafios e aproveitar as oportunidades em um ambiente contábil dinâmico e competitivo. Para isso, fique sempre atento ao blog da Sólides, e conte com conteúdos feitos especialmente para você!

Compartilhe:

Você também vai gostar!

Rolar para cima