6 passos para estruturar o setor de Recursos Humanos de uma empresa

Tempo de leitura: 6 minutos

Você já sabe o quanto o setor de recursos humanos de uma empresa é importante, não é mesmo? Afinal, ele é responsável por gerenciar o que as organizações têm de mais valioso: as pessoas. E, por isso, tem um papel fundamental para o crescimento e o sucesso de qualquer negócio!

Mas com tantas tarefas a cumprir, muitas vezes não sobra tempo para estruturar esse departamento da forma correta. Para ajudar você nessa tarefa, criamos este passo a passo inicial. Confira! 

Primeiros passos para a implantação do RH na empresa

Montar a estrutura do setor de recursos humanos de uma empresa não é um bicho de sete cabeças. No entanto, é muito importante reservar um tempo na sua agenda para se dedicar a esse processo. 

Para facilitar ainda mais a organização, criamos um passo a passo de como estruturar um RH do zero. Confira. 

https://drive.google.com/file/d/1N-Hh7HWo8yWcyp0VtLm5Yk1qenYYebi-/view?usp=sharing

1. Alinhe a estratégia

Você já deve ter ouvido falar por aí sobre a importância de ter um RH estratégico. Mas o que é isso? Bom, ter uma gestão de pessoas estratégica é se voltar para resultados. É criar ações baseadas em um plano que esteja de acordo com os objetivos da empresa.

Para isso, você precisa prestar atenção em dois pontos. O primeiro é entender o planejamento estratégico da empresa: a longo prazo, o que a organização onde você atua deseja alcançar? O segundo é ter dados relacionados à gestão de pessoas para que você possa se orientar e trabalhar para melhorá-los.

Se o objetivo da sua empresa é aumentar as suas receitas em um ano, por exemplo, qual é o papel do RH nessa meta? Você pode pensar em ações que reflitam no aumento da produtividade dos colaboradores e na diminuição das despesas com rotatividade, por exemplo.

2. Faça um levantamento de informações

A estrutura de recursos humanos varia conforme a organização, por isso, ao pensar na implantação do RH na empresa é preciso, antes de mais nada, realizar um diagnóstico completo. 

Faça um levantamento de informações e organize todos os documentos que a empresa já tem, as legislações do setor e como funcionam os processos atuais. 

Entender como a organização trabalha, onde ela quer chegar e o que precisa ser organizado é fundamental para que o RH compreenda como pode ajudar e comece a pensar em ações estratégicas.

3. Monte um planejamento de ações

Depois de entender como o departamento pode atuar estrategicamente dentro da empresa, é hora de planejar a implementação de RH

Neste momento, não se esqueça de manter os pés no chão. Você é a única pessoa responsável pela gestão de pessoas em sua empresa? Ou o seu RH conta com uma equipe maior? Qual é o seu orçamento? Quais são as ações que você deve desenvolver para ter um RH voltado aos resultados que você precisa alcançar? Quais processos ou estruturas precisam ser criadas e organizadas? 

O seu planejamento estratégico deve seguir as condições atuais, dessa forma, nada de planejar ações que você não vai conseguir cumprir. Assim, você evita frustrações e, no momento da apresentação de resultados, consegue mostrar resultados tangíveis para o restante da empresa.

4. Defina metas

Outra etapa importante na hora de montar a estrutura de Recursos Humanos é estabelecer as metas que vão atender ao seu planejamento. 

Se o seu objetivo é atuar para a diminuição da rotatividade, por exemplo, quantas e quais ações você deve desenvolver nesse sentido? Quais novas práticas você deve implantar na empresa? Qual o prazo estabelecido para chegar aos resultados propostos?

Além disso, é importante que você quantifique os seus resultados. Ao fim do período do seu planejamento, qual é a porcentagem de rotatividade que a empresa deverá atingir para diminuir o seu índice atual?

As metas são importantes para que você não desenvolva o seu trabalho no escuro. A partir delas, você atua com base nas informações que tem e aonde quer chegar. Além disso, acompanhando de perto as metas e os processos, é possível propor melhorias ao longo do caminho. 

5. Elabore um documento interno

O regulamento interno é o documento que estabelece todas as normas e procedimentos do setor. Se você ainda está começando a implantação do RH na empresa, pode sentir dificuldades nessa etapa, mas tenha calma. 

O documento pode ser simples, mas precisa ter claro os caminhos, processos e modos de fazer cada uma das atividades do departamento. Isso é importante para mantê-lo organizado e garantir que essas regras se consolidem com o tempo. 

Assim, formalize no regulamento todos os processos, por exemplo: como é realizado o recrutamento e seleção? Qual a política salarial? Quais as regras de concessão dos benefícios?

6. Use a tecnologia a seu favor

Por fim, a tecnologia é a grande aliada para colocar em prática a estrutura de RH. Para isso, é preciso escolher uma empresa que será sua parceira nesta jornada e que ofereça uma plataforma completa

Com esse tipo de ferramenta, fica muito mais fácil colocar o plano em prática e até superá-lo. Principalmente, no caso de uma implantação de RH em pequenas empresas, quando não há um time grande de profissionais no departamento. 

Hoje um software de RH, ferramenta utilizada por milhares de empresas de todos os portes, é capaz de otimizar processos burocráticos, eliminando pilhas de papel e de planilhas, trazendo agilidade, eficiência e segurança para a gestão. 

Além de otimizar o tempo e, consequentemente, aumentar a produtividade, as ferramentas tecnológicas auxiliam na organização das atividades e do setor como um todo. Dessa forma, ao apostar em softwares e plataformas de gestão é possível:

  • organizar os dados de todos os colaboradores em um só lugar, otimizando o tempo de trabalho;
  • fazer o mapeamento comportamental das equipes, levantando informações muito valiosas e estratégicas;
  • otimizar e melhorar os processos de recrutamento e seleção;
  • monitorar o engajamento e a produtividade por meio de pesquisas de clima e avaliações de desempenho; 
  • reduzir custos como os de turnover e contratações inadequadas;
  • mensurar resultados por meio de relatórios, gráficos e dados para embasar a tomada de decisões;
  • entre muitas outras coisas.
banner para baixar o ebook sobre Gestão de RH para pequenas empresas: manual prático com os primeiros passos para estruturar o RH-o setor de recursos humanos de uma empresa

Conclusão

Neste artigo, você pôde entender melhor como montar um RH na empresa e como organizar os processos para que a gestão de pessoas assuma uma posição mais eficiente e estratégica. 

Quer saber como otimizar ainda mais o setor de recursos humanos de uma empresa? Então confira também nosso artigo com as principais vantagens de uma plataforma de RH para PMEs. 

3.6 14 votes
Article Rating


Subscribe
Notify of
guest
1 Comentário
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
ernesto Jorge

Bom dia e muito obrigo pelo este artigo foi muito útil