A rotatividade de pessoal e seu custo para a empresa

Tempo de leitura: 4 minutos

Rotatividade de pessoal nada mais é do que a relação entre admissões e demissões dentro da empresa. A empresa realiza um investimento para encontrar candidatos, treinar o novo colaborador e há um impacto considerável quando acontece o desligamento.

O turnover é um dos problemas mais frequentes na vida de uma empresa. Diminuí-lo requer um trabalho coeso e preciso desde o momento do processo de recrutamento e seleção.

A retenção de talentos não é apenas um cuidado necessário, mas uma estratégia fundamental para diminuir os prejuízos da empresa.

Neste conteúdo, vamos explicar como calcular a rotatividade e como trabalhar para diminuí-la. Acompanha!

https://drive.google.com/file/d/1N-Hh7HWo8yWcyp0VtLm5Yk1qenYYebi-/view?usp=sharing

O cálculo da rotatividade

Observando, matematicamente, a rotatividade é o resultado de uma fórmula bastante simples:

(A+D) / 2 x 100 = EM

Nesta fórmula:

  • A significa Admissões;
  • D, Demissões;
  • EM é o efetivo médio de pessoal dentro do período considerado.

Assim, se o índice de rotatividade estiver em 10%, isto quer dizer que a empresa, no período, só pôde contar com 90% de sua força de trabalho. Em termos de produtividade, esse valor significa uma perda de 10% do que poderia ter sido, caso não existisse demissões.

Considerando isto, a rotatividade acaba sendo uma despesa. Uma condição que não precisa existir se a empresa aplicar critérios mais aprofundados, com mais atenção no processo de recrutamento e seleção e na gestão de pessoas.

A rotatividade em altos índices também reflete diretamente no clima organizacional. Afinal, quando se trabalha com alguém que se conhece é muito mais simples. Quando se precisa parar para ensinar ou não se confia no companheiro de trabalho recente, cria-se um ambiente estranho.

O turnover é um processo oneroso, cujas consequências não podem ser diretamente medidas. Quando se trabalha com o capital humano de uma forma correta, a organização torna-se mais competitiva, os trabalhadores sentem-se satisfeitos e todos ganham com isso.

Com relação à rotatividade, há uma necessidade constante de as empresas acompanharem o índice e verificar as causas que estão levando ao número, seja ele qual for.

É necessário determinar a quantidade de demissões e suas causas e, principalmente considerar não somente quantos empregados estão saindo, mas o potencial dos que permanecem na empresa.

A rotatividade alguns ângulos

É evidente que existem momentos em que a rotatividade não é apenas responsabilidade da empresa, podendo até mesmo ter causas externas. Mesmo que a empresa consiga manter e motivar os profissionais, o cenário econômico nacional — regional ou estadual — influencia.

Outro ponto de mudança e rotatividade pode ser a ida dos melhores profissionais para concorrentes. Nesse caso, a organização acaba perdendo por conseguir manter em seu quadro apenas os funcionários que não tem o potencial necessário para competir no mercado.

No cenário econômico nacional, não há muito o que fazer por parte das empresas. Entretanto, para não perder os melhores profissionais para os concorrentes é importante manter uma comunicação aberta.

Conversar com os colaboradores abertamente sobre os planos de carreira e sucessão é fundamental. Os funcionários não se motivam apenas por benefícios e salários, mas também pela oportunidade de crescer profissional dentro de uma empresa.

As causas da rotatividade

O controle da rotatividade é essencial para o bom desempenho da empresa como um todo e isso pode ser feito com as avaliações de desempenho e com alguns levantamentos, como uma entrevista de desligamento quando este for solicitado pelo empregado e pesquisas periódicas do clima organizacional.

A área de recursos humanos tem as ferramentas necessárias para o levantamento, podendo aplicar os dados recolhidos para melhorar o processo de recrutamento e seleção.

Dentro desse processo, também é importante manter o colaborador integrado, desde sua entrada na empresa, com monitoramento dos colaboradores admitidos recentemente, avaliando suas expectativas e seu nível de satisfação.

A redução do índice de rotatividade deve ser encarada como redução de custos, em primeiro lugar. Uma empresa que contribui com seus colaboradores está construindo o seu próprio futuro.

Se você quer saber como um Software de RH pode impactar na redução na rotatividade, separamos uma história para você!

Banner_Calculadora_de_Produtividade

0 0 vote
Article Rating


Subscribe
Notify of
guest
1 Comentário
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
trackback

[…] que a rotatividade da sua empresa não cresça com a implantação de uma cultura corporativa, é importante sempre […]