Entenda a relação entre RH e TI e como quebrar as barreiras entre os dois setores

Tempo de leitura: 5 minutos

Com certeza você já conhece as funções e objetivos de um departamento de RH, ou pelo menos a sua maioria. E sobre o setor de Tecnologia da Informação, conhecido como TI, o que você sabe? Já parou para pensar na relação entre essas duas áreas?

Numa análise inicial, os setores de RH e TI parecem bem diferentes e distantes. Ao primeiro, cabe gerir o fator humano em uma organização, alinhando as políticas de gestão de pessoas com os objetivos da empresa.

Já a Tecnologia da Informação tem como objetivo auxiliar a gestão de informações por meio de soluções tecnológicas, como hardwares, softwares, banco de dados e redes.

Mas apesar dessa aparente distância, a parceria entre RH e TI é estratégica. Vamos entender por que vale a pena e como investir em uma relação próxima entre esses dois setores?

Como o RH pode ajudar a TI?

Estamos na era digital, onde as soluções tecnológicas são cada vez mais requisitadas. Elas reduzem custos, trazem mais rapidez e assertividade para processos de todas as áreas da empresa. Diante da crescente demanda, aumenta também a procura por profissionais de TI, que estão cada vez mais disputados no mercado.

Assim, compor uma boa equipe de TI tem sido um desafio e a ajuda do RH é essencial nesse contexto. O setor de gestão de pessoas pode fazer um estudo de mercado a fundo, averiguar a necessidade de contratação de uma empresa especializada em seleção de desenvolvedores ou até rever as estratégias de remuneração da empresa.

O RH pode também ajudar na elaboração de uma estratégia personalizada de retenção desses profissionais, investindo em seu desenvolvimento e satisfação.

Outra forma de o RH auxiliar a TI é no entendimento das suas demandas.  A premissa da área de TI é ajudar as pessoas a produzir, armazenar, acessar, analisar e garantir a segurança de qualquer tipo de informação.

O setor faz isso através de recursos computacionais, mas entender as demandas humanas é tão fundamental quanto dominar as ferramentas tecnológicas. Só assim a TI pode criar soluções que realmente atinjam seus objetivos iniciais.

Como essas solicitações vêm de diferentes áreas do conhecimento, pode ser difícil para os profissionais de TI entenderem todos os seus meandros. Nesse sentido, o RH pode ajudar na construção de uma visão sistêmica e na promoção de ações que auxiliem na apreensão desses conhecimentos, como o intercâmbio entre áreas da empresa e a apresentações dos setores.

Como a TI pode ajudar o RH?

Essa pergunta é ainda mais fácil de ser respondida. Como já falamos, estamos na era digital e o RH começou a ser fortemente impactado pelas transformações trazidas por essa nova etapa. Tornou-se extremamente necessário aderir a ferramentas tecnológicas para otimizar os processos de gestão de pessoas.

É ideal que o RH conte com uma ferramenta para integrar seus dados e facilitar os processos, liberando os profissionais da área de tarefas muito operacionais para se concentrarem em questões mais estratégicas.

O maior exemplo dessas tarefas talvez seja a análise manual de currículos, que é desgastante e muito demorada. É só através da ajuda da tecnologia que os profissionais de RH poderão se dedicar a ações estratégicas e utilizar todo o seu potencial de análise e transformação da realidade.

O people analytics, os chatbots, o e-learning e a proteção dos dados são outros grandes exemplos da ajuda que o setor de TI pode oferecer ao RH. Na verdade, vai além da ajuda. Para que o seu RH acompanhe as tendências da área, a aproximação da TI é fundamental.


Como promover a aproximação entre RH e TI?

Diante do grande valor dessa ajuda mútua entre RH e TI, partimos para a resolução prática de como transformar em realidade a aproximação entre essas duas áreas. Temos duas dicas essenciais para que você inicie essa parceria de sucesso.

Mantenha uma comunicação aberta

Apesar de parecer que cada área fala uma linguagem totalmente diferente, dentro de uma organização RH e TI trabalham pelo mesmo objetivo. Então, é importante alinhar a comunicação e, principalmente, manter um canal aberto.

Uma ótima forma de estimular essa abertura é a aproximação dos líderes dessas duas áreas, que servirão de exemplo para o resto da equipe. Oferecer ajuda, pedir dicas de conteúdos e até promover encontros informais pode ajudar a manter o diálogo fluido e construtivo.

Busque conhecimento

Outra dica essencial é procurar conhecimento sobre tecnologia, recursos e tendências. Não adianta pedir que a TI resolva todos os problemas e melhore processos sem conhecer minimamente as possibilidades, certo?

Da mesma forma que é interessante que os profissionais da TI tenham uma boa noção da realidade quando vocês precisarem tratar algum assunto de gestão de pessoas, eles esperarão o mesmo de você. Pesquise, siga pessoas da área, tente entender o básico e não tenha medo de perguntar.

mão mexendo em um notebook aberto na página da universidade solides

Quer ter uma ideia de por onde começar a trazer a tecnologia para a gestão de pessoas? Confira o nosso artigo!

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of