5 dicas para aumentar a produtividade no trabalho em MPEs

Tempo de leitura: 5 minutos

Sem tempo para ler? Sem problemas, você pode assistir este conteúdo no vídeo abaixo!

No Brasil, Micro e Pequenas Empresas (as MPEs) são responsáveis por cerca de 27% do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro, mais da metade dos empregos com carteira assinada e 40% dos salários pagos. Mesmo tendo muita expressão, um dos principais desafios enfrentados por elas é aumentar a produtividade no trabalho.

Isso acontece porque empresas menores anseiam pelo crescimento, mas não possuem a mesma infraestrutura que as grandes organizações. Além das limitações tecnológicas, empecilhos como a falta de um RH bem estruturado e problemas de planejamento por exemplo, são empecilhos que podem refletir no resultado final que se deseja alcançar.

Para te ajudar, separamos 5 dicas para você melhorar os índices de produtividade em sua micro ou pequena empresa. Confira!

1- Planeje todos os processos dentro da empresa

Uma companhia pequena requer planejamento como qualquer outra. É muito comum ver empreendedores jovens e cheios de ideias inovadoras abrirem o próprio negócio, mas depois se frustrarem por não terem conseguido o retorno esperado. Um bom planejamento inicial através de um plano de negócios é essencial para definir os rumos que se quer dar à organização e evitar esse tipo de surpresa.

Mas você deve ter atenção ao planejamento não apenas quando a sua empresa estiver começando, e sim em todas as etapas do seu desenvolvimento. Deixar que simplesmente aconteçam sem um rumo certo pode ser desastroso, gerando estagnação e impedindo que a sua organização atinja os objetivos. Faça um planejamento estratégico que irá te guiar desde a contratação de pessoas novas para integrar o time até a maneira que o trabalho é realizado.

2- Dê suporte para a manutenção de um clima organizacional favorável

A satisfação e produtividade dos colaboradores depende da maneira como eles se sentem dentro da empresa. Se você tem pessoas felizes trabalhando, provavelmente terá melhores resultados. Se existe algum incômodo, as metas podem ser prejudicadas porque as pessoas se sentem desmotivadas. Por isso, caso observe algum descontentamento, cabe ao gestor buscar saídas para melhorar o clima organizacional.

A figura do líder deve estar presente para integrar a equipe, cuidando sempre para não criar situações que possam prejudicar a performance do time. A competitividade por meio de brindes para quem apresentar um resultado satisfatório ou dentro do tempo, por exemplo, pode ser algo saudável para determinado grupo. Mas comparar diretamente os trabalhos de um colaborador com o outro de forma agressiva, não. Isso pode gerar insatisfação e fazer com que os colaboradores caminhem na contramão da cooperação, ocasionando mal-estar.

Outra ferramenta importante é a pesquisa de clima organizacional. Aplicando-a periodicamente você terá uma visão geral sobre a percepção dos colaboradores sobre diversos fatores, o que irá te ajudar a criar saídas que melhorem a performance dos profissionais e soluções inovadoras.

3- Faça um mapeamento comportamental para aumentar a produtividade no trabalho

O mapeamento comportamental, responsável por identificar as competências e tendências comportamentais de uma pessoa, é uma ferramenta fundamental para aumentar a produtividade no trabalho. Através de um teste que leva cerca de sete minutos para ser respondido, você terá acesso a mais de 50 informações sobre o perfil dos colaboradores!

Essas informações serão essenciais para você desenvolver uma gestão de pessoas baseada no comportamento, o que irá te ajudar a direcionar os colaboradores para a alta performance.  Através dos resultados do teste comportamental, você consegue conhecer melhor as potencialidades de cada profissional, contratar as pessoas certas e direcionar cada colaborador a tarefas às quais ele possa se sobressair.

O mapeamento comportamental traz muitos resultados satisfatórios para a organização na medida em que possibilita uma gestão de pessoas mais assertiva e eficiente. Saber se os colaboradores estão alinhados às funções, à própria equipe e à cultura empresarial é algo que irá impactar significativamente a produtividade da sua pequena ou média empresa!.

4- Promova uma gestão eficiente

O papel do gestor é essencial para o sucesso de uma MPE, e existem uma série de fatores que caracterizam uma boa gestão e influenciam expressivamente os resultados da empresa. O líder de uma companhia deve servir de exemplo. Ou seja, de nada adianta criar regras e normas que nem você pode cumprir: isso coloca em cheque sua credibilidade frente aos demais colaboradores.

Além disso, atualizar-se sempre em relação a novas práticas de gestão faz com que a empresa esteja em constante crescimento. Dar feedbacks constantes para a equipe e valorizar os profissionais que contribuem para o crescimento da empresa são atitudes essenciais para promover a motivação deles.

5- Use ferramentas de trabalho atuais

Ferramentas obsoletas afetam e muito a produtividade no trabalho! Os gestores de uma empresa devem estar sempre atentos às inovações tecnológicas que podem funcionar como aliadas para o sucesso da organização. Procure avaliar o custo-benefício de alguns investimentos, já que eles podem gerar economia de tempo e dinheiro.

Agora que você já conhece as nossas dicas sobre como melhorar a produtividade no trabalho em sua pequena ou média empresa, confira o nosso artigo sobre como a análise comportamental pode ajudar a sua MPE. Leia aqui!

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of