Primeiro emprego: como começar a carreira no mercado de trabalho

BAIXE GRÁTIS!

Aqui você encontra:

O primeiro emprego representa um portal de acesso à vida adulta. Ele abre as portas para a construção de um futuro profissional, sendo a oportunidade para jovens ingressarem no mercado de trabalho. 

No entanto, esse ritual de passagem pode apresentar desafios e gerar insegurança. Por isso, quanto mais preparado o jovem estiver, maiores são as chances de êxito nessa empreitada.

Neste texto, abordaremos a idade para o primeiro emprego, como conseguir um trabalho e começar a carreira. Também daremos dicas de onde buscar vagas em um mercado competitivo, mesmo com um currículo curto. Boa leitura!

Qual é a idade para o primeiro emprego? 

A primeira coisa que jovens em busca do primeiro emprego devem saber é que ter pouca experiência não é um problema. Sendo assim, o foco passa a ser a faixa etária certa para trabalhar.

Na prática, a idade permitida para exercer atividade trabalhista depende da função que o candidato desempenhará na empresa. Pela legislação brasileira, adolescentes podem trabalhar a partir dos 14 anos. 

Essa é a idade mínima definida no programa Jovem Aprendiz, também chamado de Aprendiz Legal. Criado pela Lei 10.097/2000, o plano nacional exige que empresas grandes e médias contratem jovens de 14 a 24 anos. 

A lei garante a abertura de vagas para pessoas ainda sem experiência profissional, mas que precisam ingressar no mercado de trabalho. No caso do programa Jovem Aprendiz, a carga horário máxima permitida é de 6 horas.

Uma alternativa para conseguir o primeiro emprego é ser estagiário, se estiver estudando técnico ou já estiver na faculdade. No entanto, para ingressar em programas de estágio é necessário ter ao menos 16 anos. 

Em comum, o plano Jovem Aprendiz e o estágio são oportunidades de adquirir conhecimento e experiência para iniciar a trajetória profissional. 

Saiba mais: 14 dicas para conseguir um bom emprego

Como conseguir o primeiro emprego?

Estágios e programas de trainee são as primeiras opções para ingressar no mercado de trabalho, mas não são as únicas. Há outras formas de conseguir o primeiro emprego. Confira 12 dicas para conquistá-lo de forma simples e rápida.

1. Sinceridade

Como dissemos anteriormente, ter pouca experiência não é impedimento. Afinal, o candidato está iniciando sua trajetória. Em situações assim, é comum sentir insegurança. O candidato pode ser tentado a colocar informações desnecessárias no currículo para compensar a falta de experiência.

Porém, essa é uma atitude malvista pelos recrutadores e o candidato pode ser dispensado do processo seletivo. Assim, é melhor demonstrar sinceridade e intenção de buscar novos conhecimentos para se qualificar. 

2. Currículo

O currículo de um candidato em início de carreira deve ser condizente com a vaga desejada. Além de não colocar informações sem relação com o trabalho, procure adequar o CV às exigências da função e às necessidades da empresa. 

Inclua pontos fortes, habilidades e competências que domina para elaborar um bom currículo, sempre com foco na contratação.

✍ 7 dicas de como fazer um bom currículo

3. Postura profissional

A entrevista de emprego é uma oportunidade de aprendizado e de demonstrar a transição da vida de estudante para o mundo profissional. Mantenha uma postura cordial, lembrando que seu perfil está em formação e seu comportamento será avaliado pelo recrutador. 

Leia também: Entrevista de emprego: como se preparar e as principais perguntas dos recrutadores

4. Ansiedade

Controlar a ansiedade e não questionar sobre salário e benefícios causa uma boa impressão, especialmente por se tratar do primeiro emprego. Claro que esses assuntos são importantes para o candidato, mas mostrar interesse em aprender com a vaga é vantajoso. 

Questões burocráticas serão trazidas à discussão à medida que o processo seletivo avança. Portanto, aproveite a entrevista para saber mais sobre a vaga e atribuições da função. Informações prévias sobre a empresa sempre ajudam.

5. Educação e pontualidade

São atributos fundamentais para quem está ingressando no mercado profissional. Demonstrar educação no trato com as pessoas e pontualidade diante dos compromissos transmitem segurança ao empregador e demonstram responsabilidade. 

Após a entrevista, mesmo sem garantia de contratação, enviar um e-mail ao recrutador agradecendo a oportunidade é uma atitude gentil. Aposte no seu marketing pessoal e mostre sua melhor versão. 

6. Qualificação

Quem está em busca do primeiro emprego pode se qualificar antes mesmo de consegui-lo. Investir em conhecimento é uma maneira de se preparar para os desafios profissionais. 

Muitas empresas costumam valorizar candidatos que tenham cursos técnicos ou graduação. Falar mais de um idioma também traz bons resultados e fazem o candidato se destacar nos processos seletivos. 

7. Preparação

Passadas as etapas iniciais do recrutamento, a empresa chama os primeiros candidatos para a fase de entrevistas. É a oportunidade para as partes se conhecerem melhor e o interesse deve ser mútuo. 

Por isso, é necessário se preparar previamente pesquisando informações sobre o negócio, a cultura organizacional, valores e missão da empresa. Ao procurar o primeiro emprego vale a pena mostrar proatividade e surpreender o recrutador. 

8. Informações falsas

Incluir experiências no currículo para torná-lo mais interessante é um procedimento arriscado. Os recrutadores sabem como checar se as informações são verdadeiras e conseguem identificar contradições. 

Se encontrar o primeiro emprego é o objetivo, não faz sentido inventar uma trajetória profissional você não tem. 

Ainda não sabe o que dizer? Ter um planejamento de carreira pode te ajudar na hora de conseguir seu primeiro emprego. Faça o curso gratuito da Escola de Pessoas sobre como montar um planejamento de carreira, com a Denise Brasil.

Curso grátis!

9. Autoconhecimento

Em entrevistas para o primeiro emprego ou não, os recrutadores costumam perguntar aos candidatos quais são seus defeitos e qualidades. É nesse momento que bate a insegurança e falar sobre si pode se tornar uma tarefa difícil. 

A melhor maneira de se preparar é investir no autoconhecimento. Reconhecer suas habilidades e pontos a melhorar demonstra maturidade. Além de diminuir a ocorrência de respostas previsíveis como “sou perfeccionista” ou “gosto de ajudar”. 

Descubra quais são as 15 habilidades profissionais do futuro segundo o fórum econômico mundial

10. Trabalho voluntário

A ONU define voluntariado como ação feita por jovens ou adultos, por interesse pessoal e cívico. O voluntariado consiste em dedicar tempo para várias atividades sem receber dinheiro. 

Durante o processo seletivo, revelar a participação como voluntário em projetos sociais, por exemplo, faz a diferença. É uma experiência que agrega conhecimentos e vivências únicas que serão bem aproveitadas na vida profissional. Sem contar que o trabalho voluntário ajuda a preencher uma lacuna comum aos jovens: a falta de experiência. 

11. Contatos profissionais 

Manter bons relacionamentos com pessoas cujas carreiras já estejam estabelecidas pode trazer benefícios. O networking faz a diferença também para quem está em busca da primeira oportunidade. 

No mundo profissional, a indicação costuma contar bastante. É comum a Gestão de Pessoas buscar referências com os próprios colaboradores, priorizando pessoas indicadas por eles. Essa prática agiliza o processo de recrutamento e seleção e favorece candidatos que possuem contatos profissionais. 

➡️ 9 benefícios de participar de eventos de RH

12. Busca de vagas

As plataformas de emprego funcionam, desde que o jovem seja proativo e procure as vagas disponíveis. A busca começa com a aplicação de filtros de pesquisa, inclusive nível de experiência. 

Assim, é possível acessar oportunidades específicas para quem deseja ingressar no mercado de trabalho. No próximo tópico mostraremos onde encontrar emprego nos lugares corretos.

@solidestecnologia

3 dicas incríveis para você conquistar o seu emprego dos sonhos em 2024! 💡 1️⃣ Aprenda a destacar os seus resultados; 2️⃣ Construa o seu perfil no LinkedIn de forma estratégica; 3️⃣ Invista no seu desenvolvimento. 👉🏼 Aproveita e dá um pulinho no nosso Portal de Vagas clicando aqui no perfil! Tem vaga home office, modelo hibrido, presencial e muito mais, em diversas áreas de atuação. Entre a oportunidade de trabalho perfeita para voce! 🌟 #vagas #emprego #currículo #empregoshomeoffice #vagasabeetas #vagasonline #oportunidadedetrabalho #agoravocejasabe #portaldevagas

♬ som original - Sólides Tecnologia

Onde procurar vagas para o primeiro emprego?

Inicialmente, a estreia na vida profissional pode parecer difícil, especialmente pela pouca experiência e prática. O primeiro passo é definir claramente quais são seus objetivos e pretensões. 

Pesquise lugares para encontrar o primeiro emprego, considerando a empresa, o setor e as habilidades necessárias para a função. É possível encontrar oportunidades em:

  • Sites de Recursos Humanos;
  • Publicações e revistas sobre carreira;
  • Sites de empresas (o famoso ‘Trabalhe Conosco’);
  • Redes sociais específicas, como o LinkedIn.
  • Entidades como SINE, SEBRAE, SEST/SENAT, SENAIS e SENAC oferecem vagas no Jovem Aprendiz, assim como em empresas parceiras do programa. 

O Portal de Vagas Sólides é uma plataforma de recrutamento onde estão concentradas vagas divulgadas por parceiros. A função do site é conectar pessoas em busca de emprego e empresas com oportunidades de trabalho. 

O cadastro no site é gratuito e a busca é simples e intuitiva. Com poucos passos você consegue descobrir quem está recrutando e em qual cidade. Ao encontrar a vaga ideal, basta clicar no botão “Quero me candidatar”, iniciar o preenchimento dos dados e enviar o currículo. 

O próximo passo é da empresa contratante. Ela entrará em contato com o candidato para dar prosseguimento à seleção.

E o melhor: o Portal de Vagas possui um banco de dados para cadastramento de currículos. Assim, o candidato poderá se destacar e chamar atenção do empregador. Nesse caso, a Sólides entrará em contato fazendo a ponte entre ambos. 

Após conhecer nossas dicas para conquistar o primeiro emprego, acesse o Portal de Vagas Sólides e inicie sua trajetória profissional! 

Luana Teixeira
Luana Teixeira
Psicologia pela FUMEC e pós-grauada em Gestão Estratégica de Pessoas pela UFMG. Atuei como Professora no MBA em Coaching- Life Coaching, Executive e Business Coaching da U.N.A, nas disciplinas Gestão do Tempo e Marketing Pessoal. Adoro aprender e ensinar! Sou gente que gosta de gente!
Compartilhe:

Você também vai gostar!

Rolar para cima