Como estruturar a premiação de funcionários de forma estratégica

Entenda como funcionam os programas de premiação de funcionários e como você pode implementá-los no seu negócio de forma estratégica
premiação de funcionários
Baixe grátis!

Aqui você encontra:

Os benefícios flexíveis se tornaram grandes aliados das empresas na atração e na retenção dos talentos. As novas gerações valorizam cada vez mais essa liberdade de escolha e acabam preferindo benefícios melhores a maiores salários. Mas você sabia que a premiação de funcionários também se enquadra nesse tipo de incentivo?

Uma campanha estruturada de forma estratégica e com as premiações certas pode ser um diferencial importante para destacar sua empresa no mercado de trabalho. 

Neste post, vamos explicar melhor como premiar funcionários, quais tipos de incentivos podem ser oferecidos, o que diz a legislação sobre o assunto e outras dúvidas comuns. 

Confira tudo na leitura!

O que é a premiação de funcionários?

A premiação de funcionários é uma categoria de benefícios flexíveis que pode ser oferecida pela empresa como forma de incentivo para que os profissionais batam metas individuais e coletivas e alcancem melhores resultados. 

Esse tipo de incentivo vai além das obrigatoriedades da legislação trabalhista e não faz nem deve fazer parte do salário. Portanto, ele pode ser oferecido de forma monetária, como um bônus extra, ou de forma simbólica, sem envolver, necessariamente, valores em dinheiro. 

Dessa forma, o objetivo da estratégia de premiação é reforçar comportamentos positivos e mostrar aos colaboradores que a empresa valoriza seus esforços, garantindo, assim, mais motivação e engajamento. 

Ainda, a estratégia pode ser aplicada com a frequência que a empresa julgar mais interessante, contudo, é comum que as premiações aconteçam no meio e no final do ano. É importante lembrar de incluir, também, os profissionais que atuam remotamente. 

Nova call to action

Por que premiar o time é importante?

A premiação de funcionários precisa ser encarada pela empresa não como um gasto a mais, e sim como um investimento na gestão de pessoas. Iniciativas como essa podem trazer diversos benefícios para o negócio, além de reduzir gastos com rotatividade, por exemplo. 

Dessa maneira, premiar contribui para um aumento do engajamento e da motivação, auxilia na retenção dos talentos, faz com que os profissionais se sintam valorizados e desafiados e aumenta a satisfação do time como um todo. 

Além disso, a estratégia, quando bem pensada e estruturada, pode contribuir para a imagem da marca empregadora, tornando a empresa muito mais atrativa para os talentos do mercado. 

Vale lembrar que as novas gerações valorizam muitos os benefícios flexíveis e prezam pelo reconhecimento do seu trabalho. Dessa forma, organizações que demonstram gratidão e apreço pela criatividade, proatividade e produtividade dos funcionários, acabam saindo na frente na corrida por talentos.

Baixe grátis o material completo com 15 dicas para diminuir a saída de funcionários da sua empresa

Preencha o formulário e receba o material grátis no seu e-mail 📩

Quais os tipos de premiação?

A forma como a empresa premia os funcionários pode variar a depender da estratégia pensada e dos recursos disponíveis para tal. De forma geral, podemos dividi-las em duas categorias: incentivos monetários e não-monetários. 

Incentivo monetário

Os incentivos monetários são aqueles que envolvem, diretamente, um valor em dinheiro. Eles podem ser oferecidos por meio de vale-compras, bônus salarial, participação nos lucros e outras opções. 

Uma alternativa interessante para fornecer esse tipo de incentivo é o cartão de benefícios flexíveis. Essa ferramenta costuma ter uma categoria de saldo livre, onde o empregador pode disponibilizar um valor para que o funcionário gaste como e onde preferir. 

Vantagens dos benefícios flexíveis: como ajudam o RH a superar desafios 

Incentivo não-monetário

As premiações não-monetárias são, normalmente, mais simples, como um certificado de "bom desempenho" ou uma placa de "funcionário do mês". Elas funcionam como uma recompensa simbólica para mostrar aos colaboradores que a empresa valoriza seus esforços e está prestando atenção no time. 

Por exemplo, outros tipos de prêmios não-monetários incluem folgas extras, horário flexível, cesta de natal, cursos e eventos, estacionamento gratuito e descontos corporativos em restaurantes e academias.

O que diz a legislação sobre a entrega de premiação?

Antes de mais nada, vale ressaltar que a premiação de funcionários é completamente legal e não oferece risco jurídico à empresa, desde que siga as regras definidas CLT

É importante se atentar, contudo, às regras de tributação que incidem sobre alguns modelos, como a PLR, que sofre descontos retidos na fonte. Já os bônus em dinheiro não estão previstos na CLT, por isso, devem ser considerados como gratificação e também sofrem descontos. 

Artigo 457 sobre a premiação de funcionários

As regras de premiação constam no Art. 457 da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). De acordo com a legislação, os incentivos fazem parte do conjunto de benefícios, bens ou dinheiro que a empresa fornece aos funcionário e deve seguir três pontos principais:

  1. Estar atrelada ao bom desempenho do empregado; 
  2. À boa vontade do empregador (liberalidade); e, 
  3. Não substituir o salário estipulado em contrato de trabalho. 

Como implementar premiações de forma correta?

A forma como o programa de premiações de funcionários é implementado na empresa faz toda a diferença para os seus resultados. A intenção da estratégia é sempre engajar, motivar e aumentar a satisfação dos colaboradores. Por isso, é essencial que as regras sejam muito claras, para evitar um sentimento de frustração

Ter critérios de premiação bem definidos vai fazer com que todos, empresa e funcionários, saibam quando vão ou não receber aquele prêmio, evitando, assim, favoritismos que podem acabar se tornando uma dor de cabeça. 

Dessa forma, é essencial estruturar o plano do programa de forma estratégica, envolvendo todos do time e criando um clima de competitividade saudável. 

Material gratuito: KIT de Planejamento Estratégico para RH

Preencha o formulário e receba o KIT grátis no seu e-mail 📩

Como definir os critérios de premiação para colaboradores?

É importante elaborar um planejamento mensal, trimestral, semestral ou até mesmo anual para definir quando as premiações serão oferecidas. Ter isso bem planejado vai ajudar a empresa no controle do caixa, evitando que os custos saiam de controle

Além disso, um ponto importante que precisa estar claro são os critérios de avaliação que contarão para premiar os colaboradores. No geral, é possível utilizar 5 modelos. Entenda melhor cada um deles a seguir. 

1 - Premiação por ideias

Essa é uma estratégia interessante para estimular a inovação e a criatividade dentro do negócio, incentivando os colaboradores a pensarem fora da caixa e proporem soluções e ideias. 

Sendo assim, é importante pensar em campanhas de inovação, convidando todos para apresentarem projetos e ideias e premiando aqueles que mostrarem as propostas mais criativas e eficientes. 

2 - Premiação por desempenho

Esse é um incentivo oferecido àqueles colaboradores que mostraram um desempenho acima do esperado na empresa, entregando resultados melhores, batendo metas ou implementando processos mais eficientes. 

Portanto, para identificar os talentos que merecem o reconhecimento, o RH pode utilizar a ferramenta de avaliação de desempenho, cruzando e comparando dados para embasar a tomada de decisão e garantir uma distribuição de incentivos justa. 

Material gratuito: guia completo sobre Recrutamento e Seleção

Preencha o formulário e receba o guia de recrutamento grátis no seu e-mail 📩

3 - Premiação por equipe

Essa é uma opção interessante para empresas maiores, que desejam mais engajamento no alcance dos objetivos. A gestão pode definir o critério da premiação dos times, sejam metas de vendas, conquistas de novos clientes ou melhora nos índices de avaliação internos e externos. 

Dessa forma, esse tipo de competição entre equipes é bastante saudável e estimulante e pode ser recompensando com bônus em dinheiro, viagens, happy hours ou outras atividades e experiências que tirem os colaboradores da rotina. 

4 - Premiação de funcionário do mês

Nessa premiação o reconhecimento é individual e ocorre todos os meses. O funcionário do mês deve ser escolhido com base no seu desempenho na empresa e por se destacar dos colegas em relação às entregas. 

Então, a própria gestão ou os colegas, podem fazer a escolha, avaliando os profissionais com base em critérios pré-estabelecidos. 

Como essa é uma premiação que acontece todos os meses, é importante que o RH tenha um bom planejamento e pense em incentivos que não gerem problemas financeiros para o caixa. Alguns bons exemplos são folgas, possibilidade de trabalho remoto, vale-cultura, horários flexíveis ou valores extras no cartão de benefícios. 

Baixe grátis!

5 - Premiação anual de metas

Essa é uma premiação interessante para aumentar o gás dos funcionários no período de final de ano. A ideia é recompensar todo o time caso a empresa bata sua meta anual.

Uma dica interessante é vincular a premiação com a festa de final de ano da empresa. Por exemplo, caso a organização bata a meta de 5 milhões de vendas de outubro a dezembro, os funcionários podem “desbloquear" atrações para a festa, como um carrinho de churros, música ao vivo, sorteios de vouchers ou uma ilha de drinks. 

Metas profissionais: guia prático para definir as suas + exemplos

Quando premiar o time?

Não existe uma regra universal sobre quando fazer esse tipo de ação. No geral, quem dá as cartas é a empresa, ou seja, ela pode criar premiações sempre que julgar oportuno. Mas, como dito anteriormente, manter claras as regras e especificações a respeito de cada campanha de recompensas trará uma maior transparência para o time, gerando mais confiança. 

Algumas épocas, no entanto, são mais propícias para os incentivos, por exemplo, quando o time alcança a meta no final do ano.

Principais dúvidas sobre o tema

Para finalizar as explicações sobre o tema, vamos responder a seguir algumas das principais dúvidas sobre a premiação de funcionários.  

O que dar de premiação?

A escolha do prêmio que será oferecido nos programas é exclusiva da empresa e fica a critério do planejamento. Uma dica para tornar a ação mais efetiva, no entanto, é realizar pesquisas entre os funcionários para entender quais tipos de incentivos são mais atrativos para eles. 

Existem diferentes jeitos de premiar a equipe. Entre as formas mais comuns, estão:

  • Bônus em dinheiro ou saldo no cartão de benefícios;
  • Folga extra remunerada;
  • Horário flexível e jornada home office;
  • Viagens e passeios;
  • Cursos e workshops;
  • Ingressos para eventos e congressos;
  • Jantares;
  • Vale-cultura;
  • Cestas de alimentos e bebidas;
  • Aniversário na empresa;
  • Happy hour;
  • Mimos variados;
  • Troféus, placas e prêmios simbólicos.
O que é endomarketing, qual a importância e como aplicar na sua empresa

Como planejar um plano de premiação?

Os programas de premiação de funcionários são ferramentas muito efetivas para parabenizar o time e incentivá-lo a alcançar suas metas. Na hora de estruturar o plano, é importante o RH definir os critérios que levará em conta, a periodicidade das ações, os tipos de prêmios e os meios para que os funcionários tenham acesso a eles. 

Mantenha tudo bem documentado e foque na transparência e na clareza, para evitar que os colaboradores se sintam enganados ou que o clima de competitividade aumente muito e se torne tóxico. 

Concluindo, a premiação de funcionários é um benefício bastante interessante para garantir mais engajamento, motivação e satisfação dentro das organizações. Na realidade atual, em que os profissionais estão cada dia mais focando em seu bem-estar, implementar benefícios flexíveis acaba se tornando um diferencial importante na atração e na retenção dos talentos. 

Sendo assim, vale a pena implementar essa e outras estratégias voltadas para a oferta de benefícios corporativos. Com cartão Sólides Benefícios você está dentro da lei e ainda conta com uma gestão completa dos seus benefícios flexíveis. Conheça agora!

Compartilhe:

Você também vai gostar!

Rolar para cima