Saiba como funciona plano de saúde empresarial, vantagens e como escolher

SAIBA MAIS

Aqui você encontra:

Oferecer bons benefícios é uma das formas de reter talentos nas organizações. Atualmente, os benefícios corporativos são tão ou mais valorizados quanto o salário. Nesse cenário, o plano de saúde empresarial geralmente está nas preferências dos colaboradores.

Pensando em como os profissionais estão mais atentos às vantagens que realmente fazem sentido para eles, preparamos este artigo para você entender como funciona, quais os benefícios e como escolher o plano de saúde corporativo ideal. Acompanhe!

O que é e como funciona o plano de saúde empresarial?

O plano de saúde empresarial é um plano de saúde contratado pela empresa em benefício dos colaboradores. Geralmente, é feita a contratação por coparticipação, na qual a organização e os colaboradores dividem os custos do serviço.

Ou seja: na maioria dos casos, a empresa paga a mensalidade e os funcionários pagam as taxas quando utilizarem os serviços médicos, como consultas e exames. 

Porém, existem outros planos, inclusive os pagos integralmente pela instituição, e isso é escolhido de acordo com a realidade e necessidade de cada negócio. 

Por que o plano de saúde empresarial é o benefício mais valorizados?

Estudos na área de Recursos Humanos mostram que benefícios tradicionais, como assistência médica e plano de saúde, estão entre os mais valorizados pelos profissionais, sendo que para 77,8% o auxílio médico é o mais importante benefício corporativo.

Entre os principais motivos dessa preferência está a carência de acesso aos serviços de saúde, especialmente em relação à saúde suplementar.

Durante a pandemia, o medo de adoecer e precisar de assistência hospitalar contribuiu para que esse serviço se tornasse ainda mais relevante para os profissionais e suas famílias.

Por que oferecer plano de saúde corporativo aos seus colaboradores?

Se por um lado os benefícios de saúde ajudam no dia a dia dos colaboradores e representam uma economia com esse tipo de serviço, do outro, existem várias vantagens do plano de saúde para empresas. Confira!

Eleva o diferencial competitivo e reforça o employer branding

Como o plano de saúde corporativo é um dos benefícios mais caros para as organizações, nem todas oferecem essa vantagem. Por isso, esse é um diferencial competitivo e que agrega mais valor à empresa perante o mercado de trabalho.

Com isso, a empresa melhora seu employer branding que é quando um profissional tem de escolher entre a companhia mais relevante para trabalhar e, certamente, a que oferece bons benefícios sairá na frente.

Aumenta a confiabilidade na empresa

As melhores empresas para trabalhar no Brasil têm em comum bons pacotes de benefícios, incluindo claro os planos de saúde integrais ou com coparticipação. 

Por isso, colaboradores que contam com benefícios de saúde por parte da organização entendem que esse é um investimento da empresa no seu trabalho, no seu bem-estar e desenvolvimento profissional.

Melhora os índices de produtividade

Quando os trabalhadores acreditam no quanto a empresa os valoriza e podem contar com a economia proporcionada por um plano de saúde corporativo, eles sentem mais motivação para o trabalho, se engajam com as atividades e conseguem produzir mais.

Diminui os gastos com contratação

Apesar de ter um custo relativamente alto, investir em planos de saúde empresariais  ajuda também na retenção de talentos que já estão no time.

Com isso, a empresa evita os custos bastante onerosos de demissão, recrutar, selecionar e treinamento de novos colaboradores, como:

  • Negociação de novos salários;
  • Pagamento de direitos trabalhistas como INSS e FGTS para um novo colaborador;
  • Indenizações e multas com o processo de rescisão de contrato;
  • Divulgação da vaga, realização de dinâmicas e entrevistas. 

Essas são atividades que, além de resultar em mais gastos financeiros, demandam muito tempo do time de RH.

Como escolher o melhor plano de saúde empresarial?

Você ainda não oferece plano de saúde para seus colaboradores, mas agora que entendeu a importância desse tipo de benefício está considerando a contratação de um plano

Então veja quais são os primeiros passos que não podem ser deixados de lado nesse momento:

  1. Faça uma pesquisa interna para entender o perfil dos funcionários (faixa etária, filhos, gênero, etc.) e quais suas reais necessidades;
  2. Avalie se a empresa investirá na coparticipação ou será possível arcar com todos os custos;
  3. Veja qual será a melhor abrangência para atendimento: nacional ou regional;
  4. Identifique se existem muitos colaboradores com doenças crônicas na equipe;
  5. Defina qual será a modalidade de inclusão no plano de saúde.

Principais dúvidas sobre planos de saúde para empresas

Posso ter acesso ao plano de saúde após demissão?

Sim! A lei trabalhista permite a continuidade do acesso ao benefício pelo prazo de um terço do tempo em que o colaborador permaneceu na empresa, sendo esse tempo limitado a no mínimo de 6 meses e no máximo de 2 anos.

Caso a pessoa consiga outro emprego, ela perde automaticamente o acesso ao plano na empresa antiga. Já para o funcionário que é demitido por justa causa ou comete algum tipo de fraude o benefício é cancelado imediatamente.

O que é plano de saúde coparticipativo?

Nessa modalidade de contrato, a empresa paga o plano de saúde corporativo, mas o colaborador tem participação nos custos também. Ou seja, ele paga parte das despesas com consultas médicas, exames, entre outros procedimentos.

Como fazer inclusão de dependentes em plano de saúde empresarial?

Diversas empresas permitem a inclusão de dependentes, como cônjuges, filhos, pais, avós, entre outros, no plano de saúde corporativo. Essa prática é prevista e regulamentada pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS).

Mas determinações como o eventual pagamento de taxas para inclusão de dependentes vai depender das cláusulas do contrato firmado entre a empresa contratante e a operadora do plano de saúde. 

Caso seu empregador permita, basta entrar em contato com o RH, fazer a solicitação e apresentar todos os documentos necessários para a inclusão.

Quais as regras para cancelamento de plano de saúde empresarial?

A empresa pode cancelar o benefício porque apesar de previsto em lei ele não é obrigatório. Para isso, ela deve notificar a operadora do plano de saúde empresarial, sem necessidade de aviso prévio.

É importante checar se o contrato prevê alguma multa em caso de cancelamento, que passa a valer assim que a operadora é notificada.

Vimos o grande valor que os benefícios corporativos — em especial o plano de saúde — têm para os colaboradores e a empresa. Mas você ainda tem dúvida de como fazer a contratação certa para o seu negócio?

Você sempre pode contar com ajuda especializada! Este artigo foi escrito pela Pipo, uma corretora de saúde que participa de todo o processo de cotação e faz a gestão inteligente de benefícios de saúde junto a empresa para ajudar na tomada de decisão das atividades do RH.

Com o Sólides Benefícios sua empresa conta com benefícios de vale-alimentação à saúde e bem-estar. Saiba mais!

Compartilhe:

Você também vai gostar!

Rolar para cima