Como desenvolver um plano anual de treinamento e desenvolvimento para sua empresa?

Tempo de leitura: 8 minutos

Você com certeza já ouviu a frase: “conhecimento nunca é demais!”. Isso porque, em uma sociedade que vem passando por constantes transformações culturais, econômicas e tecnológicas, um diploma sozinho não garante mais a qualidade de um profissional. Logo, também é função do setor de RH e gestores elaborar o plano anual de treinamento e desenvolvimento para os colaboradores da empresa. 

Assim, a organização não estará somente investindo no profissional, mas, também, na garantia de uma vantagem competitiva no mercado cada vez mais concorrido. 

Com a chegada de um novo ano, é fundamental desenvolver um plano para que a empresa possa alinhar os treinamentos de capacitação e desenvolvimento de acordo com os objetivos que ela deseja alcançar ao longo do ano.

Se você quer entender melhor como funciona um plano anual de treinamento e desenvolvimento, continue acompanhando esta leitura e esteja preparado para aplicá-lo na sua empresa!

https://drive.google.com/file/d/1N-Hh7HWo8yWcyp0VtLm5Yk1qenYYebi-/view?usp=sharing

O que é plano anual de treinamento?

Trata-se de uma estratégia de gestão de pessoas, fundamental para que a organização estruture as capacitações e os cursos que serão necessários para que seus colaboradores se mantenham atualizados, conquistem novas habilidades e também novos conhecimentos de forma estratégica, de acordo com os objetivos traçados pela empresa. 

Em um momento no qual o trabalho em home office ganha força nas empresas, é importante investir em treinamentos online, porém de uma forma dinâmica, por exemplo, no formato de gamification, já que é muito mais desafiador para gestores e líderes despertar a atenção dos liderados à distância. 

Além disso, o plano anual de treinamento também deve estar ligado a cargos e funções que exigem certificações específicas, que tenham uma durabilidade definida. Assim, o profissional se manterá apto e atualizado sobre as mudanças e novidades de sua área de atuação.

Qual a sua importância?

Em um mercado corporativo cada vez mais competitivo devido à globalização, a empresa que investe em treinamento e capacitação dos seus colaboradores, automaticamente está inovando e atraindo melhores resultados. A seguir, entenda melhor como isso ocorre.

Equipe mais motivada e engajada

Hoje, os melhores profissionais do mercado buscam trabalhar em empresas que investem em seu crescimento pessoal e profissional. 

Logo, quando a empresa investe em treinamentos, esses profissionais a enxergam como um bom lugar para se desenvolver e, além disso, sentem-se mais capacitados em desenvolver suas atividades, o que proporciona maior motivação e engajamento

Aumenta a produtividade

A produtividade aumenta com a realização de treinamentos porque os colaboradores não só sentem, mas sabem que estão mais capacitados para atuar em suas atividades.

Assim, há um aumento na qualidade do trabalho prestado, diminuição de erros, evitando que ele precise refazer o trabalho. Dessa forma, a equipe não perderá tempo se tornando mais ágil na entrega de projetos, o que melhora o rendimento da empresa como um todo.

Melhora o clima organizacional

Em uma organização onde existe valorização e incentivo ao crescimento profissional, o ambiente organizacional se torna mais igualitário, melhora a comunicação entre as equipes e, até mesmo, entre líderes e liderados. 

Assim, barreiras são quebradas, o que proporciona um clima organizacional positivo, no qual todos se sentem mais à vontade em sugerir novas ideias e projetos, atraindo resultados incríveis para a empresa.  

Diminui a rotatividade

Como já citado, já que investir em treinamento e desenvolvimento deixa o colaborador mais motivado e engajado, ainda, proporciona um clima organizacional saudável, é fácil concluir que ele não sentirá vontade de deixar a empresa, certo?

Correto! Se na sua empresa sempre haverá a chance de aprender novas competências e há perspectiva de crescimento, as taxas de absenteísmo, presenteísmo e turnover, automaticamente diminuem. 

calculadora de rotatividade da Sólides

Melhora a credibilidade do negócio

Ao capacitar e atualizar seus colaboradores com as novidades do mercado, logo surgem soluções mais rápidas e inovadoras para os mais diversos desafios empresariais.

Esse diferencial no time, automaticamente, reflete na produtividade dos colaboradores e na satisfação dos clientes, gerando maior credibilidade, confiança na marca e na consolidação da empresa no mercado diante da concorrência.

Como desenvolver um plano anual de treinamento e desenvolvimento?

Quando se fala em implantar um plano de T&D na empresa, gestores e líderes, juntamente ao RH, podem considerar essa estratégia um tanto desafiadora. Mas saiba que essa tarefa pode ser bem mais simples quando alguns passos fundamentais são seguidos. 

Diagnóstico

O primeiro passo para um bom plano de treinamento e desenvolvimento anual é levantar as necessidades que o negócio tem e quais são as principais demandas que precisam ser atendidas dentro do T&D.  

Além disso, com o auxílio do mapeamento do perfil comportamental de cada colaborador, separe-os em grupos de acordo com as habilidades que precisam ser desenvolvidas por eles para que cresçam como profissionais e também como pessoas, alcançando maior satisfação e produtividade.

ebook mapeamento comportamental com a sólides

Planejamento

Após realizar o diagnóstico, comece a planejar os cursos que serão oferecidos e faça orçamentos, mas não se esqueça de envolver os gestores e líderes. Isso porque, ninguém melhor do que eles para opinar nos pontos que precisam de melhorias. 

Além disso, tenha em mente que o profissional atual não dispõe de muito tempo livre. Logo, o T&D deve ser didático. Assim, proporcione atividades que despertem interesse dos colaboradores e, se possível, dentro do horário de trabalho, como palestras, workshop, grupos de estudos, gamificação, entre outros, para que seja um momento de integração entre todo o time.

Implementação

Agora é chegado o momento de colocar o cronograma em prática. Como o T&D deve buscar melhorias e novas habilidades, não se esqueça que as pessoas são diferentes e devem ser desenvolvidas de maneiras distintas.

Logo, à medida que esses eventos ocorram, ouça os principais envolvidos, faça pesquisas de satisfação, para que sejam obtidos dados sólidos sobre se o que foi planejado está gerando resultados positivos.

Avaliação

A análise de dados e métricas são ferramentas fundamentais para entender se os objetivos com os treinamentos têm sido alcançados. Isso porque, às vezes, os treinamentos podem ter sido eficientes, mas não necessariamente proporcionaram os resultados que a organização buscava. 

Além disso, ao avaliar a eficiência dos treinamentos realizados, é necessário que o RH, junto de gestores e líderes, considere os seguintes aspectos: 

  • o treinamento proporcionou desenvolvimento e modificações desejadas no comportamento dos colaboradores?
  • o treinamento trouxe resultados positivos para o negócio em relação às metas traçadas pela organização?

As respostas para essas perguntas podem ser obtidas por meio de várias ações e estratégias de gestão de pessoas. Confira as principais, a seguir. 

Avalie conteúdos

Aplicar avaliações no final de cada treinamento é uma ótima forma de entender se os colaboradores realmente absorveram o objetivo do conteúdo abordado. 

Peça feedbacks

É fundamental escutar a opinião dos colaboradores sobre os treinamentos que estão sendo oferecidos. 

Para tanto, proporcione um canal de ideias e sugestões, por exemplo, pesquisas de satisfação e de clima organizacional, que podem até mesmo ser anônimas, já que nem todos os colaboradores se sentem à vontade para expor publicamente suas opiniões sobre os conteúdos oferecidos. 

como fazer pesquisa de clima - ebook

Compare indicadores

Aqui, primeiramente, analise se os problemas que desencadearam a necessidade desses treinamentos foram solucionados ou se novos desafios surgiram. Para isso, conte com o auxílio de um software de RH

Além disso, um software com inteligência de dados proporciona um painel com as principais métricas que um gestor precisa acompanhar sobre melhorias no desempenho e no comportamento dos colaboradores, ajudando a identificar se o T&D foi bem absorvido por eles.

Estratégia contínua

Você, como profissional de RH deve ter em mente e disseminar aos gestores e líderes da empresa que o treinamento e desenvolvimento dos colaboradores é um processo fundamental para o crescimento de todos. 

Além disso, a realização de treinamento e desenvolvimento constantemente faz com que a organização projete uma marca empregadora no mercado, por mostrar um diferencial competitivo ao ser uma empresa que coloca as pessoas em primeiro lugar. 

Ainda, é preciso ter entendimento de que esse é um processo que trará resultados a longo prazo. Sim, treinar e desenvolver colaboradores é uma estratégia contínua de desenvolvimento de talentos que proporciona melhorias de modo gradual, a partir das mais diversas experiências oferecidas. 

E quando você apresenta dados sólidos ao longo do ano, com ajuda do avanço da tecnologia, aliada aos recursos humanos, você adquire maior credibilidade diante dos gestores e líderes da sua empresa. 

Finalizando, capacitar colaboradores é uma tendência nas empresas e, se a sua organização quer se manter e crescer no mercado, é fundamental desenvolver agora mesmo um plano anual de treinamento e desenvolvimento. Os resultados dessa estratégia serão colaboradores muito mais engajados e equipes de alta performance.

E pensando nesse momento nunca antes vivido, no qual as empresas foram fortemente impactadas pela pandemia da Covid-19, preparamos para você um e-book completo sobre como realizar um planejamento estratégico na sua organização pós-pandemia. Não deixe de baixá-lo agora mesmo!

5 1 vote
Article Rating


Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments