Pesquisa de engajamento: entenda o que é e como fazê-la

Tempo de leitura: 6 minutos

Você já realizou uma pesquisa de engajamento na sua empresa? Se a sua resposta for não, entenda que, em um momento no qual a saúde emocional e mental dos colaboradores se encontra fragilizada, em decorrência das mudanças na rotina que a Covid-19 impôs em vários âmbitos, mensurar o engajamento na organização se torna ainda mais fundamental.

Isso porque, ele está relacionado diretamente com a felicidade do colaborador, que produz mais e melhor quando está satisfeito e entusiasmado com suas atividades e com a empresa como um todo. 

Logo, em momentos de incertezas, quando a maioria dos profissionais tende a se sentir desmotivados e, até mesmo, paralisados diante da necessidade do trabalho remoto, levantar e fazer a leitura correta desses dados facilita na tomada de decisões mais efetivas — com base na gestão de pessoas.

Para que você entenda mais sobre essa ferramenta de melhoria contínua que é a pesquisa de engajamento e como aplicá-la de forma eficaz, continue a leitura deste post! 

https://drive.google.com/file/d/1N-Hh7HWo8yWcyp0VtLm5Yk1qenYYebi-/view?usp=sharing

O que é pesquisa de engajamento?

A pesquisa de engajamento nada mais é que um pequeno questionário com perguntas claras e diretas cujo objetivo é metrificar o que precisa ser melhorado na empresa para alavancar a produtividade e felicidade dos colaboradores. 

Pode parecer algo simples, porém, ela é um dos passos mais importantes da gestão de pessoas. Isso porque, os indivíduos são diferentes, logo, o que engaja um profissional, não motiva o outro. 

Nessa hora, a pesquisa de engajamento se torna um diferencial, por possibilitar que o gestor reconheça os padrões e as tendências de cada um dos colaboradores. Mas para isso, é necessário criar uma comunicação mais transparente com a equipe e agir de acordo com o profissional precisa para se sentir mais satisfeito no trabalho. 

Quais seus benefícios?

A partir do momento que você impulsiona o engajamento dos seus colaboradores, automaticamente, terá uma equipe mais alinhada com os valores e objetivos da empresa

Logo, eles se sentirão mais satisfeitos com o papel que desempenham no crescimento do negócio, tornando-se mais produtivos e, como consequência,  trarão maior retorno financeiro para a organização. 

Além disso, o engajamento do time como um todo contribui para o crescimento individual dos profissionais que nele estão, diminuindo o turnover e aumentando a propagação de que a empresa é uma marca empregadora, atraindo os melhores talentos do mercado. 

Como fazer uma pesquisa de engajamento?

Mesmo hoje, quando a maioria das empresas está operando remotamente, devido ao isolamento social imposto pela pandemia da Covid-19, é possível manter o alinhamento do time. Motivo disso é que a pesquisa de engajamento pode ser realizada de forma online, por meio de softwares e plataformas que facilitam a aplicação, a leitura e o gerenciamento dos dados coletados. 

Conheça agora algumas dicas de como elaborar um questionário que trará dados consistentes para sua empresa.

Defina o objetivo da pesquisa

O primeiro passo é fazer com que a finalidade da mensuração esteja bastante alinhada e clara. Nesse sentido, uma pesquisa de engajamento pode ter como objetivo compreender a satisfação dos funcionários de determinado setor ou da empresa como um todo. 

Ainda, ela pode ser realizada para medir o engajamento da equipe diante de um projeto específico. Além disso, é possível abranger a relação dos colaboradores com canais de comunicação internos, dentre outros assuntos corporativos.

Envolva as lideranças

Engana-se quem pensa que a pesquisa de engajamento é somente uma tarefa do departamento de RH. Nesse contexto, ninguém conhece melhor sua equipe como os gestores e líderes, então, é normal que eles contribuam na identificação dos indicadores que precisam ser mensurados e na elaboração das perguntas certas. 

Além disso, é papel das lideranças tranquilizar seus liderados, informando que as respostas serão mantidas em sigilo. Assim, a probabilidade de receber respostas honestas e comentários úteis e construtivos se torna maior.

Não utilize questionários prontos

Um ponto importante a se destacar sobre a pesquisa de engajamento é que não existe um padrão. Cada empresa tem suas particularidades, logo, as perguntas devem ser personalizadas de acordo com a realidade da organização.

Entretanto, existem alguns pontos importantes a serem abordados, como:

  • o que o colaborador aprecia na empresa;
  • qual o grau de satisfação com as lideranças;
  • opinião sobre o ambiente de trabalho;
  • como é seu relacionamento com a equipe;
  • quais são os pontos negativos em trabalhar na empresa;
  • como o colaborador gostaria de ser desenvolvido profissionalmente na empresa;
  • que mudanças podem ser realizadas nos processos internos etc.

Estabeleça uma frequência

Entenda que não existe uma regra sobre o tempo médio entre a realização de uma pesquisa e outra. Porém, atualmente, estão se popularizando nas empresas as pesquisas de engajamento contínuas. Elas ocorrem em intervalos menores, preferencialmente, toda semana. 

Além disso, são menores, contendo entre 5 e 10 perguntas, no máximo, para não ocupar muito o tempo do colaborador. Assim, o engajamento é acompanhado quase que em tempo real, permitindo respostas que refletem a situação do profissional na organização. 

Assim, com dados mais atuais, gestores e líderes podem criar ações e estratégias eficazes e rápidas para corrigir o que for necessário no ambiente organizacional.

Divulgue e faça algo com os resultados

Se você realiza pesquisas de engajamento, mas não compartilha os resultados com a equipe e nem elabora estratégias e ações de melhoria com os desafios apresentados no questionário, certamente, a empresa já está contribuindo para a insatisfação dos colaboradores.

Portanto, apresente os dados, informe qual será o plano de ação e também os prazos para realizar melhorias nos problemas identificados.

Além disso, nesse momento de pandemia, as organizações devem estar ainda mais atentas em sua gestão para que o trabalho remoto não afete negativamente o comportamento, a satisfação e a produtividade do colaborador. 

Logo, entender as percepções dos seus profissionais, descobrir problemas e criar ações de melhorias baseadas em resultados é um importante passo para manter seu time adaptado ao novo normal e engajado em seu papel como colaborador. 

Viu só como a pesquisa de engajamento tem influência sobre vários indicadores da sua empresa? Produtividade, lucratividade, absenteísmo, são só alguns deles. Por isso, coloque essa ferramenta em prática imediatamente. Afinal, ninguém gosta de passar a maior parte do dia em uma empresa que não coloca as pessoas em primeiro lugar

Apesar disso, mesmo sabendo que o engajamento é uma prioridade para os negócios, muitos profissionais de RH ainda não sabem exatamente como promovê-lo. Por isso, não deixe de acessar o conteúdo sobre o maior desafio de gestão de pessoas e do RH para entender quais estratégias utilizar para transformar a cultura da sua empresa!

5 1 vote
Article Rating


Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments