Tudo sobre o Perfil Comportamental Comunicador

Tempo de leitura: 9 minutos

Você conhece o perfil comportamental comunicador? Mais que um apanhado de características, é importante saber a distinção entre os perfis comportamentais e como trabalhar cada um deles a favor do profissional e da empresa.

Assim, a organização terá aumento da produtividade e resultados mais eficientes na gestão de pessoas. Ainda, acompanhar o perfil comportamental do colaborador é uma necessidade que pode ser facilitada pela tecnologia. 

Mas a distribuição em padrões de comportamento não é novidade. Ao longo da história, a sociedade busca compreender as reações das pessoas diante de situações específicas.

Os gregos, em 590 a.C., já estudavam a relação entre os 4 elementos — fogo, água, terra e ar — e as características das pessoas.

https://drive.google.com/file/d/1N-Hh7HWo8yWcyp0VtLm5Yk1qenYYebi-/view?usp=sharing

Ainda, os perfis estão presentes em todas as pessoas, mas há alguns que se destacam. Executor, planejador, analista e comunicador apresentam distintas maneiras de encarar os desafios e se desenvolver

Neste artigo, vamos falar sobre o perfil comportamental comunicador, abordando suas habilidades, características e métodos para desenvolver pessoas. Continue a leitura!

Quem são os profissionais comunicadores?

A própria denominação já define. Os comunicadores têm habilidades comunicacionais invejáveis. Ainda, conseguem passar de um assunto a outro com rapidez e adoram projetos que proporcionam movimento e autonomia. 

Ademais, prezam pelo contato interpessoal e precisam estar em ambientes harmoniosos. Gostam de ser notados e apreciam a valorização do que fazem.

Além disso, são bons em cultivar amizades e atuam muito bem em equipe. Vaidosos, buscam projeção pessoal e social. Têm pensamentos e atitudes ágeis, forte senso artístico e muita imaginação.  

De personalidade descontraída, os comunicadores são festivos, gostam de viajar e de sair. Por isso, são pessoas sociáveis e se relacionam bem com o grupo. 

Por fim, têm tendência à liderança, mesmo quando essa condição não está expressa no cargo que ocupam. 

Aspectos positivos na maneira de agir, pensar e sentir do perfil comunicador

  • é comunicativo, entusiasmado, otimista, persuasivo, empático, tem facilidade para se relacionar e gosta de delegar autoridade;
  • suas necessidades são: reconhecimento social, status e prestígio, consenso, aceitação social e da equipe, oportunidades para mostrar quem é e o que pode fazer. 

Pontos fortes do perfil comportamental comunicador

EmoçõesRelacionamentosAtividades
– gosta de viver no presente;
– conversa bastante sem nunca falta; assunto;
– não se preocupa muito com o futuro;
– não se aborrece com o passado;
– bom narrador de histórias;
– é afetuoso e enérgico;
– desenvolve conversas contagiantes;
– facilidade para desfrutar a vida. 
– facilidade em fazer novos amigos;
– personalidade agradável e otimista;
– tem interesse genuíno pelas pessoas;
– é terno e bondoso;
– oferece calor humano;
– gosta de estar presente nas alegrias e tristezas.
– vive o presente, por isso dificilmente fica entediado;
– se envolve com facilidade em novos planos e projetos;
– transmite uma boa impressão;
– entusiasma todos ao redor.

Pontos que o perfil comunicador precisa desenvolver

EmoçõesRelacionamentosAtividades
– imprevisível emocionalmente;
– momentos de cólera espontânea;
– falta de autocontrole;
– chora com facilidade;
– inquieto;
– exagera com a verdade;
– toma decisões sob forte emoção;
– faz compras por impulso;
– age intempestivamente;
– gosta das pessoas, mas costuma esquecê-las facilmente;
– encontra desculpas para justificar suas negligências;
– presta pouca atenção nos outros;
– busca aprovação alheia constantemente;
– esquece obrigações e compromissos;
– fala demais sobre si;
– tendência a indisciplina e desorganização;
– atrasos constantes;
– gasta muito tempo conversando;
– acumula projetos não concluídos;
– se desvia dos objetivos ou raramente consegue alcançá-los.

Como deve ser o feedback para o perfil comunicador? 

Antes de dar feedback para o comunicador é necessário considerar suas principais características: a positividade, informalidade e a habilidade em se relacionar.

Para eles, feedback no estilo “sanduíche” (um comentário negativo entre dois positivos) não é uma boa estratégia. 

O otimismo nato fará com que ele ouça apenas o que deu certo, sem prestar atenção no que foi ruim. O perfil comportamental comunicador não reage bem a feedbacks negativos. 

Então, ao dar uma avaliação negativa, trate a questão como um ponto a melhorar, com clareza e objetividade. Explique o motivo da crítica e não tente “maquiar” a situação com elogios. 

E nem pense em encaminhar um e-mail convidando o profissional para uma conversa. O comunicador interpreta a formalidade como uma ameaça grave. E rapidamente desenvolve mecanismos de defesa. 

Ainda, é comum que ele fique desanimado, pense que decepcionou alguém ou não conseguiu fazer o que deveria. 

O lado positivo é que essas sensações desaparecem rapidamente. O comunicador não é rancoroso. Para ele, nada melhor do que um dia após o outro. 

Sendo assim, o padrão diante de críticas negativas é se afastar e não querer conversa. Mas após refletir a respeito, ele segue adiante, sem mágoas. 

Em relação aos feedbacks positivos, o comunicador gosta de compartilhar sentimentos com o grupo. Por isso, o setor de Recursos Humanos precisa ser cuidadoso com o conteúdo da avaliação.

Afinal, por ser expansivo, esse perfil pode criar situações desagradáveis por comentários mal colocados. 

banner para baixar ebook sobre Gestão comportamental: entenda definitivamente como ela impacta a empresa-perfil comportamental comunicador

5 dicas para lidar com comunicadores

Relacionamento interpessoal e trabalho não podem andar juntos

Os comunicadores são ótimos em se relacionar com pessoas. No entanto, existem tarefas e projetos que exigem foco para execução.

Nesse sentido, dar liberdade para tratar com as pessoas é fundamental para o perfil, desde que o relacionamento não interfira na disciplina que o trabalho exige. 

Acordos, prazos e tarefas sempre por escrito

A falta de foco do comunicador pode atrapalhar a conclusão de projetos. Ele prioriza o relacionamento com os colegas e acaba se perdendo em seus compromissos. 

Por isso, coloque tudo no papel e entregue uma cópia ao colaborador. Desse modo, ele não perde informações e evita imprevistos. 

Delegue ao comunicador atividades que envolvam pessoas

O comunicador não gosta de trabalhar isolado. Nesse sentido, não o encarregue de tarefas que o afastem dos demais. Atividades como análise de dados podem gerar frustração. 

Permita que ele contribua com ideias e opiniões

Sem espaço para debater ideias, próprias e dos colegas, o perfil comunicador perde metade do seu potencial. Ele precisa de liberdade para opinar.

Além disso, se conquistar elogios sobre suas interferências, então, a confiança do comunicador explode. 

O comunicador na liderança

Os comunicadores não são presos excessivamente à formalidade e precisam de conexão. Pensando nisso, eles acabam se tornando um líder muito próximo e parceiro de seus colaboradores. 

Essa característica forma elos pessoais e profissionais importantes. Ademais, eles tendem a propor dinamismo e fluidez para sua equipe, tratando-os com leveza.

Novos desafios e oportunidades para inovar são pontos de motivação para um comunicador. 

Por isso, líderes comunicadores tendem a ser criativos com suas equipes, sempre estimulando novas ideias. Eles gostam de propor novos olhares, dinâmicas e atividades. 

Ainda, o empecilho do líder comunicador está no fator emocional, bastante instável. Isso porque, ele precisa ter uma visão de enxergar o lado prático e estratégico. 

Em alguns casos, falar “não” para algumas tarefas é um obstáculo para ele.

Mas o maior desafio é desenvolver a autoconfiança. Além disso, esse líder precisa apostar no lado prático e estratégico de cada projeto. E aprender a negar atribuições que não estão no seu escopo ou tarefas que não poderá concluir. 

A importância do mapeamento comportamental

A gestão comportamental prevê que cada perfil tem características próprias. E a melhor maneira de lidar com os colaboradores e realizar uma gestão mais estratégica é conhecendo seu modo de agir, pensar e sentir.

É isso que justifica a necessidade do mapeamento comportamental. 

Nesse sentido, o Profiler é a melhor ferramenta para realizar o mapeamento comportamental e analisar os perfis. 

A tecnologia desenvolvida pela Sólides utiliza 7 metodologias, entre elas o método DISC, para mapear comportamentos. 

O software tem validação concedida por duas importantes instituições de ensino, a USP e a UFMG. 

Em um único assessment, o Profiler é capaz de fornecer mais de 50 informações sobre o perfil do colaborador, tudo em apenas 5 minutos.

Por meio dele, a gestão de pessoas consegue identificar competências, energia e disposição para o trabalho. 

Questões, como fatores motivacionais, estilo de liderança e histórico individual do colaborador, também são apontadas pelo Profiler. 

Conheça mais sobre o Profiler e converse com um especialista!

Conclusão

O perfil comportamental comunicador pode estimular e motivar o ambiente, contagiando os demais. Ele consegue proporcionar um clima agradável para o dia a dia de trabalho.

Contar com um comunicador na equipe é garantia de ter influência e empatia sobre os demais. 

Como resultado, a organização terá verdadeiros instrumentos de sociabilização entre equipes, gerando união, engajamento e leveza para o ambiente laboral. 

Gostou de conhecer um pouco mais sobre os comunicadores? Que tal se aprofundar um pouco mais nesse assunto?

Confira nosso e-book gratuito sobre Perfil Comportamental: O guia completo para sua carreira e gestão.

baixe o ebook Perfil Comportamental: O guia completo para sua carreira e gestão para saber mais sobre perfil comportamental comunicador
5 2 votes
Article Rating


Subscribe
Notify of
guest
3 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments

[…] conhecer os perfis comportamentais (executor, comunicador, planejador e executor) dos colaboradores da sua empresa, você pode fazer a gestão de forma muito […]

[…] há quatro perfis comportamentais, sendo que cada pessoa tem um deles como predominante: analista, comunicador, planejador ou executor. Cada um ajuda a prever as atitudes dos colaboradores de uma organização, […]

[…] Ei, Edmilson. Tudo bem? Que ótimo que você gostou desse material. O conteúdo faz parte de uma série que fizemos para falar sobre cada um dos perfis. Você pode conferir todos os outros nos links: planejador, executor e comunicador. […]