Perfil Comunicador: características, como identificar e como impulsionar!

Conheça as características, detalhes e tudo que você precisa saber sobre o Perfil Comportamental Comunicador!
Perfil Comportamental Comunicador
SAIBA MAIS

Aqui você encontra:

Você conhece o Perfil Comportamental Comunicador? Mais que um apanhado de características, é importante saber a distinção entre os perfis comportamentais e como trabalhar cada um deles a favor do profissional e da empresa.

Assim, a organização terá aumento da produtividade e resultados mais eficientes na gestão de pessoas. Ainda, acompanhar o perfil comportamental do colaborador é uma necessidade que pode ser facilitada pela tecnologia. 

Neste artigo, vamos falar sobre o perfil comportamental Comunicador, abordando suas habilidades, características e métodos para desenvolver pessoas. Continue a leitura!

O que é um perfil Comunicador?

As características do Perfil Comportamental Comunicador são de uma pessoa extrovertida, falante, ativa e que se adapta com facilidade. Assim, esses profissionais têm talentos para a comunicação, são descontraídos e precisam de contato interpessoal, com um ambiente harmonioso. Dentre os perfis comportamentais, esse é conhecido como o mais extrovertido.

Por ser bastante sociável, ele atua melhor em equipe e tem boa capacidade de persuasão. Contudo, é vaidoso e não gosta de passar despercebidos.

A própria denominação já define. Os comunicadores têm habilidades comunicacionais invejáveis. Ainda, conseguem passar de um assunto a outro com rapidez e adoram projetos que proporcionam movimento e autonomia. 

Além disso, prezam pelo contato interpessoal e precisam estar em ambientes harmoniosos. Por isso, gostam de ser notados e apreciam a valorização do que fazem. Ainda, são bons em cultivar amizades e atuam muito bem em equipe. Vaidosos, buscam projeção pessoal e social. Têm pensamentos e atitudes ágeis, forte senso artístico e muita imaginação.  

De personalidade descontraída, o comunicador é festivo, gosta de viajar e de sair. Por isso, são pessoas sociáveis e se relacionam bem com o grupo. 

Além disso, existem quatro perfis comportamentais:

  • Comunicador;
  • Executor;
  • Analista;
  • Planejador.

Uma curiosidade é que, como mostra um levantamento feito pela Sólides, o Perfil Comportamental Comunicador é o mais comum no Brasil. Se formos pensar, é realmente fácil encontrar pessoas com essas características no dia a dia, certo?

Pontos fortes e pontos de melhoria do Perfil Comportamental Comunicador

Como falamos, existem certas características marcantes que possibilitam reconhecer esse perfil. Como qualquer outro, é necessário conhecer seus pontos fortes e aqueles de melhoria.

Seus principais pontos fortes são:

  • Boa dialética;
  • Afetuosidade;
  • Sociabilidade;
  • Otimismo;
  • Carisma;
  • Compaixão.

Já os pontos a serem desenvolvidos são:

  • Impulsividade;
  • Exagero;
  • Dificuldade em dizer não;
  • Tendência a se atrasarem;
  • Autodisciplina;
  • Agitação.

Sabendo disso, fica mais fácil desenvolver PDIs que foquem no desenvolvimento de soft skills importantes para o melhor desempenho do colaborador que tem esse perfil.

Material gratuito: kit completo sobre gestão comportamental

Preencha o formulário e receba o kit de gestão comportamental grátis no seu e-mail 📩

Vantagens de ter colaboradores com o Perfil Comunicador na empresa

Apesar de não existir um perfil comportamental melhor que o outro, um time equilibrado possui uma variedade de perfis e sabe como potencializar as vantagens de cada um. Até porque, a partir dessa estratégia, é possível construir um ambiente mais saudável, produtivo e harmonioso.

Assim, o Perfil Comportamental Comunicador apresenta as seguintes vantagens:

  • Habilidades interpessoais: que são importantes para lidar com diferentes tipos de públicos e gerenciar pessoas;
  • Capacidade de influenciar: pode inspirar a equipe e colaborar com os resultados;
  • Pensamento criativo: contribui para um clima organizacional mais agradável e produtivo;
  • Geração de ideias: o que possibilita o desenvolvimento de projetos inovadores e a busca por soluções diferenciadas.;
  • Proatividade: essencial para a realização de tarefas com eficiência e para a superação de desafios;
  • Motivação: a capacidade de motivar a si mesmos e aos outros, impulsionando a equipe em busca de objetivos comuns.

Entre diversas outras! Considerando esses pontos, fica fácil entender como o comunicador contribui para a inovação, criatividade e desempenho de projetos, certo? É possível direcionar esses profissionais para áreas que podem se beneficiar dessas características. Afinal, ao conhecer e praticar a gestão comportamental, sua empresa fica à frente do mercado!

Como deve ser o feedback para o Perfil Comunicador? 

Antes de dar feedback para o Comunicador, é necessário considerar suas principais características: a positividade, informalidade e a habilidade em se relacionar.

Para eles, feedback no estilo “sanduíche” (um comentário negativo entre dois positivos) não é uma boa estratégia. 

O otimismo nato fará com que ele ouça apenas o que deu certo, sem prestar atenção no que foi ruim. O Perfil Comportamental Comunicador não reage bem a feedbacks negativos.  Então, ao dar uma avaliação negativa, trate a questão como um ponto a melhorar, com clareza e objetividade. Explique o motivo da crítica e não tente “maquiar” a situação com elogios. 

Por isso, nem pense em encaminhar um e-mail convidando o profissional para uma conversa. O comunicador interpreta a formalidade como uma ameaça grave. E rapidamente desenvolve mecanismos de defesa. 

Ainda, é comum que ele fique desanimado, pense que decepcionou alguém ou não conseguiu fazer o que deveria. O lado positivo é que essas sensações desaparecem rapidamente. O comunicador não é rancoroso. Para ele, nada melhor do que um dia após o outro. 

Sendo assim, o padrão diante de críticas negativas é se afastar e não querer conversa. Mas após refletir a respeito, ele segue adiante, sem mágoas.  Em relação aos feedbacks positivos, o comunicador gosta de compartilhar sentimentos com o grupo. Por isso, o setor de Recursos Humanos precisa ser cuidadoso com o conteúdo da avaliação.

Afinal, por ser expansivo, esse perfil pode criar situações desagradáveis por comentários mal colocados. 

➡️ Saiba também:

5 dicas para impulsionar a carreira do Perfil Comportamental Comunicador

Considerando suas características, existem maneiras de potencializar a carreira dos colaboradores com este perfil. Confira:

Relacionamento interpessoal e trabalho não podem andar juntos

Os comunicadores são ótimos em se relacionar com pessoas. No entanto, existem tarefas e projetos que exigem foco para execução. Nesse sentido, dar liberdade para tratar com as pessoas é fundamental para o perfil, desde que o relacionamento não interfira na disciplina que o trabalho exige. 

Acordos, prazos e tarefas sempre por escrito

A falta de foco do Perfil Comportamental Comunicador pode atrapalhar a conclusão de projetos. Ele prioriza o relacionamento com os colegas e acaba se perdendo em seus compromissos.  Por isso, coloque tudo no papel e entregue uma cópia ao colaborador. Desse modo, ele não perde informações e evita imprevistos. 

Delegue ao comunicador atividades que envolvam pessoas

O comunicador não gosta de trabalhar isolado. Nesse sentido, não o encarregue de tarefas que o afastem dos demais. Atividades como análise de dados podem gerar frustração. 

Permita que ele contribua com ideias e opiniões

Sem espaço para debater ideias, próprias e dos colegas, o perfil comunicador perde metade do seu potencial. Ele precisa de liberdade para opinar. Além disso, se conquistar elogios sobre suas interferências, então, a confiança do comunicador aumenta. 

Como o comunicador age como líder?

Os comunicadores não são presos excessivamente à formalidade e precisam de conexão. Pensando nisso, eles acabam se tornando um líder muito próximo e parceiro de seus colaboradores. 

Essa característica forma elos pessoais e profissionais importantes. Ademais, eles tendem a propor dinamismo e fluidez para sua equipe, tratando-os com leveza.

Novos desafios e oportunidades para inovar são pontos de motivação para alguém com o Perfil Comportamental Comunicador.  Por isso, líderes comunicadores tendem a ser criativos com suas equipes, sempre estimulando novas ideias. Eles gostam de propor novos olhares, dinâmicas e atividades. 

Ainda, o empecilho do líder comunicador está no fator emocional, bastante instável. Isso porque, ele precisa ter uma visão de enxergar o lado prático e estratégico.  Em alguns casos, falar "não" para algumas tarefas é um obstáculo para ele.

Mas seu maior desafio é desenvolver a autoconfiança. Além disso, esse líder precisa apostar no lado prático e estratégico de cada projeto. E aprender a negar atribuições que não estão no seu escopo ou tarefas que não poderá concluir. 

A importância do mapeamento comportamental na definição dos perfis

A gestão comportamental prevê que cada perfil tem características próprias. E a melhor maneira de lidar com os colaboradores e realizar uma gestão mais estratégica é conhecendo seu modo de agir, pensar e sentir. É isso que justifica a necessidade do mapeamento comportamental. 

Nesse sentido, o Profiler é a melhor ferramenta para realizar o mapeamento comportamental e analisar os perfis. 

A tecnologia desenvolvida pela Sólides utiliza 7 metodologias, entre elas o método DISC, para mapear comportamentos. O software tem validação concedida por duas importantes instituições de ensino, a USP e a UFMG. 

Em uma única ferramenta, o Profiler é capaz de fornecer mais de 50 informações sobre o perfil do colaborador, tudo em apenas 7 minutos. Por meio dele, a gestão de pessoas consegue identificar competências, energia e disposição para o trabalho.  Questões, como fatores motivacionais, estilo de liderança e histórico individual do colaborador, também são apontadas pelo Profiler. 

➡️ Entenda como mapear seu perfil comportamental já!

Como você viu, o Perfil Comportamental Comunicador pode estimular e motivar o ambiente, contagiando os demais. Ele consegue proporcionar um clima agradável para o dia a dia de trabalho. Contar com um comunicador na equipe é garantia de ter influência e empatia sobre os demais.  Como resultado, a organização terá verdadeiros instrumentos de sociabilização entre equipes, gerando união, engajamento e leveza para o ambiente laboral. 

Não esqueça de aplicar as dicas que você aprendeu, garantindo um bom desempenho dos comunicadores da sua empresa!

Gostou de conhecer um pouco mais sobre os comunicadores? Que tal se aprofundar um pouco mais nesse assunto? Confira nosso e-book gratuito sobre Perfil Comportamental: O guia completo para sua carreira e gestão.

Compartilhe:

Você também vai gostar!

Rolar para cima