Outplacement: como utilizar para ter demissões com menos efeitos negativos

Tempo de leitura: 3 minutos

O processo de demissão é algo complexo e delicado tanto para a empresa quanto para o funcionário que é desligado. Quando uma organização não trabalha a dispensa corretamente, diversos problemas podem acontecer, como a interferência da imagem da marca no mercado. É por isso que adotar técnicas como o outplacement é essencial a fim de amenizar os efeitos negativos da ação.

A seguir explicaremos sobre o conceito de outplacement e os benefícios que ele traz para o processo de demissão. Continue a leitura e descubra como tornar o desligamento mais fácil para ambas as partes!

O que é outplacement?

O outplacement é um processo de recolocação profissional de um funcionário demitido de uma organização. A técnica funciona da seguinte maneira: a empresa contrata um especialista no assunto, que será responsável por encontrar uma vaga que atenda às expectativas do profissional desligado.

A ideia da ferramenta, que é utilizada no Brasil desde a década de 1980, é tornar o processo de demissão mais humanizado, minimizando o impacto para a empresa e tornando o momento mais amigável para o trabalhador.

https://drive.google.com/file/d/1N-Hh7HWo8yWcyp0VtLm5Yk1qenYYebi-/view?usp=sharing

Vale lembrar que o outplacement começa apenas após a demissão. O orientador responsável pelo projeto faz todo um estudo de carreira do profissional, analisando o networking feito, tudo para que ele possa se concentrar nos próximos passos da sua jornada.

Quais são os benefícios da técnica no processo de demissão?

O outplacement traz uma série de benefícios tanto para o profissional que recebe o suporte quanto para a empresa que adota o método. Conheça a seguir algumas dessas vantagens!

Apoio emocional e aconselhamento

A demissão gera um impacto emocional negativo na vida profissional de uma pessoa, mas isso não precisa ser assim. É aí que entra o outplacement. O método não só oferece uma opção de recolocação, mas todo o suporte emocional e aconselhamento para o indivíduo. O momento que seria de desgaste e desmotivação se torna uma oportunidade para que a pessoa possa se reencontrar profissionalmente.

Boa imagem corporativa

O outplacement é o momento em que a empresa cumpre o seu papel social, o que reflete na sua imagem corporativa perante a sociedade e os outros funcionários. Isso porque mostra a preocupação da organização com o profissional, a humanização e a disponibilidade em ajudar o próximo, diminuindo, por exemplo, o vazamento de informações confidenciais ou detratação pública.

Diminuição dos processos trabalhistas

Algumas demissões geram problemas para a empresa, como os processos trabalhistas. Uma maneira de diminuir isso é por meio do método de orientação e recolocação, porque é explicado ao funcionário desligado os motivos da ação, garantindo a ele os seus direitos e, até mesmo, a oportunidade de crescer na carreira em outro local. Consequentemente, ele tem menos motivos para processar a corporação.

Melhora do clima organizacional

Como já dissemos, o método bem aplicado mostra a preocupação da empresa com os funcionários. Por conseguinte, a companhia passa uma imagem positiva interna, mostrando à equipe que, mesmo em caso de demissão, ela será assistida e receberá orientação adequada. Logo, os colaboradores se sentem mais seguros e motivados a fazerem o seu melhor pela organização.

Ao longo do artigo foi possível ver como o outplacement é importante para as empresas e para os colaboradores que nela atuam. Essa é a maneira mais fácil de fazer um desligamento. Vale ressaltar que a técnica pode vir acompanhada, por exemplo, do coaching, que ajudará o profissional a desenvolver o seu máximo potencial.

E então, gostou deste artigo? Quer ter mais informações sobre gestão, RH e ainda desenvolver melhor os profissionais que atuam na sua empresa? Confira os nossos materiais gratuitos clicando aqui.

 


Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of