Organograma empresarial: conheça 5 benefícios, diferentes modelos e como criar

Tempo de leitura: 9 minutos

É fato que uma estrutura bem planejada impacta positivamente a empresa e seus resultados. Ainda assim, é comum que as organizações enfrentem dificuldades nessa etapa, principalmente quando não há um organograma empresarial.

Isso porque, um bom organograma possibilita a definição de funções e auxilia na divisão do trabalho dentro da organização, melhorando os fluxos de serviços e garantindo que todos tenham ciência do que deve ser feito.

Afinal, como fazê-lo com eficiência? Esse é um desafio que envolve profissionais de recursos humanos e gestores. Mas não se preocupe: ajudaremos você. Neste post, saiba mais sobre o que é, qual a sua importância e benefício, os principais tipos, o papel do RH no processo e como criar um bom organograma empresarial! 

O que é organograma empresarial?

Apesar do que muitos pensam, o organograma não é tão recente assim. Na verdade, ele vem sendo utilizado desde o século XIX e, hoje, pode ser encontrado nas mais diversas empresas, independentemente de seu nicho ou tamanho.

https://drive.google.com/file/d/1N-Hh7HWo8yWcyp0VtLm5Yk1qenYYebi-/view?usp=sharing

Basicamente, um organograma empresarial é um gráfico usado para fazer representações hierárquicas de uma organização. Trata-se de um método que é frequentemente utilizado na estruturação das equipes.

Com a ferramenta, é possível fazer a organização dos espaços ocupados por cada profissional, definindo com quais níveis precisam se comunicar e fazer a prestação de contas.

Assim, a gestão é mais eficiente, pois sabemos com clareza quais as funções existentes, grupos e projetos. Além disso, organizar o funcionamento do trabalho traz, consequentemente, melhores resultados, já que cada um é treinado e se dedica a executar suas tarefas com maestria.

Ainda, por ser de extrema importância para o sucesso de uma empresa e evidenciar as relações de responsabilidade, o organograma empresarial deve estar presente desde o planejamento estratégico.

Nesse sentido, a elaboração do organograma é simples: existem “caixas” para cada cargo existente, desde o estagiário ao CEO. Os quadriláteros são interligados por linhas para direcionar a hierarquia entre cada posição. Com isso, podemos fracionar o trabalho e dividir melhor as responsabilidades de todos.

Portanto, o uso do organograma possibilitará uma visão mais abrangente de toda a organização, sendo útil tanto para os gestores e profissionais de recursos humanos quanto para os colaboradores em geral.

Qual é a importância e benefícios de um Organograma? 

Não é raro encontrarmos empresas com problemas sérios em seus processos, muitas vezes resultantes da não existência de um alinhamento entre os colaboradores, que não conseguem identificar os líderes.

Quando algo ocorre, o profissional não sabe a quem recorrer, uma vez que não tem um superior pré-definido. Isso impacta diretamente na comunicação interna e pode ser facilmente resolvido com a aplicação do organograma.

Nessa hora, é o organograma que ajuda a esclarecer quais papéis serão executados pelos profissionais, de forma que a estrutura organizacional fica mais compreensível para todo o time. Vamos conhecer 5 dos seus benefícios?

1. Maior produtividade

Não é pequeno o número de empresas que precisam lidar com uma produtividade baixa e resultados aquém do esperado. Muitos profissionais, inclusive, assumem que não se sentem produtivos em seus trabalhos.

Nesse sentido, há variados motivos que podem ocasionar isso e um deles é a ausência de um organograma. Quando existe uma estrutura empresarial clara, é possível aumentar a produtividade, pois todos sabem o que precisam fazer.

2. Melhora a comunicação interna

Uma vez que o colaborador sabe com quem deve falar para resolver questões, a expectativa é que haja mais comunicação entre os membros da equipe, o que facilita a solução de problemas.

Para tanto, é necessário que o líder saiba ouvir o liderado e vice-versa, o que faz com que ambos precisem entender o organograma. 

3. Ajuda na integração dos novos colaboradores

Quando contratamos um profissional, devemos dar atenção redobrada à sua integração na empresa, pois ele precisa se sentir bem acolhido e respeitado na nova posição. Assim, o organograma é útil para esclarecer como a empresa funciona, o que o colaborador fará e quem ele deve contatar em situações urgentes.

Além disso, se a empresa é pequena, pode ser mais fácil fazer isso verbalmente e apresentar os líderes presencialmente, mas uma organização maior, provavelmente, terá que disponibilizar algum material.

4. Melhora a compreensão dos níveis

Compreender quais os níveis existentes na empresa, identificando quem está no topo e na base, é importante para qualquer organização. Mesmo um negócio flexível conta com essas definições, já que elas ajudam a controlar as tarefas e melhorar a comunicação entre os colaboradores.

Há três níveis básicos: estratégico, gerencial e técnico. Com um organograma, é mais fácil entendê-los, ainda que a hierarquia não seja muito forte na instituição. Na maioria das vezes, os colaboradores sentem maior tranquilidade e credibilidade quando sabem quem são os gestores.

5. Mais transparência e organização

Para que a empresa seja bem-sucedida, é imprescindível que haja uma cultura organizacional forte. Em geral, os colaboradores preferem instituições que demonstrem preocupação com fatores como transparência e organização.

Isso acontece porque os profissionais prezam por trabalhar em locais organizados, onde têm acesso às informações. Dessa forma, o organograma permite que todos entendam a estrutura do trabalho.

ebook mapeamento comportamental com a sólides

Quais são os tipos de organograma empresarial?

Existem vários tipos de organograma empresarial que podem ser aplicados por negócios de pequeno, médio e grande porte. Por isso, você precisa escolher aquele que atenderá melhor às necessidades organizacionais.

Vertical

O organograma clássico ou vertical é o mais usado nas empresas tradicionais. Nesse formato, as caixas estão dispostas verticalmente, indicando que quem está em cima ocupa o cargo com a hierarquia mais alta.

Horizontal

O organograma horizontal, por outro lado, é adotado por aquelas organizações que não priorizam hierarquias e subordinações entre os cargos. Nesse caso, os colaboradores têm uma autonomia maior, podendo tomar decisões e até atuar em outras funções. Justamente por isso, o ambiente de trabalho tende a ser mais informal.

Circular

O organograma circular ou radial também não destaca as hierarquias. Aqui, o cargo com o maior poder de decisão, geralmente o líder da empresa, é inserido no centro e, aos lados, inclui-se o restante. Por fim, deu foco principal é promover o trabalho colaborativo e reduzir diferenciações entre as posições.

Funcional

O organograma funcional tem a estrutura igual ao organograma vertical. A diferença entre os dois é que nesse modelo o foco não é na hierarquização, e sim nas funções relacionadas aos cargos. Assim, como as atividades são evidenciadas, as relações funcionais e a comunicação interna são facilitadas.

Matricial

O organograma matricial também tem uma estrutura parecida com o clássico, porém é usado quando a organização não tem funções específicas definidas, ou seja, a flexibilidade é maior. 

Linear

O organograma linear ou organograma linear de responsabilidade dá maior prioridade às tarefas, atividades e funções executadas do que à hierarquia existente entre os cargos, deixando claro o papel de cada um.

Em barras

O organograma em barras foca na hierarquização das posições, mas sua representação é feita por meio de barras verticais com tamanho correspondente ao nível de autoridade. Assim, a maior barra representa o cargo mais alto.

Qual é o papel do RH?

Em uma organização, o RH tem uma atuação estratégica na gestão das pessoas, ou seja, dos recursos humanos da empresa, para manter a competitividade no mercado e se destacar dentre os concorrentes.

O papel do Recursos Humanos é de extrema importância durante o desenvolvimento do organograma da empresa. Isso porque, essa área tem um enorme conhecimento sobre cada colaborador e os trabalhos que executam.

Sabendo disso, os gestores devem contar com o auxílio do RH nesse momento, caso contrário, podem enfrentar dificuldades para identificar as principais responsabilidades da equipe.

Nesse sentido, o profissional de RH vai assegurar que está tudo de acordo com o planejamento estratégico da organização, sempre visando alcançar os melhores resultados e aumentar o desempenho. 

como fazer people analytics - baixe o ebook

Como criar um organograma? 

O primeiro passo para criar um cronograma é decidir qual tipo estará mais de acordo com os objetivos da empresa. Alguns modelos serão mais adequados para organizações tradicionais, enquanto outros serão preferidos pelas mais inovadoras.

Nesse sentido, os gestores, em conjunto com o setor de recursos humanos, devem fazer uma análise de toda a instituição, mapeando a hierarquia, os cargos existentes e suas funções principais.

Em um organograma clássico, colocamos a presidência no topo, seguida por ramificações que conectam as outras áreas. Mas não é necessário inserir o nome de cada pessoa, e sim a posição que ela ocupa.

Com a popularização das tecnologias digitais, já existem sistemas que podem auxiliar na estruturação do organograma. Nem todo mundo sabe, mas você consegue fazê-lo com o Excel, por exemplo, embora existam ferramentas para essa finalidade.

Além disso, lembre-se que novos colaboradores chegam frequentemente à empresa, de maneira que você terá que atualizar o organograma com uma certa constância para evitar que fique ultrapassado.

E aí, aprendeu o que é um organograma empresarial? Já sabe quais seus benefícios e sua importância para a empresa? Conseguiu decidir qual tipo é o melhor para atender às suas necessidades? Entendeu como criar um organograma do zero?

Aproveite para aprofundar seus conhecimentos com o nosso curso gratuito em People Analytics e planejamento estratégico, que ensina conceitos e aplicações práticas para impulsionar seus resultados com uma gestão de pessoas mais eficiente!

5 1 vote
Article Rating


Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments