OKR: o que é e como implementar essa importante metodologia na empresa

Tempo de leitura: 9 minutos

A gestão de empresas é um assunto bastante amplo, que fomenta a criação e evolução de novas ferramentas e métodos constantemente. A OKR é uma das mais recentes metodologias, desenvolvida por Andrew Grove, na época, CEO da Intel.

Sua intenção era proporcionar mais agilidade e efetividade na conquista de objetivos da organização. Atualmente, a metodologia é empregada em diferentes tipos de negócios e gera resultados excelentes, quando bem implementada.

Ficou curioso? Então, acompanhe este artigo! Aqui, você aprenderá como funciona a OKR, quais são os diferenciais que ela é capaz de trazer para a gestão de pessoas e para a empresa como um todo e, ainda, como adotá-la de forma eficiente.

O que é OKR?

A sigla OKR vem do inglês Objectives and Key Results, que traduzindo para o português significa objetivos e resultados-chave. Ela visa estruturar as ações de forma que os objetivos organizacionais sejam alcançados com mais agilidade e eficiência. 

https://drive.google.com/file/d/1N-Hh7HWo8yWcyp0VtLm5Yk1qenYYebi-/view?usp=sharing

A abordagem envolve todo o processo, desde a maneira como os objetivos e metas são definidos até a forma como tudo é mensurado e acompanhado.

Como funciona a metodologia OKR?

A OKR é bastante simples de compreender, uma vez que tem como base a definição de objetivos, tanto da alta cúpula da empresa quanto dos níveis operacionais e, em seguida, no desdobramento desses objetivos em metas menores, que serão os resultados-chave a serem obtidos. Veja os detalhes de cada etapa a seguir.

Objetivos

Os objetivos são afirmações que descrevem o que se espera como resultado maior. Cada um deles deve ser uma frase curta e direta que, ao mesmo tempo, consiga trazer inspiração para o time. 

Outro ponto importante é que o prazo dos objetivos determina o tempo para os resultados: quanto menor ele for, melhor será a estratégia, por exemplo, ser a melhor empresa para se trabalhar no estado neste ano ou dobrar a quantidade de colaboradores até o final do ano.

Resultados-chave

Os resultados-chave são os desdobramentos dos objetivos em metas mensuráveis e desafiadoras. Seguindo os dois exemplos anteriores, poderíamos ter:

  • objetivo 1: ser a melhor empresa para trabalhar no estado;
    • resultado-chave 1: obter um e-NPS médio mínimo de 9,5;
    • resultado-chave 2: implementar um plano de benefícios flexível para 100% dos colaboradores;
    • resultado-chave 3: aumentar em 50% a quantidade de colaboradores promovidos;
  • objetivo 2: dobrar a quantidade de colaboradores;
    • resultado-chave 1: aumentar o faturamento em 50%;
    • resultado-chave 2: oferecer dois novos produtos ao mercado;
    • resultado-chave 3: reduzir o índice de turnover para menos que 2%.

Quais são os diferenciais da OKR?

Você deve estar se perguntando: mas já não existem outras metodologias que utilizam objetivos, metas e resultados? Bom, de fato, elas existem, mas nenhuma delas conseguiu reunir os elementos que listaremos agora de forma tão eficaz.

Metas ágeis

Na OKR as metas devem ser definidas com prazos mais curtos e desafiadores. O simples fato de destrinchar os objetivos em ações menores ajuda a acelerar o alcance dos resultados. A prática mais habitual é que os objetivos dos times não ultrapassem 3 meses, tendo casos que podem ser semanais, conforme o tipo de atividade da empresa.

A grande questão é que os colaboradores se mantêm mais engajados no cumprimento dos desafios propostos e percebem um ganho significativo em sua produtividade, gerando uma espiral positiva em toda a equipe.

Metodologia simplista

A metodologia em si é bastante simples e acessível a todos os níveis de profissionais, já que ela tem uma lógica muito clara: existe um objetivo e, para cumpri-lo, será preciso chegar a um certo resultado, sem fórmulas matemáticas mirabolantes ou termos difíceis.

Inclusive, quando John Doerr introduziu a OKR na Google, ele elaborou uma frase que resume muito bem a metodologia como um todo: “eu vou [objetivo], medido por [resultados-chave]”. 

Transparência

Um dos requisitos fundamentais para que a OKR seja bem-sucedida é a transparência na comunicação. Todos os colaboradores precisam saber quais são os objetivos e resultados a serem buscados de forma clara. Além disso, é importante ter uma divulgação ampla e acessível acerca do andamento das ações. 

Trata-se de um raciocínio natural. A empresa tem seus objetivos, que devem ser cumpridos pelos profissionais que nela atuam. Para isso, eles precisam estar a par do que se espera, em qual prazo devem realizar a entrega e como eles estão indo até o momento. 

Encadeamento de objetivos

Outro diferencial da metodologia OKR está na forma como os prazos dos objetivos são determinados. Como as metas das camadas hierárquicas mais altas são maiores, elas ganham um prazo mais longo, que vai sendo reduzido na medida em que descemos na estrutura organizacional.

Imagine que um dos objetivos gerais da empresa seja abrir uma nova filial em um ano. A diretoria comercial pode definir um objetivo de construir uma base de clientes em uma nova região nos primeiros 6 meses e outro objetivo de aumentar o ticket médio dessa base em 50% no segundo semestre. 

Definição de metas em dois sentidos

A definição das metas também tem uma maneira diferenciada de ser realizada. Em outros modelos, costumam ser elaboradas em cascata, de cima para baixo, ou seja, a alta gestão define os objetivos organizacionais principais e, a partir deles, desdobra-se nos demais níveis hierárquicos.

Na OKR, recomenda-se que até 40% dos objetivos sejam feitos nesse sentido e os demais 60% sigam o caminho inverso. A diretoria define seus objetivos e os times decidem quais serão as ações que vão contribuir efetivamente para cumprí-los. Assim, as metas criadas serão mais efetivas e próximas da realidade cotidiana dos profissionais.

Por que OKR é um diferencial na gestão de pessoas?

Toda empresa é feita de pessoas, que precisam estar satisfeitas como profissionais e como seres humanos para entregarem resultados aceitáveis. Utilizando a OKR, a organização consegue um diferencial importante na gestão de pessoas. Confira!

Fortalecimento da cultura organizacional

A OKR é mais do que uma metodologia de trabalho, ela faz parte da cultura da empresa. A busca pelo cumprimento de objetivos se torna um hábito entre os profissionais, que passam a ser mais colaborativos e integrados. Diante disso, a cultura organizacional fica mais forte e benéfica para o negócio.

Desenvolvimento e qualificação dos colaboradores

A entrega mais ágil de resultados inspira a evolução. A cada novo trimestre os colaboradores se vêem motivados a dar um passo além do anterior e isso culmina na necessidade de qualificação, treinamento e especialização. Logo, a empresa ganha um quadro cada vez mais profissionalizado.

Retenção de talentos

A motivação e o engajamento em empresas que utilizam a metodologia OKR são mais evidentes, já que esses dois fatores são essenciais na retenção e atração dos melhores talentos. Isso porque, além de estarem mais satisfeitos em suas posições, esses profissionais acabam externando isso para seus pares fora da empresa e instigando-os a desejarem ter essa mesma experiência em suas carreiras.

Como implementar a metodologia na empresa?

Apesar de ser uma metodologia simples, a implementação da OKR deve envolver alguns cuidados.

Defina metas claras e específicas

As metas estabelecidas devem ser claras para todos os envolvidos, principalmente para quem executará as tarefas. Uma boa dica é contar com o apoio da equipe para a definição dos objetivos. Essa prática faz com que eles se envolvam mais e tomem os desafios para si de forma natural.

Estabeleça metas de curto prazo

Quanto menor for o seu time direto em relação à estrutura organizacional, mais reduzidos tendem a ser os prazos. O ideal é que eles sempre pareçam um pouco curtos demais, desafiadores, mas alcançáveis mediante esforço. 

Mantenha acompanhamento constante

A garantia da eficiência do método está em definir objetivos claros, elaborar metas mensuráveis, plausíveis e, por fim, acompanhar o andamento de cada uma delas a todo momento. Portanto, deixe os OKRs e seus dados atualizados à vista de toda a equipe, faça com que todos tenham ciência de suas responsabilidades e de como está o desempenho.

Como mensurar os resultados usando OKR?

Não dá para falar de meta sem citar mensuração, não é mesmo? Na OKR, ela é o combustível da motivação da equipe, ou seja, é o que mostra que todos os esforços estão gerando resultados e que vale a pena seguir em frente. Entre as recomendações para ter mais efetividade nessa atividade, trouxemos algumas que são mais relevantes. Acompanhe!

Divida cada objetivo em pequenas metas

Objetivos grandes e com prazos longos demais são muito mais difíceis de serem cumpridos. A conquista de cada passo gera mais ânimo e disposição no time, por isso, é melhor ter uma sequência de metas pequenas e curtas do que agrupá-las em resultados maiores.

Incentive a apuração de dados junto aos colaboradores

A apuração correta e constante dos dados é fundamental para ter um acompanhamento eficiente dos resultados-chave. Os colaboradores precisam entender o porquê de fazer esse controle e como fazê-lo de maneira correta para que a metodologia funcione conforme o esperado. 

Utilize os dados para a melhoria dos processos

Além do porquê, os profissionais precisam entender a finalidade de tantas informações. É ideal utilizar esses dados para implementar melhorias nos processos, dar mais feedbacks e mostrar que os esforços em realizar as medições são de grande valia, não só para a empresa, como também para a carreira de cada um deles.

A metodologia OKR é simples de entender e de ser implementada. A dificuldade maior está apenas em alterar os hábitos dos colaboradores para se adequarem a um novo jeito de trabalhar. A dica de ouro é implementar aos poucos e ter pequenos casos de sucesso que atraiam os profissionais para essa mudança. A melhoria será percebida por todos, especialmente por eles!

O que achou do método? Você pode implementá-lo em sua organização e obter bastante sucesso, mas isso só será possível se o seu RH já estiver devidamente pronto para isso. Se essa ainda é uma dificuldade em seu negócio, confira, neste outro artigo, como estruturar o setor de Recursos Humanos de uma empresa!


Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of