Offboarding: o que é, importância e etapas do processo

Tempo de leitura: 6 minutos

Os colaboradores e funcionários de sua empresa devem sempre ser tratados com respeito, atenção e empatia, desde o momento que iniciam a sua jornada profissional no local até a sua saída da organização. Um processo essencial para finalizar esse ciclo de estadia na companhia é o offboarding.

Durante todo o tempo, é importante manter a satisfação do colaborador, gerando boa produtividade, além de uma procura eterna por melhorias e um ambiente agradável de convivência. 

Assim, quando o chega o fim da jornada do colaborador junto à empresa, é necessário tratar o processo com o mesmo respeito que sempre foi demonstrado durante a sua passagem pela empresa. Independentemente se essa decisão foi tomada pelo funcionário ou pelo empregador.

Neste post, explicaremos o que é offboarding, a sua importância e as etapas necessárias para a sua aplicação. Confira!

https://drive.google.com/file/d/1N-Hh7HWo8yWcyp0VtLm5Yk1qenYYebi-/view?usp=sharing

O que é o offboarding?

No meio empresarial e profissional, é conhecido como oposto do onboarding, ou seja, trata-se do processo de desligamento de colaboradores e funcionários de uma empresa ou fim de seu ciclo.

Em momentos que geram incertezas para o colaborador, o offboarding é de extrema importância para que ele possa receber a notícia de desligamento com clareza, por meio de uma comunicação alinhada, aberta e empática. Sem deixar brechas para um futuro desentendimento.

Nesse sentido, em grandes períodos de crise, como o que estamos presenciando devido à pandemia da COVID-19, o offboarding se torna ainda mais essencial. 

Assim, seja por decisão da empresa ou do colaborador, é necessário que a comunicação da demissão seja realizada com cautela e cuidado. Além disso, quando vem por parte da empresa, é importante já estar preparado para o momento, com todos os documentos necessários para realização do processo, evitando desgastes, atritos e insatisfações desnecessárias. 

Ainda, é essencial que todo o procedimento de offboarding seja realizado de maneira que nem a empresa, nem o colaborador se sintam desrespeitados.

Qual a sua importância? 

A implementação do processo de offboarding é algo que contribui imensamente com a cultura da sua empresa, proporcionando ao colaborador o devido respeito e consideração, sem atritos e desgastes durante o processo.

Ainda, a padronização de processos é uma das grandes vantagens que surgem com a aplicação do offboarding. Com uma boa estruturação, não haverá erros ou atrasos nas documentações necessárias, tornando essa etapa eficiente e certeira. 

Além disso, a criação de uma checklist ajuda qualquer profissional de recursos humanos ou gente e gestão na hora de acompanhar e gerir o processo de offboarding, sem gerar confusões no setor. 

Por fim, a aplicação correta de um offboarding ajuda a empresa a manter um bom contato e relacionamento com os profissionais desligados, para casos de novas oportunidades. Ademais, contribui com a boa imagem da empresa no mercado de trabalho.

banner cultura organizacional

Como fazer o offboarding?

A implementação do processo de offboarding conta com algumas etapas principais e essenciais para que ele possa ser aplicado de maneira correta e eficiente. Agora, listaremos algumas das etapas fundamentais para o sucesso da aplicação.

Empatia

Em primeiro lugar, acima de todas as etapas e passos para o offboarding, a empatia para com o colaborador deve estar presente do início ao fim desse processo.

Soft skill essencial para qualquer profissional da área de Recursos Humanos, a empatia na hora de conversar com um colaborador e dar a notícia do desligamento é algo que faz toda diferença no processo. Mas é necessário estar preparado para lidar com a vulnerabilidade do profissional em questão.

Além disso, caso a decisão do desligamento seja do próprio colaborador, a empatia ainda assim se faz necessária, sendo importante para entender sua opção e tudo que está por trás dessa decisão. 

Procedimentos e documentação

O processo burocrático de desligamento de um colaborador não é simples ou algo que deve ser feito de uma hora para a outra. Para tanto, é necessário cuidado e atenção para que ele seja feito da maneira correta.

Assim, como já mencionado, quando a decisão parte da empresa, é importante que o profissional de Recursos Humanos chegue ao offboarding com todos os documentos em mãos, agilizando e otimizando os processos. 

Entrevista de desligamento

Agora, chegamos a um dos grandes passos da implementação do offboarding: a entrevista de desligamento. É de extrema importância que ela seja realizada de maneira eficiente.

Assim, durante esse momento, a empresa deve estar disposta a perguntar e ouvir feedbacks do colaborador sobre várias instâncias de funcionamento da organização. Em caso de desligamento involuntário, é válido perguntar obre como foi sua estadia na empresa, feedbacks sobre liderança, colegas de trabalho, cultura e ambiente. 

Mas caso o colaborador opte por se desligar da empresa, é relevante saber o porquê de sua decisão e, ainda, o que a empresa poderia ter feito de diferente para que ele pudesse continuar compondo o quadro de funcionários.

Apesar de ser uma etapa que pode passar despercebida por alguns setores, a entrevista de desligamento é essencial para que o RH tenha uma ampla visão de acontecimentos, procurando sempre otimizar os procedimentos, levando à redução de turnover e ao aumento da satisfação daqueles que permanecem na organização.

Devolução e recolhimento de materiais

Para finalizar o procedimento de offboarding, uma das últimas coisas a se fazer é realizar o recolhimento de materiais que estavam, até então, com o colaborador desligado. Desde notebook, acessórios, mouse, fone de ouvido, crachá de acesso, cadeira, apoio e todo material que seja de posse da empresa, estando em regime home office ou presencial.

Ainda, além da empresa fazer tal recolhimento, o colaborador também deve retirar seus pertences pessoais da sua estação de trabalho, em caso de regime de trabalho presencial. 

A despedida

Por fim, é uma boa prática que o profissional em questão tenha tempo hábil para se despedir de seus colegas de trabalho, gestores e superiores. Entenda que é importante tirar esse momento no offboarding para reconhecer os esforços profissionais do colaborador e ouvir o que ele tem a dizer sobre seu tempo de permanência na empresa.

Se você gostou do conteúdo e deseja aprofundar o seu conhecimento em um setor de Recursos Humanos eficiente, veja este e-book: Como diminuir a rotatividade com a Sólides.

4 2 votes
Article Rating


Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments