Veja o que recursos humanos faz no dia a dia da empresa

Tempo de leitura: 6 minutos

Se você é empregado ou não, com toda a certeza já ouviu falar do setor recursos humanos dentro de uma empresa. No entanto, às vezes é complicado saber quais são as suas atividades, justamente por elas serem inúmeras. Nesse momento fica uma questão na nossa cabeça: o que recursos humanos faz?

De antemão, já ressaltamos que o setor é imprescindível para o sucesso de qualquer empreendimento, afinal, ele é o responsável por tomadas de decisões que guiam distintos processos colaborativos.

Essa área pode ser formada por um pequeno time (de duas pessoas, por exemplo) ou por diversos atuantes, tudo, claro, de acordo com o tamanho da empresa. A formação desses profissionais, geralmente, são nos cursos de administração, negócios ou até mesmo o técnico de recursos humanos.

Caso você seja uma dessas pessoas que também ficam na dúvida quanto à atividade e importância do RH, está no lugar certo! Nesse conteúdo iremos apresentar o que o recursos humanos faz, aprofundando mais nas suas especificações. Despertamos sua curiosidade? Então continue a leitura!

https://drive.google.com/file/d/1N-Hh7HWo8yWcyp0VtLm5Yk1qenYYebi-/view?usp=sharing

Afinal, o que recursos humanos faz?

A evolução e importância do setor de recursos humanos vem crescendo com o decorrer do tempo. Mas para responder a questão acima, é preciso afirmar que, principalmente, o RH cuida da relação entre o colaborador e a empresa.

Essa afirmação pode parecer um pouco abstrata, mas na prática quem compõe esse time é responsável por executar, planejar e avaliar métricas dentro de um empreendimento. É de responsabilidade também do RH acompanhar as métricas traçadas para cada colaborador.

Por último, o recursos humanos tem atividades como contratar novos empregados, demitir, lançar os holerites, repassar informações importantes (externas ou internas), frisar o fit cultural, entre outros. Muitas vezes, é necessário a utilização de softwares especializados que facilitam todas essas operações.

Podemos dizer, então, que o recursos humanos é um setor formado por pessoas dentro de uma organização. O foco principal é alinhar todas as informações e ideologias da empresa nessa área que serão repassadas, posteriormente, para os colaboradores. Resultando em uma comunicação direta e sem ruídos.

Quais as diferenças entre recursos humanos e departamento pessoal?

O departamento pessoal costuma existir principalmente nas empresas de médio ou grande porte. Por terem algumas características parecidas, todos costumam confundir os dois setores – inclusive as empresas.

Isso resulta em uma mistura de cargos e funções entre as áreas, gerando um trabalho menos eficaz e mais bagunçado. Mas existem diferenças entre recursos humanos e departamento pessoal. Quer saber quais são elas? Confira abaixo:

Departamento Pessoal

Esse setor realiza atividades mais específicas, como lançar o salário, vale transporte, vale refeição, 13º, etc. Como o nome deixa claro, esse departamento cuida do indivíduo em si e não da empresa como um todo.

O profissional atuante também ficará com a responsabilidade de cuidar de assuntos legais. Por exemplo, representar a empresa junto à Sindicatos, Justiça do Trabalho e DRT. Resumindo, esse setor cuida da parte burocrática.

Recursos Humanos

Como citado anteriormente, o RH já olha para as empresas de maneira geral. No caso de admissão ou demissão de um colaborador, o setor não ficará responsável pela parte burocrática, mas, sim, tentar entender quais foram os motivos pessoais e profissionais para tal decisão, sejam eles benéficos ou não.

Quais são as distintas funções do recursos humanos?

Agora que você já tem uma visão ampla do setor, que tal conhecer um pouco mais a fundo sobre as distintas funções do recursos humanos?

Recrutamento

O recrutamento é entendido como uma busca ideal de candidatos com backgrounds distintos, mas que juntos podem formar um bom time, ajudando no crescimento de um empreendimento.

Ou seja, seu principal objetivo é contratar candidatos eficazes, que têm grandes probabilidades de crescer dentro de uma companhia, consequentemente diminuindo qualquer possibilidade de turnover.

Remuneração

Já a remuneração pode ser descrita como um conjunto de ganhos do colaborador. E, acredite, esse valor vai além do salário mensal – seja ele líquido ou bruto. Também envolve comissão, vale transporte e vale refeição. Todos esses valores juntos definem qual o gasto gerado com o colaborador em um mês.

Avaliação de desempenho

Com a avaliação de desempenho é possível descobrir o quanto os colaboradores estão entregando para a empresa. No entanto, essa métrica vai além do que é entregue; envolve também a satisfação do profissional diante das suas atividades.

Essa avaliação é indispensável, pois pode averiguar algum comportamento estranho de algum colaborador, que pode estar entregando pouco ou insatisfeito com a sua atual posição.

Desenvolvimento de talentos

Após contratar, é preciso treinar os colaboradores de uma empresa, correto? Mas engana-se quem pensa que para por aqui: é fundamental desenvolver as skills desse novo funcionário. Isso ocorre por meio do desenvolvimento de talentos.

Isso gera uma necessidade competitiva saudável de reter cada vez mais equipes qualificadas, que têm alto desempenho. Todo esse desenvolvimento levará, então, a uma guinada profissional e, consequentemente, ascensão na carreira dentro do próprio empreendimento.

Segurança do trabalho

Engana-se quem pensa que segurança do trabalho é uma profissão isolada. Muito pelo contrário. É papel do recursos humanos averiguar se os colaboradores estão trabalhando em condições decentes, além disso, é preciso ter certeza que perigos não existem ou que não sejam constantes.

Como o RH é o setor principal quando o quesito é bem-estar dos funcionários, ele assegurará que normas da Segurança do Trabalho estejam sendo aplicadas na rotina, prevenindo males maiores.

Clima organizacional

Além do bem-estar físico, o recursos humanos precisa garantir a sanidade mental dos seus colaboradores. Por isso, o setor precisa estar preparado para receber reclamações ou até mesmo denúncias de mal condutas ocorrentes dentro das empresas.

Além disso, diversas ações podem ser realizadas para que o clima organizacional seja sempre positivo. Algumas delas são:

  • celebrar datas especiais do calendário brasileiro;
  • fazer confraternização de aniversariantes do mês;
  • parabenizar um colaborador quando metas são atingidas;
  • dar treinamentos e feedbacks constantes.

Agora que você já entende o que recursos humanos faz e qual a sua importância para o dia a dia da empresa, que tal conhecer ainda mais sobre como administrar o capital humano? Leia agora mesmo o nosso “Guia completo de gestão de pessoas para se tornar especialista”.


Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of