Você sabe o que é presenteísmo? Entenda como ele afeta a empresa

Tempo de leitura: 3 minutos

Antes de começar a semana de trabalho, dúvidas pairam na cabeça do trabalhador: “o que me faz continuar nesta empresa? O que estou fazendo com minha vida ou minha carreira?”. Essas reflexões podem levar para uma sensação de mal-estar do colaborador, podendo gerar o presenteísmo ao longo de todos os dias na organização. 

Essas dúvidas podem ser mais comum do que se imagina. Empresas têm percebido que estar presente no seu posto de trabalho, mas sem interesse e dedicação gera tanto prejuízo quanto a ausência dos colaboradores por motivos de saúde, por exemplo.

O presenteísmo é um ponto de atenção e o RH deve conhecer melhor este conceito para agir de maneira eficaz. Continue a leitura para entender mais sobre essa questão!

O que é o presenteísmo e como ele afeta a sua empresa?

Presenteísmo é a ação de estar presente em seu local de trabalho, dentro da jornada estabelecida pelo contrato com a organização, mas com pensamentos em outro lugar. A pressa em que chegue o horário de bater o ponto para ir embora é uma das ideias mais recorrentes na mente do colaborador. 

https://drive.google.com/file/d/1N-Hh7HWo8yWcyp0VtLm5Yk1qenYYebi-/view?usp=sharing

Outras situações em que se percebe o presenteísmo é observar a quantidade de papéis e trabalhos que se acumulam na mesa, o abrir e fechar das gavetas mais vezes do que o comum, como se a pessoa estivesse sempre em busca de algo que não tem certeza do que é.

Esse comportamento é reflexo da pressão e do aumento da competitividade encontrada frequentemente nas empresas. O medo de ser dispensado e não conseguir outro trabalho potencializa o comportamento de ir trabalhar mesmo não estando bem. 

Diversos motivos podem gerar este comportamento e o mais comum é o estresse corporativo e a falta de reconhecimento, que por não ser externalizado gera frustração e pode se apresentar por meio de sintomas físicos, emocionais e comportamentais, como dores de cabeça, ansiedade e angústia. 

Outra situação gerada pelo presenteísmo é a falta de envolvimento do indivíduo com a tarefa, realizando-a de maneira automática e sem se atentar aos possíveis erros ou falhas no processo. A percepção de que as causas de erros ou acidentes tem relação com o presenteísmo nem sempre é evidente.

Presenteísmo x Absenteísmo

A diferença entre os dois conceitos é simples: absenteísmo é quando o colaborador não está presente na empresa. Presenteísmo é quando ele está, mas não consegue produzir e entregar os resultados esperados, gerando prejuízos tanto para si mesmo como para a organização, sejam eles financeiros ou de clima organizacional.

Líderes devem ser parceiros da área de Recursos Humanos para, em conjunto, encontrar as causas e buscar as melhores alternativas para a solução deste problema.

Ao identificar esta situação, o RH deve agir imediatamente com ações de qualidade de vida, orientação para busca de apoio médico e psicológico, reuniões para sensibilização do tema nas equipes e práticas de reconhecimento e incentivo profissional.

O presenteísmo e o absenteísmo agem diretamente sobre o clima organizacional e a percepção dos trabalhadores sobre a empresa. Esses aspectos podem ser negativos, inclusive, para a imagem da organização deixando de atrair novos talentos.

Quer conhecer mais soluções e tendências para o mercado de RH? Acompanhe nossos perfis no Instagram, no Facebook e no LinkedIn para ficar por dentro de todas nossas atualizações!


2
Deixe um comentário

avatar
2 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
0 Comment authors
Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
trackback

[…] Artigo anterior Você sabe o que é presenteísmo? Entenda como ele afeta a empresa Artigo mais recente Nenhum artigo posterior × […]

trackback

[…] o assunto, continue acompanhando o nosso post. Vamos mostrar os tipos de absenteísmo, falar sobre presenteísmo, suas taxas e indicadores de clima organizacional para ajudar sua empresa a alavancar os lucros. […]