O que é pesquisa de clima organizacional? Entenda tudo sobre o assunto!

A pesquisa de clima organizacional é uma avaliação das percepções e sentimentos dos colaboradores em uma empresa, visando compreender o ambiente de trabalho e identificar oportunidades de melhoria.
BAIXE GRÁTIS!

Aqui você encontra:

Você já parou para pensar na forma como seus colaboradores enxergam a organização? A pesquisa de clima organizacional é uma ferramenta utilizada nas empresas para mapear as percepções dos profissionais sobre diferentes aspectos do negócio, ajudando a gestão de pessoas em uma tomada de decisões mais assertiva. 

Quer entender melhor como funciona a ferramenta, quais os seus benefícios, como aplicar e exemplos de perguntas que podem ser utilizadas no formulário? A Sólides preparou um conteúdo super completo sobre o assunto. Confira tudo na leitura. 

Que tal um presente? Baixe grátis o nosso kit sobre pesquisa de clima e entenda o clima organizacional da sua empresa.

Materiais gratuitos: aprenda tudo pesquisa de clima! Ebook, planilha e modelo de pesquisa

Preencha o formulário e receba o kit grátis no seu e-mail 📩

O que é pesquisa de clima organizacional?

A pesquisa de clima organizacional é uma ferramenta, em forma de questionário, que possibilita visualizar as percepções dos colaboradores sobre a companhia. Assim, a pesquisa de clima se divide entre diversos temas, como liderança, condições de trabalho, satisfação com benefícios, necessidade de treinamento, entre outros. A partir de seus resultados, o RH consegue ter uma atuação muito mais estratégica.

Em forma de questionário físico ou virtual, o colaborador assinala as questões conforme sua experiência dentro da organização, demonstrando seu grau de engajamento e satisfação nos pontos abordados.

Os dados coletados são de extrema importância para que o RH — em conjunto com os gestores e demais lideranças — definam ações de curto, médio e longo prazo. Dessa forma, é possível assegurar um diagnóstico mais preciso do ambiente e das motivações no dia a dia. 

A pesquisa de clima deve ser feita sempre de forma anônima e as perguntas precisam abordar temas concretos como ambiente físico, política de benefícios, comunicação interna e ações de qualidade de vida. 

Temas mais subjetivos como: trabalho em equipe, relacionamento com a liderança, segurança do emprego, diversidade e respeito também precisam ser levados em consideração, mesmo que os resultados não sejam conclusivos em um curto espaço de tempo.

Nova call to action

Qual o objetivo da pesquisa de clima?

O principal objetivo de uma pesquisa de clima é entender as percepções dos colaboradores sobre a empresa como um todo e as estratégias utilizadas na gestão de pessoas. Esse tipo de análise permite que o RH identifique o grau de satisfação do time, prevendo problemas como aumento de rotatividade e baixa produtividade.

Ao decidir pela realização da pesquisa, surge a dúvida mais comum: o que levar em consideração durante o processo? O objetivo deve estar relacionado aos principais pontos de atenção levantados pela gestão e pelo RH. Com a volatilidade das relações humanas e trabalhistas, o cenário e ações propostas há três anos, por exemplo, podem já não fazer mais sentido.

Dessa forma, a pesquisa de clima vem para orientar as ações do setor e mostrar quais estratégias precisam ser revistas e quais devem ser implementadas. É importante lembrar que a pesquisa é uma ferramenta de monitoramento do ambiente, então certas perguntas são imprescindíveis. Você deve avaliar, por exemplo, o relacionamento dos colaboradores com o ambiente, com os colegas, com os líderes e com o trabalho desenvolvido.

Vale ressaltar que, para a pesquisa trazer informações relevantes e significativas, ela deve contar com um bom planejamento. Para que isso aconteça, é essencial ter em mente que é necessário envolver toda a empresa para melhor clareza e credibilidade.

Veja também [Ferramenta gratuita]:
Pesquisa de Clima na prática: Questionário completo

Por que a pesquisa de clima é importante? 

Um grande benefício da pesquisa de clima para as empresas é a integração da equipe e o desenvolvimento de um ambiente favorável à produtividade e à inovação. Além disso, o RH pode promover ações mais direcionadas às fraquezas da empresa, o que ajuda a sanar os desafios mais rapidamente.

Da mesma forma que a pesquisa de mercado tem importância para o setor de marketing, uma pesquisa de clima organizacional deve ser vista como um investimento estratégico com foco no colaborador e em seu desempenho.

Preocupar-se com os responsáveis por todo o processo de funcionamento da empresa, e não apenas com o produto ou serviço final, pode trazer um retorno muito mais efetivo do que o esperado.

GARANTA SUA VAGA!

Quais os benefícios da pesquisa de clima? 

Esse é um tipo de ferramenta essencial para a gestão de pessoas, já que permite que o setor tenha acesso a dados e informações importantes para embasar a tomada de decisões. Além disso, a pesquisa de clima pode trazer outros benefícios, como veremos a seguir. 

Aumento do engajamento

Ela ajuda o RH a identificar problemas e situações que podem estar diretamente relacionadas ao engajamento dos funcionários. Muitas vezes, conflitos no ambiente de trabalho acabam minando a motivação e o engajamento, fazendo com que os profissionais se sintam frustrados e insatisfeitos. 

Identificar esses problemas e sua origem, portanto, vai facilitar a criação de planos de ação específicos, voltados para a raiz do problema. Dessa forma, será possível implementar estratégias mais efetivas para aumentar a satisfação e o engajamento do time

Saiba mais!

Melhora na produtividade e nos resultados

Realizar pesquisas de clima frequentes pode ter impacto, inclusive, nos resultados financeiros do negócio

Já é sabido que funcionários mais felizes são muito mais produtivos e eficientes. Se antes, os profissionais valorizavam uma trajetória longa dentro da empresa e bons salários, hoje, as novas gerações também priorizam outros fatores, como um ambiente de trabalho saudável e motivador. 

Dessa forma, a pesquisa de clima e as iniciativas que podem ser propostas a partir dela, garantem mais satisfação aos colaboradores, o que reflete em mais produtividade, eficiência e uma melhor entrega, gerando mais faturamento e lucro para o negócio. 

Redução do turnover

Identificar os fatores que podem estar impactando na satisfação com o ambiente de trabalho também é uma estratégia importante para a retenção de talentos

Com a ferramenta, é possível identificar problemas como conflitos e insatisfações logo no início, evitando que eles virem uma "bola de neve" e que acabem levando à pedidos de demissão de bons profissionais. 

Fortalecimento da marca empregadora

Por fim, aplicar pesquisas de clima é uma forma de mostrar ao time que a empresa se preocupa com suas opiniões e percepções e que está disposta a realizar mudanças para garantir um ambiente de trabalho mais saudável. 

A estratégia aumenta o senso de pertencimento dos colaboradores e ajuda a fortalecer a imagem da marca como empregadora, o que contribui para a atração de talentos e a reputação da empresa no mercado. 

➡️ Saiba também:

Como fazer pesquisa de clima organizacional?

Todo o processo exige planejamento e deve ser feito respeitando as etapas, para garantir todos os seus benefícios. Assim, ela deve contar com um bom planejamento, além de uma divulgação clara, definição de perguntas estratégicas e análise de dados. A seguir, o plano de ação pode ser realizado em fases.

A forma como a pesquisa de clima organizacional é planejada e aplicada faz toda a diferença nos resultados obtidos. É importante entender que não existe uma fórmula mágica. Não basta copiar um questionário pronto e sair enviando para os colaboradores. Confira todos os dados a seguir.

Tenha um planejamento  

As perguntas escolhidas para a abordagem variam conforme a intenção da organização. É preciso ter um planejamento muito claro para saber o que se pretende analisar com a pesquisa de clima.

Pense na seguinte situação: a empresa está passando por uma crise e os gestores não conseguem detectar exatamente em qual setor está o problema. Nesse caso, uma queda na produtividade, por exemplo, pode estar relacionada a um ambiente de trabalho hostil ou até mesmo a falhas na forma como as informações são repassadas.

Conhecendo o grau de satisfação dos colaboradores, é possível encontrar o problema e pensar em soluções para que o trabalho volte a fluir. Para isso, é preciso abordar no questionário pontos relevantes para entender o contexto.

Envolva a equipe

É importante que a comunicação e a sensibilização sejam realizadas de forma bem-feita, para que os colaboradores entendam qual a razão e a importância desse processo e se envolvam nele. Deve-se, também, garantir o sigilo das respostas, para evitar que a pessoa fique inibida ou temerosa em expor suas opiniões reais.

Levando em consideração que cada indivíduo tem seu mapa de mundo e suas percepções, o RH pode encontrar soluções para conflitos e melhorar a relação pessoal entre colaboradores, tornando a convivência mais tranquila e o dia a dia de trabalho menos estressante.

Defina perguntas estratégicas

A estrutura da pesquisa fica a critério da empresa. É preciso definir se as perguntas serão abertas ou fechadas, de múltipla escolha ou com campos abertos destinados a comentários e sugestões. Lembre-se de deixar a pessoa livre para acrescentar algo que não havia sido pensado pelos gestores, essa autonomia é essencial.

Um questionário muito extenso pode ser cansativo e acabar tomando muito tempo dos colaboradores, o que pode diminuir a adesão do time e acabar gerando respostas inconclusivas, feitas às pressas e sem muita atenção. Por isso, é interessante ser conciso e focar em questões estratégicas, que vão de encontro aos objetivos do planejamento. 

Análise os resultados e crie um plano de ação

Uma vez cumprido o cronograma, é interessante arquivar os formulários para acompanhar a evolução e as mudanças. Mais importante do que apenas obter respostas, a organização deve gerar ações relevantes para criar um ambiente de trabalho saudável. 

Quando a gestão opta por realizar uma pesquisa de clima organizacional, mas não age em nenhum aspecto, o processo cai em descrédito. Nesse contexto, as respostas podem não ser tão verdadeiras na aplicação seguinte.

Divulgar os resultados para todos — mesmo que eles não sejam favoráveis — é parte do processo. Mas somente publicar os percentuais obtidos em cada aspecto questionado não é suficiente para uma mudança, é preciso rever a forma como os processos são conduzidos, a atitude das lideranças e a cultura organizacional.

Quando fazer pesquisa de clima na empresa?

Quando falamos sobre o que é pesquisa de clima, é importante ter em mente que a sua eficácia depende de uma boa implementação. Além do planejamento, os indicadores devem ser objetivos e focados em questões que realmente podem ser modificadas, de modo a causar impacto no ambiente de trabalho.

É importante, inclusive, que se estabeleça uma periodicidade para desenvolvê-la – que dependerá do cenário de cada empresa e setor. Assim, você terá informações em mãos para ajudar na realização de melhorias constantes, evitando problemas e atuando para aumentar o desempenho da equipe.

A periodicidade com a qual a pesquisa será aplicada é um ponto crucial. O ideal é que se tenha tempo para analisar as respostas, avaliar as mudanças propostas e colocá-las em prática. Cabe então aos profissionais de RH e gestores decidirem qual é a melhor opção. No geral, muitas empresas optam por realizar o questionário semestral ou anualmente

A frequência também vai influenciar na complexidade do questionário. Quanto maior a frequência, menor a quantidade de perguntas. Já se a pesquisa é realizada com um intervalo maior, é importante que ela seja mais completa.

Quais são os tipos de pesquisa de clima?

O resultado alcançado nessa avaliação também pode depender do tipo de pesquisa de clima utilizada. A seguir, listamos três modelos diferentes para você conhecer. 

Questionário com várias alternativas

Esse é o já conhecido questionário de múltipla escolha, onde a empresa apresenta várias opções de respostas e o colaborador assinala aquela que faz mais sentido para ele. 

É importante que o enunciado da pergunta seja claro, para não confundir o profissional e que exista um espaço para que ele acrescente algo que considere pertinente, mas que não foi apontado pela gestão na pesquisa. 

Questionário com escala de Likert

Baseado na escala Likert de 1932, esse questionário tem respostas estabelecidas, que variam em uma escala entre "discordo totalmente", "não concordo nem discordo" e "concordo totalmente".

O indicado é que as perguntas tenham de três a cinco opções de resposta para garantir uma análise mais precisa das percepções e comportamentos dos colaboradores. 

Questionário com três alternativas 

Outra opção é o questionário de três alternativas, em que o colaborador pode escolher entre as respostas "sim", "não" ou "às vezes". Esse formato não gera muitas dúvidas, já que é bem objetivo. Contudo, ele pode deixar passar algumas subjetividades importantes para a análise do contexto.

Neste modelo, também é importante testar todas as possibilidades de respostas, para evitar erros e interpretações equivocadas. 

Quais perguntas fazer em uma pesquisa de clima?

Embora a pesquisa de clima não seja como uma receita de bolo e precise ser adaptada à realidade do negócio, existem diversos exemplos de perguntas que podem ser utilizadas para que o RH tenha um norte de por onde começar. 

A seguir, listamos algumas opções interessantes baseadas em diferentes aspectos da organização. 

Clima organizacional

  • A cultura da empresa está alinhada com seus valores? 
  • Você se sente confortável com sua equipe de trabalho?
  • Você considera a empresa um ambiente saudável?
  • Seu dia a dia de trabalho é agradável?
  • Você acredita que os valores da empresa realmente são colocados em prática? 
  • Você se sente pertencente ao time? 
  • Existe alguma hostilidade no seu ambiente de trabalho?
  • Você já viveu situações de abuso ou assédio dentro da empresa? 
  • Você confia em seus colegas de trabalho? 
  • Você criou laços de amizade dentro da equipe?  

Funções e processos

  • Você entende a importância de suas atividades para os objetivos da empresa? 
  • Você enxerga valor nas suas atividades?
  • Você está satisfeito com as funções desempenhadas no seu dia a dia? 
  • Você se sente sobrecarregado? 
  • Você se sente desafiado para assumir novos desafios?
  • Você sente que tem autonomia para escolher como realizar suas tarefas? 

Plano de carreira

  • Você se vê trabalhando nesta empresa por muitos anos? 
  • Você enxerga crescimento dentro da empresa?
  • Você tem interesse em ocupar cargos de liderança?
  • O plano de carreira para a sua posição é claro?
  • Você acredita que a empresa oferece oportunidades de crescimento adequadas?

Postura da liderança

  • O seu gestor é claro ao delegar tarefas? 
  • A comunicação entre o líder e a equipe é eficiente?
  • Você se sente reconhecido pela liderança? 
  • Você sente que sua opinião é valorizada? 
  • Você se sente confortável em pedir e oferecer feedbacks para a gestão?
  • Seu líder te incentiva a se desenvolver?

Infraestrutura e ambiente de trabalho

  • O ambiente de trabalho é adequado para as suas atividades? 
  • Você tem acesso a todas as ferramentas que precisa? 
  • O ambiente de trabalho permite que você tenha a concentração necessária? 
  • Você tem conforto e segurança no seu local de trabalho? 
  • Existem melhorias de infraestrutura que você considera que precisam ser feitas? 

Salário e benefícios

  • Você está satisfeito com a sua remuneração?
  • Você considera seu salário justo?
  • Existe algum benefício que você sente falta?
  • Os benefícios oferecidos são úteis para a sua realidade?
  • Você consideraria sair da empresa caso recebesse uma proposta com remuneração superior?

Como analisar os resultados da pesquisa de clima?

As informações levantadas na pesquisa de clima vão ajudar o RH a criar relatórios e definir planos de ação. E vão funcionar como um mapa, mostrando a distância entre o clima organizacional atual e o esperado nas melhores empresas. 

O relatório vai ajudar você a identificar as causas de um clima ruim e ver coisas que podem ser melhoradas e aprimoradas. Ele também permitirá realizar comparações avaliando os resultados de cada setor e mapeando elementos que têm influência positiva ou negativa no ambiente de trabalho. 

Identificando os pontos críticos, é possível definir prioridades de mudanças, que devem ser tratadas com mais atenção, iniciando as adaptações necessárias e promovendo ações para melhorar o clima organizacional.

Lembre-se de envolver o time, também, nos resultados obtidos, discutindo gaps, colhendo opiniões e levantando soluções junto aos profissionais. A comunicação interna é um fator essencial no aprimoramento do clima organizacional, por isso, sempre que possível, escute e compartilhe com seus funcionários. 

Concluindo, a pesquisa de clima é uma ferramenta essencial para empresas que desejam aumentar a satisfação dos funcionários no trabalho e fortalecer um ambiente saudável e cooperativo. 

Mostrar que os colaboradores são importantes para o funcionamento da empresa e têm espaço para falar sobre seu contentamento e suas angústias, fará com que eles apresentem maior engajamento. Consequentemente, haverá mais motivação na entrega de resultados e na manutenção de um ambiente de trabalho agradável e colaborativo.

Por isso, entender o que é pesquisa de clima organizacional e colocá-la em prática de forma eficiente é fundamental para empresas de todos os segmentos e dos mais diversos tamanhos, desde pequenos negócios até grandes companhias que buscam uma comunicação direta e sincera entre os envolvidos.

Quer entender melhor como utilizar essa ferramenta na prática? Baixe nosso kit de materiais sobre pesquisa de clima.

Amanda Silva
Amanda Silva
Psicóloga, com MBA em Gestão de Recursos Humanos, atuo há mais de 7 anos com recrutamento e seleção, grande bagagem em empresas de tecnologia, com definição de estratégias para atração e seleção de talentos. Hoje está como Supervisora do time de Talent Acquisition da Sólides.
Compartilhe:

Você também vai gostar!

Rolar para cima