O que é Headcount e como usar esse indicador de forma estratégica

Tempo de leitura: 9 minutos

Sem tempo para ler? Experimente ouvir este artigo. Aperte o play!

A palavra Headcount é um termo de Recursos Humanos que significa “contagem de cabeças”. Logo, representa a quantidade de colaboradores de uma empresa, sendo muito utilizado na hora de criar um orçamento empresarial.

Por mais curioso que possa parecer, um dos desafios da área de Recursos Humanos é alinhar suas ações com o planejamento estratégico e traduzir isso em números no orçamento da instituição.

https://drive.google.com/file/d/1N-Hh7HWo8yWcyp0VtLm5Yk1qenYYebi-/view?usp=sharing

Por isso, alguns indicadores, como o Headcount são essenciais para tornar o RH mais estratégico. Neste post, saiba realmente o que é o termo e entenda mais sobre o assunto.

O que é Headcount?

Como mencionado, na tradução do inglês quer dizer contar cabeças ou contagem de cabeças. O termo se refere ao acompanhamento do número de pessoas que trabalham em uma determinada equipe, área, unidade de negócio ou empresa em geral.

O Headcount é um dos indicadores que fazem o trabalho realizado pelo departamento de RH ser mais eficaz. Afinal, ele ajuda a perceber se a força de atuação está adequada às demandas de mercado.

Ainda, com essa métrica, é possível alinhar os objetivos da empresa à quantidade de funcionários, bem como aplicar uma gestão estratégica mais adequada a esse ambiente corporativo.

No entanto, para que ele seja realmente eficaz, é necessário analisar com outras métricas ligadas ao setor de RH e à empresa de forma geral. Somente assim é possível ver os reais benefícios de realizar o Headcount.

Qual a importância do headcount?

A verdade é que não pode existir uma empresa sem seus colaboradores. Mas o cáculo da quantidade de profissionais dentro de um negócio, bem como a distribuição deles pelos mais diversos setores, devem ser feitos de forma estratégica.

Por esse motivo, o índice de Headcount no RH é tão importante. Uma vez que ajuda a delimitar a quantidade de colaboradores, além de aumentar a sua qualidade de trabalho — com o objetivo de atingir as metas do negócio.

Por que medir o Headcount?

Como vimos, o Headcount é medido com um intuito muito específico: alcançar os objetivos e metas da empresa. Isso não pode ser feito sem a ação de um RH estratégico, não é mesmo? Aquele que relaciona os dados desse indicador com informações de outras categorias, fazendo com que o negócio seja capaz de obter informações mais detalhadas sobre os empregados. 

Assim, é possível saber quais são as equipes que têm maior representatividade dentro da folha de pagamento, que áreas específicas da empresa contam com os profissionais mais caros, além das unidades de negócio com as maiores equipes, comparando essas informações com a produtividade e os números do mercado.

Como calcular o Headcount?

Muitos podem achar que o cálculo do Headcount é complexo, mas é muito simples e rápido. Portanto, não há desculpas para o seu setor de RH não utilizar essa métrica!

Para tanto, deve-se contar o número de colaboradores da organização. Mas é preciso destacar que não é necessário falar sobre horário de trabalho dos profissionais, ou seja, todos os funcionários entram nesse cálculo.

Entretanto, mesmo sendo uma conta muito simples, há outras questões que envolvem os planejamentos estratégicos e orçamentários. Por isso, alguns itens devem ser pensados na hora de calcular e prever o número de colaboradores, por exemplo, qual é a estratégia de crescimento da empresa?

Com essa informação, ficará muito mais fácil, não só calcular a quantidade de colaboradores que são necessários na empresa, mas também será possível criar novas estratégias de distribuição e otimização do trabalho dos funcionários.

Por isso, é imprescindível que o Headcount esteja sempre alinhado ao orçamento de RH e também ao orçamento empresarial, buscando constantemente a otimização de recursos.

Como utilizar o Headcount de forma inteligente?

Saber como fazer o Headcount é apenas o primeiro passo para o sucesso da sua empresa. Aqui, o segredo está em analisar se ele atende às demandas do seu negócio. Para isso, é necessário verificar se o número de colaboradores é suficiente para o funcionamento da organização. 

Assim, caso seja insuficiente, veja se ele está excedente, gerando a necessidade de cortes ou redução. Do contrário, talvez seja indicado realizar um processo de recrutamento e seleção. Em resumo, é importante usar esse índice de forma inteligente para atingir as metas estabelecidas dentro dos orçamentos previstos. A seguir, veja algumas dicas para que isso seja mais fácil.

Crie um organograma para sua empresa

Para saber exatamente de quantos colaboradores você necessita em sua empresa, é importante ter um organograma em mãos. Isso ajudará a entender não só a quantidade, mas os cargos a serem ocupados dentro do seu negócio.

Para isso, será necessário fazer entrevistas com diversos gestores, além do mapeamento de cargos. Assim, você terá um bom panorama da sua empresa e um cálculo de Headcount ainda mais preciso.

Entretanto, para ter um organograma bem detalhado, lembre-se de especificar o número de colaboradores em cada função.

Revise as descrições dos cargos

Agora que você já tem os números em mãos, é necessário atentar para as funções desempenhadas por cada cargo. Trata-se de um passo importante, pois garante que a carga de trabalho da função está adequada.

Por isso, nessa hora, é preciso analisar com cuidado e ver se seus colaboradores não estão sobrecarregados ou desempenhando funções simples demais e que não são produtivas. Logo, faça essa parte com muita atenção.

Ainda, lembre-se que job descriptions são úteis para novas contratações, já que assim é mais fácil encontrar profissionais adequados para a vaga, além de reduzir os custos para seu negócio.

Avalie a demanda de cada cargo

Com essas informações em mãos, fica mais fácil realizar o cálculo de Headcount. Porém, um dado pode tornar sua análise ainda mais inteligente e precisa: a demanda de cada cargo de trabalho.

Conhecendo a rotina das tarefas, você poderá não só melhorar as descrições dos cargos, como analisar se a quantidade de funcionários atual está realmente sendo satisfatória para aquele setor — o que é essencial.

Assim, se a demanda estiver superior à quantidade de colaboradores, é hora de contratar mais pessoas ou treinar seus atuais para melhorar os processos da empresa. Caso seja o contrário, pode ser a hora de remanejar ou desligar profissionais.

Defina os próximos passos

Após todo esse trabalho, é hora de se reunir com a liderança da empresa para definir as ações que deverão ser tomadas para otimizar o controle de Headcount.

Vale lembrar que, otimizar o Headcount e realizar a provisão para os próximos anos não é o fim do processo, e sim algo necessário para criar estratégias eficazes e acompanhar a eficiência do seu trabalho.

Por isso, ao colocar em prática os seus projetos para o Headcount da empresa, crie também processos de avaliação de resultados, que podem, até mesmo, ser feitos por meio da avaliação de outros índices.

Banner_Planejamento_Estratégico

O que considerar na hora de projetar o Headcount?

O controle de headcount é, sem nenhuma dúvida, uma das ferramentas mais úteis para a organização empresarial, principalmente, para o setor de RH. Mas isso você já percebeu, não é mesmo?

Por esse motivo, é preciso ter bastante atenção e cuidado na hora de planejar essa métrica no orçamento empresarial. Especialmente quando há metas ambiciosas de médio e longo prazo. Para ajudar você nessa tarefa complexa, separamos algumas dicas fundamentais. Confira!

Objetivos e os desafios da empresa

Para calcular o Headcount no RH de forma eficaz é preciso se questionar sobre duas coisas: onde a sua empresa deseja estar nos próximos anos e quais são os desafios que a afastam desse objetivo?

Com essas perguntas em mente, fica muito mais fácil entender os riscos e oportunidades do negócio em que você está inserido. Bem como se torna mais simples mensurar o que deve ser feito para crescer rapidamente e quantos são os funcionários necessários para tal.

Métricas-chave necessárias para avaliar a força de trabalho

Depois de definir os objetivos, é interessante focar na identificação de métricas-chave ou Key Performance Indicators (KPI), em inglês. Isso porque, elas são capazes de indicar o andamento de seus objetivos.

Entre as principais métricas, podemos destacar algumas que se relacionam ao Headcount:

  • Absenteísmo;
  • Índice de turnover;
  • Lucratividade por colaborador;
  • Índice de retenção de talentos;
  • Tempo médio de empresa;
  • Investimento em treinamento;
  • Índice de satisfação dos colaboradores;
  • Relação horas extras x horas trabalhadas;
  • Gastos com Folha de Pagamento.

Com esses índices, é possível analisar, não só a quantidade de funcionários necessária para a supressão de resultados negativos, bem como a qualidade dos colaboradores que já estão contratados.

Assim, é mais simples encontrar as dificuldades da sua empresa, sendo possível, até mesmo, perceber quais são os setores que necessitam de mais ou menos funcionários, de maneira bem específica, além dos que necessitam de treinamentos.

Força de trabalho atual

É quase impossível fazer uma projeção de Headcount adequada se você não conhece a fundo a força de trabalho de sua empresa.

Por isso, é de extrema importância que, antes de mais nada, você conheça a planta de funcionários da sua empresa e também as funções que são desempenhadas nela, nos mais diversos níveis.

Viu como é importante realizar o Headcount no RH? Ainda, como ele ajuda você a se nortear melhor, especialmente em momentos de crise? Para saber como se sair melhor nos momentos difíceis, veja mais esse incrível material que preparamos

5 1 vote
Article Rating


Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments