O que é e-leadership? Saiba como funciona esse modelo de liderança

Tempo de leitura: 6 minutos

Você já ouviu falar sobre e-leadership? Se sua resposta foi “não”, saiba que pode estar perdendo uma grande oportunidade!

Afinal de contas, esse modelo tem sido cada vez mais adotado pelas empresas de todos os portes e segmento, sejam comércios, restaurantes, indústrias de relé de proteção, entre outros.

Além disso, com a popularização da transformação digital, mais tecnologias foram implementadas para garantir o bom funcionamento das empresas e sua competitividade no mercado de trabalho.

Nos dias de hoje, o que mais empresas possuem à disposição são as ferramentas, processos e metodologias tecnológicas feitas para facilitar o dia a dia do departamento de recursos humanos.

https://drive.google.com/file/d/1N-Hh7HWo8yWcyp0VtLm5Yk1qenYYebi-/view?usp=sharing

Ou seja, a chegada de novos avanços tecnológicos auxiliou as empresas a otimizarem os seus processos, especialmente quando se trata da gestão de pessoas.

Uma dessas tecnologias é o e-leadership, que por sua vez, está sendo cada vez mais visto no mundo corporativo como uma poderosa forma de potencializar as competências dos colaboradores.

Ficou curioso para saber mais sobre o e-leadership e como ele funciona? Então nós elaboramos este post e vamos te explicar sobre todos os detalhes do assunto. Não deixe de nos acompanhar neste post! Vamos lá?

Afinal, o que significa e-leadership?

De forma geral, o e-leadership se trata de um modelo de liderança de gestão empresarial desenvolvido pelos avanços tecnológicos.

Nesse conceito, os líderes de uma empresa conduzem os seus colaboradores por meio da tecnologia, seja através de canais eletrônicos online, reuniões digitais, entre outros.

O e-leadership tem com principal objetivo auxiliar as empresas a lidarem e potencializarem as competências dos colaboradores. Para isso, alguns dos seus focos estão a:

  • Redução da hierarquia da empresa;
  • Cultura capaz de aproveitar a quarta revolução industrial;
  • Inclusão de mais colaboração e participação dos colaboradores;
  • Abertura de maior flexibilidade;
  • Construção de equipes globais e multiculturais;
  • Aproveitamento de tecnologias de ponta;
  • Abertura de mais autonomia para os trabalhadores tomarem decisões; e muito mais.

Uma empresa de descarte de eletrônicos que pretende investir em e-leadership deve criar uma cultura de transformação digital e flexibilizar a estrutura de trabalho, além de produzir mudanças de atitudes para que os colaboradores possam alcançar os objetivos desejados.

Quais os benefícios do e-leadership?

O e-leadership pode proporcionar uma série de vantagens e benefícios para o seu negócio. Primeiramente, com essa estratégia de liderança, seus colaboradores podem ficar ainda mais motivados e engajados com a organização, uma vez que terão mais autonomia e serão mais valorizados pelas suas habilidades e competências.

Com o e-leadership, além do aumento da produtividade em seu negócio, os seus clientes também saem ganhando.

Isso, pois o atendimento do cliente também é aperfeiçoado, uma vez que os líderes encontram mais flexibilidade para falar com seus clientes, ouvir queixas, propor soluções, entre outros.

Se um determinado cliente pretende comprar ímã de neodímio, com o e-leadership, ele poderá solucionar todas as suas dúvidas com um atendimento mais qualificado.

Isso resulta na maior satisfação e experiências positivas, o que é crucial para o bom desenvolvimento de uma empresa no mercado.

Ou seja, o e-leadership é uma estratégia de liderança que permite que o cliente tenha uma melhor experiência de compra. Assim, tornam-se mais leais ao negócio.

Por fim, vale lembrar que o e-leadership é um modelo de liderança baseado na condução dos líderes pela tecnologia, seja por canais eletrônicos de comunicação, dispositivos móveis, entre outro.

Isso resulta em diversas vantagens, como o aumento da  flexibilidade e velocidade nos processos produtivos.

Como implementar o e-leadership dentro da empresa?

Agora você provavelmente deve estar se perguntando “mas como aplicar o e-leadership em minha empresa”? Além de todas as mudanças que nós citamos acima, também é importante seguir alguns passos. Abaixo, vamos mostrar quais são eles. Acompanhe:

Crie uma cultura de transformação digital

A primeira é uma das dicas mais importantes para implementar o e-leadership é criar uma forte cultura de transformação digital.

Basicamente, a ideia da transformação digital é que a companhia deve transformar digitalmente muito dos seus processos, com a intenção de automatizar, otimizar, reduzir os custos e melhorar a produtividade.

Claro, aplicar a transformação digital em uma empresa pode ser um processo muito complexo. Sendo assim, comece aos poucos e veja quais são os aspectos do seu negócio que necessite de transformação.

Com a transformação digital, é possível posicionar-se na vanguarda do mercado, tornando-se referência para os clientes. Sem uma cultura de transformação digital, o e-leadership não tem chance.

Flexibilize toda a sua estrutura de trabalho

Também é essencial que a sua empresa esteja disposta a ser flexibilizada. Afinal de contas, o conceito de e-leadership tem como objetivo tornar a rotina dos colaboradores mais autônoma e participativa na organização.

E para que isso aconteça de maneira natural, flexibilizar a estrutura de trabalho é uma excelente alternativa para começar.

Inevitavelmente, o modelo de liderança exige uma grande flexibilidade, uma vez que os colaboradores terão mais confiança e autogerenciamento.

Eles devem se comprometer em suas tarefas, pois não há como microgerenciar o trabalho. Portanto, é importante arquitetar uma estrutura flexível.

Desenvolva líderes capazes de lidar com tecnologia

Outra dica extremamente importante na hora de implementar o e-leadership é contar com líderes que estão adeptos ao uso de novas tecnologias.

Se um líder não costuma ou não sabe como utilizar a tecnologia, o e-leadership consequentemente não terá eficiência e nem retorno positivo.

Sendo assim, é crucial apostar em líderes que sabem lidar com o ferramental tecnológico. Você também pode incluir treinamentos especializados para a migração dos líderes para a tecnologia.

Invista na ótima comunicação empresarial

Por fim e não menos importante, é ideal associar o e-leadership com a inclusão de tecnologias que aperfeiçoem a comunicação.

Esse processo é importante, uma vez que ele intensifica ainda mais a produtividade e faz com que os colaboradores tenha um trabalho em equipe mais eficiente.

Agora que você já sabe o que é o e-leadership, seus principais benefícios e como implementá-lo, o que acha de adotar esse modelo em sua empresa e ter sucesso? Gostou do post?

Esse artigo foi escrito por Rafaela Ricardo, Criadora de Conteúdo do Soluções Industriais.

0 0 vote
Article Rating


Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments