O que é Coaching?

Tempo de leitura: 7 minutos

Toda e qualquer empresa nos dias de hoje já ouviu falar em Coaching. Muitas delas possuem programas e rotinas que integram esse tipo de prática em seu dia a dia, mas não necessariamente da forma correta. Antes de analisar a necessidade do Coaching para sua empresa, ou junto a seus líderes e colaboradores, é preciso responder a essa simples pergunta: o que é Coaching?

Em termos formais, o Coaching é uma espécie de treinamento com foco no desenvolvimento pessoal, conduzido por um Coach, que suporta a pessoa e a auxilia a atingir alguma, ou algumas metas pessoais e profissionais. O Coaching, por essa razão, é muito confundido com a mentoria.

Na mentoria, o mentor geralmente é alguém com maior vivência e experiência, que oferece suporte e funciona como um guia para o aprendiz percorra um caminho que esse já percorreu.

O Coaching é mais focado em determinadas tarefas e objetivos e não necessariamente exige que o Coach possua uma experiência ou vivência maior que a pessoa que requisita seu serviço e apoio. Muitos executivos de carreira e profissionais de idade mais avançada ainda resistem ao Coaching, considerando que o Coach é um profissional de menor experiência, que não tem nada a ensinar. Contudo, alguns já perceberam que a função do Coach está longe de ensinar seus Coachees – ele está ali muito mais como um observador atento e um excelente ouvinte, pronto a fornecer uma visão distinta a respeito de aspectos negativos, que não raro podem se transformar em aspectos positivos e em respostas valiosas para os problemas pelos quais passamos em nosso dia a dia.

Um pouco de história sobre o Coaching

O termo remonta à primeira metade do século XIX, na Universidade de Oxford, onde tutores conduziam alunos para que os mesmos tivessem um bom desempenho em seus exames. A partir daí, o termo foi desenvolvido, para chegar ao ponto no qual significa que alguém, no papel de Coach, funciona como um apoio para que a pessoa que com ele se relaciona, muitas vezes chamada de Coachee, atravesse determinada situação ou supere um desafio.

Como funciona o Coaching?

Um pouco de mentoria, um pouco de motivação, um pouco de psicologia: o Coaching utiliza-se de ferramentas de comunicação, como ouvir o coachee, questioná-lo, apresentar questões e desafios de forma clara e outras, para ajudar as pessoas a conduzir mudanças em suas vidas. No final de tudo, o Coaching tem muito a ver com isso: com a mudança.

Todos, profissionalmente ou pessoalmente, estão sujeitos a constantes mudanças e, para enfrentá-las, aceitá-las e lidar com elas, o coach oferece a essa pessoa uma óptica diferente, exibindo a mudança como algo natural e que pode ser superado ou trabalhado. Como se diz por aí, quem está de fora sempre tem uma visão mais clara dos problemas. É exatamente o que ocorre com o coach. Estando fora do raio dos problemas e dúvidas enfrentados por um profissional, o coach pode apontar alternativas, levar a respostas e avaliar a questão de forma mais isenta.

O Coaching possui algumas diretrizes e objetivos básicos, que podem ser resumidos em alguns poucos tópicos, como segue abaixo:

  • O Coaching visa auxiliar pessoas a conduzir mudanças que elas querem promover em si mesmas, fornecendo motivação e apoio para que as mesmas sigam esse caminho.
  • O Coaching ajuda pessoas a descobrirem potencialidades e habilidades, apontando maneiras para que as mesmas empreguem essas habilidades de forma realista e eficaz.
  • O Coaching promove o autoconhecimento e torna os indivíduos mais conscientes de suas potencialidades, mas também de seus pontos fracos e limitações, criando perspectivas de avanço e desenvolvimento pessoal mais livres de frustrações.
  • O Coaching auxilia as empresas, criando equipes mais unidas e profissionais mais alinhados com uma cultura empresarial forte.

Coaching como ferramenta de RH

Nos negócios, o Coaching é uma prática que cresceu enormemente nos últimos anos como uma estratégia e ferramenta de recursos humanos. Oferecendo um suporte positivo, conselhos independentes e um feedback próximo para indivíduos ou mesmo grupos inteiros, o Coaching tem sido uma ferramenta corporativa essencial na melhoria de relacionamentos e também na gestão de mudanças dentro das empresas.

Coaching executivo, Coaching de liderança, Coaching corporativo… o nome pode mudar, mas o objetivo é sempre o de desenvolver potencialidades presentes em líderes e torná-los pessoas mais aptas a lidar com mudanças e dificuldades, e também com pessoas, dentro ou fora de seu círculo de autoridade.

No âmbito de RH, o Coaching não está limitado a agentes externos – empresas e grandes organizações utilizam-se de seu próprio corpo executivo para desenvolver potencialidades de outros colaboradores, criar mais perspectivas dentro do trabalho, promover o desenvolvimento pessoal e oferece perspectivas e visões dentro de uma carreira. Estudos comprovam a influência positiva dessa técnica na melhoria do ambiente de trabalho, desde o âmbito executivo até alguns casos relacionados ao chão de fábrica.

Há outros tipos de Coaching, eles dependem mais dos objetivos que querem ser atingidos pelos Coachees. Dentre essas variantes, podemos exemplificar:

  • Coaching financeiro. Consultores financeiros e analistas de finanças pessoais recorrem muitas vezes a estratégias de Coaching para realizar mudanças no comportamento das pessoas, fazendo com que as mesmas possam poupar mais, com objetivos e metas claras, lidar com situações financeiras difíceis e restrições orçamentárias.
  • Coaching de bem-estar. Programas de aconselhamento e suporte a pessoas para que as mesmas possam lidar com dificuldades causadas por doenças e condições clínicas, geralmente crônicas.
  • Coaching estudantil. Ainda raro no Brasil, esse mecanismo de suporte oferece a alunos alternativas para desenvolver seu potencial como estudantes e atingir metas claras dentro de sua vida acadêmica.
  • Life Coaching. Processo que ajuda pessoas a identificar metas e objetivos pessoais e trabalhar com foco para que os mesmos sejam atingidos, o que difere da atuação de um terapeuta ou analista.
  • Coaching de relacionamento. Pode estar relacionado ao apoio a mudanças e desafios em relacionamento conjugais, pessoais e até profissionais.

A ética no Coaching

Em poucas palavras, o Coaching é uma técnica que auxilia as pessoas a conduzir mudanças e alterações em seu comportamento e sua óptica em relação à vida, ao trabalho e aos problemas. Por lidar com problemas do indivíduo, o Coaching exige padrões éticos e de profissionalismo rigorosos – associações e entidades possuem códigos de ética claros nesse sentido, embora a profissão de Coach não tenha necessariamente uma regulamentação ou certificação obrigatória.

O bom coach não interfere: ele aponta e interage com seu cliente, e não com os problemas do mesmo. De igual forma, o Coaching em empresas, conduzido ou não por departamentos de RH, não deve interferir no profissional de forma direta, apenas indicar e apontar caminhos e formas de buscar respostas, para que o profissional possa se desenvolver e encarar seus medos e desafios por conta própria.

Atuando com perfis

O Coaching atua com perfis comportamentais. Indivíduos muitas vezes querem auxílio para superar e criar estratégias que permitam a eles trabalhar com traços de suas personalidades e comportamentos.

O Coach tem possibilidades muito maiores de obter sucesso em sua função quando entende, compreende e identifica o perfil comportamental do Coachee, podendo assim apresentar as questões certas e apontar caminhos e saídas que façam sentido dentro da óptica de mundo de cada um.

Por exemplo, é difícil fazer com que um comunicador natural chegue à conclusão de que, às vezes, o silêncio é uma forma mais inteligente de conseguir seus objetivos. Do mesmo modo, um profissional com um perfil mais analista precisa trabalhar sua comunicação, de modo a conseguir acessar os benefícios e recompensas que seu trabalho minucioso e dedicado é capaz de conseguir.

O bom profissional de Coaching, embora não interfira ou dite ao Coachee o modo com que deve ou não se comportar, precisa conhecer a fundo os profissionais que auxilia: e não estamos falando do ponto de vista curricular. O Coaching envolve questões delicadas, pois trabalha os medos, incertezas e a ansiedade das pessoas, tentando extrair motivação e fortaleza de aspectos assumidamente negativos, transformando a visão de mundo de cada e tornando as pessoas menos receosas a respeito de suas próprias capacidades.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of