Avaliação comportamental: o que é e como utilizar?

imagem ilutrativa para um conteúdo sobre avaliação comportamental
Baixe grátis!

Aqui você encontra:

O mercado de trabalho está cada dia mais dinâmico e competitivo. As novas organizações estão buscando novas técnicas para selecionar profissionais para uma vaga ou desenvolver aqueles que já fazem parte da equipe, dentre elas está a avaliação comportamental.

Neste artigo, vamos apresentar o que é a avaliação comportamental e como utilizá-la em sua empresa.

Antes de começar, que tal um presente? Baixe grátis o kit de materiais sobre gestão comportamental!

Material gratuito: kit completo sobre gestão comportamental

Preencha o formulário e receba o kit de gestão comportamental grátis no seu e-mail 📩

O que é a avaliação comportamental?

O local onde a pessoa foi criada, a cultura na qual ela está inserida e a sua personalidade fazem como que cada ser humano seja único. Entender o outro, respeitar as diferenças entre cada indivíduo é fundamental para que se tenha um ambiente saudável e agradável para desenvolver as atividades diárias.

A avaliação comportamental é a metodologia que permite decifrar e decodificar os comportamentos que as pessoas possuem sob estímulos de acordo com suas características.

Como utilizar a avaliação comportamental?

No recrutamento e seleção

Durante o processo de recrutamento e seleção existem diversas etapas, onde buscamos avaliar o conhecimento do candidato, porém isso nem sempre determina a escolha do candidato.

Por exemplo, se você possui uma vaga de TI, onde é indispensável ter domínio de um determinado software, é comum solicitar determinados certificados ou solicitar uma prova prática.

Por mais que um candidato tenha um desempenho maior que os outros durante a avaliação de seus conhecimentos técnicos, isso não faz com que ele seja a pessoa correta para preencher a vaga. É necessário que, além dos conhecimentos técnicos desejados, ele tem um perfil comportamental condizente com a cultura da empresa e com equipe onde ele irá atuar.

A análise comportamental vai te auxiliar neste momento. Pode ser que a pessoa que alcançou um melhor desempenho técnico não consiga se adaptar, por exemplo, à necessidade de comunicar diariamente com os clientes e os funcionários.

Lembrete: pesquisas mostram que 60,47% dos líderes já demitiram porque a pessoa tinha um comportamento inadequado

Material gratuito sobre Profiler, ferramenta para mepamento de perfil comportamental

Na diminuição de turnover

O alto índice de evasão ou um aumento da rotatividade é sempre uma preocupação para a empresa, e deve ser trabalhado pelo RH de forma ativa, visando a sua redução.

Assim, é preciso ter uma estratégia capaz de atrair e reter os talentos, de desenvolvê-los e alocá-los corretamente, de maneira a construir uma equipe forte e que esteja pronta para enfrentar novos desafios.

[Leia Mais] A importância do feedback na relação entre empresa e colaborador

Mas por que isso não acontece? Pode ser que você não esteja considerando as aptidões naturais dos colaboradores antes de designá-los para determinadas funções.

Por exemplo, prover a líder uma pessoa que não possui os comportamentos necessários ou que precisa ter suas habilidades desenvolvidas antes de assumir o cargo.

Pensando nisso, fazer uma avaliação comportamental dos seus colaboradores faz toda a diferença. Você irá descobrir quem são as pessoas que estão mais confortáveis com as suas funções, quem precisa de um treinamento ou ser alocado em outro setor.

Lembrete: Quando as pessoas estão mais confortáveis com as suas atividades, tendem a ser mais fiéis e a vestir a camisa da empresa.

Engajamento e Retenção: tudo o que você precisa saber para contar com os melhores talentos

Na produtividade

Se você perguntar para a maioria dos profissionais de RH, eles provavelmente irão confirmar que um de seus maiores desafios é compreender os funcionários e qual a melhor maneira de motivá-los, não é apenas uma questão de ter um diferencial, e sim uma questão de sobrevivência.

Nos dias atuais, percebemos que os profissionais desmotivados não cumprem se quer o mínimo da produtividade que é esperada.

E é nesse contexto que a análise comportamental se encaixa. Quando se faz uso dessa metodologia, a empresa obtém um diagnóstico com uma maior agilidade e objetividade. Assim, o gestor não dependerá apenas da sua intuição para compreender os membros da sua equipe.

Lembrete: Motivação é fundamental para a produtividade. Mas não se esqueça que envolve diversos fatores, não só a questão financeira.

Engenharia de cargos

A engenharia de cargos cuida da definição e estruturação de todas as funções que são exercidas na empresa. Além das habilidades técnicas, gestores e recrutadores podem definir melhor quais são os comportamentos a serem buscados nos candidatos a ocupar cada posição.

Nesse sentido, a avaliação comportamental permite ao RH que as características de cada um dos cargos e as suas relações no organograma sejam determinadas com maior profundidade ao acrescentar questões comportamentais que influenciam em seu exercício diário.

Dê o play a seguir e veja como construir a estrutura de cargos para a sua empresa.

Clima organizacional

Clima organizacional é o nome que se dá à percepção que os colaboradores têm a respeito da organização onde trabalham e das relações estabelecidas entre as pessoas. Nesse sentido, exerce
uma influência direta no engajamento dos times,que precisam estar alinhados para apresentarem bons resultados.

Uma gestão comportamental eficiente consegue aumentar o engajamento por meio da implementação e fortalecimento da cultura de feedback. A melhoria na comunicação entre os colaboradores e os gestores impacta positivamente no clima organizacional e, também, na produtividade da empresa de modo geral.

Gestão de crise

São as informações que se tem sobre os colaboradores e a empresa que permitem antecipar cenários, definir estratégias e realizar uma gestão de crise mais eficaz.

Nesse contexto, a gestão comportamental possibilita uma visão mais abrangente e precisa de qualquer situação, além de prover dados imprescindíveis para a tomada de decisões importantes. Por fim, conhecer os perfis comportamentais das pessoas ajuda a identificar como elas podem ser melhor aproveitadas
para superar um momento de crise.

Como o RH faz a gestão de crise com perfil comportamental?

Gestão estratégica de pessoas

O recrutamento de pessoas mais adequadas às demandas da organização inevitavelmente gera equipes mais fortes e capazes de entregas com mais qualidade, agilidade e redução de custos. Em outras palavras, a empresa ganha eficiência operacional.

Isso acontece não apenas na composição das equipes, mas também na manutenção diária delas, com uma gestão de pessoas mais próxima, antenada e preparada para lidar com os possíveis desafios. Dessa forma, a gestão comportamental proporciona uma gestão mais estratégica de pessoas, pautada nos objetivos do negócio.

➡️ Saiba mais: 16 filmes de acordo com o perfil comportamental da pessoa

Ferramenta para avaliação comportamental

A avaliação comportamental é um verdadeiro ponto de transformação na gestão de pessoas e para colocar em prática da forma certa, você precisa contar com as ferramentas certas.

A Sólides é um software de RH que te ajuda a realizar a gestão comportamental completa, desde a avaliação até o acompanhamento das ações realizadas. Com o Sólides Gestão você tem tudo em um só lugar. Você consegue melhorar resultados relacionados aos seguintes aspectos:

✓ Recrutamento e seleção
✓ Desenvolvimento e produtividade
✓ Engajamento e performance
✓ Retenção
✓ Uso inteligente de dados

Quer saber mais? Marque uma conversa com um dos nossos especialistas e comece a mudar o RH da sua empresa!

Compartilhe:

Você também vai gostar!

Rolar para cima