Descubra 7 novas técnicas de recrutamento e seleção para levar para o seu RH

Tempo de leitura: 5 minutos

O processo de recrutamento e seleção é um dos mais executados pelos profissionais de gestão de pessoas. Por ser corriqueiro, para muitos RH’s sua execução costuma ser fácil e praticamente automática.

Mas precisamos cuidar para sempre trazer inovação para os processos seletivos, como forma de não cair na mesmice e também de garantir a assertividade das escolhas de novos colaboradores.

Sabemos, por exemplo, que as pessoas têm necessidades e expectativas diferentes nessa era digital, que uma nova geração entrou no mercado de trabalho e que a competitividade por talentos está cada vez maior.

Por isso, estar atento às novas técnicas de recrutamento e seleção é uma postura indispensável, que está diretamente relacionada à sua sobrevivência e sucesso nesse mercado.

Vamos conhecer as técnicas que são tendências no recrutamento e seleção?

1 – Inbound Recruiting

Começando pela forma de atrair os candidatos, uma estratégia interessante é se inspirar no Inbound Marketing. Essa técnica tem o objetivo de captar novos clientes para uma empresa e educá-los sobre o produto ou serviço que é oferecido.

Da mesma forma, no Inbound Recruiting a ideia é entender qual é o tipo de candidato que você deseja atrair, estabelecer uma jornada atrativa para ele e despertar o seu interesse em trabalhar na organização por meio de conteúdos.

2 – Vídeos

Outra prática que tem se destacado entre as novas técnicas de recrutamento e seleção é o uso de vídeos. Uma primeira forma de explorar esse formato é na divulgação de uma vaga, ou seja, oferecendo um job description audiovisual. Em um mundo em que todos estão conectados às redes sociais, essa é uma boa estratégia para despertar o interesse dos candidatos.

Utilizar os vídeos como etapas do processo seletivo também é uma excelente opção, que traz a tecnologia para sua seleção e ainda a deixa mais ágil.

A ideia é solicitar que os candidatos confeccionem vídeos de apresentação ou resolvendo algum desafio e que o RH e os gestores utilizem esses arquivos para fazer mais uma etapa do funil de seleção.


3 – Provas online

Da mesma maneira que muitas competências podem ser analisadas quando os candidatos confeccionam vídeos, as provas online são uma excelente forma de verificar suas habilidades técnicas.

Podem ser redações, provas de inglês, de excel ou até de conhecimentos específicos exigidos para a vaga em questão. O fato de realizar e corrigir essas provas online e, de preferência, de maneira automática, são a grande tendência.

4 – Inteligência Artificial

Não podemos falar das novas técnicas de recrutamento e seleção sem mencionar a inteligência, artificial, certo? Grandes empresas já estão utilizando os chamados chatbots, robôs virtuais que conversam com os candidatos, para fazer entrevistas iniciais e coletar dados básicos.

A ideia não é que a inteligência artificial substitua os profissionais de RH no que diz respeito às decisões de um processo seletivo, mas que seja programada para filtrar os candidatos conforme os requisitos e para executar as tarefas muito operacionais.

banner de divulgação do ebook, contém textos, um botão e imagens relacionadas a inteligencia artificial, como robô

5 – Mapeamento Comportamental

Uma outra tendência em recrutamento e seleção de pessoas é a de analisar o comportamento, já que contratar alguém com habilidades técnicas refinadas não é o suficiente para garantir o seu sucesso em uma organização.

Precisamos nos certificar de que o perfil do novo colaborador é adequado para a empresa e, portanto, executar um recrutamento e seleção por competências. Para isso, o mapeamento comportamental vem sendo utilizado como maneira de predizer as tendências de comportamento e, consequentemente, de aumentar a assertividade das seleções.


6- People Analytics

O People Analytics também tem figurado cada vez mais entre as novas técnicas de recrutamento e seleção, apesar de ser uma prática que ainda tem outras utilidades na gestão de pessoas.

No contexto de um processo seletivo, a ideia básica dessa tendência é que façamos análises estatísticas dos perfis que têm maior probabilidade de sucesso em uma determinada posição.

Para definir esses padrões, usamos os dados sobre os colaboradores que já trabalham na empresa e que apresentam boa performance. Ou seja, a análise de dados é utilizada para fazer uma predição objetiva e assertiva de qual é o desenho de perfil que deve ser procurado no recrutamento e seleção.

7 – Automatização de etapas

A última dica é básica, mas não podemos deixar de mencionar: as etapas do seu processo seletivo precisam ser automatizadas!

Não há mais espaço para que o RH perca a maioria dos seus dias mandando emails individualmente para os candidatos, abrindo centenas de currículos ou coletando manualmente os indicadores de recrutamento.

Ter um software que auxilia na automatização das etapas do processo seletivo facilita o trabalho do RH, traz agilidade e torna o processo mais interessante também para os candidatos.

Então, para começar a praticar as novas técnicas de recrutamento e seleção que você aprendeu aqui, que tal conhecer um sistema que automatiza as etapas do seu processo seletivo?

Além de trazer agilidade para o recrutamento e seleção, o Solides Gestão faz a análise comportamental dos candidatos e ainda reúne todas as demais funcionalidades necessárias para um RH. Clique aqui e teste gratuitamente por 14 dias!

mulher mexendo no celular com notebook a sua frente

2
Deixe um comentário

avatar
2 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors
Marineusa Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Marineusa
Visitante
Marineusa

Muito interessante.

trackback

[…] artificial já vem sendo aplicada na automação de interações. Elas podem começar ainda no processo seletivo, com uma entrevista preliminar feita por um robô. Outros canais internos de comunicação podem […]