Entenda o cenário das mulheres no RH

Tempo de leitura: 5 minutos

Mudanças na cultura, conquista de direitos e maior investimento em educação realizado pelas mulheres fez com que elas se tornassem a maior parte de mão de obra qualificada no mercado de trabalho. E quando falamos de mulheres no RH, uma pesquisa do Mercadômetro revela que, no Brasil, elas são maioria na área, representando cerca de 75,2% dos trabalhadores do setor.

E não é só isso, quando falamos em cargos de liderança nos recursos humanos, que antes eram dominados pelos homens, um levantamento realizado pela empresa de pesquisa Bureau of Labor Stati, apontou que, atualmente, 73% dos gerentes de RH são mulheres.

Esses dados nos mostram como o empoderamento feminino está tomando conta do setor. Ainda, segundo dados do Mercadômetro, o cargo que apresentou o maior acúmulo de mulheres foi o de psicólogo do trabalho, que a cada dez posições, nove são ocupadas por elas.

Mas um longo caminho ainda precisa ser percorrido em nosso país, já que, embora as mulheres sejam a maioria na área de RH, a desigualdade salarial continua grande. Segundo dados do IBGE, elas recebem cerca de 74,5% do rendimento dos homens.

https://drive.google.com/file/d/1N-Hh7HWo8yWcyp0VtLm5Yk1qenYYebi-/view?usp=sharing

Agora, voltando a falar sobre o domínio das mulheres no RH, você sabe dizer por que elas são a maioria nesse setor? Continue a leitura e entenda mais esse cenário!

O que mudou para as mulheres no setor

Bom, um dos fatores é que o cenário do RH sofreu alterações dentro das empresas. No passado, esse setor era mais voltado às questões burocráticas e administração de pessoal. Dessa forma, somente algumas organizações contavam com o apoio de um psicólogo, em situações específicas, como o recrutamento. 

Hoje, a área de RH foca nas relações humanas, tendo como principal estratégia a gestão comportamental, necessitando de uma visão mais baseada nos comportamentos e emoções que influenciam no desempenho dos colaboradores.

E é aí que as mulheres são peça-chave na gestão dos recursos humanos, por terem algumas competências que são um diferencial no setor. 

Características femininas que enriquecem o RH

De acordo com especialistas, existem algumas características predominantes nas mulheres que levam a esse panorama atual no setor de RH. De forma alguma, isso não quer dizer que os homens não bons profissionais nessa área, e sim que homens e mulheres têm algumas aptidões diferentes. 

Enquanto os homens têm um olhar mais lógico e objetivo, as mulheres conseguem lidar melhor com questões voltadas às relações humanas e ao comportamento dos indivíduos. E esses são os principais fatores que as fazem ser maioria no RH atualmente. Então, vamos conhecer melhor as características que destacam as mulheres no setor?

Banner_Autoconhecimento

Empatia

Saber qual o perfil comportamental indicado para determinada vaga, perceber quando um colaborador está desmotivado em suas tarefas ou identificar competências e aptidão para liderança aos mesmos, exige muita sensibilidade e empatia. 

A empatia é uma característica predominante nas mulheres, que também são mais humanas com o próximo, valorizando o profissional como pessoa acima de tudo, melhorando assim, a comunicação entre a equipe e o engajamento do colaborador.

Flexibilidade 

Graças à empatia e à sensibilidade da mulher em todos os âmbitos, ela tende a ser mais flexível ao negociar situações no ambiente corporativo sem que a empresa seja prejudicada.

Essa característica torna o clima organizacional mais leve, deixando os colaboradores mais satisfeitos e motivados.

Ser multitarefas

Realizar diversas tarefas ao mesmo tempo é uma característica marcante nas mulheres. Lembrando que, geralmente, elas precisam lidar com as tarefas em casa, cuidar dos filhos e, ainda, reservar um tempo para si. 

Por isso, no trabalho, elas conseguem lidar diariamente com vários colaboradores, de diversas hierarquias, gerenciando seus desempenhos, providenciando documentação e solucionando muitos desafios no ambiente corporativo, sem perder a qualidade nas resoluções.

Determinação

Segundo alguns estudos, as mulheres são mais determinadas e persistentes, não só biologicamente, mas também por fatores culturais que as fizeram batalhar muito mais pelo seu espaço na sociedade. 

Dessa forma, no ambiente de trabalho, elas são mais focadas em resultados e sempre buscam superar as expectativas. E esse é um fator fundamental para atuar na área de recursos humanos, que sempre deve impulsionar seus colaboradores e nunca os deixar na zona de conforto. 

Todas essas características fazem com que a mulher ganhe cada vez mais espaço no setor de recursos humanos. As mulheres no RH impactam as ações da empresa na motivação dos colaboradores, por terem uma percepção maior dos seus comportamentos e emoções.

Além disso, a mulher é uma boa ouvinte, entendendo as necessidades profissionais e pessoais dos colaboradores. Todos esses fatores contribuem para uma melhor relação entre os membros da equipe, construção da cultura e de um bom clima organizacional. 

Mesmo diante desse cenário promissor para as mulheres no RH, um grande caminho ainda precisa ser percorrido para que as elas ocupem seu lugar nas empresas e em todas as áreas da nossa sociedade.

Se você quer saber mais sobre esse assunto, não deixe de acessar nosso conteúdo sobre as mulheres no mercado de trabalho.

5 1 vote
Article Rating


Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments