Mônica Hauck: conheça a trajetória da CEO da Sólides

Ela quase faliu, mas conseguiu dar a volta por cima e captar R$530 MILHÕES para Sólides
Conheça Mônica Hauck, CEO da Sólides - maior HR Tech do Brasil
SAIBA MAIS

Aqui você encontra:

Apaixonada por pessoas e pelo potencial que elas têm para transformar negócios, Mônica Hauck é CEO e co-fundadora da Sólides, empresa de tecnologia, líder nacional na gestão de recursos humanos de pequenas e médias empresas. Conheça o perfil biográfico e descubra o case de sucesso da mulher que incentiva o fortalecimento e o crescimento do RH estratégico no Brasil. 

O início de tudo

Em 2008 a historiadora Mônica Hauck conheceu (e se apaixonou!) pelo estatístico Alessandro Garcia — à época, ele com 25, ela com 23 anos. Em poucos meses, casaram-se e iniciaram uma parceria que perdura até hoje, na vida pessoal e nos negócios.

Na área profissional, além da Estatística, Alessandro também se dedicou a aprender programação, como autodidata. Com isso, pôde empreender com softwares de inteligência de dados. Já Mônica, formada em História, tinha forte inclinação para analisar o comportamento humano. Foi com essa característica que ela e Alessandro levaram a vida a dois para o ambiente corporativo. 

A trajetória de Mônica e Ale Garcia à frente de uma empresa começou com a Procreare, responsável por um software de gestão para o setor agropecuário. Mais tarde, em 2010, fundaram a Sólides.

A empresa nasceu a partir de um protótipo avaliado pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) com 97% de precisão. Desde sua criação, a Sólides utiliza a tecnologia para a inovação com o uso de novas ferramentas. Tudo isso, por meio de uma plataforma completa de Gestão de Pessoas.

De 2010 a 2015, a Sólides cresceu 40% ao ano. Mas Mônica queria mais. Forte e decidida, fez matrícula para ambos na Universidade Stanford, onde frequentaram um curso de extensão em empreendedorismo. 

A solidificação da Sólides

Com a determinação de Mônica Hauck, a empresa fundada pelo casal se desenvolveu e, atualmente, é referência em Gestão de Pessoas no Brasil. Com o caminho que trilhou, a empreendedora atua na pesquisa e desenvolvimento de produtos inovadores produzidos pela Sólides. 

Ainda, criaram o sistema Profiler, capaz de identificar perfis profissionais e comportamentais. A ferramenta foi reconhecida pelo Ministério da Ciência e Tecnologia e também pela Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) como Produto Inovador. Com a experiência adquirida, ela desenvolveu uma plataforma completa de RH, com People Analytics e Gestão Comportamental.

A Sólides ajuda outras empresas e reduz o custo de gestão evitando contratações erradas e aumentando a produtividade dos times. Em outras palavras, é isso que fazemos: ajudamos as empresas e as pessoas a se desenvolverem.

Conquistas e reconhecimento

Sob sua liderança, a companhia recebeu o maior aporte já feito em uma HRTech — R$ 530 milhões da gestora de private equity Warburg Pincus - e anunciou a aquisição do Tangerino, startup de controle digital de pontos e jornada de trabalho. Mônica figura na lista dos ‘100 CEOS das startups de maior destaque do Brasil’, organizada pelo Distrito.

“Ela quase faliu, mas conseguiu dar a volta por cima e captar R$530 MILHÕES para a sua HRTech” - PEGN

Foi eleita por dois anos consecutivos (2022 e 2023) ‘Empresária Destaque’ do prêmio Top of Mind Brasil de RH, considerado o ‘Oscar do RH’ e, em 2023, foi reconhecida como uma das 100 pessoas mais inovadoras da América Latina pela Bloomberg Línea.

Confira algumas entrevistas e matérias publicadas sobre Mônica Hauck

A trajetória de Mônica Hauck, como mulher e empreendedora de sucesso, inspira todos ao seu redor. Quem tem o privilégio de conviver e trabalhar com ela sabe que o caminho é longo, mas a paisagem compensa no final. Gostou do conteúdo?

Conheça outras mulheres empreendedoras que têm transformado o mercado brasileiro.

Compartilhe:

Você também vai gostar!

Rolar para cima