Novo mindset em Recursos Humanos: é hora da virada

Tempo de leitura: 6 minutos

Novo mindset de Recursos Humanos. Se você é profissional da área, mas ainda não ouviu essa expressão, prepare-se. Esse conceito deve fazer parte da sua rotina. Neste artigo, apresentamos o que muda em relação à gestão de pessoas tradicional, as características e os desafios dessa virada de chave no setor. 

Você vai entender como o mercado exige que o RH atual seja muito mais estratégico e relevante. Aproveite o conteúdo e o momento para transformar a mentalidade da gestão de pessoas, tanto sua, quanto da sua organização e esteja pronto para potencializar seus resultados e a sua carreira. 

O que é mindset em Recursos Humanos?

Mindset significa mentalidade e representa nossa programação mental diária para cumprir tarefas. Por padrão, estamos condicionados a utilizar o aprendizado para realizar as mesmas experiências. 

A mudança de mentalidade, portanto, é a tal “virada de chave” na maneira de agir e pensar. Por exemplo, no RH tradicional, o setor era visto como burocrático e processual. Na gestão de pessoas, o funcionário atendia à vontade do chefe, apenas executando tarefas, sem questionar. Enquanto o líder centralizava o controle e delegava demandas. 

https://drive.google.com/file/d/1N-Hh7HWo8yWcyp0VtLm5Yk1qenYYebi-/view?usp=sharing

Atualmente, o mindset organizacional é outro. Hoje, as lideranças não tratam mais com empregados, todos são colaboradores. Ainda, a figura do chefe autoritário deu lugar ao gestor humanizado. E mais, o RH tem papel estratégico, participativo e agregador. Sem contar que a tecnologia foi incorporada para otimizar a rotina, trazer dados e mais estratégia para o profissional. 

Novo mindset para gestão de pessoas: hora da virada 

A tão falada mudança de mindset fica mais simples de compreender quando descobrimos o que realmente muda na gestão de pessoas. A seguir, confira pontos em que essa nova mentalidade tem impacto direto. Este é o novo mindset do RH.

Transformação digital

As atividades operacionais repetitivas e morosas deram lugar aos processos digitalizados. Assim, o RH pode contar com dados fiéis para ter uma visão ampla dos colaboradores e times. Com a ajuda de indicadores, o setor pode monitorar o desempenho e identificar melhorias necessárias. 

Como resultado, o profissional de RH consegue otimizar o tempo e fazer uma gestão mais estratégica, humanizada e ágil. 

Tecnologia humanizada

Mesmo com os avanços, o RH não perdeu seu caráter humanizado. Pelo contrário, o profissional da área ganhou mais tempo para se dedicar às pessoas e aos relacionamentos, além de contar com dados reais para tomar decisões muito mais acertadas sobre a vida profissional dos colaboradores.

Portanto, o gestor de Recursos Humanos deve aproveitar o que a tecnologia oferece para gerenciar conflitos, ser proativo e contornar obstáculos. Sem perder o poder de conciliar e motivar, sempre focado nas particularidades dos perfis comportamentais, que, graças a tecnologia, também já é um processo incorporado na gestão.

Automatização de processos

Automatizar processos significa transformar atividades manuais em tarefas com menor probabilidade de erro. Essa é uma condição possível com o novo mindset do RH. Nesse sentido, o que já era uma tendência há alguns anos permanece em alta, tornando o setor mais estratégico e menos operacional. 

Gestão de pessoas personalizada

Personalizar a gestão de pessoas, com suporte da inteligência artificial, permite equilibrar a concessão de vantagens aos colaboradores. Sem deixar de lado a manutenção dos interesses e metas da organização. Desse modo, o RH deve unir as necessidades dos times aos objetivos estratégicos da empresa. Negligenciar um ou outro pode ser fatal para o sucesso do negócio. 

Baixe grátis: Ebook Tendências e Estratégias para um RH Extraordinário em 2022!

Experiência do colaborador

Outra mudança significativa no mindset de Recursos Humanos é oferecer a melhor experiência possível ao colaborador. Independente da modalidade de trabalho — presencial, híbrido ou em home office — as empresas devem estar focadas no bem-estar das pessoas. 

Sendo assim, o RH está atento aos diversos fatores que integram as novas formas de trabalho. Seja cuidando da ergonomia, seja amparando as despesas de quem trabalha em casa, como internet e energia elétrica. Por fim, investimentos em employee experience fazem parte do novo mindset nas empresas e devem estar no radar da gestão de pessoas. 

Colaborador como cliente

A jornada do colaborador na empresa é tão importante quanto alcançar os resultados. Se antigamente o melhor conselho era “colocar o cliente em primeiro lugar”, a nova mentalidade empresarial é priorizar os recursos humanos.

Sendo assim, ver o colaborador como cliente interno inclui a personalização de benefícios e a qualidade no ambiente de trabalho. Além de oferecer a melhor experiência baseada no perfil comportamental como diferencial competitivo.  

O cuidado com as pessoas é positivo para o engajamento e para a motivação dos profissionais. Inclusive, é uma estratégia inteligente para qualificar os processos de recrutamento e seleção e fortalecer o employer branding. 

banner para baixar pdf com 10 Segredos dos RHs mais estratégicos do Brasil-mindset recursos humanos

Desafios para o RH 

Embora ofereça muitos benefícios, mudar a mentalidade do setor de Recursos Humanos provoca desafios, tanto para os profissionais da área quanto para as lideranças. Sendo assim, convém conhecer os possíveis desafios que o novo mindset pode acarretar. 

Para os profissionais

  • planejar e organizar demandas corriqueiras com antecedência;
  • diminuir as chances de erros em processos periódicos;
  • reduzir o tempo gasto com atividades de rotina. 

Enfrentar e vencer essas adversidades significa caminhar em direção à virada que o RH precisa. 

Para as lideranças

  • a nova mentalidade do líder requer o fim da hierarquia autoritária;
  • promover uma organização em rede em que a liderança é compartilhada com os colaboradores;
  • sustentar um perfil de liderança distribuído com foco na inovação, na autonomia e na capacidade de atualização.  

Por sorte, derrubar esses obstáculos é possível com uma grande aliada: a tecnologia. O RH digital consegue fazer mais com menos tempo e recursos. Assim, proporciona condições ideais para focar nos colaboradores e no planejamento do setor. 

Após conhecer as características do novo mindset de Recursos Humanos, percebemos que a chave para a mudança está focada no RH estratégico, no papel do profissional de RH e nas lideranças. 

Nesse sentido, um analista de RH de pequenas e médias empresas tem grandes responsabilidades. Uma delas é compreender que a hora da virada chegou e as novas tendências do setor apontam a direção. 

Por isso, revise os processos, inove nas técnicas e aposte na automação de processos para conquistar um novo mindset de Recursos Humanos. 

Comece agora mesmo conhecendo os 10 segredos dos RHs mais estratégicos do Brasil.

0 0 votes
Article Rating


Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments