4 métricas de crescimento para startups e empresas SaaS

Tempo de leitura: 3 minutos

Existem diversas métricas de crescimento para startups e empresas SaaS que podem ser usadas na gestão empresarial. Com elas, é possível ter uma visão mais sistêmica do negócio, tomar melhores decisões e buscar novos investimentos com maior eficácia.

Entre os indicadores, é possível destacar: o custo de aquisição de clientes, a taxa de crescimento mensal e o percentual de conversão de vendas. Veja essas e outras métricas ao longo deste artigo. Boa leitura!

1. Crescimento mês a mês

Um dos maiores atrativos em startups e empresas SaaS é sua escalabilidade, isto é, a capacidade de crescer de forma rápida e saudável. Por causa disso, é importante acompanhar o crescimento mês a mês. Veja a fórmula:

  • crescimento (em %) = (receita do mês atual – receita do mês anterior) ÷ receita do mês anterior × 100

Para otimizar o crescimento, é preciso investir em diversos aspectos, especialmente no relacionamento com os stakeholders. Portanto, construa uma relação ganha-ganha com os funcionários, clientes, parceiros e a sociedade em geral.

https://drive.google.com/file/d/1N-Hh7HWo8yWcyp0VtLm5Yk1qenYYebi-/view?usp=sharing

2. Custo de Aquisição de Clientes (CAC)

Entender quanto cada cliente custa é uma importante métrica para balizar os investimentos em marketing e venda. Se o custo de aquisição for muito elevado, é provável que comprometa o lucro e o crescimento do negócio. Confira:

  • CAC (em R$) = investimentos totais em marketing e vendas ÷ número de clientes adquiridos no mesmo período

Uma forma de otimizar o CAC é identificar as ações de marketing e vendas mais eficazes para o seu público-alvo, que nem sempre são as mais caras. É possível investir em marketing boca a boca, de relacionamento e digital, por exemplo.

3. Churn Rate

Esse indicador representa a evasão de clientes de uma empresa, isto é, o número de clientes finais que cancelam o serviço/produto recebido. Seu cálculo é simples, porém, precisa de um adequado cadastro dos consumidores. Veja:

  • Churn Rate (em %) = cancelamentos realizados ÷ quantidade de clientes no final do período ×100

Imagine que uma empresa de telefonia identificou o cancelamento de 200 clientes no mês de dezembro, sendo que o total de clientes no mesmo período é de 2 mil. Ao aplicar o cálculo, será possível identificar um Churn Rate de 10%.

4. Taxa de Conversão de Vendas

Quantos clientes entram em contato com a empresa ou acessam seu site para que uma venda seja fechada? Esse número pode viabilizar a definição de metas de melhoria, além de prover mais resultados para o time de vendas. Veja o cálculo:

  • Taxa de Conversão = total de contratos fechados ÷ número de clientes atendidos ou que acessaram a página da empresa × 100

Para potencializar esse indicador, é preciso identificar o que realmente importa para os seus clientes. Avalie se é o preço, as condições de pagamento, a qualidade ou a performance, por exemplo, depois seja o melhor exatamente nisso.

Como você pôde ver, há diversas métricas de crescimento para startups e empresas SaaS que podem (e devem) ser usadas em seu negócio. Dessa forma, é possível monitorar o progresso, estabelecer metas consistentes e agir de forma estratégica.

Gostou do conteúdo? Aproveite para assinar a nossa newsletter e receber novidades sobre liderança, gestão de pessoas e negócios. Vamos lá!


Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of