Como manter a saúde no trabalho? Veja os cuidados

Tempo de leitura: 7 minutos

Vivemos grande parte do nosso dia no trabalho e é fato que a rotina corporativa tende a influenciar a saúde do colaborador. Um profissional de RH, que sabe como manter a saúde no trabalho, reduz o número de faltas e atrasos, aumenta a produtividade e garante a qualidade de vida dentro da empresa.

Isso ocorre porque, cuidar do bem-estar do colaborador fortalece a imagem da empresa, agregando um diferencial competitivo em um mercado que busca cada vez mais os melhores profissionais para a sua equipe. Além disso, não é novidade que profissionais satisfeitos produzem mais e melhor.

Então, que tal entendermos de vez o que é considerado saúde no trabalho e quais as estratégias que a empresa pode aplicar para promover uma melhor qualidade de vida para os seus colaboradores? Confira!

O que é saúde no trabalho?

Conhecida também como saúde ocupacional, tem por finalidade promover e proteger o profissional no local de trabalho, colaborando para seu bem-estar físico, mental e social. 

https://drive.google.com/file/d/1N-Hh7HWo8yWcyp0VtLm5Yk1qenYYebi-/view?usp=sharing

O fato que as pessoas são o mais importante para o sucesso empresarial, faz com que a saúde no trabalho se torne um conjunto de ferramentas fundamentais para garantir as adequadas condições de segurança e saúde nas organizações.

O que as empresas precisam garantir perante a lei?

A legislação brasileira é bem detalhista em relação à prevenção de acidentes no trabalho e saúde ocupacional, contando com 37 normas regulamentadoras (NRs) obrigatórias para empresas públicas e privadas. 

Mas mesmo com tantas regras, dados mais recentes da Previdência Social revelam mais de 700 mil acidentes de trabalho por ano. Isso faz do Brasil o quarto país que mais registra acidentes, de acordo com a Organização Internacional do Trabalho (OIT), ficando atrás apenas de China, Índia e Indonésia.

Isso ocorre porque, como não há uma fiscalização constante nas empresas, sucedem o descumprimento de várias normas que zelam pela saúde e segurança do colaborador. Perante a lei, as organizações devem oferecer para seus trabalhadores, ações de prevenção. Dentre elas estão:

  • cumprir todas as NRs;
  • implantar o Programa de Prevenção dos Riscos Ambientais (PPRA) e o Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional (PCMSO);
  • promover palestras e treinamentos específicos sobre segurança do trabalho e prevenção de doenças ocupacionais, de acordo com o segmento de atuação — uso de EPIs, prevenção de acidentes etc.;
  • implantar ações de ergonomia que visem o bem-estar e a segurança dos colaboradores, tais como mobiliário, iluminação e temperatura adequados;
  • incentivar as pausas para descanso durante a jornada de trabalho;
  • reforçar as comunicações sobre prevenção de acidentes e doenças ocupacionais;
  • divulgar informações e realizar treinamentos orientando sobre o que fazer em caso de acidente de trabalho.

Mais cuidados com a saúde no trabalho

Sabemos que muitos riscos estão presentes no ambiente de trabalho. Mas, se você, como profissional de RH, adotar algumas medidas para manter a segurança, vários deles serão reduzidos, melhorando a saúde do colaborador e o ambiente organizacional da sua empresa. 

Cultura organizacional focada em saúde 

A cultura organizacional é a base de toda empresa por definir os hábitos, crenças, valores e comportamentos compartilhados no ambiente corporativo. Dessa forma, criar uma cultura que incentive a qualidade de vida do colaborador, não só dentro, mas também fora da empresa, é fundamental para o aumento da produtividade da equipe e alcance de metas da organização.

Veja algumas estratégias que podem ajudar na implantação da cultura focada na saúde do colaborador:

  • oferecer planos de academia, assistência médica e odontológica;
  • incentivar mais o uso da escada, deixando de lado o elevador;
  • mostrar os benefícios da ingestão de água;
  • criar um espaço para descanso e lazer;
  • realizar campanhas de conscientização — antitabagismo, outubro rosa, novembro azul, contra a obesidade e sedentarismo etc.;
  • montar grupos de ginástica laboral, corrida e ioga etc.
Banner_Calculadora_de_Produtividade

Jornadas de trabalho flexíveis

A era digital trouxe consigo muitos benefícios e, um deles, é a possibilidade de trabalhar fora do ambiente empresarial. Por meio de horários flexíveis, o colaborador pode, portanto, atuar em home office, de um local público e, até mesmo, de outra cidade, durante viagens.

Promovendo essa autonomia, o colaborador terá mais tempo para cuidar da sua vida pessoal, fazendo com que ele se sinta mais satisfeito e engajado em realizar suas tarefas no prazo estabelecido, uma vez que não desejará perder essa vantagem. 

Além disso, os horários flexíveis permitem ao profissional adequar suas responsabilidades de acordo com sua disponibilidade, colaborando para uma redução de atrasos e faltas sem justificativas. Todos esses benefícios melhoram a saúde física e mental do colaborador que terá mais tempo para cuidar de si.

Trabalhar a saúde emocional

Atualmente, as empresas estão extremamente focadas em metas e objetivos. Assim, é importante que isso não traga estresse, desmotivação e adoecimento ao colaborador. 

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), globalmente, mais de 300 milhões de pessoas sofrem com a depressão, principal causa de incapacidade. Além disso, mais de 260 milhões vivem com transtornos de ansiedade e muitas dessas pessoas vivem com ambos os transtornos. Ainda, que de acordo com a pesquisa, somente 18% das empresas mantêm um programa de saúde mental para os colaboradores.

Diante desses fatos, é importante que o gestor de RH trabalhe juntamente com seus líderes, para encontrar estratégias e ações que busquem maior qualidade de vida na rotina diária. Veja algumas sugestões:

  • neutralizar conflitos e intrigas entre os colaboradores;
  • ter como foco as soluções e não os problemas;
  • propor técnicas de relaxamento corporal e mental, como alongamentos e meditações;
  • orientar a busca pelo tratamento de problemas de saúde mental independentemente da causa e oferecer total apoio ao colaborador.

Quais os benefícios de promover a saúde no trabalho?

Uma empresa que investe em manter a saúde no trabalho gera maior satisfação e engajamento por parte de seus colaboradores. Com uma boa cultura e um clima organizacional saudável, haverá redução nas doenças físicas e mentais, contribuindo para o alcance dos melhores resultados. 

Há, ainda, outros benefícios, como a diminuição do absenteísmo e turnover, o que contribui para uma boa imagem da marca diante do mercado. Isso ocorre porque os melhores profissionais buscam as empresas que se preocupam, principalmente, com o capital humano. Além disso, em um ambiente organizacional saudável, quem já faz parte da equipe, dificilmente vai embora. 

Diante dessas informações, podemos afirmar que um RH que se preocupa em entender como manter a saúde no trabalho, diminuirá os custos com contratações, afastamentos e demissões. Portanto, procure sempre estar por perto da sua equipe e promover o diálogo na empresa. Assim, você terá feedbacks constantes e a oportunidade de sempre melhorar o ambiente organizacional.

Agora que você já sabe como manter a saúde na sua empresa, o que acha de se aprofundar lendo mais um conteúdo sobre saúde mental no trabalho?

4.7 3 votes
Article Rating


Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments