O que o RH faz: 5 maneiras de explicar para a sua família neste Natal

Tempo de leitura: 8 minutos

Com o período das festas de final de ano se aproximando, também é chegado o momento em que as famílias se reúnem para confraternizar. Logo, é inevitável o surgimento de algumas perguntas, como: “E as namoradinhas?”, “Vai casar quando?”, “Quando virão os filhos?”. Mas uma das campeãs nas reuniões familiares é: “O que o RH faz mesmo?”.

Nesse momento, por mais que expliquemos para nossos familiares como um profissional de RH atua, parece que é sempre complicado fazê-los entender de forma clara e objetiva. 

Isso porque, para algumas pessoas que não conhecem profundamente a área de recursos humanos, o setor ainda é confundido com Departamento Pessoal, ou seja, uma área que cuida somente de tarefas burocráticas, como controle de ponto e folha de pagamento.  

Resumindo, não é tarefa fácil demonstrar que o RH é uma combinação de habilidades, estratégias e práticas que tem o objetivo de administrar os comportamentos dos colaboradores e potencializar seu desenvolvimento dentro de uma organização. 

https://drive.google.com/file/d/1N-Hh7HWo8yWcyp0VtLm5Yk1qenYYebi-/view?usp=sharing

Então, para auxiliar você na hora de explicar para sua família neste Natal e Réveillon, de forma simples e prática, o que um profissional de RH faz, preparamos este post, com 5 dicas para que você passe por esse momento com maior facilidade! Então, acompanhe a leitura!

Afinal, o que o profissional de RH faz?

Com a automatização da área de recursos humanos, algumas tarefas repetitivas do setor foram substituídas por atividades que realmente agregam valor à empresa. A intenção é que toda essa tecnologia trabalhe em prol das pessoas.

Logo, você pode enfatizar para seus familiares que o principal propósito de um profissional de RH dentro da empresa é colocar as pessoas em primeiro lugar, trabalhando em ações e estratégias que tornem a experiência dos colaboradores a mais construtiva possível. 

O intuito é que os melhores profissionais do mercado enxerguem a organização como uma ótima opção para o desenvolvimento da sua carreira e de seu potencial produtivo. Além disso, você também pode ser mais específico e detalhar o dia a dia de um profissional de RH. Conheça agora mais algumas dicas!

1. Explicando o Recrutamento e seleção

Esse é um dos papéis mais importantes exercidos pelo profissional de RH. Você pode explicar para os seus familiares que quando eles indicam o filho ou o sobrinho para uma vaga, que pode ser até mesmo na sua empresa, a sua função não é só recomendar essa pessoa para a vaga, mas também identificar se ela conta com as competências comportamentais que determinado cargo exige.

Além disso, você pode ressaltar que, da mesma forma que o aplicativo Tinder busca unir casais que tenham interesses em comum e características que se complementam, o RH consegue escolher o candidato que “dá match” com a vaga, contribuindo para que o profissional se sinta bem executando suas funções dentro da empresa, resultando em uma performance incrível por parte dele e nos melhores resultados para o negócio. 

2. Explicando o People Analytics

Sabe quando a Netflix propõe sugestões de filmes e séries para seu usuário? Ou quando, ao acessar suas redes sociais, surgem anúncios daquela TV que você pesquisou recentemente em um site de varejo? Antes que seus parentes se desesperem em achar que estão sendo perseguidos por um hacker, você pode demonstrar para eles que isso nada mais é que o big data.

Ainda, você também pode explicar a metodologia People Analytics com base nesses mesmos exemplos para a sua família. Isso porque, o People Analytics compartilha do mesmo conceito do Big Data, ou seja, do imenso volume de dados que, graças ao avanço da tecnologia, é coletado sobre gostos, aptidões e interesses da população, só que com foco na gestão de pessoas

Claro que esses dados não são obtidos sozinhos. Assim, explique também que, nessa tarefa, você conta com um software de RH com mapeamento de perfil comportamental. Logo, por meio da coleta e leitura correta desses dados, você consegue ser mais certeiro na escolha correta do candidato ideal para uma vaga, sabendo quais são as tarefas que motivam e engajam cada um deles, por exemplo.

Dessa forma, você consegue ser mais estratégico e eficaz para impulsionar o capital humano da sua empresa, podendo até mesmo identificar problemas de gestão e encontrar as melhores alternativas para solucioná-los.

como fazer people analytics - baixe o ebook

3. Explicando o Employer branding e experience

Quando você chega para o jantar de natal da sua família, é inegável que todos vão reparar se a ceia está saborosa, se a decoração está aconchegante ou se todo mundo comprou o presente do amigo oculto, por exemplo. 

Nesse sentido, ao cumprir bem seu papel em preparar esse momento para que ele seja o mais agradável possível, cada membro da família gera o sucesso ao evento, causando uma percepção positiva de todos, fazendo com que surja o desejo de repeti-lo todos os anos. 

Da mesma forma, você pode mostrar para seus parentes e amigos o quanto é fundamental causar uma boa percepção da empresa, tanto no mercado quanto para os membros do time. 

Logo, uma das principais funções do RH dentro de uma empresa é aplicar o employer branding, conceito que se refere a um conjunto de técnicas com o objetivo de criar uma imagem positiva da empresa no mercado. 

Para isso, você incentiva o time de marketing a alimentar as redes sociais da empresa com vídeos sobre o ambiente de trabalho, depoimentos de colaboradores e artigos sobre a área de atuação do negócio, por exemplo. Assim, os melhores talentos enxergarão a sua empresa como um local em que desejam trabalhar.

Além disso, a experiência do profissional dentro do ambiente organizacional é um fator primordial no desempenho dele e nos resultados da empresa.

Assim, o RH também trabalha nas ações de employe experience para criar um ambiente de trabalho inspirador para os colaboradores. Aqui, você pode citar que dentre elas estão investimento em capacitação, ambiente de trabalho agradável e acolhedor, bons benefícios e premiações, dentre outras.

4. Explicando a Avaliação de desempenho

Logo depois da ceia de natal, quando cada um retorna às suas respectivas residências, é natural que surjam comentários sobre o desempenho de quem fez o jantar ou quem comprou o melhor presente. 

Da mesma forma, o profissional de RH precisa avaliar a performance de um colaborador ou de um setor por meio da identificação, do diagnóstico e da análise das entregas e do comportamento do profissional. Mas o objetivo vai além de somente analisar seu desempenho.

Com os dados da avaliação de desempenho em mãos, o RH pode tomar decisões mais efetivas e oferecer feedbacks construtivos. Além disso, é possível identificar e alinhar as expectativas dos colaboradores com os objetivos da empresa. 

5. Explicando a Pesquisa de clima e retenção

Durante a confraternização, tem sempre aquele familiar que consegue identificar se a festa está um pouco desanimada e logo busca estratégias para levantar o clima para que ninguém vá embora antes da meia-noite, certo?

Então, no âmbito empresarial, o RH utiliza a pesquisa de clima para identificar e melhorar o ambiente de trabalho. Por meio de um questionário, ele pode ter uma visão panorâmica sobre percepções dos colaboradores diante da organização para criar uma estratégia mais eficaz, com foco nas melhorias que os colaboradores sugerem.

Dessa forma, o RH também estará trabalhando na retenção dos seus talentos. Isso porque, envolvendo os colaboradores na busca de soluções, o RH deixa-os satisfeitos por demonstrar que a empresa é um time e que todos podem e devem participar da busca do sucesso da empresa.

Assim, haverá mais motivação na entrega de resultados e na manutenção de um ambiente organizacional agradável e colaborativo. Ainda, nenhum talento sentirá vontade de deixar a empresa.

como fazer pesquisa de clima - ebook

Agora você está pronto

Viu só como a analogia das festas familiares de natal e Réveillon pode ajudar seus parentes e amigos a entenderem melhor o que o RH faz no seu dia a dia e como sua atuação é fundamental para que a empresa alcance seus objetivos? 

Aposto que, após a leitura desse post, você está muito mais preparado e desencanado para explicar para sua família o que você faz no trabalho. Assim, você pode relaxar e curtir muito esse momento com as pessoas que ama!

Por fim, você pode também sugerir a eles a leitura dos materiais gratuitos de gestão de pessoas do blog da Sólides. Uma boa pedida é o e-book completo sobre gestão de pessoas. Assim, eles entenderão definitivamente o papel do RH dentro de uma empresa e saberão com mais detalhes quais melhorias uma atuação estratégica pode trazer para o ambiente organizacional.

5 1 vote
Article Rating


Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments