LNT: O que é Levantamento das Necessidades de Treinamento, sua importância e como fazer

Tempo de leitura: 10 minutos

Está sem tempo para ler? Experimente ouvir a narração deste artigo. Aperte o play!

Em um mercado corporativo cada vez mais competitivo, não restam dúvidas: com treinamentos eficazes, os colaboradores se desenvolvem e executam melhor seu papel dentro da organização. Sendo assim, é fundamental que gestores e líderes não percam tempo com capacitações irrelevantes e optem por aquelas que realmente agregarão crescimento aos profissionais e ao negócio. Para tanto, é válido realizar um LNT. 

Trata-se de um levantamento que deve ser realizado pelo time de Treinamento e Desenvolvimento (T&D) com o auxílio de gestores e líderes. Assim, é possível planejar, de forma estratégica e com base no mapeamento de competências, os investimentos em capacitação para que os mesmos resultem nos melhores resultados. 

https://drive.google.com/file/d/1N-Hh7HWo8yWcyp0VtLm5Yk1qenYYebi-/view?usp=sharing

No entanto, se a sua implementação não é feita com base em dados sólidos, considerando somente o achismo, a tomada de decisão consequentemente não funcionará como deveria. Logo, é fundamental compreender bem todo o processo para aproveitar ao máximo os benefícios dessa estratégia de gestão de pessoas.

Pensando nisso, preparamos este post, para você entender melhor o que é LNT, sua importância e como implementá-lo na sua empresa de forma estratégica e eficaz. Então, acompanhe a leitura até o final!

O que é o LNT?

O Levantamento de Necessidades de Treinamento (LNT) nada mais é que um conjunto de estratégias e ações que tem como objetivo reunir os dados necessários para auxiliar na tomada de decisão de quais colaboradores e equipes precisam de capacitação e que treinamentos são indicados para cada um deles. Isso vai além do aprimoramento das habilidades técnicas e considera o modelo de gestão por competências.

Além disso, o LNT deve alinhar os investimentos que serão feitos em treinamentos com as metas e objetivos traçados pela empresa, focando em melhorar seus resultados e manter o negócio competitivo no mercado. 

Quais seus benefícios?

Com o LNT, fica mais fácil para o RH, junto à diretoria, determinar metas de curto, médio e longo prazos, de forma mais eficaz, reduzindo gastos que não levarão a resultado algum.

Mas para que isso aconteça, a área de T&D precisa criar um processo bem alinhado de avaliações de desempenho e análises de dados estratégicos do time. Dados esses que podem ser facilmente obtidos com o auxílio de um software de RH.

Com essas informações em mãos, gestores e líderes conseguem determinar com eficácia quais treinamentos são mais relevantes de acordo com o momento vivenciado pela organização. 

Logo, com os treinamentos e as capacitações certas, os colaboradores se tornam mais engajados e produtivos, resultando automaticamente na satisfação do consumidor final, tornando o negócio uma referência na sua área de atuação. 

Quando o LNT deve ser realizado?

Não existe uma regra que determine o momento para elaborar o LNT. Mas é importante fazer uma análise periódica para que a empresa entenda quais habilidades técnicas e comportamentais estão precisando ser trabalhadas no time e se os treinamentos que têm sido oferecidos estão surtindo os efeitos desejados. 

Ainda, como tudo na gestão de um negócio exige planejamento, existem algumas situações em que é mais comum que o LNT seja aplicado. Conheça-as agora.

No momento da contratação

Quando o LNT já é aplicado no processo de onboarding, é possível mapear as hard e soft skills do novo colaborador e, assim, entender se ele precisa passar por treinamentos específicos para que possa ter um melhor desempenho no cargo, de acordo com a cultura da empresa.

Na avaliação de desempenho

Por meio de um questionário de avaliação de desempenho, é possível que o setor de T&D identifique e analise, com base nos dados coletados, se determinados colaboradores aproveitaram ao máximo os treinamentos oferecidos e aprimoraram suas habilidades e, ainda, desenvolveram novas competências. 

Tal levantamento, é uma ferramenta de gestão de pessoas altamente eficaz para comparar resultados e identificar pontos fortes e fracos de cada colaborador.

Na criação de planos de cargos e salários

O Plano de Cargos e Salários auxilia o RH, junto da liderança, a entender de forma mais certeira qual o caminho de T&D colaboradores com perfis de liderança, por exemplo, devem seguir para alcançar posições estratégicas na empresa, aprimorando suas aptidões técnicas e comportamentais. 

Assim, a empresa também reduz custos com recrutamento e seleção, por investir no colaborador que já faz parte do time. Tais ações, também colaboram para que os profissionais se sintam mais motivados e engajados, por acreditarem realmente na possibilidade de desenvolvimento e crescimento dentro da empresa. 

Ainda, nesse momento, o LNT colabora para que a empresa se projete no mercado como uma marca empregadora.

No remanejamento do quadro de colaboradores

Em momentos de crise, como o que a maioria das empresas enfrenta em decorrência da pandemia da Covid-19, o LNT é fundamental no entendimento de quais são os colaboradores que farão com que o negócio supere os desafios e recupere o crescimento.  

Ao realizar o estudo do Profiler, por exemplo, é possível mapear o perfil comportamental de cada colaborador e cruzar com o seu desempenho, além de outras variáveis, auxiliando na decisão de quem são os profissionais indispensáveis nesse momento para seus consumidores.

Ainda, com o LNT, fica mais fácil entender quais habilidades esses profissionais que continuarão no time precisam aprimorar e quais eles devem adquirir para que a empresa não sofra impactos negativos com tais remanejamentos. 

banner do ebook sobre desenvolvimento de talentos

Como implantar o LNT na empresa?

Como já citamos, o Levantamento de Necessidades de Treinamento é composto por várias ações e estratégias de gestão de pessoas. Agora, vamos detalhar, de maneira prática, como implantar o LNT na sua empresa de forma eficiente. Confira!

Opinião de gestores e líderes  

Os membros do time de treinamento e desenvolvimento precisam estar cientes que não trabalham sozinhos. Afinal, nada melhor que a opinião dos líderes sobre seus liderados para obter informações relevantes sobre quais colaboradores precisam de treinamentos e de qual forma eles devem ser conduzidos, de acordo com cada perfil comportamental. 

Por isso, reserve um tempo para realizar um bate-papo com gerentes e supervisores, questione sobre os processos do time, resultados que cada colaborador conquistou, se a equipe tem batido suas metas e/ou evoluído nos últimos meses.

Por meio desses dados, é possível, de forma mais conclusiva, definir exatamente quais treinamentos cada colaborador e equipe necessita. Além disso, os próprios gestores e líderes podem sugerir ideias de quais treinamentos, workshops e palestras podem ser oferecidos para cada membro do time.

Avaliação de desempenho

No decorrer da leitura, apontamos que avaliar o desempenho dos colaboradores é fundamental no entendimento de quais treinamentos precisam ser ofertados. Geralmente, a avaliação de desempenho é realizada por meio de questionários online ou em plataformas como a Sólides, que buscam entender quais soft e hard skills cada profissional domina e quais precisa aprimorar.

Além disso, é importante avaliar o desempenho que cada colaborador obteve em relação ao treinamento oferecido. Para isso, uma dica é realizar testes sobre o assunto ou tema abordado antes e também depois do treinamento. Assim, o setor de T&D contará com dados sólidos sobre o aproveitamento da capacitação oferecida e se ela atingiu os objetivos que a empresa buscava.

Análise de dados e métricas

Hoje, não existe gestão eficaz com base no senso comum. Quando se trata da área de Recursos Humanos, a evolução do setor permite que o profissional de RH esteja munido de dados sólidos e estratégicos para que haja a tomada de decisão sobre quais treinamentos devem ser oferecidos. 

O mapeamento de perfil comportamental, por exemplo, é um dado crucial para uma gestão de talentos eficaz. Por meio dele, é possível separar os colaboradores em grupos e direcionar treinamentos que realmente agreguem, tanto no setor profissional quanto pessoal de cada um deles. 

Assim, nenhum colaborador ficará desmotivado na hora de realizar a capacitação exigida pela empresa. Além disso, com um software de inteligência de dados, como o Sólides Gestão, é possível realizar pesquisas de clima dentro da organização e também avaliação de desempenho. 

Dessa forma, é menos trabalhoso escolher as estratégias e ações para o desenvolvimento de carreira dos colaboradores e também treinamentos específicos, aumentando a motivação e o engajamento dos membros do time. 

Entrevista de saída

Nada mais sincero que a opinião de um colaborador que está deixando a empresa para entender em quais pontos de treinamento e capacitação ela precisa melhorar. Nesse momento, o feedback costuma ser mais sincero, já que não existe mais aquele medo por parte do profissional de perder seu emprego por expor seu ponto de vista sobre os processos e deficiências na gestão da organização.

Para coletar esses dados, o RH pode realizar a entrevista de desligamento. Claro, essa conversa não deve ser obrigatória, mas o setor deve sempre consultar o profissional desligado para saber se ele deseja participar. 

Caso a resposta seja “sim”, cabe ao RH ou gestor elaborar perguntas que realmente contribuirão para o desenvolvimento da empresa, coletando a opinião sobre produtos, processos e, claro, quais treinamentos de capacitação deixaram, na opinião do colaborador, de ser oferecidos para que ele realizasse seu trabalho da forma mais eficaz e que poderiam ter feito com que ele se desenvolvesse melhor como pessoa e profissionalmente.

Conclusão

Viu só como investir no Levantamento das Necessidades de Treinamento é fundamental para o sucesso de qualquer negócio? Afinal, com a capacitação, os resultados do time podem melhorar e, como consequência, a empresa acaba alcançando resultados incríveis!

Então, se a sua empresa ainda não realiza LNT para determinar quando, como e quais colaboradores ou times devem receber treinamentos, certamente, ela está perdendo grandes oportunidades de oferecer um diferencial no mercado. Portanto, não deixe de aplicar a estratégia quanto antes!

Por fim, lembre-se que o sucesso empresarial depende de planejamento e dados sólidos. Então, aproveite para baixar nosso e-book sobre treinamento e desenvolvimento por perfil de equipes e melhore os resultados da sua empresa com capacitações realmente eficientes!

0 0 votes
Article Rating


Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments