Saiba como explicar a LGPD para comunicadores

Tempo de leitura: 3 minutos

Inspirada na General Data Protection Regulation (GPDR), legislação europeia para a proteção de dados, a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) foi aprovada no Brasil em 2018. As organizações têm até 2021 para promoverem ações de adaptação. Abordar a importância da lei para os colaboradores é fundamental. Explicar a LGPD para comunicadores pode ser desafiador, pois esse perfil tende a não se “prender” às regras.

A conscientização dos colaboradores sobre a LGPD é importante, pois a legislação tende a alterar as práticas do dia a dia, a fim de promover maior segurança dos dados. Todos os setores passaram por mudanças processuais, incluindo o RH. A empresa precisará investir em treinamentos, workshops, roda de conversas e outros momentos para sanar as dúvidas dos funcionários.

A LGPD para os comunicadores pode ser um desafio. Os profissionais com esse perfil tendem a valorizar a conexão, mas entendem as regras como sugestões. Continue a leitura para entender como abordar o assunto com pessoas desse perfil!

As características do perfil comunicador

O perfil comunicador é predominante entre os colaboradores brasileiros, segundo o Sólides Report 2019. A característica marcante deste perfil é percebida no dia a dia: a conexão. Pessoas comunicadoras tendem a criar um laço empático com aqueles que as cercam, estabelecendo uma relação de respeito e proximidade por meio da comunicação.

https://drive.google.com/file/d/1N-Hh7HWo8yWcyp0VtLm5Yk1qenYYebi-/view?usp=sharing

O perfil comportamental dos comunicadores indica uma tendência a sociabilização e integração do grupo. São pessoas mais afeitos à informalidade, gostam de uma interação mais humana e próxima, para sentirem íntimos, amigáveis e cúmplices dos colegas de trabalho.

Por esse comportamento, comunicadores se dão bem em trabalhos em grupos. É nesse cenário que eles buscam mostrar o seu valor e destacar para os companheiros e líderes. Cronogramas e prazos podem ser um problema, visto que a organização não é uma das características dominantes desse perfil. 

Os cuidados com a LGPD e os comunicadores

A LGPD promete envolver uma mudança de postura e cultura das organizações. Serão necessários adotar novos processos para proteção e segurança dos dados pessoais cedidos em qualquer etapa — no recrutamento e seleção de uma empresa, por exemplo.

É extremamente importante, portanto, que as empresas pensem nos impactos culturais que a organização sofrerá, e para prevenir qualquer grande impacto — ou até mesmo para direcionar as mudanças de acordo com os objetivos estratégicos da empresa — é preciso entender como abordar a LGPD para os comunicadores.

Simplesmente apresentar uma cartilha de normas e procedimentos pode não ser o suficiente para engajar as pessoas com o perfil comunicador nas propostas da Lei de dados. Se preparar a legislação é conseguir compreender qual a maneira mais efetiva de abordar a questão com os colaboradores.

Toda a abordagem — desde o que é a LGPD até o impacto no dia a dia das funções operacionais — precisa ser realizada de uma forma clara e específica para todos os colaboradores, considerando as suas capacidades e rotinas dentro da empresa.

As maneiras de explicar a LGPD para comunicadores

Os comunicadores precisam entender o impacto social que as mudanças propostas pela LGPD causarão, promovendo a defesa e proteção dos titulares. Vale enfatizar que as mudanças culturais e processuais geradas trarão mais confiabilidade das pessoas nas empresas, sites etc.

Esse perfil também aprende por meio de exemplos, mostrando como será a prática dos novos processos e como a Lei de dados realmente promove a proteção das informações pessoais. Ao enxergarem os processos, a tendência é de maior engajamento e envolvimento com as ações.

Explicar a LGPD para os comunicadores pode ser uma alternativa interessante para o engajamento. Por gostarem de trabalhar em grupo, eles poderão ser verdadeiros promotores das atividades de proteção dentro da instituição. Outra característica dos comunicadores é gostar de disseminar conhecimento.

Agora que você aprendeu sobre como abordar a LGPD para o perfil comunicador, confira nosso artigo sobre como explicar a Lei de dados para executores!


Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of