[Infográfico] – A História do Perfil Comportamental

Tempo de leitura: 1 minuto

Desde a antiguidade, o homem busca compreender melhor o comportamento humano. Essas formas são das mais variadas, vem através de reflexões, observações e pesquisas.

Primeiro os gregos com os quatro elementos básicos da natureza: fogo, água, terra e ar.

Logo depois, Hipócrates, frequentemente chamado de o pai da medicina ocidental, trouxe os conceitos: colérico, sanguíneo, fleumático e melancólico como tendências comportamentais das pessoas.

Através de pesquisas, que incluíam instrumentos estatísticos e inclusive conhecimentos de biofísica, o Psicólogo norte-americano William Moulton Marston, no início dos anos 20, construiu o modelo DISC, que são as iniciais de dominância, influência, estabilidade e conformidade.

https://drive.google.com/file/d/1N-Hh7HWo8yWcyp0VtLm5Yk1qenYYebi-/view?usp=sharing

E por último, foi desenvolvido o Profiler, que utiliza os conceitos: comunicador, executor, planejador e analista.

Já que falamos tanto de perfil comportamental aqui no blog, resolvemos preparar um infográfico para você explicando detalhadamente como começou essa história. Nesse infográfico, você verá em ordem cronológica como tudo começou.

A história do Perfil Comportamental

O que você achou do infográfico? Já conhecia a história do Perfil Comportamental? Aprimore ainda mais seus conhecimentos lendo o nosso ebook sobre Perfil Comportamental e a Cultura Organizacional.  Não deixe de comentar, curtir e compartilhar o post nas redes sociais!

 


3
Deixe um comentário

avatar
2 Comment threads
1 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
2 Comment authors
Giuliano SalesCélia Aparecida Pollo Gomes Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Célia Aparecida Pollo Gomes
Visitante
Célia Aparecida Pollo Gomes

Tudo socialmente falando se baseia em relacionamentos, assim nosso comportamento influencia diretamente a nosso próprio ambiente, mas muito mais os demais ambientes onde estamos inseridos, seja pra melhor ou pior. Nosso desafio não consiste apenas em escolha ou recusa, mas pelo conhecimento e aplicação, gerar transformações positivas tanto no indivíduo quanto no coletivo de uma organização. Lidamos todos os dias com um sistema misto onde ajustes serão necessários, pois se tratando do humano, este é mutável, nosso desafio é influenciar no seu desenvolvimento em detrimento as necessidades e interesse mútuos, deixando viva a crença de que o mesmo está na… Read more »

Giuliano Sales
Admin

Ei, Célia. Tudo bem?
São bastante os desafios, mas tudo é possível por meio de uma compreensão maior sobre os comportamentos.
Nosso ambiente influencia em nossas ações e nossas ações influenciam o meio, conhecer a maneira como cada pessoa interage com o mundo nos ajuda a potencializar o desenvolvimento desses profissionais.
Continue conosco e muito obrigado pelo comentário! 🙂

trackback

[…] Modelos mais baseados em competências, por exemplo, além de maior importância e atenção a perfis comportamentais, tanto dentro do quadro quanto em processos de recrutamento de […]