A importância do endomarketing para o resultado das organizações

Tempo de leitura: 5 minutos

Para enxergar o real valor que o endomarketing gera para uma organização, é preciso compreender primeiro, o marketing. Ele pode ser definido como o processo de entendimento e satisfação das necessidades do cliente, criando assim, uma boa experiência para ele.

Internamente, os princípios continuam os mesmos, porém o cliente se torna o colaborador. Ou seja, o endomarketing é o uso dos conceitos do marketing tradicional, porém aplicados aos funcionários, com o objetivo de alcançar maiores e melhores resultados.

A ideia é deixar os colaboradores alinhados e engajados, dessa forma eles sabem o que devem fazer e tem vontade de executar da melhor maneira possível.

Endomarketing não se trata de funcionários felizes, e sim, de equipes que se sentem pertencentes a um grupo, e parte de algo maior. É esse sentimento que nos motiva a construir uma performance cada vez melhor.

https://drive.google.com/file/d/1N-Hh7HWo8yWcyp0VtLm5Yk1qenYYebi-/view?usp=sharing

Agora que você entendeu o conceito e o propósito do endomarketing, vamos entender sua importância e como implantá-lo na prática?

Importância do endomarketing

Uma estratégia de marketing interno bem-sucedida, beneficia uma empresa de várias formas, em todos os níveis e em todas as áreas. Você sabia que empresas que têm entre 60 e 70% dos colaboradores engajados possuem uma média de 24% de taxa interna de retorno? Nas empresas que essa taxa está em 49-60%, o TIR cai para 9%.

O desengajamento de colaboradores custa mais de 59 bilhões de euros por ano para a economia do Reino Unido. Isso é mais que o PIB de Portugal, Israel, Dinamarca e Cingapura. Colaboradores engajados atingem uma performance melhor que os desengajados em 25%.

Se uma empresa entra para lista da Fortune das 100 melhores empresas para se trabalhar, é provável que ocorra um aumento de 1.6% de retorno sobre ativos (ROA). Em termos do Google, isso é mais que 14 bilhões de dólares!

E não é só sobre dinheiro entrando, é sobre parar com a saída dele. Substituir uma pessoa, custa entre 125 e 400% de salário anual. Engajamento alto causado por uma boa estratégia de endomarketing permite manter pessoas talentosas na empresa.

É possível reduzir custos gastos com recrutamento, treinamento, produtividade perdida e rotatividade. Realizar ações que incentivam cada colaborador de acordo com seu Perfil Comportamental faz com que eles se sintam valorizados e reconhecidos por seu esforço.

O endomarketing pode ser traduzido como atividades que envolvem incentivos (prêmios) ou até mesmo atividades que valorizam os funcionários. Um exemplo disso é o programa da Fiat. Os funcionários da empresa são sempre os primeiros a realizar testes de novos modelos. Não custa nada à empresa, mas faz toda a diferença!

Muitos gestores não sabem, mas 64% dos colaboradores visitam sites não relacionados ao trabalho todos os dias. 21% desperdiçam 5 horas por semana fazendo isso! Socializar no Facebook ocupa 41% desse tempo, 37% no LinkedIn e 25% comprando online na Amazon. Mas porquê?

A razão número um é que eles não se sentem suficientemente desafiados com suas tarefas, segundamente, a empresa não dá incentivos para trabalhar mais e melhor, e terceiramente, estão insatisfeitos com sua carreira.

Isso é só mais uma prova que colaboradores que se sentem parte de um grupo, são motivados pelos líderes e pelos colegas de trabalho, só tendem a continuar nas organizações. 69% dos profissionais afirmam que se dedicariam mais se fossem mais reconhecidos por suas conquistas.

São nessas horas que podemos reconhecer o valor atribuído às soft skills, ou habilidades comportamentais, que determinarão o comprometimento e a vontade de cada um de se tornar um profissional melhor, de acordo com os incentivos recebidos do meio externo.

Resumidamente, o endomarketing:

  • Aumenta a fidelidade dos funcionários e como consequência, reduz a rotatividade de trabalhadores;
  • Otimiza a motivação interna, pois oferece um sentido ao ambiente de trabalho;
  • Melhora o clima organizacional ao incentivar o trabalho em equipe;
  • Melhora a qualidade de vida no trabalho;
  • Aumenta a produtividade e engajamento dos colaboradores.

Já conhece a importância de ter um bom endomarketing, não é mesmo? Vamos aprender a implantá-lo agora mesmo então?

Como adotar um bom endomarketing

1. Conheça seus funcionários

Primeiro, é importante conhecer os funcionários da sua empresa. Tente entender suas necessidades, desejos e objetivos. Converse com eles e preste bastante atenção. Uma ferramenta que ajuda neste processo é a descoberta do perfil comportamental de cada um. Dessa forma, você poderá criar uma nova atividade criativa que oferecerá resultados reais para sua organização e para o clima organizacional.

2. Definir os principais objetivos

Como tudo na vida, a estratégia de endomarketing deve ser desenvolvida com um objetivo claro em mente. Desta forma, será mais fácil canalizar a criatividade e alcançar seus objetivos. Entre os principais objetivos que podemos destacar estão:

  • Estabelecer a lealdade do empregado;
  • Motivar os funcionários a obter melhores resultados, tornando-os conscientes da determinação necessária;
  • Melhorar o processo de comunicação interna, aumentando a sinergia da equipe.

3. Planeje o que você vai fazer

O terceiro passo é o momento em que você estrutura o plano que guiará toda a sua estratégia. Para fazer isso, você precisa responder três perguntas principais: o que será feito? por que isso será feito? e como isso será feito? Dê uma olhada em algumas ferramentas que você pode usar:

  • Oferecer incentivos (bônus, comissões, viagens, etc.)
  • Realizar de campanhas para conscientização;
  • Implementar novos canais de comunicação (intranet, TV corporativa, software especializado, etc.).

4. Siga e meça os resultados

Por fim, é importante seguir os resultados obtidos. É por isso que você precisa estabelecer alguns indicadores-chave de desempenho. Esses indicadores funcionam como um termômetro, medindo os resultados de uma atividade. Aqui estão alguns indicadores principais:

  • Nível de satisfação do funcionário;
  • Taxa de absenteísmo;
  • Nível de produtividade;
  • Quantidade de resíduos materiais;
  • Retorno sobre o investimento (ROI).

Ao aplicar essas dicas, você poderá projetar sua estratégia de marketing interna e obter ótimos resultados, mantendo seus funcionários felizes e motivados.

Conseguiu entender a importância do endomarketing? Comece a utilizá-lo na sua empresa e acompanhe os resultados! Ah, e não se esqueça, aprenda mais sobre Gestão de Pessoas lendo os artigos abaixo!


Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of