Hiperautomação de processos no RH e DP: conheça os benefícios

o que aprendemos sobre inteligência artificial
SAIBA MAIS

Aqui você encontra:

A hiperautomação é um conceito capaz de atender a necessidade das empresas de mudar e se adaptar às inovações com rapidez e segurança. Hoje, organizações que não se enquadram à velocidade das transformações, principalmente as tecnológicas, correm sérios riscos de sobreviver no mercado.

Neste post, mostraremos o que é a hiperautomação e quais seus benefícios para os setores de Recursos Humanos e Departamento Pessoal. Continue a leitura e entenda como os processos podem ser mais ágeis e adequados para os resultados do negócio. 

O que é hiperautomação?

Trata-se da união dos processos automatizados e das novas tecnologias, como a Inteligência Artificial (IA), a Machine Learning e a Automação Robótica de Processos (RPA). Nesse contexto, utiliza uma inovação que já está entre nós, a comunicação de redes 5G em alta velocidade. 

Mas a hiperautomação usa ferramentas que, isoladas, são incapazes de substituir capacidades humanas relacionadas ao aprendizado e à tomada de decisão. Assim, a “superautomação” combina e integra as novas tecnologias para suprir habilidades humanas. Isso quer dizer que as máquinas conseguirão assumir sozinhas aquelas questões mais complexas que hoje são tratadas pelo homem. 

Desse modo, podemos dizer que a hiperautomação está em outro patamar, se comparada ao fenômeno da automação, já utilizado por muitas organizações. A hiper faz muito mais, automatizando processos que são recorrentes, manuais ou repetitivos, por exemplo, os fluxos de marketing e as cadeias produtivas. 

Ainda, é importante destacar que a hiperautomação é uma tendência que integra diferentes tecnologias com o propósito de realizar tarefas automatizadas com mais segurança e inteligência. Para isso, utiliza um conjunto de ferramentas ou dispositivos digitais. 

Nas áreas de Recursos Humanos e do Departamento Pessoal, a hiperautomação está ganhando espaço. Na gestão de pessoas, a tendência garante performance, sem perder a humanização dos processos. Desse modo, o RH consegue economizar tempo, reduzir riscos, mensurar resultados e ter embasamento para decisões mais acertadas. 

O mesmo acontece nas rotinas administrativas do DP, onde a hiperautomação promove agilidade e controle de documentação, gera folha de pagamento, controle de ausências, horas extras e outros registros. 

Quais são as principais tecnologias da hiperautomação?

Muitas das tecnologias presentes na hiperautomação já são aproveitadas nas empresas. No entanto, a aplicação completa da tendência somente acontece quando há uma combinação de fatores e não apenas aplicações isoladas em determinados processos. As principais tecnologias utilizadas são:

  • AI (Inteligência Artificial): garante autonomia para as máquinas, permitindo que elas realizem diversas atividades sem supervisão direta;
  • Machine Learning: é um dos recursos que a Inteligência Artificial utiliza para coletar  dados e analisar processos, por exemplo, no Recrutamento e Seleção;
  • APIs: criam interfaces que possibilitam a comunicação entre plataformas;
  • Chatbots: são os assistentes virtuais para conversação com clientes e consumidores ou para entrevistas com candidatos durante o recrutamento e seleção;
  • DigitalOps: ferramenta para estruturar processos de negócios capazes de simplificar, medir e gerenciar atividades;
  • RPA: é a automação robótica de tarefas. A tecnologia usa robôs (bots) para executar tarefas repetitivas realizadas por pessoas. 

Quais são os benefícios da hiperautomação para RH e DP?

O RH e o DP são setores que se beneficiam muito ao adotar novas inteligências e processos automatizados. As vantagens atendem, principalmente, os processos mais complexos, além da coleta e interpretação de dados. 

Hiperautomação no RH

Vamos dar como exemplo duas atividades recorrentes no RH: as admissões e as demissões. Ambas dependem da coleta de informações, como dados pessoais do profissional, além de documentos para a formalização ou rescisão do contrato de trabalho.

Essas atividades demandam tempo que poderia ser investido em outras ações estratégicas para o aperfeiçoamento da cultura organizacional, por exemplo. É nesse contexto que a hiperautomação pode contribuir, digitalizando processos manuais para beneficiar o setor. O uso da tecnologia ainda reduz erros ao eliminar planilhas e registros manuais. 

Por fim, a digitalização de dados possibilita a mensuração de resultados e a análise de todos os procedimentos realizados na empresa, sugerindo a necessidade de mudanças ou correções. 

Hiperautomação no DP 

As rotinas administrativas do Departamento Pessoal também podem ter benefícios com a hiperautomação. Isso porque, é esse setor que cuida das questões legais e burocráticas dos recursos humanos. Sendo assim, a atenção deve ser redobrada para não causar prejuízos aos colaboradores ou submeter a empresa a processos trabalhistas. 

Nesse sentido, o uso intenso de tecnologia e de sistemas avançados implica em menor mão de obra. Assim, o DP consegue executar tarefas com equipes mais enxutas e focadas. Como resultado, o setor ganha agilidade e reduz custos. 

Outro benefício de automatizar processos do DP é facilitar a coleta de dados, a análise de resultados e a criação de metas. Com isso, a área aumenta seu rendimento e os colaboradores saem ganhando. 

Hiperautomação e soluções de RH e DP

Imagine ter todas as vantagens da tecnologia no RH e no DP das empresas, tornando a gestão de pessoas muito mais estratégica e produtiva, apenas com a hiperautomação de processos? Isso é possível utilizando ferramentas e soluções desenvolvidas para esse fim. 

Como exemplo, podemos citar o Sólides Gestão e o Tangerino. O primeiro é um software que reúne tudo o que o RH precisa em um só lugar, enquanto o segundo oferece total controle de ponto digital para o DP economizar tempo e dinheiro. 

Trata-se de ferramentas capazes de otimizar o trabalho desses setores, realizando atividades corriqueiras com o máximo de automação e tecnologia. Juntos, Sólides Gestão e Tangerino dispõem de funcionalidades como biometria facial, inteligência de dados, People Analytics e data driven

Todos esses recursos estão diretamente relacionados à hiperautomação, cuja premissa aposta na integração de ferramentas altamente tecnológicas para substituir habilidades humanas, trazendo impactos positivos para as empresas. 

Como vimos, para ter processos mais eficientes no RH e no DP da empresa, é indicado pensar em tecnologia de ponta. Para tanto, comece baixando o e-book gratuito com métodos e ferramentas para tornar a gestão de pessoas muito mais estratégica. 

Compartilhe:

Você também vai gostar!

Rolar para cima