Gestão de pessoas na era digital: 5 dicas para você contratar os melhores talentos

Tempo de leitura: 4 minutos

Certamente você já ouviu falar (e percebeu na prática) que o mundo está mudando diante de tanta tecnologia. A chamada era digital chegou transformando as necessidades humanas, as relações e, claro, a nossa forma de trabalhar. É essencial que o RH se adapte e acompanhe essas mudanças, para conseguir gerar valor para as pessoas e organizações.

Uma das formas de se manter atualizado é trazer a tecnologia para o setor, mas também é importante repensar os processos internos. Dentre eles, sabemos que a seleção é uma das práticas mais comuns e que tem grande influência em toda a jornada do colaborador dentro da empresa, certo?

Então, para você começar com o pé direito a gestão de pessoas na era digital, daremos 5 dicas sobre como contratar os melhores talentos nesse novo cenário.

1 – Entenda as novas formas de trabalho

Antes de propor, incentivar e implantar novas formas de gestão de pessoas na era digital é essencial saber em que aspectos as mudanças têm impactado na nossa maneira de trabalhar. É igualmente importante entender as perspectivas sobre o futuro do trabalho. Portanto, esteja antenado sobre esse tema, conheça as novas tecnologias e busque conteúdos a respeito.

Por aqui, já adiantamos algumas novidades no jeito de se trabalhar: as atividades poderão ser cada vez mais remotas, com cada colaborador em um local; a prática de home-office crescerá; teremos mais coletividade e menos verticalização; o trabalho multidisciplinar será cada vez mais necessário; e as pessoas trabalharão mais por projetos do que em cargos específicos.

Essas são grandes mudanças que terão força cada vez maior no mundo do trabalho e que requerem um jeito específico de se fazer gestão de pessoas na era digital.

2 – Conheça seu público-alvo

Agora que você já tem um panorama do cenário dessa nova era e sabe da necessidade de estudar essas transformações, podemos falar especificamente da captação de talentos. A primeira dica é conhecer o seu público-alvo, que também mudou.

A geração predominante no mercado de trabalho nos próximos anos será a Geração Y, também conhecida como Millennials. Candidatos e colaboradores dessa geração são mais imediatistas, se preocupam com seu desenvolvimento pessoal e têm um estilo de vida bastante informatizado e conectado.

Neste artigo falamos mais dessa geração, suas características e o que fazer para atraí-la para a sua organização.

banner divulgação ebook millennials, contém texto, botão e imagem com pessoas sorrindo e com notebook

3 – Use o employer branding

Ao iniciar um processo de recrutamento e seleção, precisamos atrair o interesse de uma geração conectada e curiosa para as vagas abertas. O employer branding se torna, então, prática imprescindível dentro de uma gestão de pessoas na era digital. Esse termo diz respeito às práticas de divulgar a organização enquanto marca empregadora.

Utilize as redes sociais para mostrar o cotidiano de trabalho na sua organização, compartilhar a percepção dos colaboradores sobre como é trabalhar ali e divulgar sua cultura. Com o employer branding, que deve ser feito em parceria com o setor de marketing, você fornece informações pelos canais que seu público-alvo mais acessa e atrai quem se identifica com sua empresa.


4 – Considere as competências certas

O mais importante de se praticar a primeira dica, que é entender o cenário do trabalho nessa nova era, é saber selecionar as pessoas que possuem as competências adequadas para praticar os novos formatos de trabalho. Você vai perceber que as soft skills, ou seja, aquelas competências mais ligadas à inteligência emocional, autoconhecimento e relacionamento, terão um grande peso.

Não faz mais sentido focar apenas nas hard skills, as quais dizem respeito às habilidades técnicas. É mais fácil desenvolver esse tipo de habilidade em alguém que se adapta bem a mudanças, tem um bom diálogo e busca se desenvolver pessoalmente do que o contrário. Procure, portanto, saber sobre as chamadas habilidades do futuro e identifique quais são as soft skills que fazem sentido na realidade da sua organização.

5 – Tenha um processo seletivo adequado à era digital

Por fim, a dica é que para atrair os talentos certos é necessário um processo seletivo encaixado nas tendências. As etapas de seleção são o primeiro contato de um candidato com a sua organização, então é importante impressionar pela organização, velocidade e modernidade.

Para isso, é recomendado contar com um sistema que te auxilie nas etapas operacionais, trazer ferramentas que tragam uma predição assertiva do comportamento e inovar nas etapas… Assim, você conta com mais um fator de atração e se garante ainda mais na gestão de pessoas na era digital.

Quer saber mais sobre contratação de talentos na era digital? Então assista o nosso webinar, é só clicar aqui!

Agora que você sabe como colocar a gestão de pessoas na era digital em prática, acesse este artigo. nele falamos sobre como recrutar pessoas, análise automatizada de currículos e mapeamento comportamental. Não deixe de conferir!

2
Deixe um comentário

avatar
2 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
0 Comment authors
Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
trackback

[…] resultados. Juntamente com o planejamento e a execução, essa etapa é um dos pilares de uma boa gestão. Os relatórios de mensuração são documentos valiosos para se ter em mãos no momento de tomar […]

trackback

[…] gestão de pessoas vive uma nova era: o RH 4.0. As premissas desse momento vão muito além do uso de ferramentas […]