Gestão de desempenho: 6 passos para o seu RH colocar em prática

Tempo de leitura: 5 minutos

A gestão de desempenho é um processo de avaliação, identificação e mensuração do desenvolvimento e performance dos times e dos colaboradores. Diferente da avaliação de desempenho, esse tipo de gestão tem como objetivo uma atuação mais ampla e estratégica em relação a performance e produtividade dos colaboradores. Por isso, deve ser colocado em prática não só em um período específico, mas pensando no desempenho da empresa como um todo.

Hoje vamos te mostrar um passo a passo para desenvolver e colocar em prática essa gestão nas suas equipes. Não perca tempo e continue a leitura do artigo!

1- Fique alinhado com as estratégias da empresa

O primeiro passo para conseguir desenvolver a gestão de desempenho na sua empresa é estar alinhado com o que a organização busca e saber quais são as metas e estratégias definidas para os próximos anos. Isso é importante para conseguir direcionar os colaboradores de forma correta em suas atividades, fazendo com que eles ajudem a empresa a chegar onde deseja.

Para isso, é importante fazer reuniões constantes com a diretoria e com as gerências para que todos estejam sempre alinhados. Além disso, é fundamental estar envolvido na definição do planejamento estratégico da empresa.

2- Aplique avaliações de desempenho

Como explicamos no começo do artigo, a avaliação e a gestão de desempenho são coisas diferentes. A gestão cuida e olha a performance dos colaboradores de um âmbito mais geral e a avaliação é mais pontual.

Esse tipo de avaliação faz parte da gestão de desempenho, e aplicá-la é muito importante para entender como está o nível de performance de cada colaborador, como estão as metas de cada um e, assim, pensar no que pode ser feito para melhorar a produtividade individual e dos times.

3- Desenvolva pesquisas de clima organizacional

Outro ponto fundamental para você construir uma gestão de desempenho realmente eficiente é entender qual o grau de satisfação e engajamento dos colaboradores em suas atividades e com o ambiente de trabalho de forma geral. Para isso, é necessário aplicar pesquisas de clima.

Isso tudo pode afetar na produtividade do profissional. Por isso, é importante entender esses aspectos para tentar mudar o que for necessário e possível, manter os pontos positivos e, assim, atuar para melhorar a performance dos times.

4- Dê feedbacks

Dar feedbacks é muito importante para que cada colaboradores consiga entender como está o seu desempenho e o seu nível de produtividade. Isso vai ajudá-lo em seu desenvolvimento profissional e, consequentemente, a alcançar um melhor desempenho.

Depois de aplicar avaliações de desempenho e pesquisas de clima, é fundamental que você também dê um retorno para os gestores de cada time. É a partir disso que eles conseguem pensar em mudanças e ações para melhorar a performance da equipe e de cada colaborador.

5- Desenvolva a Gestão Comportamental

Cada colaborador tem competências e tendências de comportamento diferentes. Por isso, você não pode aplicar os mesmos treinamentos, ações e estratégias de gestão para todos e esperar os mesmos resultados.

É aí que entra a importância da Gestão Comportamental! Conhecendo o perfil comportamental de cada colaborador, você consegue desenvolver uma gestão de pessoas mais direcionada e eficiente. Isso irá ajudar na motivação, engajamento e performance no trabalho.

6- Conte com a ajuda da tecnologia

Usando um bom software de RH e Gestão Comportamental, você e sua equipe conseguirão colocar a gestão de desempenho em prática de forma mais fácil. Isso porque a ferramenta permite que você aplique pesquisas e avaliações de desempenho, e os resultados gerados ficarão na própria plataforma, sendo mais fácil analisar os dados e pensar em ações de uma forma ampla.

Além disso, é possível mapear o perfil comportamental dos colaboradores, o que te possibilitará entender cada time e o que fazer para melhorar a performance de cada colaborador. Isso tudo em uma única ferramenta que mantém os dados integrados, organizando e estruturando melhor o RH e fazendo com que o setor consiga atuar de forma mais estratégica e assertiva.

Benefícios da Gestão de Desempenho

Separamos apenas alguns dos benefícios da Gestão de Desempenho para a sua empresa. Confira:

  • clima organizacional: colaboradores que se desenvolvem bem tendem a se sentir mais satisfeitos com o trabalho, isso gera um bom ambiente de trabalho e profissionais mais engajados com a marca e propósito da empresa;
  • processos internos: uma boa gestão de desempenho incentiva inovações, busca por melhoria dos serviços e metodologias, fazendo com que os processos da empresa como um todo melhorem e alcancem um nível mais alto;
  • retenção de talentos: com os colaboradores satisfeitos e sentindo que são valorizados dentro da empresa pois ela oferece treinamentos, capacitações e oportunidade de desenvolvimento eles tendem a ficar na organização, diminuindo a taxa de turnover e melhorando os resultados do RH.
  • satisfação dos clientes: uma empresa que tem colaboradores produtivos e que geram bons resultados, com certeza terá clientes cada vez mais satisfeitos com as entregas.

Agora que você já sabe da importância de uma boa gestão de desempenho para melhorar os resultados do RH, que tal ler mais sobre tecnologia para o setor? Separamos um artigo que fala sobre a relevância de ter um sistema integrado e baseado em dados no RH. É só clicar aqui!

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of