Gestão Data Driven: como os dados podem revolucionar o seu RH

Tempo de leitura: 4 minutos

Por muito tempo, o departamento de RH foi movido por uma mistura de conhecimento e instinto em todos os processos de recrutamento, demissão, benefício ou promoção. Dessa forma, as decisões desse departamento não contavam com uma base muito concreta e, às vezes, acabavam perdendo um pouco a objetividade.  

A mudança nesse cenário veio a partir do momento em que a produção de dados se tornou uma consequência de toda a modernização e tecnologia que passamos a empregar em nossas vidas.

Esses dados estão em tudo. Seja no nosso consumo pessoal de internet, nas avaliações internas de uma empresa, no número de pessoas que entram e saem de um trabalho, enfim, praticamente tudo pode ser transformado em dado e empregado de maneira específica.

A gestão data driven se trata exatamente do uso de dados para o planejamento de estratégias empresariais. Essa tática pode ser aplicada em praticamente todos os setores de uma organização.

Nesse post, vamos focar no departamento de RH e te mostrar como os dados podem revolucionar a sua realidade!

Possibilidade de previsão

O alinhamento do RH com a estratégia geral de uma organização requer mais do que reuniões e compartilhamento de ideias. Esse alinhamento, quando bem sucedido, possibilita que o departamento de RH não só tenha conhecimento sobre os objetivos de uma organização, como também contribua ativamente para o alcance desses objetivos.

Você provavelmente está se perguntando onde que a gestão data driven estra nessa história e como ela pode prever possíveis impactos no seu negócio.

A resposta é simples. Um departamento de RH digital e modernizado é capaz de gerar dados sobre o comportamento dos colaboradores dentro da empresa. Esses dados, quando organizados e bem interpretados, podem criar respostas para algumas perguntas futuras e contribuir para a previsão de alguns números que já vem sendo calculados.

Através desses dados também é possível prever o impacto em números de uma nova estratégia que será aplicada, como uma nova maneira de se recrutar, por exemplo. Dessa forma, o RH acaba contribuindo em diversos aspectos para os objetivos a longo prazo de um negócio.

Aumento da produtividade

A tarefa básica principal de um departamento de RH é garantir a produtividade dos colabores internos. Essa produtividade é adquirida através de muita pesquisa realizada por esse departamento a fim de criar uma rotina de trabalho que seja eficiente e agradável para o colaborador.

No entanto, apesar de parecer simples, identificar os recursos que podem contribuir para o aumento da produtividade dos colaboradores nem sempre é uma tarefa fácil. Muitos profissionais de RH perdem tempo, energia e capital tentando empregar novos procedimentos que podem não funcionar para aquele determinado contexto.

Nesse sentido, o emprego da gestão data driven ajuda o departamento de RH a se tornar mais objetivo na escolha dos métodos a serem utilizados. Isso porque, uma análise prévia dos dados gerados oferece uma ideia do que se adapta mais ou menos aos colaboradores de um determinado negócio. Dessa forma o departamento já possui uma linha de ação traçada e não perde muito tempo antes de alcançar seus objetivos.

Garantia de qualidade no recrutamento e seleção

Sabemos que o recrutamento e seleção tem um impacto enorme na receita e nos lucros de um negócio. Empresas com um alto índice de rotatividade gastam uma quantidade de capital muito grande com esses processos e é exatamente por isso que o controle da rotatividade é um dos principais pilares para o sucesso.

Através da gestão data driven o departamento de RH tem muito mais controle sobre a aquisição de talentos. Isso significa que através dos dados esses profissionais conseguem visualizar de qual fonte vieram os seus melhores funcionários, qual foi a melhor maneira de se realizar esse recrutamento… Enfim, basicamente os dados conseguem mostrar ao departamento o que vem dando certo ou não.

Dessa forma, os profissionais de recursos humanos visualizam onde as mudanças devem ser empregadas, quando necessárias, e quais métodos devem receber maior investimento.

Gostou do nosso post e quer reduzir ao máximo seus gastos? Baixe o nosso ebook Como reduzir custos com erros de contratação e conta pra gente o que você achou!

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of