O futuro do trabalho: tendências e como se preparar

Tempo de leitura: 10 minutos

O futuro do trabalho promete ser ainda mais dinâmico e desafiador. O tempo presente mostra que as organizações atravessam um momento ímpar para a qualificação de processos e de pessoas. 

Fazendo uma retrospectiva, surgem dúvidas sobre o que podemos esperar do futuro do trabalho.  

Este conteúdo se propõe a sinalizar características que devem fazer parte das empresas daqui em diante. Continue a leitura e descubra que muito do que vem pela frente já pode estar no seu cotidiano.

O que esperar do futuro do trabalho?

Quando pensamos no futuro, imaginamos um período cronologicamente distante. No entanto, no mundo do trabalho, o futuro já começou. Aquele cenário sugerido em filmes, em que robôs substituem pessoas, já se materializou. 

https://drive.google.com/file/d/1N-Hh7HWo8yWcyp0VtLm5Yk1qenYYebi-/view?usp=sharing

As máquinas substituíram a mão de obra humana. A diferença é que os postos de trabalho continuam existindo, mas pessoas e processos tiveram que se adaptar. 

Ainda, a automatização aconteceu, mas de outra forma. No mundo do trabalho não é diferente. E o que até ontem parecia assustador, no presente, tem se mostrado eficiente e benéfico. 

O que os CEOs falam sobre o futuro do trabalho?

Para falar sobre o futuro do trabalho, trouxemos quem entende e vive o universo de Tecnologia e Pessoas, Mônica Hauck, Founder e CEO da Sólides. A empresa é a maior HR Tech do Brasil, que oferece uma plataforma completa de RH com people analytics e gestão comportamental, voltada para as PMEs brasileiras. 

Para Mônica, as empresas com estruturas muito rígidas devem rever seu ecossistema de imediato. Ela acredita que, em 2022, o foco precisa estar no negócio, que, por sua vez, deve contar com uma nova arquitetura organizacional. 

“As empresas atuam em um novo ecossistema, onde precisaram se adaptar aos novos formatos de trabalho. Afinal, hoje, as pessoas já se relacionam em um modelo muito mais flexível, híbrido, dinâmico e inovador e as empresas precisam acompanhar essa evolução”. 

A CEO também traz a perspectiva da importância do alinhamento entre cultura organizacional, estratégia de negócio e tecnologia. 

“Esperamos uma cultura viva e alinhada à estratégia das organizações. E vemos a automação como uma ponte para termos processos mais ágeis e inteligentes. Além, é claro, da análise de dados para nortear a tomada de decisão sobre os recursos humanos”, afirma. 

Características do mercado de trabalho do futuro

Uma coisa não muda. Empresas são formadas por pessoas. Assim, os recursos humanos continuam indispensáveis ao mercado. No entanto, o futuro nas empresas guarda algumas particularidades que veremos a seguir.

Maior concorrência profissional

Os processos seletivos devem deixar de considerar gênero, idade ou localização geográfica do profissional. Isso não será relevante. A escolha será pelo candidato mais atrativo para a vaga disponível. Logo, ter fit cultural será uma exigência. 

Rotatividade de profissionais

Ainda que altos índices de turnover sejam preocupantes, no futuro, o mercado de trabalho vai entender a troca de emprego como uma necessidade. Abandonar uma vaga estável em busca de novas oportunidades será normal. Isso porque, há uma tendência dos profissionais preferirem trabalhar em projetos específicos.  

Baixe Ebook grátis:

Tendências e Estratégias para um RH Extraordinário em 2022!

Escritórios e horários flexíveis

O trabalho remoto não é novidade e essa modalidade deve continuar no futuro. Funções específicas deixarão de ser presenciais e devem ocorrer em espaços virtuais, principalmente aquelas ligadas à criatividade. 

As empresas comprovaram que abandonar os escritórios tradicionais é mais vantajoso economicamente, pois não há necessidade de manter as estruturas físicas para acomodar pessoas. 

Ainda, flexibilizar horários será uma prática defendida pelos gestores. A tendência é conciliar vida comum com atividades profissionais. Nesse sentido, o bem-estar do colaborador vai receber mais atenção das autoridades fiscalizadoras. 

Novas profissões

No futuro, o mercado de trabalho terá profissionais exercendo profissões que, neste momento, ainda nem existem. A evolução tecnológica e científica vai fomentar novos trabalhos. Inclusive, a estimativa é que as crianças do presente trabalharão em profissões que ainda vão surgir até 2030

Valorização da mentoria

Para a geração millennials, por exemplo, crescer profissionalmente no menor tempo possível é prioridade. Portanto, não serão raros os trabalhadores que vão pedir demissão caso encontrem oportunidades melhores para evoluir na carreira. 

Assim, as empresas deverão implementar iniciativas de apoio e orientação aos colaboradores, voltadas ao aprendizado e desenvolvimento da carreira. 

Nesse cenário, a mentoria será bastante procurada, principalmente por profissionais que pretendem manter vínculo empregatício por mais de 5 anos. Estes terão mais chances de desejar um mentor para suas carreiras. 

Mentor e mentorado desfrutam de uma relação que não é novidade nas empresas, mas tornou-se mais recorrente nos últimos anos.

Há crescente interesse por ambientes colaborativos e propícios ao compartilhamento de informações. Portanto, a mentoria deve continuar no mercado de trabalho do futuro. 

Capacitação corporativa em EAD

Na esteira das mentorias, a capacitação corporativa na modalidade EAD também é uma tendência. Aliás, para muitas empresas, esta já é uma realidade. 

A necessidade de profissionais mais qualificados e alinhados com a cultura, às novas tecnologias e às tendências de mercado, justifica esse cenário. 

Os modelos de educação online favorecem a aprendizagem, orientando os colaboradores para competências técnicas e teóricas, a partir de qualquer lugar, inclusive, de suas casas. 

A flexibilidade de horários também é um diferencial atraente. Dependendo do cronograma, o aluno pode realizar mais de um curso simultaneamente.

banner para conhecer a sólides academy-futuro do trabalho

Capacidade de autogestão

Mesmo com a automação, são os recursos humanos que tomam decisões, interpretam dados e gerenciam processos. Nesse sentido, a autogestão será um grande diferencial nas empresas

Com mais autonomia para cumprir suas demandas, o desempenho dos colaboradores será menos rígido. Além disso, estruturas baseadas na hierarquia devem desaparecer, dando espaço para a gestão colaborativa. 

Os feedbacks serão mais dinâmicos, acontecerão naturalmente e em tempo real. E até mesmo, via aplicativos corporativos de uso do colaborador. Os profissionais poderão controlar seus desempenhos com liberdade, sem perder a responsabilidade. 

Vale ressaltar que esta tendência também já é realidade para muitas empresas. E engana-se quem acredita que é uma exclusividade das grandes empresas. Um exemplo é o aplicativo para o RH e o colaborador App Sólides. Clique e leia em seguida para conhecer melhor.

Como se preparar para o trabalho do futuro?

Conhecer tendências permite preparação, principalmente sobre o que o mercado espera dos profissionais. Sendo assim, confira o que o colaborador do futuro deve ter. 

Inteligência emocional

A empatia deixará de ser apenas uma hashtag nas redes sociais. O mercado de trabalho já exige das equipes a capacidade de se colocar no lugar do outro. Essa é uma característica de profissionais com inteligência emocional

A gestão de pessoas consegue desenvolver essa habilidade incentivando atitudes. Dentre elas, evitar pensamentos negativos, controlar conflitos e situações de agressividade, incentivar que os colaboradores façam julgamentos e pré-conceitos. 

Pensamento analítico e inovador

Além do pensamento crítico, bastante desenvolvido nas organizações, pensar de forma analítica e inovadora será um diferencial. Os gestores esperam que os profissionais usem o raciocínio baseado em dados.

Dominar ferramentas que forneçam esse tipo de análise será mais que necessário

Colaboração virtual

Produtividade e engajamento são conceitos que atuam lado a lado. E eles não poderão ser esquecidos. O futuro do trabalho na era digital vai exigir esses mesmos valores, independente da plataforma utilizada. Estar familiarizado com ferramentas tecnológicas é indispensável. 

Familiarizar-se com a automatização de processos

No cinema e nos quadrinhos, as máquinas substituirão as pessoas. No entanto, a realidade mostra que a tecnologia é uma aliada das pessoas e das empresas. 

Nesse sentido, surgiram ferramentas que auxiliam nas demandas, com agilidade e assertividade. Conforme estimativa das empresas, 60% das ocupações poderiam automatizar 30% ou mais de suas atividades

Fortalecimento da cultura organizacional

A cultura empresarial deve acompanhar a evolução do trabalho no futuro. Ela atua como uma diretriz para nortear atitudes e se destaca como um diferencial competitivo. 

A cultura é o conjunto de hábitos, crenças, valores e comportamentos compartilhados entre a empresa e seus colaboradores. A tendência é o fortalecimento da cultura organizacional, pois ela será decisiva para reter talentos e motivar pessoas por um propósito. 

banner para baixar ebook sobre Cultura organizacional: o que é, sua importância e como fortalecer na empresa-futuro do trabalho

O papel da tecnologia no futuro do trabalho

A mesma revolução tecnológica que inicialmente causou temor, tornou-se um evento positivo no mundo do trabalho. De “vilã”, a automatização virou parceira das empresas, em diferentes setores. 

A realidade no mercado de trabalho hoje é positiva, pois o uso da tecnologia apresentou benefícios para o negócio e para as pessoas. Aumento de produtividade, redução de custos, melhoria na qualidade dos produtos e serviços são apenas alguns. 

Desse modo, o RH 4.0 proporciona a otimização de processos, agilidade, levantamento e análise de dados que subsidiam a gestão e acompanham a evolução das empresas. 

RH do futuro

Algumas profissões ainda nem existem, mas as organizações já identificam sua presença

Nesse sentido, as empresas precisam acelerar o processo de desenvolvimento, formação e preparação das pessoas que, no futuro breve, farão parte do quadro. Esse é o desafio de gestores e RH.

Por sorte, as empresas entenderam que é mais viável unificar dados, atividades e processos em uma única plataforma, do que usar sistemas individuais para cada tarefa, senhas diferentes e dados armazenados em vários locais. 

Outros fatores corroboram com a vantagem de usar um software de gestão único. São questões relacionadas à LGPD e à segurança da informação. 

Afinal, com tudo em uma única plataforma, não há compartilhamento de dados de um sistema para outro, resguardando informações importantes das pessoas e das empresas.

É nesse contexto que a Sólides se apresenta como uma plataforma completa e eficiente para a gestão de pessoas

Um software que atende todas as atividades do RH, otimizando e trazendo mais agilidade à atração de talentos, gestão administrativa, desenvolvimento, engajamento e retenção de colaboradores.

A Sólides ajuda as empresas brasileiras a serem mais ágeis, estratégicas e eficientes, trazendo impactos positivos para a organização como um todo, inclusive, na redução de custos.

Conclusão

Aqui, aprendemos que as mudanças estabelecidas até agora favorecem — e muito — o RH e as empresas. Sendo assim, o futuro do trabalho está nas pessoas e na maneira como utilizamos a tecnologia a seu favor, potencializando o capital humano. 

Aproveite o momento para refletir sobre até que ponto a sua empresa está preparada para o amanhã. 

Que tal começar com um guia completo para processos mais eficientes no RH e no DP? Baixe nosso Guia gratuito e prepare-se para o futuro que já começou! 

banner para baixar ebook sobre Automação no RH e DP: Guia completo para processos mais eficientes-futuro do trabalho
0 0 votes
Article Rating


Subscribe
Notify of
guest
2 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Maria Gabi

Achei muito legal esse artigo! Parabéns pessoal! Inspirador

Eduarda de Assis Sólides

Olá, Maria Gabi!
Obrigada pela mensagem! Esse feedback é muito importante para nós.
Separei aqui mais um artigo sobre o tema Engajamento e Retenção para você potencializar o seu aprendizado.
https://blog.solides.com.br/engajamento-e-retencao/
Ah, e não deixe de se inscrever na RH News (caixinha de inscrição no final do artigo). Assim você recebe novos materiais e artigos em primeira mão e fica por dentro de tudo sobre o universo de RH.
Abraços!