Como ajudar o seu funcionário a produzir mais e melhor?

SAIBA MAIS

Aqui você encontra:

Medir o grau de produtividade da empresa é uma das principais tarefas do empreendedor. Esse é um indicador importante para entender o quão otimizada estão as tarefas e o que precisa ser feito para o funcionário produzir mais

Mas você entende a real importância dessa métrica? Neste conteúdo, explicamos o que é a produtividade e listamos 8 dicas poderosas para garantir mais eficiência e desempenho dos times. Descubra tudo sobre o assunto na leitura. 

O que é produtividade?

O conceito de produtividade se refere, basicamente, à capacidade de produzir mais utilizando a menor quantidade possível de recursos. Dessa forma, o profissional produtivo é aquele que consegue otimizar sua rotina de trabalho para gerar mais resultados com menos esforço. 

A produtividade também está relacionada ao cumprimento das tarefas e ao alinhamento do indivíduo com as políticas e a cultura organizacional. Assim, podemos dizer que o colaborador mais produtivo é aquele que consegue alinhar todas as exigências do negócio em um menor tempo e com resultados realmente eficientes. 

Qual a taxa de produtividade no Brasil?

É importante entender que a produtividade média do brasileiro é baixa, quando comparada com o resto do mundo. Esse é um cenário que vem se repetindo ao longo dos anos e que deve ser levado a sério pelos empresários. Entender esse contexto é fundamental para traçar estratégias eficientes que foquem em fazer o funcionário produzir mais. 

Segundo um levantamento divulgado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), a produtividade por horas trabalhadas no Brasil fechou 2022 em queda: com uma redução de 4,5%.  Em 2021, o país já havia vivido um cenário de retração na produtividade de 7,9%. Em 2020, primeiro ano da pandemia, o cenário foi bem diferente: naquela época, houve um aumento de 12,7%.

Baixe grátis!

Como a produtividade impacta uma pequena empresa?

Vamos imaginar um cenário em que a empresa conte apenas com 5 funcionários na linha de produção. Você percebe que, nesse contexto, qualquer colaborador desmotivado, que comece a procrastinar ou faltar excessivamente, por exemplo, vai impactar diretamente na produtividade do negócio como um todo? 

Grandes empresas até podem se "dar ao luxo" de ter colaboradores pouco produtivos, mas no caso das pequenas e médias empresas, esse tipo de atitude tem um reflexo muito negativo nos resultados do negócio. 

O grande diferencial de estratégias implementadas em pequenas empresas, no entanto, é a possibilidade de resultados rápidos. Quando o time é enxuto, qualquer ação pode gerar resultados positivos ou negativos, por isso, um bom planejamento é sempre crucial. 

Uma boa produtividade garante benefícios importantes para as pequenas empresas, entre eles, podemos citar:

  • Redução de tempo e recursos;
  • Custos mais baixos;
  • Mais eficiência produtiva;
  • Aumento da competitividade;
  • Redução de rotatividade de funcionários;
  • Melhora no clima organizacional.

8 dicas para o funcionário produzir mais e melhor

Existem inúmeras estratégias que podem ser implementadas na intenção de fazer o funcionário produzir mais e melhor. A seguir, listamos algumas delas, com exemplos práticos, para auxiliar na gestão das pequenas empresas

1. Defina funções e responsabilidades

Alinhar atividades e expectativas com o colaborador é essencial para que ele saiba o que precisa fazer e o que a empresa espera dele e, assim, consiga fazer um bom trabalho.  

Para ajudar nesse alinhamento, é válido estabelecer cronogramas e checklists de tarefas, de acordo com o cargo e nível hierárquico. Esses cronogramas vão ajudar a otimizar a rotina de trabalho dos funcionários e incentivá-los a conquistar cada vez mais produtividade, entregando suas tarefas dentro dos prazos. 

2. Invista em uma comunicação clara e eficiente

A comunicação também é uma ferramenta essencial para o ganho de produtividade. É fundamental que o empreendedor consiga  estabelecer expectativas claras e fornecer feedbacks regularmente para seus funcionários. 

O engajamento e a produtividade de cada funcionário depende muito da forma como ele recebe informações da empresa e da transparência com que essas informações são passadas. 

Imagine, por exemplo, que surge entre o time o boato de que a empresa vai fechar. Nesses casos, quando a comunicação não é clara e não existe uma urgência em negar os rumores, os funcionários podem acabar desmotivados, o que pode diminuir sua produtividade e aumentar níveis de absenteísmo. 

Essa perda de produtividade também pode acontecer quando não há uma cultura eficiente de feedbacks. Nesse cenário, o colaborador não consegue ter uma noção clara do que está fazendo de certo e do que precisa ser melhorado, o que prejudica sua evolução profissional e seus resultados individuais.

? Leia mais: O que é rádio peão e como afeta a comunicação interna?

3. Garanta que os colaboradores estejam satisfeitos

Outro ponto que influencia diretamente na produtividade é a satisfação no trabalho. Se antes, a meta dos profissionais era encontrar uma organização para permanecer até a aposentadoria, hoje, as prioridades mudaram e os profissionais valorizam muito mais a qualidade de vida que seu emprego possibilita. 

Dessa forma, ações voltadas para suprir expectativas e necessidades dos colaboradores são muito bem vistas e fazem com que eles tenham mais motivação e, consequentemente, um melhor desempenho. 

Entre essas ações, podemos citar por exemplo, a oferta de benefícios corporativos flexíveis, que permitem que o colaborador utilize os recursos adquiridos com aquilo que mais faz sentido para ele, seja em alimentação, combustível ou contas de consumo. 

?Dicas para reter funcionários em pequenas empresas

4. Demonstre reconhecimento

Reconhecer os funcionários com bom desempenho é o segredo para manter todo o time mais motivado e produtivo. Os colaboradores almejam trabalhar em organizações que valorizem seus esforços e reconheçam a importância de sua participação para o sucesso da empresa. 

Assim, ações de incentivo como ajustes salariais, prémios ou mesmo parabenizações, são sempre boas estratégias. Outra dica é criar planos de carreira bem estruturados, que mostrem aos colaboradores onde eles podem chegar, caso deem o seu melhor.   

O ideal é estabelecer um cronograma de reuniões, aproveitando o momento para agradecer e parabenizar o bom trabalho da equipe. De forma individual, os feedbacks também são importantes para demonstrar os pontos fortes de cada colaborador e mostrar como ele ajudou a empresa a alcançar um objetivo. 

5. Aposte em uma rotina flexível

Outra demanda que contribui para a produtividade, principalmente nos colaboradores das novas gerações, é a flexibilidade. Como já citamos, esses profissionais valorizam muito o seu bem-estar, por isso, eles buscam empresas que permitam equilibrar a vida pessoal e a profissional

As jornadas flexíveis e o trabalho remoto já são uma realidade para grande parte das organizações e, ao contrário do que muitos pensam, trazem resultados muito positivos para a produtividade das empresas. 

Isso porque, quando o colaborador consegue flexibilizar seus horários, ele pode resolver pendências pessoais com mais assertividade, e consegue focar totalmente o seu tempo no trabalho com as tarefas profissionais. 

A flexibilidade também mostra ao colaborador que a empresa confia nele, o que garante mais engajamento e gera um senso de pertencimento. 

6. Invista em treinamento e desenvolvimento

Quando falamos sobre produtividade, não adianta investir apenas em ações relacionadas à motivação. Afinal, para o funcionário produzir mais, ele precisa ter o conhecimento e a capacitação necessária. 

Nesse contexto, treinamento e desenvolvimento contínuos são investimentos fundamentais para melhorar habilidades e competências, possibilitando uma rotina de trabalho mais otimizada e eficiente. 

Para entender em quais capacitações é válido investir, o empreendedor pode realizar avaliações de desempenho, identificando os pontos de melhoria em cada time e traçando programas de treinamento mais assertivos e que vão, efetivamente, trazer resultados positivos.

7. Incentive um ambiente de trabalho saudável

Você sabia que o ambiente de trabalho impacta diretamente nos resultados dos colaboradores. Empresas com um clima carregado, com muita pressão, cobranças e horas extras exaustivas, por exemplo, acabam minando a motivação dos profissionais, o que atrapalha o seu desempenho. 

Mas não é só isso. A infraestrutura também tem relação direta com a produtividade. Imagine que você precisa entregar 5 relatórios em uma semana, mas seu computador vive dando bugs ou reiniciando sozinho. Percebe como isso pode influenciar no tempo que você vai demorar para produzir esses relatórios? 

Máquinas lentas, sistemas que caem a todo momento, mesas e cadeiras sem a ergonomia correta, tudo isso impacta na forma como um profissional produz. 

Por isso, é essencial aplicar pesquisas de clima com frequência, para entender a percepção dos colaboradores sobre o ambiente de trabalho e identificar ações que podem contribuir para uma melhora no trabalho em equipe e na produtividade dos times. 

Nova call to action

8. Ofereça autonomia

Por fim, a última dica para o funcionário produzir mais é dar a ele mais autonomia. Os colaboradores, muitas vezes, têm ideias interessantes sobre o trabalho e a forma como as tarefas podem ser realizadas. Mas isso nem sempre é ouvido pela gestão. 

Permitir que as pessoas do time tomem decisões e definam como querem realizar suas atividades é uma forma de valorizar a individualidade de cada um e dar mais autonomia ao time. 

Esse tipo de ação aumenta a autoestima e a autoconfiança dos colaboradores, além de possibilitar que eles trabalhem da forma como prefiram, o que gera mais eficiência no cumprimento das tarefas. 

Concluindo, a produtividade é uma variável extremamente importante para as pequenas empresas e que deve ser acompanhada de perto pela gestão. Diversas ações podem ser implementadas dentro das companhias para o funcionário produzir mais e melhor, por isso, é válido traçar uma estratégia bem planejada. 

Agora que você já sabe por que é importante acompanhar esse indicador, utilize nossa Calculadora de Produtividade gratuita e receba um relatório estratégico completo para aumentar a produtividade da sua empresa.

Compartilhe:

Você também vai gostar!

Rolar para cima