13 ferramentas de consultoria de RH que facilitam seu trabalho como consultor

Tempo de leitura: 9 minutos

O trabalho de um consultor de RH envolve diversas atividades e rotinas dentro de uma empresa. Seja qual for a finalidade da contratação, é imprescindível a utilização de algumas ferramentas de consultoria de RH, para ajudar a garantir mais agilidade, precisão e eficiência na realização de cada uma das ações.

Neste artigo, daremos 13 exemplos de ferramentas de gestão que auxiliam consultores de RH a prestarem serviços com mais qualidade. A lista das ferramentas de consultoria de RH está organizada de acordo com as diferentes aplicações de cada uma ao longo de um processo geral de consultoria. Confira!

Ferramentas de diagnóstico

Habitualmente, o primeiro passo de qualquer tipo de consultoria é realizar um diagnóstico da situação da empresa para identificar as causas dos problemas que ela apresenta, bem como pontos que merecem algum tipo de atenção. Veja quais são as melhores ferramentas de consultoria para essa fase.

1. Avaliação de desempenho

A avaliação de desempenho é uma ferramenta que toda empresa precisa adotar para ter uma gestão de pessoas mais eficiente. Já que ela é responsável por analisar os resultados apresentados por cada colaborador em um determinado período e pode ajudar a avaliar questões no relacionamento entre as pessoas e, até mesmo, com agentes externos, dependendo da metodologia adotada. 

https://drive.google.com/file/d/1N-Hh7HWo8yWcyp0VtLm5Yk1qenYYebi-/view?usp=sharing

Os métodos mais utilizados atualmente são:

  • autoavaliação;
  • avaliação 90 graus;
  • avaliação 180 graus;
  • avaliação 360 graus.

2. Avaliação comportamental

A avaliação comportamental é uma metodologia que considera questões relacionadas à forma como as pessoas tendem a se comportar diante de diferentes situações. Nesse sentido, ela permite que os colaboradores sejam avaliados de modo mais preciso, considerando as particularidades de cada perfil comportamental.

Trata-se de uma excelente ferramenta para compreender melhor as decisões tomadas por cada profissional e saber como lidar com eles no dia a dia da organização.

3. Matriz 9 box

A Matriz 9 box é uma das mais completas ferramentas de consultoria de RH focadas no diagnóstico. Essa ferramenta de gestão de pessoas permite visualizar a relação entre o potencial de entrega de cada colaborador e o desempenho apresentado por eles em um determinado período. Ela ajuda a identificar quais são as pessoas que precisam ser desenvolvidas, quais já estão prontas para subir para o próximo nível e as que não se encaixam nas necessidades da empresa, logo, devem ser substituídas.

4. Pesquisa de clima

Em grande parte dos casos, a empresa contratante não sabe precisar o que está acontecendo, já os gestores apenas “sentem” que algo está errado. Nesse sentido, a pesquisa de clima é uma das ferramentas de consultoria de RH mais utilizadas, pois permite avaliar o cenário atual das relações entre as pessoas de forma mais clara e imparcial, identificando o problema e, principalmente, a sua origem.

5. Diagrama de Ishikawa

As empresas buscam uma consultoria em RH para solucionar algum tipo de problema, que pode ser a dificuldade em encontrar bons profissionais, em saber como desenvolvê-los ou, ainda, como fazer a retenção de talentos de forma eficiente. 

Seja qual for o caso, o Diagrama de Ishikawa ou Diagrama de causa e efeito é uma excelente ferramenta para avaliar a situação. Nele são inseridos os problemas percebidos pela organização e, a partir daí, são relacionadas as possíveis causas a serem investigadas.

6. People analytics

O People Analytics é um conceito indispensável, principalmente para a consultoria de recrutamento e seleção e a consultoria em desenvolvimento de pessoas. Ele se baseia na coleta e análise de dados sobre os profissionais para a tomada de decisões mais precisa e estratégica para o negócio. Com a ajuda do People Analytics, o consultor de RH é capaz de argumentar melhor com gestores e implementar mudanças com mais facilidade.

como fazer people analytics - baixe o ebook

Ferramentas de implementação de mudanças

Depois de fazer todo o levantamento das informações e analisar os problemas e suas causas, é hora de partirmos para as soluções. Para resolver qualquer tipo de situação, é inevitável implementar mudanças, mas isso deve ser feito de modo organizado, seguindo metodologias que ajudem a garantir o sucesso da empreitada. 

Confira algumas ferramentas de gestão que auxiliam nessa fase.

7. Matriz GUT

A matriz GUT (Gravidade, Urgência e Tendência) é uma ferramenta de priorização de demandas que tem como principal objetivo organizar as atividades a serem realizadas de modo a garantir que os problemas mais graves sejam os primeiros a serem resolvidos.

A matriz é montada em 5 colunas:

  1. relação de tarefas ou problemas a serem resolvidos;
  2. nível de gravidade, variando de 1 a 5, sendo 5 o mais grave;
  3. nível de urgência, variando de 1 a 5, sendo 5 o mais grave;
  4. nível de tendência que a situação tem de piorar caso não seja resolvida, variando de 1 a 5, sendo 5 o mais grave;
  5. resultado da multiplicação dos três fatores anteriores.

Dessa forma, os itens que apresentaram os resultados mais altos devem ser os primeiros a serem executados.

8. PDCA

O PDCA é uma ferramenta de melhoria contínua que envolve todo o ciclo de evolução de um processo ou negócio. Para tanto, segue as seguintes fases:

  • P – Planejar (plan): elaboração do planejamento das ações;
  • D – Fazer (do): execução do plano;
  • C – Acompanhar (check): acompanhamento da implementação para a garantia de que tudo será feito conforme o planejado;
  • A – Avaliar os resultados (act): avaliar se o resultado atingido foi o esperado ou não, se existem efeitos inesperados que precisam de uma nova solução e quais aprendizados podem ser compartilhados.

9. 5W2H

Apesar de parecer uma sopa de letrinhas, o 5W2H é uma ferramenta que facilita muito a gestão de um plano de ação em uma consultoria de RH. Trata-se de uma tabela que pode ser montada em uma planilha simples, contendo a lista de ações a serem desenvolvidas organizadas nas seguintes colunas:

  • o que (what): qual é a ação a ser realizada;
  • por que (why): qual é o motivo dessa ação;
  • onde (where): em qual canal, ferramenta, setor, processo ou local essa ação deve ser realizada;
  • quando (when): em qual data, horário ou momento ela deve ser feita;
  • quem (who): qual é a pessoa responsável por essa ação;
  • como (how): como essa ação deverá ser executada;
  • quanto (how much): quanto custará a realização desta ação.

10. Plano de cargos e salários

O plano de cargos e salários é uma ferramenta muito utilizada por consultores de RH em estratégias que envolvem o desenvolvimento profissional dos colaboradores. Nesse sentido, ele possibilita uma visão mais abrangente e precisa dos caminhos que cada pessoa pode seguir dentro da organização e serve como base para a elaboração do plano de carreira de cada um. 

Ainda, é importante destacar que o plano de cargos e salários é um dos pontos mais valorizados pelos profissionais do mercado. Os consultores que atuam na área de hunting sabem muito bem o quanto isso se torna um importante diferencial na atração dos melhores talentos.

11. Matriz de treinamentos

Os processos de treinamento e desenvolvimento em uma organização são os principais responsáveis pela evolução do negócio. Afinal, de nada adianta investir nas tecnologias mais avançadas se as pessoas não forem devidamente desenvolvidas para utilizá-las. 

Nesse sentido, a matriz de treinamento é uma ferramenta que permite a gestão do desenvolvimento dos colaboradores, provendo uma visão geral da situação de cada colaborador e em cada área, bem como direcionamento dos cursos e treinamentos que devem ser oferecidos no médio e longo prazos. 

Ferramentas de acompanhamento de resultados

O trabalho de um consultor de RH não termina após a implementação das mudanças. Na verdade, trata-se de uma atividade rotineira, que demanda acompanhamento constante para a manutenção dos bons resultados e pronta identificação de problemas e oportunidades de melhorias. 

Nesse contexto, existem diversas formas de manter o controle dos processos, dentre elas, destacaremos as duas mais frequentemente usadas nas consultorias de RH.

12. Kanban

O kanban é uma ferramenta de origem japonesa que tem como principal característica a visualização dos status das atividades em andamento em um determinado projeto ou setor de modo simples e prático. Baseia-se na distribuição das tarefas em um quadro com as seguintes colunas:

  • a fazer;
  • fazendo;
  • aguardando;
  • feito.

Desse modo, ele pode ser feito utilizando post-its com a descrição das tarefas e alocando-os na coluna referente ao seu status atual. Assim, todos que têm acesso ao quadro ficam cientes do andamento das atividades sem depender dos colegas para obter essas informações.

13. Gestão à vista

O quadro de gestão à vista é outro tipo de ferramenta visual que facilita a vida dos gestores e de toda a equipe. Trata-se de um quadro onde as principais informações do negócio são colocadas, de forma a permitir que todos se mantenham a par de tudo o que está acontecendo na empresa. 

Em geral, o quadro é fixado junto ao quadro de avisos e ao organograma da empresa, em um local de grande circulação de colaboradores. Assim, pode trazer informações como o farol de metas dos principais setores, resultados de vendas do último período e um kanban geral dos projetos mais relevantes.

Como vimos, existem muitas ferramentas de consultoria de RH para nos ajudar a prestar um serviço de excelência aos clientes. Então, avalie quais delas fazem mais sentido para o tipo de assistência que deseja oferecer às empresas e aprofunde seus conhecimentos para se tornar um profissional requisitado pelo mercado.

Gostou do conteúdo? Que tal aproveitar esse momento de aprendizado para conhecer melhor outras metodologias que vão fazer a diferença na sua prestação de serviços? Confira o e-book: Modelos de gestão: o que é, quais os tipos e qual implementar.

5 1 vote
Article Rating


Subscribe
Notify of
guest
1 Comentário
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Danilo
Danilo
5 meses atrás

Ótimas ferramentas para apoiar o consultor. São muito úteis nas principais etapas do processo, contando com diagnóstico, implementação da mudanças e acompanhamento de resultados, que se geridos de forma adequada tendem a aumentar a efetividade da organização.