7 dicas práticas de como fazer um bom currículo + modelo pronto

Saiba como fazer um bom currículo e o que ele precisa ter para chamar atenção dos recrutadores e passar pela inteligência artificial.
Dicas para fazer o seu currículo
BAIXE GRÁTIS!

Aqui você encontra:

Fazer um bom currículo (CV) é o primeiro passo para quem está em busca de um novo emprego ou quer migrar de carreira. Este documento ajuda os profissionais a chamarem a atenção do RH e se destacarem no processo seletivo. Mas você sabia que um bom currículo precisa ser adaptado de acordo com a vaga almejada? 

Para ajudar você na busca por melhores oportunidades, a Sólides elaborou um guia completo explicando como personalizar seu CV, quais informações precisam constar nele, os principais erros cometidos e dicas para montar e formatar um currículo irresistível. 

Confira isso e muito mais na leitura a seguir.

O que é um currículo profissional?

O currículo profissional é um resumo que reúne todas as experiências, qualificações e habilidades de uma pessoa. Ele funciona como uma apresentação do profissional para que os recrutadores conheçam sua trajetória. 

Esse tipo de documento é muito utilizado no processo seletivo, como um cartão de visitas. É por meio dele que o RH entenderá se o candidato combina ou não com a vaga divulgada, direcionando-o para as próximas etapas do processo. 

O que colocar em um bom currículo?

Saber como fazer um bom currículo é importante para que você se destaque nos processos seletivos. No entanto, é comum que os profissionais fiquem confusos sobre quais informações adicionar no documento e o que é desnecessário. 

Para ajudar nessa etapa, listamos os principais elementos que devem constar no seu currículo, confira. 

Elementos essenciais para um currículo

Os elementos fundamentais que devem estar presentes em um bom currículo são:

  • Dados pessoais: nome completo, idade, estado civil, telefone e e-mail de contato atualizados;
  • Objetivo profissional: cargo e área a qual pretende se candidatar;
  • Experiência profissional: empresas em que já trabalhou, seguidas do cargo, responsabilidades e período trabalhado;
  • Formação acadêmica: grau de escolaridade, nome da instituição de ensino, curso e data de início e término;
  • Cursos complementares: cursos livres, técnicos e especializações realizadas pelo candidato;
  • Habilidades e competências: soft e hard skills que podem contribuir para a vaga em aberto.

Seções e subseções

O ideal é que o currículo seja formatado em seções e subseções para facilitar a leitura e a compreensão. Lembre-se que os recrutadores analisam uma quantidade imensa de currículos a cada vaga, por isso, muitas vezes, essa análise é feita de forma dinâmica. 

Para facilitar a leitura, escolha um modelo que use blocos de texto, divididos de acordo com o assunto. Assim, você pode definir seções do currículo para as experiências profissionais, outras para os cursos e formações e assim por diante. 

Experiências profissionais

As experiências profissionais devem ser descritas de forma clara e convincente, da mais recente para a mais antiga, e devem ser sempre verdadeiras. Se você optar por colocar as responsabilidades e atividades de cada experiência, busque ser objetivo e sucinto, para que o currículo não fique muito extenso. 

O documento deve ter, no máximo, duas páginas, com todas as informações passadas de forma objetiva. Dessa forma, vale incluir apenas as experiências mais recentes ou que estejam relacionadas à vaga que você almeja. Dessa forma, o currículo ficará mais enxuto e bem direcionado. 

Referências e depoimentos de empregadores

Incluir referências profissionais pode ser um diferencial interessante para o seu currículo. Assim, é válido adicionar o contato de algumas pessoas que já trabalharam com você e que podem dar um feedback ao recrutador. 

Depoimentos de empregadores anteriores e clientes satisfeitos também podem ser incluídos de forma estratégica. Mas é essencial que as informações sejam verdadeiras. Caso opte por inseri-las, escolha apenas uma ou duas referências certeiras e adicione-as ao final do currículo.

Curso grátis!

7 dicas para fazer um currículo

Você já sabe quais dados devem constar no currículo, mas como organizar tudo isso de forma a tornar o documento realmente atrativo? A seguir, listamos algumas dicas que podem ajudar você a fazer um bom currículo e encantar os recrutadores.  

@solidestecnologia

Buscando recolocação ou o emprego dos sonhos? Então vem comigo aprender a fazer um currículo de milhões! 💜😉 Spoiler: Tem vaga no Portal de Vagas da Sólides! #Recolocação #Currículo #Emprego #RH #recrutador

♬ som original - Sólides Tecnologia

1. Utilize uma formatação limpa e profissional

A formatação faz toda a diferença na forma como as informações são absorvidas. Por isso, vale a pena ter cuidado nessa parte. 

O ideal é utilizar fontes que facilitem a leitura, como a Arial ou a Verdana. O tamanho da letra também deve ser padronizado. O indicado é usar tamanho 12 para o corpo do texto e 16 e 14 para títulos e subtítulos. 

Tente manter um visual limpo, sem excesso de informações e com um formato tradicional. Não é necessário incluir uma foto no currículo, mas caso você opte por isso, dê preferência para imagens no formato 3x4, em alta resolução, com fundo branco. 

2. Destaque conquistas relevantes

No início do currículo, vale incluir um resumo profissional com um ou dois parágrafos, destacando suas experiências, conquistas e pontos altos da carreira. 

Além disso, quando for descrever suas experiências anteriores, é válido destacar conquistas relevantes e resultados alcançados. Assim, inclua, por exemplo, promoções, prêmios e outros pontos que achar importantes. 

3. Adapte seu currículo para cada oportunidade

É fundamental adaptar seu currículo para cada vaga específica que você deseja se candidatar. Por isso, mantenha uma cópia do documento em aberto para realizar alterações sempre que necessário. 

Na hora de se candidatar, personalize o objetivo profissional e o resumo das qualificações de acordo com os requisitos e atribuições da vaga. É claro que você deve ser sempre verdadeiro, mas é possível encontrar nas suas experiências e competências, diferenciais que combinem com aquilo que está sendo exigido. 

4. Destaque habilidades importantes para a vaga

É comum que o recrutador inclua na descrição da vaga as competências técnicas e comportamentais que estão sendo buscadas. Antes de se candidatar, portanto, você, provavelmente, já verificou quais são esses requisitos obrigatórios e desejáveis.

Assim, busque destacar os diferenciais que mostram que você é a pessoa mais adequada para a vaga. É interessante, por exemplo, fazer uma lista com 10 habilidades profissionais ou incluir informações de cursos e treinamentos na área. 

5. Use palavras-chave relevantes para a área

Hoje em dia, é comum que a primeira etapa dos processos seletivos, ou seja, a análise do currículo, seja feita com o auxílio de softwares de inteligência artificial

Obviamente, esse tipo de ferramenta nem sempre tem a mesma capacidade de interpretação de um ser humano. Por isso, é válido dar uma mãozinha para a ferramenta, preenchendo o currículo com palavras-chaves e termos semelhantes aos encontrados no anúncio da vaga. 

Dessa forma, se a descrição do cargo pede, por exemplo, habilidade com o Excel, vale colocar o nome da ferramenta na lista de competências, mesmo que você já tenha adicionado experiências com o pacote Office.

6. Faça uma revisão cuidadosa

A revisão é uma das principais etapas na hora de fazer um bom currículo. Ela ajuda você a verificar erros superficiais, de ortografia, digitação e gramática. 

O ideal é fazer uma leitura cuidadosa de todo o texto algumas horas ou dias após escrevê-lo. Dessa forma, você deixa seu cérebro descansar e consegue notar erros que poderiam passar despercebidos no início. 

7. Mantenha o currículo sempre atualizado

Por fim, a última dica é manter o currículo sempre atualizado. Você nunca sabe quando vai achar uma oportunidade perfeita e ainda pode receber contatos ativos de recrutadores. Por isso, é essencial ter um currículo à mão, com dados de contato atuais e experiências recentes. 

💡Saiba também:

Erros no currículo que você precisa evitar

Os principais erros que você pode cometer no seu currículo são os gramaticais e de digitação. Já apontamos a importância de revisar as informações e isso é realmente uma prioridade. Isso porque, a forma como você escreve pode influenciar na imagem que o recrutador terá sobre o seu trabalho. 

Além disso, evite usar jargões desnecessários e incluir informações irrelevantes. O ideal é que o currículo seja prático e objetivo e possa ser visualizado de forma rápida, mas eficiente, para atrair o interesse do recrutador. 

Layouts muito criativos também só devem ser usados se fizer sentido com a vaga. Se você estiver concorrendo a uma oportunidade na área de design, por exemplo, vale pensar em uma formatação diferenciada. Senão, o modelo tradicional e formal é sempre a melhor opção. 

Dica bônus: carta de apresentação

A carta de apresentação é um documento que pode ser enviado junto com o currículo e permite que você se apresente de maneira mais detalhada ao recrutador. Assim, ela serve para explicar a fundo suas qualificações, perfil comportamental e por que você é o candidato ideal para a posição em aberto.

Por isso, para se destacar em processos seletivos competitivos, o ideal é preparar uma carta de apresentação direta e estratégica. Para isso, você pode contar com modelos prontos, mas certifique-se de alterá-los conforme as suas necessidades. Outro ponto é analisar como é a comunicação da empresa em que você deseja ingressar, e usar elementos-chave da cultura que geram identificação entre você e a organização.

Modelo simples de currículo

Sabemos que fazer um bom currículo pode ser desafiador, principalmente se essa é a sua primeira vez. Por isso, trouxemos um exemplo desse documento, para você ter como base. Lembre-se de que quanto mais personalizado o seu currículo, mais você irá atrair a atenção dos recrutadores.

Nome Completo

Telefone: (XX) XXXX-XXXX 

Email: seuemail@email.com.br

LinkedIn: seulinkedin.com

Objetivo Profissional

Analista de RH experiente com X anos de atuação na área, buscando novas oportunidades e desafios em empresa que valorize o desenvolvimento profissional e a cultura colaborativa. Possui expertise em recrutamento e seleção, treinamento e desenvolvimento, administração de benefícios e folha de pagamento, além de habilidades interpessoais excepcionais e capacidade de trabalhar de forma independente e em equipe.

Experiência Profissional

  • Analista de RH Pleno

Empresa X, Cidade, Estado - 20XX - Presente

  • Responsável por todo o ciclo de recrutamento e seleção, desde a divulgação de vagas até a integração dos novos colaboradores.
  • Desenvolveu e implementou programas de treinamento e desenvolvimento que resultaram em um aumento de X% na produtividade dos colaboradores.
  • Administrou os planos de benefícios da empresa, garantindo a qualidade e a eficiência dos serviços prestados aos colaboradores.
  • Gerenciou a folha de pagamento da empresa, garantindo a precisão e a pontualidade dos pagamentos.
  • Atuou como parceiro estratégico da área de negócios, fornecendo consultoria em RH e contribuindo para o alcance dos objetivos da empresa.

--

  • Analista de RH Júnior

Empresa Y, Cidade, Estado - 20XX - 20XX

  • Forneceu suporte às atividades de recrutamento e seleção, incluindo triagem de currículos, agendamento de entrevistas e aplicação de testes.
  • Auxiliou na administração dos programas de treinamento e desenvolvimento da empresa.
  • Prestou suporte à equipe de folha de pagamento na realização de cálculos e pagamentos.
  • Realizou pesquisas de mercado e benchmarking para subsidiar decisões estratégicas de RH.

Formação Acadêmica

  • Graduação em Recursos Humanos - Universidade X, Cidade, Estado - 20XX - 20XX

Cursos e Certificações

  • Certificação em Recrutamento e Seleção pela Escola de Pessoas da Sólides
  • Curso de Treinamento e Desenvolvimento pela Escola de Pessoas da Sólides
  • Workshop de Folha de Pagamento pela Escola de Pessoas da Sólides

Habilidades Técnicas:

  • Recrutamento e Seleção
  • Treinamento e Desenvolvimento
  • Administração de Benefícios
  • Folha de Pagamento
  • Legislação Trabalhista
  • Sistemas de RH

*Perfil comportamental: Comunicador Executor

Habilidades Comportamentais:

  • Comunicação eficaz
  • Relacionamento interpessoal
  • Trabalho em equipe
  • Proatividade
  • Orientação a resultados
  • Negociação
  • Resolução de conflitos
  • Criatividade

Referências

Disponíveis mediante solicitação.

Depoimentos de Empregadores

"Nome do Remetente", Cargo, Empresa X

"Tive o prazer de trabalhar com [Nome Completo] na Empresa X por X anos. Durante esse tempo, [Nome Completo] se provou ser um profissional extremamente competente, dedicado e comprometido com os resultados. Ele possui um profundo conhecimento da área de Recursos Humanos e é capaz de aplicar seus conhecimentos de forma prática e eficaz. Além disso, [Nome Completo] é um excelente comunicador e tem uma ótima capacidade de trabalhar em equipe. Recomendo [Nome Completo] sem reservas para qualquer cargo em Recursos Humanos."

Assim, não perca a oportunidade de usar um modelo como esse e melhorá-lo de acordo com os seus objetivos!

Aplicativos e sites para montar currículo

Já sabe todas as informações que quer incluir no currículo, mas não sabe como formatar tudo isso no papel? Existem algumas ferramentas e sites que podem ajudar na criação do seu CV. Entre eles, podemos destacar:

➡️ Dica: outra opção interessante é criar o currículo a partir do seu perfil no LinkedIn. Se você já tem um cadastro atualizado na plataforma, basta clicar em "ver perfil" e salvar seu currículo como PDF. 

Concluindo, fazer um bom currículo é uma etapa importante para quem está em busca de uma nova oportunidade de emprego. Esse documento ajuda você a chamar a atenção do RH e a se destacar dos concorrentes, por isso, deve ser elaborado com atenção e estratégia. Agora que você já sabe como montar e formatar o seu, acesse o Portal de Vagas da Sólides e encontre as melhores oportunidades de emprego para se candidatar.

Luana Teixeira
Luana Teixeira
Psicologia pela FUMEC e pós-grauada em Gestão Estratégica de Pessoas pela UFMG. Atuei como Professora no MBA em Coaching- Life Coaching, Executive e Business Coaching da U.N.A, nas disciplinas Gestão do Tempo e Marketing Pessoal. Adoro aprender e ensinar! Sou gente que gosta de gente!
Compartilhe:

Você também vai gostar!

Rolar para cima